Tag máquinas

Nova aliança entre os setores de construção de máquina e TI para a Indústria 4.0

Por meio da joint venture ADAMOS (ADAptive Manufacturing Open Solutions – Soluções abertas e flexíveis de manufatura), DMG MORI, Dürr, Software AG, ZEISS e ASM PT estão estabelecendo uma aliança estratégica para os futuros temas da Indústria 4.0 e da IIoT. A primeira aliança de empresas alemãs bem-conceituadas nas áreas industriais e de software quer estabelecer a ADAMOS como um padrão global para a indústria e atrair outros construtores de máquinas para se tornarem parceiros. A ADAMOS foi personalizada para atender as necessidades específicas de construtores de máquinas e de plantas e seus respectivos clientes: a plataforma IIoT aberta ADAMOS é livre e junta os conhecimentos mais recentes de tecnologia de TI e industrial. Ela permite que as empresas de construção de máquinas ofereçam com pouco esforço soluções comprovadas para a produção de conteúdo em rede digital para seus clientes. Construtores de máquinas, assim como seus fornecedores e clientes, se beneficiarão disso, já que a ADAMOS é um serviço de plataforma que oferece autonomia de dados e acesso às principais soluções de software. A plataforma ADAMOS, desenvolvida em conjunto, estará disponível mundialmente a partir de 1º de outubro de 2017.

Christian Thönes, CEO da DMG MORI AKTIENGESELLSCHAFT: “Em relação à digitalização, a indústria de construção de máquinas e plantas deve definir seus próprios padrões e impulsionar o desenvolvimento. Isso funciona apenas com parceiros fortes. É por isso que estamos oferecendo uma rede aberta com a ADAMOS, juntamente com o conhecimento líder em construção de máquinas, produção de software/TI – de construtores de máquinas para construtores de máquinas, seus fornecedores e clientes”.

Ralf W. Dieter, CEO da Dürr AG: “Como construtores de máquinas, conhecemos os requisitos de nossos clientes e sabemos o que é importante para eles. No ADAMOS em sua fábrica de aplicativos “App Factory”, trazemos o conhecimento da indústria para aplicativos operados intuitivamente, juntamente com o projeto de mercados digitais. O ADAMOS App Factory é uma cooperação entre fabricantes de máquinas e empresas de software que estão bem próximas aos parceiros”.

Karl-Heinz Streibich, CEO da Software AG: “A liderança de tecnologia e a experiência digital da Software AG é baseada em um investimento total de mais de um bilhão de euros. Nossa neutralidade da indústria e presença global combinada ao conhecimento de construtores líderes mundiais de máquinas e plantas formam o alicerce da ADAMOS”.

Thomas Spitzenpfeil, Membro do Conselho Executivo (CFO/CIO) da Carl Zeiss AG: “Com a ADAMOS, parceiros fortes estão trabalhando juntos igualmente para impulsionar a conectividade digital. Juntos, estamos desenvolvendo tecnologias para a fábrica do futuro. As empresas que utilizam as aplicações IIoT da ADAMOS farão uso de serviços inovadores e, dessa forma, aumentarão de forma significativa a eficiência, a transparência, a confiabilidade e a disponibilidade de seus sistemas”.

Günter Lauber, CEO do segmento de soluções SMT da ASM PT: “A crescente interconectividade dos meios de produção que não só nossos clientes, mas também nós mesmos, precisamos para mudar nossa forma de pensar. Criamos condições para isso na ASM PT, com soluções inovadoras para vários fluxos de trabalho de linha e fábrica para produção de eletrônicos, ao mesmo tempo cumprindo com os mais altos padrões de segurança de TI. Por meio da ADAMOS, estamos combinando essa experiência com o conhecimento líder em construção de máquinas, produção e software”.

A Indústria 4.0 e a Internet das coisas permitem interconectividade e comunicação entre as máquinas, assim como a aquisição abrangente e o uso de dados em tempo real. Isso fornece a base para empregar serviços digitais e novos modelos de negócios, bem como otimizar a produção com o auxílio de análises de grandes volumes de dados. Os clientes podem, por exemplo, identificar os requisitos de manutenção em um estágio precoce, planejar a produção e adquirir as peças de reposição automaticamente.

No presente, os mais importantes motores de crescimento, inovação e produtividade para a construção de máquinas são a Indústria 4.0 e a Internet das coisas. A corrida para ganhar a soberania dos dados exige um ritmo rápido de inovação. Ao mesmo tempo, a Internet das coisas exige um alto nível de investimento, excelentes especialistas e o domínio de novas tecnologias. É aqui que a construção Inter setorial entra e oferece muitas vantagens à indústria de construção de máquinas:

+ A ADAMOS foca na estreita cooperação e na troca de conhecimento, e reduz o esforço e o custo pela criação de soluções e serviços desenvolvidos centralmente, disponíveis para todos os participantes.

+ Como um motor de inovação, a ADAMOS desenvolverá constantemente novas aplicações de IIoT.

+ Com a plataforma ADAMOS, não há dependência de fornecedores externos de software. Os clientes de construção de máquinas obtêm máquinas e soluções de IIoT / software da mesma fonte, e possuem soberania sobre seus dados. Isso garante a posição de liderança entre as empresas de construção de máquinas na era digital.

+ A plataforma ADAMOS oferece um portfólio digital com aplicações específicas da construção de máquinas, bem como aplicações específicas do domínio e da indústria.

+ A ADAMOS pode ser implementada internacionalmente, de forma rápida, e está disponível como uma solução em nuvem ou on premise em servidores locais.

+ A ADAMOS utiliza soluções e interfaces padrões e, sendo assim, é operacionalmente confiável.

+ Por ser uma solução “de marca em branco”, a ADAMOS permite que os construtores de máquinas participantes tenham sua própria presença de IIoT. Isso significa que os parceiros usam a plataforma central ADAMOS, mas a interface que o cliente vê pode ser projetada com a “cara” do parceiro.

+ O ADAMOS App Factory concentra a experiência tecnológica e o conhecimento da indústria que os parceiros possuem, para um desenvolvimento conjunto rápido de aplicativos. Aplicativos mais abrangentes relacionados aos tópicos de Planejamento, Manutenção preditiva, Cabine/Painel de máquina e Assistência de manutenção devem estar disponíveis na nuvem a partir do início de 2018. A plataforma ADAMOS IIoT se beneficiará disso de forma sustentável, assim como os parceiros e a rede de clientes.

A ADAMOS GmbH e o ADAMOS App Factory iniciarão no dia 1º de outubro de 2017, com cerca de 200 especialistas. DMG MORI, Dürr, Software AG, ZEISS e ASM PT são participantes iguais na ADAMOS GmbH, registrada em Darmstadt. Além disso, outros construtores de máquinas e equipamentos podem tirar proveito dos serviços da ADAMOS como parceiros. Cada parceiro comercializa independentemente os serviços da plataforma ADAMOS. A ADAMOS GmbH opera como um serviço de plataforma e, assim, torna disponíveis ferramentas e funções IIoT para todos os usuários da plataforma.

Tags, , , , , , , ,

ROMI fecha parceria com Siemens PLM para soluções de manufatura avançada

A Indústrias Romi S.A., empresa brasileira, líder nos mercados de máquinas-ferramenta e máquinas para processamento de plásticos e importante produtora de fundidos e usinados, está implementando em toda a cadeia de desenvolvimento soluções de PLM da Siemens. Com a proposta de otimização da produtividade, aumento de desempenho na elaboração de novos projetos e redução do tempo de desenvolvimento no processo de fabricação de suas peças, a Romi está investindo em tecnologia PLM alinhada ao conceito de manufatura avançada para ganhar tempo no lançamento de produtos no mercado.

Segundo Douglas Pedro de Alcântara, gerente de desenvolvimento de produtos – máquinas-ferramenta da ROMI, a unificação da plataforma utilizada permite o aumento do desempenho dos colaboradores e o reuso de informações de projetos anteriores, gerando assim a redução do tempo de produção e o lançamento mais rápido de novas máquinas no mercado. “Esse será o principal ganho em termos de tempo para e empresa: ganhar tempo no lançamento de novos produtos”, explica.

Para a fabricação de uma nova linha de máquinas, a Romi estima poder reduzir substancialmente o tempo de desenvolvimento de novos produtos com a implementação das soluções NX CAE, NX CAD e Teamcenter, todas Siemens PLM. “Quanto mais cedo um produto é lançado no mercado, mais cedo ele começa a reverter o investimento da empresa para sua produção”, afirma.

Segundo ele, o cenário anterior ao projeto com tecnologia Siemens era de um ambiente com ferramentas de CAD, PLM, banco de dados (MRP) de múltiplos fornecedores. A comunicação entre os softwares era muito complicada, necessitando de constante intervenção externa para que o ambiente funcionasse, ocasionando alto investimentos e gastos recorrentes. Uma das necessidades da Romi era a de unificação das ferramentas com um fornecedor abrangendo toda a cadeia de desenvolvimento, desde o desenho até a estruturação dentro do banco de dados.

Alcântara explica que o objetivo sempre foi melhorar o desempenho no desenvolvimento de novos produtos com redução de tempo de produção. “O reuso de componentes, a unificação e a padronização dos projetos garantem um processo de desenvolvimento mais otimizado e ágil para a empresa” afirma o executivo. “Temos a convicção de que a integração dos sistemas relacionados com o desenvolvimento do produto, desde o projeto, estruturação e fabricação, permitirá um enorme salto da empresa em termos de otimização no processo de fabricação de máquinas. A busca pela unificação de padronização de componentes foi um dos requisitos desse novo sistema que estávamos buscando e que encontramos na Siemens PLM”, conclui.

Tags, , , , , ,

Brazilian machinery and equipment Industry presents technological solutions at the FIB 2016

Organized by the BMS Program, Brazilian companies will participate in the 31st International Fair in Bogotá in September

The machinery and equipment Brazilian industry will be represented by 17 companies in the 31st. International Fair of Bogota – FIB 2016 which is a multi-sector event consolidated as the most important opportunity to exchange new technologies applied to all productive industries of the continent, will take place between September 26th until 30th, at the Corferias International Business and Exhibition Center in Bogota. Brazil Machinery Solutions (BMS) Program, which has organized the Brazilian participation in this event, is the outcome of the partnership between the Brazilian Agency for Promotion of Exports and Investments (Apex-Brazil)]and the [Brazilian Association of Machinery and Equipment Industry (ABIMAQ)].

In an area larger than 250m², the BMS pavilion will host Brazilian manufacturers of machines and equipment for the food, mining, pumps, generators, mechanical transmission, machine tools, among others. The goal is to exceed the results of the latest edition of the FIB, which occurred in 2014 in negotiations with buyers from countries such as Colombia, Ecuador, Chile, Guatemala, Venezuela, Peru, Costa Rica and Panama. This year the BMS program will count with one more company than in the last edition.

According to Abimaq Foreign Trade Executive Director and BMS Program Manager, Klaus Curt Müller, Colombia was the 10th market of machinery and equipment for Brazil, with exports around US $ 253 million recorded in 2015. The three main segments exported to the Colombian market are: machines and heavy equipment, road machinery and agricultural machinery. Together, the three sectors accounted for $ 119 million in Brazilian exports to that country last year. “From January to July this year, Brazil already exported US $ 116 million to Colombia, and these three sectors accounted for US $ 50.3 million in Brazilian exports to that country until July,” says the director.

Companies that will participate in the FIB 2016 BMS Program

ARVOS BRASIL EQUIPAMENTOS LTDA
CARTON ACCESS LTDA. EPP
EIRICH INDUSTRIAL LTDA
HYVA DO BRASIL HIDRÁULICA LTDA
IND. COM. DE FACAS PARA CORTE E VINCO PLAST FACA LTDA. EPP
INDÚSTRIAS ROMI S.A.
KAWAMAC INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS LTDA
MARGUI MÁQUINAS LTDA
NEUMAN & ESSER AMERICA DO SUL LTDA
PIERALISI DO BRASIL LTDA.
RICEFER EQUIPAMENTOS INOX LTDA
SELGRON INDUSTRIAL LTDA
SITRON – SMART ELETRÔNICOS EIRELLI
TECMAES TECNOLOGIA DE MÁQUINAS ESPECIAIS LTDA.
TOX PRESSOTECHNIK DO BRASIL IND.COM. DE EQUIP. LTDA.
VULKAN DO BRASIL LTDA.
ZOLLERN TRANSMISSÕES MECÂNICAS LTDA.

About Apex-Brazil – The Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) has the mission to develop the competitiveness of Brazilian companies, promoting the internationalization of their business and attracting foreign direct investment. In partnership with industry organizations, the Agency organizes trade promotion activities such as market surveys and trade missions, business meetings, also provides support to the participation of Brazilian companies in international exhibitions and visits of foreign buyers to become familiar with the Brazilian production structure. It also coordinates efforts to attract foreign direct investment (FDI) in the country, working to identify business opportunities and promoting strategic events and providing support to foreign investors. For more information visit: www2.apexbrasil.com.br. www.apexbrasil.com.br

About ABIMAQ – The Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) was founded in 1975 with the aim of acting in favor of strengthening the domestic industry, the mobilization of industry, the implementation of actions with political and economic bodies, stimulate trade and international cooperation and help to improve their performance in terms of technology, training of human resources and administrative modernization. For more information visit: www.abimaq.org.br

About the Brazil Machinery Solutions Program – Developed from the collaboration between Abimaq (Brazilian Association of Machinery and Equipment) and Apex-Brazil (Brazilian Agency for Promotion of Exports and Investments), the Brazil Machinery Solutions Program aims to promote Brazilian exports of machinery and equipment as well as strengthening the image of Brazil as capital goods manufacturer of mechanical equipment. The BMS Program currently has more than 300 company members acting in various sectors, such as agriculture, textiles, mining, plastics, packaging, and machine tools, among others. For more information visit: www.brazilmachinery.com

Tags, , , , , ,

Abimaq promove a maior feira de máquinas e equipamentos industriais da América Latina

Diante do conturbado momento econômico que assola o país, inovação é a palavra de ordem para enfrentar e superar os desafios no mercado e as feiras setoriais são uma oportunidade para as empresas trocarem experiências e se atualizarem profissionalmente. A Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos (Feimec) é realizada pela Abimaq, na São Paulo Expo Exhibition and Convention Center entre os dias 3 e 7 de maio. Esta é a feira oficial do setor de máquinas, equipamentos, peças e ferramentas.

A feira já nasceu forte e promete ser um sucesso, assim como a Agrishow, uma das maiores feiras de tecnologia agrícola do mundo, também realizada pela entidade. Os principais fabricantes estão confirmados como expositores. Segundo o presidente do Conselho de Administração da Abimaq/Sindimaq, Carlos Pastoriza, a Feimec é uma solução estratégica para superar a crise. “Para vender mais, é preciso ampliar a carteira de clientes, abrir novos mercados, e a Feimec é o instrumento adequado para isso. A feira vai levar ao expositor novos mercados, novos clientes e vai ajudá-lo a aumentar sua base de prospects”, afirma Pastoriza.

Entre as empresas associadas à Abimaq em Minas Gerais que vão participar da feira estão a Comau, empresa de automação, e a Kampmann, voltada para a fabricação, reforma e recondicionamento de serras circulares para diversos tipos de máquinas e operações.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está apoiando a feira e investindo na Rodada Internacional de Negócios, que tem como objetivo promover o encontro entre fabricantes nacionais de máquinas e equipamentos e compradores estrangeiros possibilitando futuros negócios internacionais e ampliando a capacidade exportadora das empresas brasileiras. A rodada de negócios acontecerá por meio do Projeto Comprador, uma iniciativa que trará importadores de países-alvo para estabelecerem contato com fabricantes brasileiros. “Trata-se de uma iniciativa que possibilitará que o mercado internacional conheça a diversidade, qualidade e competitividade de produtos e serviços oferecidos pelo Brasil no setor de bens de capital mecânico”, explica o diretor executivo de Comércio Exterior da Abimaq e gerente do Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), Klaus Curt Müller.

As empresas que se inscreverem na Rodada Internacional de Negócios preencherão um cadastro onde vão informar quais os mercados de seu interesse, os produtos ofertados, entre outros detalhes. A partir dessas informações, o Programa BMS fará um cruzamento de informações com compradores estrangeiros e montará um cronograma de reuniões, que acontecerão em um espaço exclusivo para a ação e ao longo do evento. Todas as etapas do processo serão divulgadas pelo hotsite da Feimec, assim como pelas ferramentas de comunicação do Programa BMS.

Tags, , , , ,