Tag Livros

Livro ensina como se livrar de uma mente pobre e trilhar o caminho da abundância

Best-seller com o livro “Venda à mente, não ao cliente”, Jürgen Klaric lança agora a obra “Conecte-se com o dinheiro”, que chega ao Brasil pelo selo Academia. No livro, o autor analisa como uma mentalidade de escassez é impeditiva para alcançar a vida dos sonhos, e ensina práticas simples para auxiliar na mudança para uma mente rica.

Referência no setor de transformação pessoal, Jürgen Klaric se apaixonou por negócios ainda criança. Mas ao contrário do que parece, ele foi vítima da mente pobre. A fobia de dinheiro, tão presente na vida da maior parte das pessoas, era realidade na sua família. Condicionado a achar o dinheiro algo maléfico, só depois de adulto Klaric voltou a ter uma boa relação com as finanças.

Em “Conecte-se com o dinheiro”, o autor parte de sua experiência para explicar como ele conseguiu se livrar da mente pobre com a ajuda de cientistas e antropólogos, servindo de inspiração para o leitor alcançar esse objetivo. Com práticas simples e táticas eficazes, que buscam transformar crenças limitantes, Klaric promete ajudar quem deseja mudar de vida, adquirindo uma relação sincera e honesta com o dinheiro.

Ficha técnica:

Título: Conecte-se com o dinheiro

Autor: Jürgen Klaric

Tradução: Sandra Martha Dolinsky

192 páginas

R﹩ 44,90

Selo Academia

Editora Planeta

Sobre o autor:

Jürgen Klaric é um dos dez influenciadores hispânicos mais conhecidos do momento e autor de best-sellers. Ao longo da vida, Jürgen vem se dedicando a investigar o comportamento humano a partir da antropologia e da neurociência, cujas descobertas compartilha em palestras que dá no mundo todo. Com quase 7 milhões de seguidores nas redes sociais e três livros publicados – entre eles, Venda à mente, não ao cliente, publicado pelo Planeta Estratégia -, Klaric é uma das maiores referências no setor da transformação pessoal. Para saber mais, acesse: jurgenklaric.com.

Tags,

Sandro Magaldi e José Salibi Neto lançam Estratégia Adaptativa

Após o enorme sucesso dos livros Gestão do Amanhã e O Novo Código da Cultura, com mais de 75 mil exemplares vendidos, Sandro Magaldi e José Salibi Neto completam a Tríade da Gestão Exponencial com a obra Estratégia Adaptativa, que chega às livrarias em outubro, pela Editora Gente.

Os modelos estratégicos desenvolvidos no passado foram importantes para um mundo mais linear, agora os autores apresentam, pela primeira vez, um novo modelo de pensamento estratégico muito mais alinhado com as demandas exponenciais do mundo atual.

“No mundo da vantagem competitiva transitória a estratégia deve ser flexível, capaz de contribuir para que as organizações tomem decisões com agilidade em resposta às movimentações cada vez mais velozes do mercado”, explica Sandro Magaldi.

Para ajudar o leitor no processo de adaptação bem-sucedida de sua organização a esse novo contexto, Magaldi e Salibi trazem neste livro o modelo da estratégia adaptativa primordial para fazer as inovações necessárias e se manter competitivo no jogo atual, com a análise de três cases de sucesso deste novo modelo: Netflix, Amazon e XP Investimentos.

“Em nenhum momento da história da humanidade houve tantas e tão intensas transformações, como as que vivemos agora”, afirma José Salibi Neto.

Neste novo livro são abordados temas como:

• O novo modelo estratégico e como tornar sua organização mais apta a lidar com a complexidade do atual ambiente empresarial;

• Como se relacionam os quatro elementos presentes na estratégia adaptativa: obsessão pelo cliente, cultura organizacional, agilidade e gestão de dados;

• Como colocar o cliente no centro da jornada de criação de valor e tomar decisões originais e criativas mais rapidamente para melhorar a experiência como um todo;

• Como a estratégia adaptativa é usada em organizações líderes na nova economia e como aplicar essa modelagem de modo prático e assertivo;

• Como obter a agilidade necessária para manter-se competitivo perante os novos protagonistas que se movimentam de maneira ágil e dinâmica;

• Como transformar seu negócio em um dos modelos de negócios mais bem-sucedidos da atualidade: as Plataformas de Negócios.

Tags, , ,

Carlos Júlio ensina a melhorar a relação com o tempo em novo livro

Carlos Júlio sempre foi uma pessoa ocupada. Filho de imigrantes portugueses, ele foi criado no boteco e no empório do pai com muitas tarefas a cumprir. Hoje, quem vê o autor, cuja carreira está consolidada e reúne no currículo atribuições como professor, palestrante, executivo, empreendedor, board member, colunista de rádio, coach de presidentes de empresas, além de avô, pai, marido e amigo não imagina como ele consegue se desdobrar entre tantos afazeres. Assim como a maioria das pessoas, Carlos Júlio já se sentiu sufocado com o tempo. Neste livro, que chega às lojas pelo selo Planeta Estratégia, um dos principais palestrantes do país compartilha com o leitor suas estratégias para desenvolver uma boa relação com o tempo e conseguir produzir cada vez mais sem abrir mão da saúde e da alegria de viver.

A obra gira em torno da pergunta que dá título ao livro: O que eu não posso deixar de fazer hoje?, frase que parece simples, mas coloca em foco aquilo que nas matrizes de gestão de tempo costumam chamar de “importante e urgente”. Ao longo das páginas, Júlio apresenta sua metodologia de time management, abordando os elementos foco, disciplina e organização, que possibilitam alcançar a máxima eficácia nos âmbitos profissional e pessoal, além de defender a importância das pausas e ajudar a identificar e se afastar dos “ladrões do tempo”.

Em O que eu não posso deixar de fazer hoje?, Carlos Júlio também explica o conflito entre os tempos Cronos, a exemplo da divindade mitológica, o tempo tirano, e Kairós, o tempo que desejamos, e como é possível lidar com eles. No livro, o autor apresenta ferramentas de gestão de tempo, mostrando qual é a melhor maneira de usar a agenda
e o caderno. O livro vai ajudar os leitores a deixarem de ser escravos do tempo, aprendendo a organizar a rotina e reconciliar o tempo interno com as exigências cotidianas.

SOBRE O AUTOR

Carlos Júlio já foi definido como “um polvo” pela quantidade de atividades que exerce. Um dos palestrantes mais requisitados do país, é cofundador da Digital House Brasil, sócio do Locomotiva Instituto de Pesquisa e conselheiro profissional independente em empresas como Camil Alimentos, Aramis, IBMEC, GSA Alimentos, Grupo TV1 e MIT Sloan Management Review Brasil, além de coach profissional de vários presidentes de empresas e facilitador certificado do YPO Brasil, o braço brasileiro da Young Presidents’ Organization. Foi CEO de empresas como Digital House Brasil, Tecnisa, HSM e Polaroid do Brasil e leciona no IBMEC, FGV e FIA-USP. É um especialista em multiplicar o tempo.

FICHA TÉCNICA

Título: O que eu não posso deixar de fazer hoje?

Autor: Carlos Júlio

Páginas: 192

Preço: R﹩ 44,90

Planeta Estratégia

Tags, , ,

6 livros que todo profissional de RH deve ler

Por Mariana Dias

Estar antenado e se atualizar em sua área é imprescindível para o profissional que deseja se destacar no mercado. A necessidade de reciclagem está ainda mais latente no campo de Recursos Humanos que, hoje, passa por um processo de transformação, no qual novas tecnologias, processos e estratégias estão inundando a vida dos RHs de forma cada vez mais presente.

Pensando nisso, listo, abaixo, seis livros sobre gestão de pessoas, comportamento humano e negócios para gerar inspiração e impacto no dia-a-dia dos profissionais que atuam e desejam se especializar na área. Confira:

Gestão de Pessoas

The Power of People (Jonathan Ferrar, Sheri Feinzig, Nigel Guenole)

Se você quer começar a usar dados para melhorar os resultados dos recursos humanos da sua empresa, este é um dos principais livros de RH que você precisa ler. Nesta obra, os três grandes especialistas em análise da força de trabalho trazem estudos de caso que vivenciaram e tudo o que aprenderam em anos de trabalho com People Analytics. Você aprenderá por onde começar, como gerar resultado rapidamente, quais são as melhores práticas e como gerar ainda mais valor, trazendo uma mentalidade analítica para todo o RH. The Power of People é inestimável para os executivos de Recursos Humanos que estabelecem ou lideram funções analíticas.

Scrum: A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo (Jeff Sutherland)

Você acredita que o seu trabalho e o dos seus colaboradores não são tão produtivos como poderiam ser? Então leia este livro. Scrum é um método prático e incrível que surgiu no meio de tecnologia, mas que pode muito bem ser transposto para qualquer área de uma empresa. Desde o advento do método, já foram registrados ganhos de produtividade de até 1.200%. Aprenda a organizar melhor seus projetos e equipes, e, a melhorar a produtividade dos projetos da sua companhia, tudo o que precisa para levar a metodologia ágil das startups para a sua área de RH.

Comportamento Humano

Criatividade S/A (Ed Catmull)

Sabe qual é a fórmula de sucesso por trás de filmes que adoramos como Toy Story ou Procurando Nemo? O autor desse livro nos mostra isso, através da trajetória da Pixar, empresa que ele fundou junto com Steve Jobs. Ele conta com detalhes como se pode construir uma cultura de criatividade num ambiente corporativo, que nem sempre dá abertura a isso, e, como essa cultura pode ajudar uma empresa a se tornar bem sucedida.

Reinvente sua Empresa (David Heinemeier Hansson)

Já pensou que fazer menos coisas pode impulsionar um crescimento maior para sua empresa? Parece estranho, não é? Mas é isso que os autores deste livro mostram com suas experiências em negócios bem sucedidos. Eles criticam várias ideias tradicionais, criticam os workaholics e pregam a ideia de que você deve produzir poucas coisas muito boas, ao invés de muitas coisas razoáveis.

Negócios

Empresas Feitas para Vencer (James C. Collins)

Nesta obra incrível, Jim Collins se propõe a responder quais são os fatores que fazem empresas boas, medíocres e até as ruins se transformarem em empresas que têm um sucesso duradouro. A partir de uma pesquisa extensa ele nos traz exemplos, muitas vezes contra intuitivos, que podem ser aplicados na cultura de uma companhia desde sua criação para que ela possa atingir a excelência.

A Startup Enxuta (Eric Ries)

Aposto que se você não trabalha em uma startup deve estar pensando que pode pular esta obra, afinal os ensinamentos aqui não valeriam para empresas grandes e bem estabelecidas, não é? Mas é aí que você se engana. “A Startup Enxuta” mostra uma nova forma de abordar problemas e projetos, que pode ser aplicada tanto em empresas de garagem como por profissionais inovadores em empresas grandes, e que traz muito mais agilidade e menos desperdício de esforço.

Com estas dicas tenho certeza que você expandirá os seus conhecimentos, assim como estará mais preparado para enfrentar os desafios do setor e conseguirá absorver os benefícios que a inovação e a tecnologia podem trazer à sua rotina de trabalho.

Mariana Dias, CEO e cofundadora da Gupy, líder de recrutamento com base em Inteligência Artificial e machine learning no Brasil.

Tags, , , ,

Decifre e Influencie Pessoas: livro ensina técnicas para obter relações mais harmoniosas com as pessoas ao seu redor

Autor de diversos best sellers, como “O Poder da Ação” e “O Poder da Autorresponsabilidade”, o PhD e master coach Paulo Vieira lança ao lado do sócio fundador do CIS Assessment da Febracis, Deibson Silva, o livro “Decifre e Influencie Pessoas – como conhecer a si e aos outros, gerar conexões poderosas e obter resultados extraordinários”.

O livro apresenta uma visão que ajuda os leitores a refletirem sobre como seriam seus resultados pessoais e profissionais caso conseguissem compreender melhor quem está ao seu lado. Para isso, a obra ajuda a entender o que motiva as pessoas a agirem, permitindo uma comunicação mais profunda e eficaz com elas.

“Fato é que todos nós temos algum motivo pelo qual queremos descobrir e entender quais são os mecanismos que motivam os indivíduos a agirem como agem e a fazerem o que fazem. A verdade é que a maior parte das pessoas está perdida, não sabe como gerenciar aqueles que estão sob sua liderança, nem como lidar com as pessoas mais próximas”, explica Paulo Vieira.

Além da análise das pessoas, seja em ambiente de trabalho ou familiar, o livro ensina a olhar para nós mesmos. “A única maneira de contribuir de modo efetivo para o desenvolvimento das pessoas que estão ao seu lado é a partir do próprio autoconhecimento. Quanto mais se conhece, mais você cresce e garante melhores condições para desenvolver as pessoas à sua volta”, completa Vieira.

O lançamento do livro acontecerá no dia 15 de agosto, às 16 horas, na Arena GYM PASS, no Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas (CONARH), um dos maiores eventos de gestão de pessoas do País. No local, além de comprar o livro, os visitantes podem ter acesso à ferramenta de identificação de perfil comportamental CIS Assessment e participar da sessão de autógrafo no estande da empresa.

No evento, o master coach Paulo Vieira concederá também uma palestra magna sobre o tema “Usando as Emoções ao seu Favor”, abordando como saber comunicar sentimentos positivos é essencial para atingir grandes conquistas.

Tags, , , , ,

FGV: Objetos conectados à internet podem chegar a 25 bilhões em 2020

Estimativas apontam que em 2020, a quantidade de objetos interconectados passará dos 25 bilhões, podendo chegar a 50 bilhões de dispositivos inteligentes. Já o impacto econômico global deve chegar aos US$11 trilhões em 2025. Esses números mostram a força dos objetos conectados à internet no nosso dia a dia e como será isso no futuro e os seus efeitos sobre a sociedade serão debatidos no lançamento do novo livro publicado pela Editora FGV em parceria com a FGV Direito Rio, “A internet das coisas”.

Escrito pelo professor Eduardo Magrani, o livro será lançado no próximo dia 19 de junho, às 19h, na Livraria da Travessa, no Shopping Leblon, Rio de Janeiro, com um bate-papo com Eduardo Peixoto, do Instituto CESAR em Recife e a Caitlin Sampaio, da PUC Rio.

Com 95% do mundo coberto por redes de celular e 84% com acesso à banda larga, somado ao rápido crescimento das redes 4G e 5G, o mundo segue o caminho sem volta de estar cada vez mais conectado, e, assim como as pessoas, tudo a nossa volta também passa a estar “logado”. A Internet das Coisas é basicamente o termo para o aumento da comunicação das máquinas pela internet, o desenvolvimento de utensílios e microdispositivos que por sensores e outras tecnologias captam dados a partir de seu ambiente, tornando-se parte integrante da internet em prol das facilidades da vida moderna.

“Cada vez mais as informações que circulam pela Internet não serão mais colocadas na rede tão somente por pessoas, mas por coisas e algoritmos dotados de inteligência artificial que trocam dados e informações entre si, formando um espaço de conexões de rede e informações cada vez mais automatizado”, afirma Eduardo Magrani.

Contudo, há ainda um longo caminho pela frente: metade da po­pulação mundial permanece sem acesso à internet banda larga; é a mesma parcela de pessoas sem conexão no Brasil. Apesar do cenário, o horizonte é promissor para o avanço das tecnologias digitais no país, que tem um dos mercados mais relevantes no segmento tecnológico. O governo federal iniciou recentemente uma discussão acerca da Internet das Coisas – geralmente referida sob o acrônimo IoT (Inter­net of Things) – e, como resultado dessa discussão, um Plano Nacional para a IoT vem sendo debatido.

“Internet das Coisas” é uma rede de reflexões sobre novas tendências e direcionamentos das tecnologias da informação e para onde vamos com essa nova onda tecnológica.

Lançamento – A Internet das Coisas

Data: 19/06 – Hora: 19h

Local: Livraria da Travessa – Shopping Leblon – Avenida Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205A

Autor: Eduardo Magrani

Páginas: 192

Editora FGV – Preço : R$ 40 (impresso) e R$ 32 (e-book)

Tags, , , , ,

Editora FGV lança livro “Internet das Coisas” e seus potenciais efeitos sobre a sociedade

Qual o futuro da internet e quais os potenciais efeitos da Internet das Coisas sobre a sociedade? Essas e outras questões são tratadas no mais novo livro publicado pela Editora FGV em parceria com a FGV Direito Rio, “A internet das coisas”, escrito pelo professor Eduardo Magrani, e que será lançado no próximo dia 19 de junho, às 19h, na Livraria da Travessa, no Shopping Leblon, Rio de Janeiro.

Com 95% do mundo coberto por redes de celular e 84% com acesso à banda larga, somado ao rápido crescimento das redes 4G e 5G, o mundo segue o caminho sem volta de estar cada vez mais conectado, e, assim como as pessoas, tudo a nossa volta também passa a estar “logado”.

A Internet das Coisas é basicamente o termo para o aumento da comunicação das máquinas pela internet, o desenvolvimento de utensílios e microdispositivos que por sensores e outras tecnologias captam dados a partir de seu ambiente, tornando-se parte integrante da internet em prol das facilidades da vida moderna.

“Cada vez mais as informações que circulam pela Internet não serão mais colocadas na rede tão somente por pessoas, mas por coisas e algoritmos dotados de inteligência artificial que trocam dados e informações entre si, formando um espaço de conexões de rede e informações cada vez mais automatizado”, afirma Eduardo Magrani, que irá realizar um bate-papo durante o lançamento juntamente com Eduardo Peixoto, do Instituto CESAR em Recife e a Caitlin Sampaio, da PUC Rio.

Estimativas apontam que a combinação entre objetos inteligentes e big data poderá alterar significativamente a maneira como vivemos. Em 2020, a quantidade de objetos interconectados passará dos 25 bilhões, podendo chegar a 50 bilhões de dispositivos inteligentes. O impacto na economia é tão impressionante quanto esses números. A estimativa de impacto econômico global corresponde a mais de US$ 11 trilhões em 2025.

Contudo, há ainda um longo caminho pela frente: metade da po­pulação mundial permanece sem acesso à internet banda larga; é a mesma parcela de pessoas sem conexão no Brasil. Apesar do cenário, o horizonte é promissor para o avanço das tecnologias digitais no país, que tem um dos mercados mais relevantes no segmento tecnológico. O governo federal iniciou recentemente uma discussão acerca da Internet das Coisas – geralmente referida sob o acrônimo IoT (Inter­net of Things) – e, como resultado dessa discussão, um Plano Nacional para a IoT vem sendo debatido.

“Internet das Coisas” é uma rede de reflexões sobre novas tendências e direcionamentos das tecnologias da informação e para onde vamos com essa nova onda tecnológica.

Lançamento – A Internet das Coisas

Data: 19/06 – Hora: 19h

Local: Livraria da Travessa – Shopping Leblon – Avenida Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205A

Autor: Eduardo Magrani

Páginas: 192

Editora FGV – Preço : R$ 40 (impresso) e R$ 32 (e-book)

Tags, , , ,

A sociologia pode ser ferramenta estratégica para as empresas

Apesar de ser uma especialidade bem desenvolvida em muitos países, entre eles Estados Unidos, França e Inglaterra, a sociologia das organizações ainda é pouco conhecida no Brasil. A área estuda os aspectos sociais que influenciam a dinâmica da organização, como também oferece maior entendimento sobre os desafios que se colocam à prática da gestão. Em um mundo cada vez mais globalizado e diverso, a especialidade pode ser ferramenta estratégica para a mediação de conflitos e, consequentemente, o estabelecimento de melhores relações sociais dentro das empresas. Pensando nisso, os professores Pedro Jaime, do Departamento de Administração do Centro Universitário FEI; e Fred Lúcio, da ESPM; escreveram juntos o livro Sociologia das Organizações: conceitos, relatos e casos, que será lançado em 20 de março, no campus da FEI, em São Paulo.

O livro estabelece a relação entre a teoria sociológica e o cotidiano organizacional, tornando-se um guia para executivos e gestores utilizarem no dia a dia das organizações. “De forma simples, a sociologia das organizações contribui para uma gestão humana, com mais empatia. O gestor será capaz de fazer a leitura do ambiente, tanto interno quanto externo à organização, e poderá intervir de forma mais qualificada para solucionar possíveis conflitos que estejam acontecendo entre a empresas e seus múltiplos públicos de interesse. Ele/a também entenderá melhor a dinâmica das relações entre os indivíduos e grupos que compõem a organização, sejam funcionários, gerentes, ou dirigentes”, explica o professor Pedro Jaime.

A obra é fruto da experiência docente de duas décadas dos professores em faculdades de administração e escolas de negócios. “Sentíamos falta de um material que trouxesse discussões desses temas com a complexidade que marca o pensamento nas Ciências Sociais, mas, ao mesmo tempo, numa linguagem acessível e atraente tanto para os alunos de Ensino Superior, como para profissionais que atuam no mundo empresarial”, destaca Jaime.

Sociologia das Organizações é dividida em oito capítulos que abordam as relações entre Sociologia, Administração e Ciências Sociais. São tratados ao longo dos capítulos, dentre tantas outras, questões como equidade de gênero, inclusão racial, homofobia e ligações perigosas entre esfera pública e esfera privada no Brasil, que ganharam o centro da cena midiática com a Lava Jato. Tudo isso com referências a situações práticas e vasto conteúdo complementar, que inclui indicações de filmes. O lançamento do livro é aberto ao público e contará com debate com os autores e com professores dos Departamentos de Administração e Ciências Sociais e Jurídicas da FEI.

Sobre os autores

Pedro Jaime

Doutor em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), e em Sociologia e Antropologia pela Université Lumière Lyon 2 (França), mestre em Antropologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e graduado em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É professor do departamento de Administração do Centro Universitário FEI. Autor do livro Executivos Negros: racismo e diversidade no mundo empresarial, publicado pela Edusp em 2016 e contemplado com o Prêmio Jabuti 2017, na categoria Economia, Administração e Negócios e com o Prêmio da Ass. Brasileira das Editoras Universitárias na categoria Ciências Humanas.

Fred Lucio

Pós-doutorando do Programa de Mestrado e Doutorado em Gestão Internacional (PMDGI-ESPM). Doutor em Ciências Sociais pela Unicamp. Mestre em Antropologia Social pela Unicamp. Bacharel licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade de Minas Gerais (PUC-MG). Professor do núcleo de Humanidades da ESPM-SP, onde coordena a Agência Experimental de Incentivo ao Voluntariado Estudantil (ESPM Social).

Sociologia das Organizações: conceitos, relatos e casos

Autores: Pedro Jaime e Fred Lúcio

Editora: Cengage

Número de páginas: 280

ISBN: 9788522127726

Lançamento do livro Sociologia das Organizações: conceitos, relatos e casos

Data: 20/03

Horário: 19h às 21h

Local: Centro Universitário FEI – campus São Paulo – Rua Tamandaré, 688, Sala 7 – Liberdade, São Paulo – SP

Tags, , , , , , , ,

Livro explica como profissional de humanas vai participar da economia digital

Em O fuzzy e o techie – Por que as ciências humanas vão dominar o mundo digital, livro de estreia de Scott Hartley que chega ao Brasil pela BEI Editora, o debate sobre o valor das ciências humanas em um mundo dominado pela ciência e tecnologia é reformulado sob um ponto de vista contrário à clássica oposição entre os profissionais dos dois campos, aos quais o autor chama, retomando uma tradição universitária norte-americana, fuzzies (“humanistas”) e techies (“tecnicistas”).

À medida que avançamos em direção a um mundo cada vez mais tecnológico, o senso comum enxerga uma desvalorização da formação em ciências humanas. Scott Hartley nos revela exatamente o contrário: os fuzzies estão tomando um papel fundamental no desenvolvimento das ideias de sucesso mais criativas do mundo dos negócios, e sua colaboração com os techies é a chave para a dinâmica profissional do futuro.

Hartley argumenta que “à medida que desenvolvemos nossa tecnologia para torná-la cada vez mais acessível e democrática, e à medida que se ela torna cada vez mais onipresente, as questões atemporais das ciências humanas e seus insights sobre as necessidades e os desejos humanos se tornam requisitos essenciais no desenvolvimento de nosso instrumental tecnológico”. Para provar essa convicção, o livro reúne diversos exemplos de colaboração entre os conhecimentos da área de humanidades e as habilidades técnicas e científicas no desenvolvimento de soluções criativas e inovadoras, como é o caso de alguns dos mais bem-sucedidos profissionais e de algumas das maiores companhias ao redor do mundo.

O fuzzy e o techie traz, portanto, um ponto de vista extremamente atual e indispensável para a discussão sobre a economia do amanhã, voltado tanto para estudantes em seus primeiros passos na construção de seu futuro quanto para educadores, políticos e empresários, ou qualquer pessoa que deseje encontrar novas soluções para as transformações que vivemos hoje.

Livro – O fuzzy e o techie – BEI Editora

ISBN: 978-85-7850-120-4

244 páginas

15,5 x 23 cm

R$ 64,00

SOBRE SCOTT HARTLEY

Scott Hartley é capitalista de risco e consultor de startups. É formado pela Universidade de Stanford e tem dois mestrados pela Universidade de Columbia. Atuou em parceria com as empresas Mohr Davidow Ventures e Metamorphic Ventures, em Nova York. Atuou como Presidential Innovation Fellow, na Casa Branca, e trabalhou nas empresas Google, Facebook e arvard’s Berkman Center for Internet & Society. Escreveu artigos para a Forbes, The Financial Times, Foreign Policy e Boston Review, entre outros. Atualmente, é membro do Conselho de Relações Exteriores e vive no Brooklyn, em Nova York.

Tags, , , ,

Livro ensina como empreender “Sem dinheiro”

A primeira grande preocupação que costuma surgir à cabeça quando se quer empreender é o quanto se pretende investir. Os cálculos a serem feitos seriam decisivos para a tomada de decisão. Nem sempre o saldo insuficiente pode barrar a vontade de abrir uma empresa. Tanto que o autor Bruno Perin lança neste mês de outubro o livro “Sem dinheiro – como construir uma startup com pouca grana” falando sobre este assunto. Com um estilo direto de escrever e linguagem de redes sociais, típico de sua geração, o escritor não apenas dá dicas sobre como é possível concretizar iniciativas empreendedoras em tempo de crise com a conta próxima de zero, mas também conta como chegou a esses ensinamentos por meio de várias tentativas que fez na vida que deram certo (e outras não), compartilhando todo o conhecimento com os leitores.

O livro – Dividido em sete capítulos, Bruno se preocupou em começar sua obra abordando sobre as lendas e verdades do empreendedorismo que todo mundo deve saber antes de colocar uma ideia em campo. Na sequência, aborda as diferenças entre valor e dinheiro seguido de uma orientação de como encontrar uma ideia que realmente valha a pena. Depois, é mostrado o processo de lapidação que transforma a boa ideia em uma grande oportunidade de negócio, bem como os recursos que devem ser conquistados quando não se tem grana para dar o start inicial. Mas nem tudo são flores: Bruno chama a atenção no sexto capítulo sobre os cuidados indispensáveis que se deve ter na jornada empreendedora e encerra com uma lista de motivos para dar continuidade mesmo com tantas barreiras (financeiras).

Motivações e curso – “A principal motivação que me fez sentar na cadeira e escrever ‘Sem dinheiro’ foi ver uma repetição frequente das pessoas que querem empreender, mas a desculpa da falta de grana empacar a realização dessa vontade. É possível sim. Não existe uma fórmula a ser seguida, mas eu dou uma sugestão de como o leitor pode começar a seguir o seu caminho. Muitas vezes o que falta é esse empurrão e incentivo iniciais”, destaca Bruno. A obra está à venda na internet no site http://www.brunoperin.com/semdinheiro/ com frete grátis e já autografada. Dessa forma, será possível acessar este livro mesmo em cidades onde não há livrarias visto que distribuição é o principal desafio no mercado editorial brasileiro. Junto com o livro também poderá ser adquirido um curso on-line com mais de 10 horas de conteúdo em vídeo, slides, 4 e-books, áudios-aulas e resumos de 27 livros de empreendedorismo recomendados por Perin.

Recomendações – Aos 30 anos, Bruno é investidor em quatro starturps e é um dos nomes mais influentes em empreendedorismo da América Latina segundo o Conselho Latino Americano de Administração. A rede de contatos de Bruno fez com que “Sem dinheiro” fosse recomendado por nomes referências em empreendedorismo no Brasil como Leandro Vieira (CEO do Portal Administradores), Carlos Wizard Martins (Autor do livro “Do zero ao milhão”) e Wagner Siqueira (Presidente do Conselho Federal de Administração). Na contracapa estão também recomendações internacionais do lançamento de Bruno como Chris Guillenbeau (autor de “A startup de 100 dólares), Tim Draper (um dos maiores investidores de startups do mundo) e Tina Seelig (nome de peso na área de ensino empreendedor).

“Sem dinheiro” é o terceiro livro do gaúcho Bruno Perin que atualmente vive no Espírito Santo, se dedica às startups que é investidor e percorre o Brasil fazendo palestras sobre empreendedorismo de alto impacto e causando surpresa nas plateias Brasil afora com seu jeito único e “fora do padrão” que se espera de um palestrando que fala sobre o mundo dos negócios. Sua obra anterior é “A Revolução das Startups”. Também escreveu “Os 15 maiores erros de novos empreendedores” que atingiu o primeiro lugar na Amazon em apenas 12 horas. Colunista em mais de 13 blogs e sites, é o articulista brasileiro com maior presença digital no país. Só nos últimos três anos seus conteúdos escritos tiveram mais de 13 milhões de pageviews.

Tags, , , , ,

Conheça 6 títulos que são leitura obrigatória para Cientistas de Dados

Por Semantix *

Conhecimento nunca é demais, principalmente em campos de conhecimento como a ciência de dados, que contempla diversos temas como Big Data,Machine Learning e outros, que estão em constante transformação. Por isso, a Semantix selecionou seis títulos de leitura que não podem faltar para um profissional dessa área aprimorar seu aprendizado. Os livros abrangem assuntos como estatística para programadores, Machine LearningDeep Learning, algoritmos, entre outros. Confira:

1. Data Analytics Made Accessible – Dr. Anil Maheshwari (autor)

Exiba imagens para confirmar leitura

Esse curto livro de 150 páginas apresenta os conceitos de Big Data e Data Analytics de maneira concisa, o que se traduz em uma boa primeira leitura para este universo.

2. Understanding Machine Learning: From Theory to Algorithms – Shai Shalev-Shwartz e Shai Ben-David (autores)

Machine Learning é uma das áreas de mais rápido crescimento, com aplicações nos mais diferentes segmentos. Esse livro introduz o leitor à aprendizagem mecânica e aos paradigmas algorítmicos que oferece.

3. Deep Learning – Ian Goodfellow, Yoshua Bengio e Aaron Courville (autores)

Essa publicação tem como objetivo ajudar alunos e profissionais a entrar no campo das aprendizagens mecânica em geral e do Deep Learning. A versão on-line do livro está completa e permanecerá disponível gratuitamente.

4. Machine Learning Yearning – Andrew Ng (autor)

Inteligência Artificial, Machine Learning e Deep Learning estão transformando inúmeras indústrias, e decisões práticas e assertivas são essenciais para construir um sistema de aprendizado de máquina. Esse livro vai te ajudar nisso!

5. Foundations of Data Science – Avrim Blum, John Hopcroft e Ravindran Kannan (autores)

A publicação apresenta a teoria que provavelmente será útil nos próximos 40 anos, no que diz respeito ao uso de computadores para entender e extrair informações relevantes de dados provenientes de aplicativos.

6Doing Data Science: Straight Talk from the Frontline – Cathy O’Neil and Rachel Schutt (autores)

Esse livro tem como proposta apresentar tudo que você precisa saber para usar os dados a seu favor na hora de montar sua estratégia de negócio, inspirado em aulas de ciência de dados da Columbia University’s.

Semantix é uma empresa especializada em Big Data, Inteligência Artificial, Internet das Coisas e Análise de dados. http://semantix.com.br/

Tags, , ,

Livro ajuda pessoas a aplicar conceito de marketing pessoal para obter sucesso profissional

7ed8db3b0948d5be8ab2bc4280e16c75

Os últimos acontecimentos na política e na economia têm como principais indicadores de impacto a situação de empresas e trabalhadores. Muitas das corporações que não fecharam tiveram de reconfigurar equipes e repensar operações. Por outro lado, tanto os profissionais que conseguiram manter suas posições quanto os que passaram a engrossar as estatísticas de desemprego sabem que a saída é identificar necessidades, transformá-las em oportunidade e oferecer algo diferente do que o mercado está acostumado. O ponto comum? O marketing.

Em tempos de crise, utilizar a estratégia de marketing pessoal para a promoção do sucesso e da imagem tem se tornado cada vez mais comum para buscar novas oportunidades e mudar a forma como as outras pessoas olham para quem a utiliza.

Acerca desse assunto, existe um grande número de obras que tratam do tema, entretanto, remetem primordialmente à ideia de etiqueta. Na 4.ª edição do livro “Marketing Pessoal no contexto pós-moderno”, lançado pela Trevisan Editora, o autor, especialista no assunto, Claudio Rizzo, traz uma obra voltado ao aspecto motivacional em particular e apresenta um quadro com as pressões que o ser humano se submete em eventos característicos da nossa sociedade capitalista e consumista.

O autor expõe o verdadeiro conceito de marketing pessoal através de elementos básicos como forma de se vestir, apresentação e comportamento em entrevistas. “A venda pessoal não pode ser encarada como uma simples e primária autopromoção; trata-se de algo muito mais importante do que apenas contar vantagens sobre competências ou apresen­tar imagens, de certa forma, atraentes”, comenta Claudio Rizzo.

Com linguagem de fácil entendimento, o livro analisa todas as ações e conceitos de marketing, chamando a atenção para a necessidade de se identificar e diferenciar a composição de marketing de produto e marketing pessoal.

Divido em sete capítulos, a obra aborda os fundamentos, conceitos e ambientes do marketing pessoal e traz uma comparação primordial entre produto e a pessoa, auxiliando na comunicação durante a utilização do marketing pessoal, além de tratar do marketing pessoal no ambiente pós-moderno e do profissional do terceiro milênio.

Rizzo mostra a importância de se entender a força de cada elemento para se conseguir uma carreira de sucesso e obter reconhecimento profissional.

Sobre o autor: Administrador de Empresas, mestre em Administração e Marketing pela Universidade Mackenzie e PhD em Administração pela Flórida Christian University (FCU). Atua como Consultor Empresarial especializado em Reestruturação e Recuperação Empresarial, Desenvolvimento Humano e Coaching há mais de 30 anos.

Tags, , ,

Plataforma conecta clientes a serviço de entrega de livros

A Disal, considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, lançou sua própria plataforma de entrega com a proposta de melhorar a performance e o relacionamento entre a empresa e seus clientes. Com 19 filiais espalhadas pelo país, conta com um robusto catálogo com 300 editoras e mais de 300 mil títulos comercializados, além de estar presente nos principais canais de vendas virtuais do Brasil.

Com cinco décadas de atuação e uma visão empreendedora, a Disal aposta em otimizar a operação e, com isso, aumentar a capacidade de atendimento. “Nos últimos três anos investimos em estrutura, melhoramos processos e estamos expandindo nossa rede de livrarias próprias. Percebemos que havia uma necessidade de aprimorar ainda mais o no serviço de entrega e por isso começamos a desenhar a plataforma de entrega Disal”, comenta Francisco Canato, diretor da distribuidora.

A plataforma permite aos clientes acompanharem a entrega e se programarem para o recebimento, pois utiliza roteirização e rastreamentoem tempo real. Ao realizar a compra, o cliente já é avisado da previsão de entrega. No momento em que a mercadoria é coletada pelo transportador, o comprador recebe a informação de que sua encomenda está a caminho com horário previsto de chegada no endereço, permitindo que ele se programe para receber a encomenda.

Assim que a entrega é realizada, o motorista coleta a assinatura e digitaliza no sistema, que envia automaticamente o tracking final para o consumidor. Caso o cliente não seja encontrado, o funcionário notifica que a tentativa não teve sucesso, registrando o motivo. Além de oferecer maior comodidade e possibilidade de programação, o recurso também traz seguranças para o consumidor. No ato da entrega, além da assinatura digital, também é capturada uma foto, solucionando qualquer questionamento futuro.

A mesma dinâmica serve para as retiradas feitas em nosso Warehouse, evitando fraudes na retirada dos livros. A plataforma também permite que, caso um cliente entre em contato para verificar o status da entrega, o operador tenha condições de indicar a localização do pacote com precisão pelo monitoramento por GPS.

“A plataforma de entregas DISAL foi desenvolvida internamente, o que permitiu alto nível de personalização e maior aderência ao nosso negócio. O sistema já está em uso na cidade de São Paulo com frota própria e motoboys, e já resulta na redução do índice de insucesso de entregas, além de feedbacks muito positivos de clientes”, comenta Rafael Cleante, gerente de tecnologia da informação.

Tags, , , ,

Re) Start Me Up traz reflexões sobre propósitos de vida e carreira

Quantas vezes você ouviu alguém dizer que quer largar tudo e mudar de vida? Se reinventar! Em uma sociedade que passa por uma fase de transição comportamental, esse tipo reclamação é cada vez mais frequente e comum entre pessoas das mais diversas faixas etárias. Foi com base nessa realidade que os autores Alexandre Campos – Executivo, André Chaves – Publicitário e Marcio Ogliara – Administrador, se uniram em um projeto iniciado com o livro Re) Start Me Up – Dê uma nova chance para sua carreira. O evento de lançamento acontece no próximo dia 01 de junho, das 19h às 22h na livraria Saraiva Mega Store do Shopping Vila Olímpia.

Com trajetórias profissionais distintas o trio reúne, no livro, ideias para ajudar o leitor a repensar sobre a própria vida, pessoal e profissional. O objetivo é gerar uma profunda reflexão sobre vida, propósito, carreira, trabalho e ambições, com o apoio de insights e referências de grandes pensadores. Longe de ser considerado “um guia de autoajuda”, o conteúdo segue a premissa de ser uma fonte inspiradora para que o leitor possa, enfim, promover um start de si mesmo. A proposta é provocar o público a uma reflexão sobre seu momento de vida e profissional, dando estímulos para que ele seja protagonista de suas decisões, ao avaliar o momento em que está hoje e para onde quer ir.

Para André Chaves, o projeto já nasce moderno na concepção. “Cada vez mais vemos guias com fórmulas ou cases de sucesso, sempre tive uma visão muito crítica quanto a isso, pois todo case é uma história que você conta como lhe convém. O mais legal é você poder ler um livro que não é tendencioso. Teoricamente você tem algo pragmático e as pessoas podem pegar somente o que faz sentido para vida de cada uma delas”, diz.

Com quatro temáticas centrais, Trabalho, Autoconhecimento, O que é Sucesso e Futuro, Re) Start Me Up aborda questionamentos importantes sobre como o indivíduo pode se tornar o protagonista da sua própria história, ao ter a liberdade de fazer inúmeras escolhas que lhe tragam felicidade e realização. “O leitor consegue usar esses quatro espaços como base para refletir e tomar decisões melhores independente da idade. Esse leitor pode ser um jovem no início de carreira, ou estar aos 30 querendo saber se tomou o caminho certo. Pode ter 40 buscando como crescer a partir dali, ou seja, em qualquer etapa que você esteja em sua vida”, diz Marcio Ogliara.

O projeto também fala da capacidade do ser humano de se reinventar diante das adversidades, inspira o leitor a autoanálise de sua vida pessoal e escolhas profissionais. “O livro propõe ação, que você possa experimentar, se lançar no mercado e assim ver se as coisas funcionam ou não em seus projetos. Uma parte importante tratada no livro fala sobre o autoconhecimento, quer dizer, quanto mais a gente experimenta, mais se conhece em situações boas ou em tempos de crise”, destaca Alexandre Campos.

Re) Start Me UP traz a tona o debate sobre o sentido de realização profissional para cada indivíduo e questões como o que realmente traz a felicidade, ao propor que o público encontre a sintonia entre os momentos em família, de lazer e cultura, com a rotina do trabalho. Siga as páginas oficiais do projeto, fique por dentro das novidades e dicas: Facebbok www.fb.com/Restartmeup Instagram @restartmeup, Canal no Youtube e LinkedIn – ReStart Me Up.

Lançamento do livro Re) Start Me Up

Quando: 01/06/2017

Local: Livraria Saraiva Mega Store – Shopping Vila Olímpia

Endereço: Rua Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia – São Paulo – SP

Horário: das 19h às 22h

Tags, , , , , ,

“Novo manual de coaching”: livro aborda metodologias para promover mudanças e acelerar o alcance de resultados

e0b7bf81e86c72f158a28a417413d76f

O “Novo Manual de Coaching – O guia definitivo para o alcance de resultados e mudança de vida”, recém-lançado pela Literare Books International, traz conceitos, metodologias e dicas práticas aos que buscam algum tipo de mudança em suas vidas. São mais de 50 capítulos que abordam a experiência de renomados coaches do Brasil nas mais diversas áreas como carreira, educação, comportamento, saúde e qualidade de vida, alta performance, liderança, empreendedorismo, desenvolvimento organizacional, relacionamentos e até mesmo maternidade, esporte, propósito e autorrealização, dentre inúmeras outras.

Nessa obra, os leitores são conduzidos a analisar diversos aspectos da vida e elaborar um plano de ação por meio de metodologias eficientes. É uma chance não só de reciclar – ideias, conceitos e conhecimento – mas também de desenvolver habilidades e competências, explorar cenários, expandir a consciência, mudar comportamentos e, acima de tudo, buscar a realização pessoal e profissional.

Alessandra Fonseca, sócia-proprietária da ConsultaRH (consultoria especializada em Recursos Humanos, Coaching e Empreendedorismo), é uma das coautoras do Manual e faz uma análise sobre o coaching executivo – vertente voltada ao desenvolvimento de lideranças e que tem sido cada vez mais procurada; tanto pelas organizações, que estão buscando executivos capazes de atingir resultados mais expressivos, que conseguem motivar e inspirar equipes explorando ao máximo as capacidades dos seus times, como pelos próprios profissionais, que nunca se sentiram tão pressionados como agora e, por isso, muitas vezes estão insatisfeitos com sua carreira e querem desenvolver novas habilidades.

“Novo Manual de Coaching – O guia definitivo para o alcance de resultados e mudança de vida” é um excelente manual para quem quer conhecer as melhores práticas e as diversas técnicas e aplicabilidades dos tipos de coaching.

Tags, , ,

Inovação e empreendedorismo são temas do primeiro livro de Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech

Considerado uns dos empreendedores mais influentes do segmento digital e à frente de uma das empresas mais inovadoras do país, Gustavo Caetano decide compartilhar seus conhecimentos adquiridos ao longo da sua trajetória na Samba Tech. Esse mês, chega ao mercado o “Pense Simples – Você só precisa dar o primeiro passo para ter um negócio ágil e inovador”.

Além de um breve histórico da carreira do autor, o livro aborda pontos sensíveis e importantes para quem deseja empreender e inovar no mundo dos negócios. Durante a leitura, as pessoas irão descobrir que, ao contrário do que se pensa e equivocadamente se diz aos jovens, inovar é simples. Gustavo conta que é possível aprender como o fracasso pode moldar a mentalidade para o sucesso; o que compõe o DNA inovador; qual a lógica da simplicidade para estimular a inovação; a importância de ser ágil e leve para se manter com alto potencial inovador, entre outros.

“Sempre acreditei que quando se quer alguma coisa que não existe é porque tem demanda e, possivelmente, um mercado. Aprendi a enxergar problemas pequenos e buscar soluções imediatas. Por isso, resolvi colocar toda minha experiência nesse livro e mostrar às pessoas e empresas que, às vezes, é preciso inovar e mudar o rumo do seu negócio para continuar crescendo”, explica Gustavo Caetano.

O prefácio do livro foi escrito por Rony Meisler, fundador da Reserva, marca de moda masculina brasileira. Além disso, depoimentos de grandes nomes do empreendedorismo, como Flávio Augusto, fundador da Wise Up e dono do Orlando City nos EUA; Viviane Senna, fundadora do Instituto Aryton Senna; Luiza Helena, CEO do Magazine Luiza; Ricardo Amorim, economista e presidente da Ricam Consultoria; e Paula Bellizia, Presidente da Microsoft Brasil, ajudaram a compor o livro de Caetano.

Com o livro, a expectativa de Caetano é incentivar cada vez mais a inovação nos negócios e revolucionar o mercado de empreendedorismo no país. O lançamento oficial será realizado no dia 20 de março em Belo Horizonte; 21 em São Paulo e 22 no Rio de Janeiro. O valor é R$ 29,90 e toda a receita do autor será doada para o Instituto Aryton Senna.

Tags, , , ,

Livro Vida Móvel investiga a ascensão da telefonia móvel

unnamed-81

Dos primeiros celulares aos modernos smartphones, a telefonia móvel percorreu um longo caminho nas últimas três décadas. Seja para entretenimento e relações pessoais, seja em atividades ligadas à rotina de trabalho das pessoas, os aparelhos celulares fizeram neste período uma transição de equipamento de comunicação móvel voltado à elite para a mais importante e popular ferramenta eletrônica do mundo. Foi a partir dessa transformação que a desejada inclusão digital passou de desejo a possibilidade real, e a partir do protagonismo dos smartphones assistimos à consolidação da chamada “era da informação”.

É para investigar como e por que esses aparelhos se transformaram em objetos indispensáveis e infiltraram-se no cotidiano de bilhões de pessoas em todo o mundo que a BEI Editora lança Vida móvel, uma obra que mescla palavras e imagens em uma abordagem tanto científica como esteticamente apurada do tema.

No que tange ao texto, o livro reúne dois ensaios de fôlego: “A maior das ferramentas”, do escritor e pesquisador norte-americano Noah Arcenaux, professor da Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, que faz uma abordagem universal do tema, fruto de seus principais trabalhos acadêmicos, e “O nascimento de uma nação digital”, do jornalista brasileiro Alexandre Matias, que aborda a transformação do Brasil em um país ultraconectado e digital.

Os textos de Arceneaux e Matias são permeados pelas interpretações dos fotógrafos Eduardo Longman e Fernando Laszlo. O primeiro apresenta de modo primoroso a presença dos telefones em nossa rotina, a partir de fotografias tiradas nas ruas em diversas localidades e em diferentes situações cotidianas, enquanto o segundo traz um olhar esteticamente surpreendente do design dos aparelhos e de suas peças, em um ensaio de macrofotografia que literalmente desconstrói os aparelhos ao longo das páginas.

A onipresença dos celulares nas sociedades contemporâneas ainda é abordada pela jornalista Lúcia Guimarães, que abre Vida móvel com uma reflexão a respeito dos ganhos e das perdas do mundo ultraconectado, e em uma interessante linha do tempo, que destaca a evolução tecnológica a partir dos aparelhos que se tornaram marcos na história da telefonia móvel.

Apoiado em informação atualizada aliada a fotografias de alta qualidade, Vida móvel apresenta um olhar amplo e multifacetado sobre um dos mais significativos fenômenos de nossa época.

Vida Móvel

BEI Editora

224 páginas

Edição bilíngue (português/inglês)

19 x 24 cm

ISBN: 978-85-7850-132-7

Preço: R$ 75,00

Fotos: Eduardo Longman

Sobre os autores

Noah Arceneaux:
Professor da Escola de Jornalismo e Estudos de Mídia, na Universidade de San Diego, seu principal tema de estudo é a história das tecnologias de comunicação. Em 2014, foi professor convidado pela Fundação Fulbright, em Delhi, Índia, pesquisando a proliferação de celulares naquele país. É coeditor de uma antologia sobre o tema The Mobile Media Reader (Peter Lang, 2012).

Alexandre Matias:
É jornalista e dedica-se à pesquisa de cultura, comportamento e tecnologia desde 1995, tendo colaborado com os principais veículos de comunicação no Brasil. Sua produção está centralizada no site Trabalho Sujo (www.trabalhosujo.com.br).

Tags, , , , , ,

Livro apresenta estudos inéditos sobre internet banda larga no Brasil

unnamed-47

Todos queremos ter acesso à banda larga rápida e barata, uma vez que ela se tornou imprescindível para o trabalho, estudos, para o lazer e outras atividades do dia a dia. O acesso, o preço e a qualidade da banda larga fixa têm sido debatidos diariamente ao longo das últimas semanas em função de potenciais mudanças nos modelos de negócio das operadoras, que querem limitar a quantidade de dados oferecida para os consumidores. Nesse contexto, chega às livrarias uma obra que contribui com o debate: “Banda Larga no Brasil: Passado, Presente e Futuro”. O livro trata da importância de políticas públicas e regulação necessárias para universalizar o acesso, reduzir o custo, aumentar a velocidade e melhorar a qualidade da banda larga para promover o desenvolvimento econômico, social e político do Brasil no século 21.

Organizado por Peter Knight (economista e Estrategista de Transformação Digital), Flavio Feferman (professor da Haas School of Business da University of California, Berkeley) e Nathalia Foditsch (advogada e especialista em política e regulação de comunicações), o livro reúne textos de especialistas em diversas áreas relacionadas à banda larga, que se propuseram a discutir experiências de políticas públicas e regulação do Brasil, abordando as características da infraestrutura no país, além de casos bem-sucedidos no desenvolvimento de redes e de mercados. A publicação foi lançada pela Editora Figurati, pertencente ao Grupo Editorial Novo Século,

Segundo os organizadores, a obra tem o intuito principal de contribuir com o debate a respeito dessa tecnologia, que é essencial para o desenvolvimento do Brasil em uma economia cada vez mais globalizada e baseada no conhecimento. Os especialistas destacam que, apesar dos inúmeros desafios que precisam ser enfrentados, ainda não existe uma estratégia nacional coerente para promover a universalização da banda larga de alta velocidade, com qualidade e baixo custo.

“A importância de uma estratégia coerente de banda larga para o país não pode ser subestimada. Vários estudos citados no livro demonstram uma relação direta entre acesso à banda larga, crescimento econômico e inclusão social. Portanto, a expansão da banda larga é precisamente o tipo de estratégia tecnológica que promove a convergência econômica entre os países ricos e os países em desenvolvimento”, ressaltam os organizadores.

Entre os fatores mais importantes para a universalização da internet em banda larga no país, os organizadores do livro destacam: o aperfeiçoamento da regulação setorial focada no aumento da competição, da inovação e promoção de investimentos; a revisão da carga tributária; a maior pró-atividade do governo no processo de universalização; a participação da sociedade civil e da academia nas discussões relacionadas ao tema; a inovação tanto em tecnologia quanto em modelos de negócio.

“A carga tributária média nacional onerando a banda larga, em 2016, é de 46%, chegando até um máximo de 68,5% no estado de Rondônia. Esta carga tributária é a mais alta de todos os setores da economia brasileira, contribuindo aos altos preços da banda larga, desestimulando os investimentos e impedindo a universalização de acesso”, ressaltou o economista Peter Knight.

As pesquisas divulgadas na obra também mostram os benefícios decorrentes do investimento em banda larga. De acordo com estudos do Banco Mundial, para cada aumento de 10% na penetração da banda larga em países em desenvolvimento, há um aumento médio de 1,38% na taxa de crescimento do PIB. Outro estudo, referente ao Brasil, indicou que a expansão da banda larga adicionou entre 1,0 e 1,4 % à taxa de crescimento do emprego no país.

Com uma abordagem que ultrapassa o caráter técnico do tema, o livro “Banda Larga no Brasil: Passado, Presente e Futuro” é fonte de informação não apenas para profissionais que trabalham na área de telecomunicações ou estudantes, mas também para quaisquer pessoas interessadas em discutir o desenvolvimento do país.

Sobre os organizadores: Peter Knight é membro do Diretório do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial. Trabalhou no Banco Mundial por mais de vinte anos, tendo atuado como chefe do Centro de Mídia Eletrônica e como economista líder para o Brasil. É PhD em Economia pela Stanford University. Flavio Feferman é professor da Haas School of Business da University of California, Berkeley, e presidente da Developing Markets Group Consultores. É formado pelas universidades de Stanford e Berkeley, com pós-graduação em Economia e Administração. Nathalia Foditsch é advogada e especialista em política e regulação de comunicações. Trabalhou para think tanks, bancos multilaterais de desenvolvimento e para o Governo Federal Brasileiro. Atualmente é doutoranda em Washington D.C.

Tags, , , , , ,