Tag Liga IoT

Liga IoT: Conheça as 5 startups escolhidas pela Liga Ventures

Com parceria da Tivit e Intel, startups selecionadas trarão soluções de negócio para a indústria e a automação de casas e edifícios

A Liga Ventures – aceleradora especializada em gerar negócios entre startups e grandes empresas – apresenta as 5 escolhidas que participarão do primeiro ciclo de aceleração da Liga IoT, focado em soluções para Internet das Coisas.

Com o objetivo de gerar novas oportunidades de negócios entre os participantes, a Liga IoT proporcionará também um amplo networking com potenciais parceiros e investidores, além de testar novos modelos de mercado.?

O programa recebeu cerca de 200 empresas inscritas, que passaram por três etapas de seleção: triagem, entrevista e apresentação de negócios para uma plateia repleta de profissionais conceituados. As startups trouxeram propostas de diversos temas de interesse, como soluções para aumentar a produtividade nas indústrias, automação residencial, rastreamento, segurança, identificação de pessoas e ativos, entre outros.

De acordo com Rogério Tamassia – diretor da Liga Ventures – um dos grandes objetivos do Liga IoT é ajudar a criar um ecossistema que foque em compreender e antecipar a revolução que a Internet das Coisas está trazendo para diversos setores. “As grandes empresas já descobriram que é possível usufruir da agilidade e dinamismo das startups para dar uso prático a todas essas novas tecnologias e modelos de negócio que estão surgindo. Isso deixa de ser power-point sobre tendências e passa a ser inovação real e concreta”, afirma.
Para Norberto Tomasini, Diretor de Digital & Business Solutions Sales da TIVIT, participar de parcerias como a Liga IoT é importante e faz parte do movimento de incentivo ao digital. Segundo o diretor, “ao nos aproximarmos de startups, temos a oportunidade de trocar cultura e aprendizado com essas empresas, e com isso fomentar a inovação e novas soluções para nossos clientes”, comenta.

Programa de aceleração

As startups escolhidas serão aceleradas durante quatro meses e terão mentorias com executivos do setor e com a rede dada Liga Ventures, além de terem a oportunidade de gerar novos negócios com as empresas parceiras e acesso a investidores. Nenhuma contrapartida em participação societária ou propriedade intelectual é exigida das startups aceleradas.

Conheça as startups que farão parte da Liga IoT:

Audio Alerta: Solução de audio analytics aplicada a segurança pública e privada, que utiliza sensores de áudio e inteligência artificial para monitorar ambientes e detectar eventos como tiros, batidas, explosões e quedas.
Site: www.audioalerta.com.br

DEV Tecnologia: A DEV desenvolve soluções especializadas em Internet das Coisas sob demanda para grandes empresas e produtos próprios, como o conjunto de soluções DEV Beacon, DEV SmartTag e DEV SmartScanner, aplicado para monitoramento e localização de pessoas e ativos em ambientes indoor.

Site: www.devtecnologia.com.br

LoopKey: Sistema de controle de acessos para espaços inteligentes.

Site: www.loopkey.com.br

Nexxto: Através de solução IoT composta de sensores que se comunicam diretamente com a nuvem, a NEXXTO oferece redução de perdas, melhoras no controle, na eficiência operacional, na qualidade dos produtos e na visibilidade da operação para o varejo.
Site: www.nexxto.com

Ubivis: A Ubivis oferece um sistema end-to-end, não intrusivo, que utiliza Internet das Coisas para aumentar a produtividade da manufatura e moderniza o processo fabril.

Site: www.ubivis.io

Tags, , , , , , , , , ,

TIVIT firma parceria com Liga Ventures para se aproximar de startups

A TIVIT, líder em serviços integrados de tecnologia – agora faz parte da Liga IoT, projeto liderado pela Liga Ventures – aceleradora especializada em gerar negócios entre startups e grandes corporações. O objetivo da parceria é buscar sinergias e promover a inovação.

A TIVIT sempre estimulou o avanço e adoção de novas soluções tecnológicas, recentemente inclusive a companhia reestruturou o portfólio e criou uma nova diretoria para estimular os serviços digitais. “Apoiar a Liga Ventures faz parte do movimento de incentivo ao digital. Aos nos aproximarmos de startups, temos a oportunidade de trocar cultura e aprendizado com essas empresas, e com isso fomentar a inovação e novas soluções para nossos clientes”, afirma Norberto Tomasini, Diretor de Digital & Business Solutions Sales da TIVIT.

“É uma conexão onde todos ganham. As startups têm inovação no seu DNA e precisam criar novos negócios de forma ágil e eficaz; enquanto as grandes empresas têm acesso a mercado, expertise e uma marca consolidada”, diz Rogério Tamassia, sócio-diretor da Liga Ventures, que também tem programas com a Porto Seguro, AES Brasil, EMBRAER e Mercedes-Benz, entre outras.

“A Liga IoT integra um importante ecossistema que com certeza contribuirá para o avanço da Internet das Coisas no Brasil. Esperamos com essa parceria criar novas tecnologias e gerar novos negócios juntos. Essa troca facilita a transformação digital, e com certeza irá beneficiar a TIVIT e seus clientes”, ressalta Tomasini.

O programa de inovação aberta criado para prospectar, selecionar e acelerar startups ligadas à Internet das Coisas trará soluções de negócio para diversos setores como agricultura, varejo, indústria, automação de casas e edifícios e cidades inteligentes.

As startups selecionadas passarão por um programa de aceleração de quatro meses em São Paulo. Durante esse período, elas terão acesso a tecnologias e mentorias com executivos da TIVIT e de outras empresas, com quem poderão explorar sinergias e oportunidades de negócio, além da rede de mentores da Liga Ventures e a amplo networking com potenciais parceiros e investidores. O primeiro ciclo do programa começará em 22 de maio.

Tags, , ,

Liga Ventures e Intel anunciam programa para startups ligadas a Internet das Coisas

A Liga Ventures, aceleradora de startups especializada em gerar negócios entre startups e grandes corporações, oficializou, nesta quinta-feira (23), a criação da Liga IoT, uma plataforma de inovação aberta que vai prospectar, selecionar e acelerar startups ligadas à Internet das Coisas. As inscrições para o primeiro ciclo de aceleração já estão abertas. A vertical temática contará com grandes parceiros corporativos e o primeiro a aderir ao programa é a Intel.

O principal objetivo da plataforma é conectar grandes empresas a startups do setor para que explorem oportunidades de negócio ou testem novas tecnologias em conjunto. A Liga IoT cria um ecossistema que foca em compreender e antecipar a revolução que a Internet das Coisas está trazendo para diversos setores como agricultura, varejo, indústria, automação de casas e edifícios e cidades inteligentes.

A Intel está engajada na iniciativa que irá abrir portas para que startups possam testar novas soluções e explorar oportunidades de negócios com seus clientes e parceiros. “Acreditamos no trabalho de startups como uma maneira de acelerar a chegada da Internet das Coisas no Brasil. Como se trata de um mercado novo e de alto potencial, há um enorme espaço para tomar à frente da inovação e gerar produtos e serviços de alto valor agregado”, comenta Maurício Ruiz, diretor geral da Intel Brasil. “A Intel desenvolve soluções de hardware e software para Internet das Coisas que são referência mundial. Através da Liga IoT, podemos utilizar esses recursos para apoiar os empreendedores que irão fazer a diferença no futuro.”

A iniciativa se soma a outros programas que a Liga Ventures possui com empresas como Porto Seguro, AES Brasil, EMBRAER e Mercedes-Benz. “Para nós, é muito importante ter a Intel como grande parceira na Liga IoT. Estamos seguros de que juntos ofereceremos muitas oportunidades para os empreendedores que participarem do programa” é o que diz Rogério Tamassia, Sócio-diretor da Liga Ventures.

A plataforma Liga IoT

Serão selecionadas 5 startups de hardware ou software com soluções em Internet das Coisas em temas como agricultura, varejo, indústria, veículos conectados, automação de casas e edifícios, cidades inteligentes e outros.

As startups passarão por um programa de aceleração de quatro meses em São Paulo. Durante esse período, vão ter acesso a tecnologias e executivos da Intel, com quem podem explorar sinergias e oportunidades de negócio, além da rede de mentores da Liga Ventures e a amplo networking com potenciais parceiros e investidores.

Os principais objetivos são desenvolver o ecossistema de IoT no Brasil e explorar novas oportunidades de negócio. Nenhuma contrapartida em participação societária ou propriedade intelectual é exigida das startups.

As inscrições para o 1° ciclo de aceleração da Liga IoT já estão abertas e vão até o dia 03 de abril. Startups e grandes empresas que queiram saber as novidades dessa iniciativa podem acessar o site http://liga.ventures/iot.

Tags, , , , ,