Tag Latin American Utility Week

Latin American Utility Week começa nesta terça(19) em São Paulo

Acontece nesta semana, de 19 a 21 de setembro, a 15ª Latin American Utility Week (LAUW), principal encontro do setor de utilities da América Latina. Realizado no Transamerica Expo Center, em São Paulo, o evento reúne especialistas e profissionais para debaterem o futuro dos segmentos de energia, água e gás em uma ampla programação de conferências dividida nos eixos temáticos Smart Grids & Medição, Cidades Inteligentes, Renováveis e Água & Gás.

O evento congrega empresas expositoras representantes da cadeia de fornecimento de equipamentos, soluções e tecnologias para utilities de energia, água e gás, transmissoras, distribuidoras e comercializadoras de energia, agências reguladoras e governo, certificadoras, grandes consumidores de energia, investidores e área financeira. Entre os expositores estão empresas do porte da Eletra Energy Solutions, Friendcom, Eaton, Meters and More, Nansen, entre outras.

Além da oferta de novidades em equipamentos, tecnologia e serviços, o evento traz uma extensa programação de palestras, que abordarão temas como a implantação da Tarifa Branca a ser realizada a partir de janeiro de 2018. Entre os palestrantes convidados estão representantes de utilities como AES, CPFL, Cemig, Energisa, Enel, EDP, CESP, Copel, Sabesp, Sanepar, Sanasa, Comgás, SCGás, Raízen e Gas Brasiliano.

A grade de palestras aborda questões prementes para o setor, como a defnição de marco regulatório que seja convidativo ao investimento privado, a modernização da rede elétrica, o aumento da segurança na aferição do consumo, precificação, o papel da automação na busca por eficiência, entre vários outros assuntos.

Estarão presentes, ainda, representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (ARSESP), além de especialistas de entidades como a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE), Associação Brasileira de Geração Distribuida (ABDG), Utilities Telecom & Technology Council América Latina (UTCAL), Associação Brasileira de Armazenamento e Qualidade de Energia (ABAQUE), Comitê Brasileiro de Barragens (CBDB, Associação da Indústria de Cogeração de Energia (COGEN), Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e Associação Brasileira de Biogás e Biometano (Abiogás) e universidades como Universidade São Paulo (USP), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fundação Getulio Vargas (FGV).

Para mais detalhes da programação acesse o link:

http://www.clarion-cms.com/uploads/Pages/site207_38987_pt_file1.pdf

Latin American Utility Week (LAUW)

Data: 19 a 21 de setembro

Local: Transamerica Expo Center – Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo – SP

Horário: Exposição – 10h às 18h / Conferências – 9h30 às 17h30

Tags, ,

Programa da CPFL investe no uso de veículos elétricos no Brasil

A mobilidade elétrica desponta, no contexto internacional, como uma mudança de paradigma para o transporte público e privado e um importante vetor para a construção de cidades mais inteligentes e eficientes. O principal benefício da utilização de veículos elétricos é a não emissão de gases tóxicos que provocam o efeito estufa na atmosfera, além de menor custo com combustível.

No Brasil, a mobilidade elétrica começa a ganhar força e alguns incentivos implementados pelo governo federal, como a isenção do imposto de importação de veículos elétricos. “O custo atual da eletricidade, se comparada com o preço do combustível, torna o valor do quilômetro rodado mais barato com veículos elétricos. Além disso, o custo de manutenção é menor, pois é utilizado uma quantidade menor de peças móveis e de filtragem, o que faz com que haja menos desgaste mecânico”, ressalta o especialista em inovação e gerente do Programa Emotive, desenvolvido pela CPFL Energia, Danilo Leite.

O especialista da CPFL Energia é um dos palestrantes da 15ª Latin American Utility Week, principal encontro de utilities da América Latina, e irá falar sobre o “Programa Emotive CPFL e os desafios para o desenvolvimento de infraestrutura para mobilidade” no dia 20 de setembro, às 17h10. A iniciativa é desenvolvida na região Metropolitana de Campinas pela CPFL e tem o objetivo de constituir um laboratório real de mobilidade elétrica, permitindo a coleta de dados em regime real de operação das diversas aplicações e implicações de tecnologias relacionadas à mobilidade elétrica, possibilitando o estudo e aprofundamento dos impactos reais dos veículos elétricos para o setor elétrico.

Segundo Leite, na pauta da palestra estão os resultados preliminares do programa, os desafios enfrentados pelo setor elétrico, as necessidades de adequações tributárias para a aquisição de veículos, a implantação de infraestrutura pública e os ajustes regulatórios. “É necessário discutir as políticas de incentivo à criação de um ecossistema sustentável, só assim será possível o desenvolvimento da mobilidade elétrica no Brasil”, afirma o especialista da CPFL Energia.

A palestra integra uma ampla programação da conferência da 15ª Latin American Utility Week. Durante os três dias de evento, de 19 a 21 de setembro no Transamerica Expo Center, em São Paulo, serão debatidos os assuntos mais relevantes do setor de utilities na atualidade dentro de quatro eixos temático: Smart Grids & Medição, Cidades Inteligentes, Renováveis e Água & Gás.

Latin American Utility Week (LAUW)

Data: 19 a 21 de setembro

Local: Transamerica Expo Center – Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo – SP

Horário: Exposição – 10h às 18h / Conferências – 9h30 às 17h30

Tags, , , ,

Redes elétricas inteligentes são o foco do CPqD em evento do setor de utilities

As redes elétricas inteligentes (smart grids) e os sistemas de armazenamento para novas fontes de energia serão temas da participação do CPqD na 13.ª edição da Latin American Utility Week, que se realiza nesta semana, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. O evento, que é um dos principais do setor de utilities na América Latina, tem uma programação ampla, voltada para profissionais de variados segmentos nessa área – que abrange energia, água e gás.

Três palestras de especialistas do CPqD integram essa programação. A primeira, no dia 24 (quinta-feira), às 10 horas, será proferida por Maria de Fátima Rosolem, pesquisadora da área de Sistemas de Energia, que falará sobre Novas tecnologias de baterias para sistemas de armazenamento de energia.

“A bateria permite armazenar a energia gerada por novas fontes alternativas e torná-la disponível somente quando necessário”, observa Fátima. “Atualmente, há uma busca por novas tecnologias de baterias menos agressivas ao meio ambiente e que, ao mesmo tempo, atendam aos requisitos de acumular maior densidade de energia e potência.” Em sua palestra, a ser apresentada no evento Energen Expo – Feira Internacional de Geração de Energia (paralelo à Latin American Utility Week), a pesquisadora dará uma visão sobre o estado da arte de várias tecnologias de baterias em desenvolvimento para aplicações em sistemas de armazenamento de energia estacionária – como bateria de sódio-cloreto de níquel, lítio-íon, fluxo e células combustível.

Também no dia 24, às 15h20, José Reynaldo Formigoni Filho, gerente de Tecnologia de Segurança da Informação e Comunicação do CPqD, fará uma palestra sobre Segurança em redes elétricas inteligentes. Segundo ele, nos últimos anos, houve um aumento dos ciberataques a infraestruturas críticas de vários países – mais de 50% dos quais concentrados nas redes elétricas. “Com o advento do smart grid, essa situação tende a se agravar, devido à incorporação à rede elétrica de um número maior de dispositivos eletrônicos, que utilizam softwares embarcados”, alerta o especialista. Sua apresentação irá listar as principais ameaças e vulnerabilidades relacionadas à implantação das tecnologias smart grid na rede; as medidas de mitigação adotadas nos EUA e na Comissão Europeia e, ainda, oferecer uma visão geral de como essas questões estão sendo tratadas no Brasil.

No dia 25, às 14h40, Marcos Malveira, pesquisador da área de Sistemas de Energia do CPqD, apresentará o tema Análise de infraestrutura de medição avançada: Arquitetura interoperável. “A interoperabilidade é um dos requisitos básicos do desenvolvimento e implantação de soluções para redes elétricas inteligentes”, diz Malveira. “É preciso ter uma visão clara de quais são os pontos importantes para a definição de uma arquitetura interoperável, além de mapear os principais desafios que fabricantes e distribuidoras de energia deverão considerar para isso.” Em sua palestra, que está incluída na abordagem estratégica Smart Grid, Malveira apresentará uma visão da arquitetura de medição avançada (AMI), com foco em critérios de interoperabilidade, e analisará alguns desafios a serem superados para sua implantação em larga escala no país.

Mais informações sobre a Latin American Utility Week 2015 estão disponíveis no site do evento – em http://www.latin-american-utility-week.com/

Tags, , , ,

Indra apresenta sistemas inteligentes de eficiência energética no Latin American Utility Week

A Indra, uma das maiores empresas de consultoria e de tecnologia na América Latina, participa do Latin American Utility Week, que reúne diversos profissionais para discutirem tendências e a modernização do setor de utilities. Juan Prieto, gerente do mercado de Energia da Indra, ministrará uma palestra no dia 24, às 11h20, sobre ferramentas para redução efetiva de perdas de energia. A Feira e a Conferência serão realizadas entre os dias 23 e 25 de setembro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

No estande, a Indra fará a demonstração de todo seu portfólio para a área de utilities com destaque a duas soluções inovadoras em eficiência energética: sistema de IoT Smart Home e de gestão de perdas e medidas.

Sobre smart home, tecnologia bastante utilizada na Europa, a Indra dispõe de um equipamento chamado Node#1, que funciona como um gateway inteligente, concentrando todos os sensores e equipamentos da casa, como termostatos, sensores de presença e de fumaça, smart plugs, medidor de energia, água e gás, entre outros, para que o morador possa não só gerencia o seu consumo de maneira mais eficiente, mas também dispor de serviços que agreguem conforto e segurança ao seu dia a dia, como regular a temperatura ou ser notificado de invasões, por exemplo. O equipamento dispõe de tecnologia de ponta, conectando-se aos diferentes sensores por protocolos abertos e disponibiliza as informações ao cliente de maneira fácil e inteligente.

Outra frente de atuação da Indra é a tecnologia que contribui para a gestão da distribuição de energia elétrica de forma inteligente, sob o conceito de smartgrid. A empresa fornece a solução inGRID (Indra Smartgrids) e parte dela trata da gestão de medidas e controle de perdas. A oferta completa abrange o serviço de consultoria técnica e de processos; implementação de sistemas de análise de detecção de perdas e gestão de controle; e terceirização do processo de gestão de fraude.

A solução inGRID foi desenvolvida no Brasil, no Centro de Excelência em energia elétrica da Indra, localizado em Campinas, interior de São Paulo. Atualmente, essa tecnologia encontra-se implantada em várias empresas do Brasil e também fora do país, como na República Dominicana, Colômbia, Venezuela, Peru e Argentina.

A palestra de Juan Prieto seguirá a linha da exposição da Indra na feira. Ele falará sobre o impacto das mudanças sociais, econômicas, técnicas e de organização no aumento ou redução de fraudes nas redes de eletricidade, de gás e de água e de que forma ferramentas tecnológicas podem controlar o gerenciamento das utilities.

Tags, , ,