Tag Ivo Montenegro

HackBrazil divulga os cinco finalistas

Um tijolo de isopor mais barato e sustentável. A identificação automatizada de ervas daninhas no plantio de cana-de-açúcar. Inteligência
artificial para apurar informações sobre ações judiciais.

Uma plataforma online para agilizar o licenciamento ambiental. E um app que diz tudo sobre a localização e a lotação de ônibus urbanos em tempo real. Essas são as cinco ideias finalistas da HackBrazil, competição de inovação e tecnologia da Brazil Conference at Harvard & MIT, que acontece nos dias 6 e 7 de abril em Boston, Massachusetts. As cinco equipes finalistas foram escolhidas para virem apresentar os projetos, com todas as despesas pagas, para um júri especial ao final do primeiro dia, e o vencedor será premiado com R$ 50 mil.

“A segunda edição da HackBrazil teve 572 equipes inscritas, um crescimento de mais de 70% comparado com o ano anterior, então estamos muito satisfeitos! Mais ainda porque os projetos continuaram de alto nível!” afirma Ivo Montenegro, copresidente responsável pela HackBrazil, que nasceu no segundo semestre de 2016, a partir de uma ideia de criar uma plataforma para transformação da realidade brasileira usando a tecnologia. A iniciativa então evoluiu para uma competição com uma etapa de mentoria,
proporcionando às equipes a oportunidade de desenvolverem soluções mais elaboradas.

Das equipes inscritas, 25 foram selecionadas para participar da Fase Maker, em que trabalharam com mentores altamente qualificados para desenvolver seus projetos.
No primeiro ano, foram 329 equipes inscritas, de todas as regiões do Brasil e também de 7 estados americanos. As duas equipes que empataram como vencedoras, Bubu Digital e Diagnóstico Público, receberam US$ 1 mil cada, na final apresentada por Luciano Huck.

Conheça os projetos finalistas

CromAI (SP): tecnologia para ajudar o agricultor a detectar ervas daninhas por
processamento de imagem em plantações de cana-de-açúcar.

Inovação Tecnológica (PB – Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande): o
Tijopor é um tijolo de construção civil, que tem o isopor reciclável como matéria prima e
que não passa pelo processo de queima como o tijolo comum, resultando em um material
duplamente sustentável e com baixo custo de produção.

IP (DF): Atrium é uma solução de inteligência artificial para que escritórios de advocacia
que atuam junto aos Tribunais de Justiça, consigam informações estruturadas, de forma
rápida, sobre a atuação dos magistrados.

WayCarbon (MG): o LicenTIa é uma plataforma para facilitar o licenciamento ambiental
no Brasil, permitindo o acesso a outros estudos de impacto e informações públicas
relacionadas, além de permitir que o processo seja analisado on-line pelos órgãos ambientais.

TopDown (SP): o aplicativo Milênio Bus foi desenvolvido para otimizar a mobilidade
urbana de transporte público, informando para os usuários o local do veículo e quantos
passageiros tem em cada um, em tempo real.

Tags, , , , , ,