Tag InovAtiva

Startups aceleradas pelo InovAtiva são destaque no CASE Startup Summit

Durante o mês de outubro, foi realizado o CASE + Startup Summit , evento que uniu a Conferência Anual de Empreendedorismo e Startups e o principal evento do ecossistema de inovação do Sul do país em iniciativa inédita para criar a maior reunião digital de empreendedorismo latino-americana. Ao todo, 25.190 pessoas participaram, 4.480 empresas foram atendidas e 85 startups brasileiras exibiram suas soluções.

Para estimular ainda mais startupeiros de todo o continente a alavancar seus negócios, o InovAtiva Brasil , hub de aceleração, conexão e capacitação de startups brasileiras, participou ativamente do evento, oferecendo, de forma online e gratuita, mentorias coletivas e até mesmo um Demoday. Assim, conseguiu atingir mais de 1,1 mil players do ecossistema.

“Estamos trabalhando para a construção de um Brasil que valoriza a inovação e esta oportunidade nos ajuda a ir ainda mais longe, estruturando uma rede que poderá nos transformar na maior nação empreendedora do mundo”, comenta Carlos Da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME).

O evento também contou com grandes premiações, como o Startup Awards e o Sebrae Like a Boss + Get In The Ring que geraram visibilidade a startups e também a agentes fomentadores do empreendedorismo no país. Todas as atividades ocorreram de maneira digital, no site do evento.

“O Case Startup Summit foi uma soma de esforços, onde conseguimos mobilizar todo o ecossistema de startups do Brasil. Ter parceiros envolvidos nas mais diversas ações mostra a força que o empreendedorismo inovador tem no país e como juntos podemos realizar feitos incríveis”, destacou o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

InovAtiva Conecta

Para gerar uma experiência ainda mais enriquecedora aos participantes, o InovAtiva Brasil, em parceria com WOW Aceleradora, Investimentos Acate e Cotidiano Aceleradora, promoveu um Demoday em que oito startups apresentaram suas soluções para uma banca formada por investidores e aceleradoras.

A escolha dessas empresas foi feita com base em critérios como faturamento de até R﹩ 30 mil mensais, de preferência não ter recebido investimento previamente e atuar com agropecuária, finanças, varejo, indústria, educação, saúde ou recursos humanos, priorizando aquelas que, dentro destes quesitos, tivessem algum impacto socioambiental.

Desta forma, as startups aceleradas selecionadas foram: PecSmart e UpFlux. Além das aceleradas, participaram também Atmos, Fácil Consulta, Ímpar, Matched, NanoScoping e Trocados.

Mentorias Coletivas

Junto com as aceleradoras Darwin Startups e Ace Startups, o InovAtiva Brasil também promoveu 24 sessões de mentorias coletivas, que atingiram um total de 1.143 pessoas, somando as participações pela plataforma do evento e as visualizações do Youtube.

Essas palestras abordaram temas como impacto socioambiental, branding, marketing digital, Growth Hacking, gestão empresarial, tração de vendas, conexão com grandes empresas, entre outros.

Tags, ,

Startup brasiliense é destaque em evento do InovAtiva, maior programa de incubação de empresas do Brasil

As redes sociais têm participação cada vez mais ativa na vida das pessoas. Você já pode, inclusive, fazer o seguro do seu carro usando o Facebook. Essa é a proposta da Onsurance, startup brasiliense, que ficou entre os 12 destaques do Demo Day, evento da InovAtiva, maior programa de aceleração e incubação de startups do Brasil, promovido pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo Sebrae. Em Brasília, a startup funciona, desde novembro de 2017, no IESBLab, a incubadora de projetos do Centro Universitário IESB.

O Onsurance nasceu em 2017, da iniciativa de Ricardo Bernardes e Adilair Silva, dois ex-alunos do IESB e é, segundo Bernardes, a evolução do seguro sob demanda. “Nós usamos inteligência artificial para que o cliente possa acionar o seguro pelo Messenger do Facebook só quando ele precisa. Por exemplo, quando sai à rua, pois você não precisa pagar pelo seguro quando o carro está na garagem da sua casa ou do seu prédio”, informa.

O Messenger do Facebook é o principal meio de comunicação com a empresa. É possível contratar o seguro pela mídia social, acionar e interromper o serviço e, também, avisar sobre algum sinistro. “O usuário faz um aporte inicial a partir R$ 999 e cada minuto custa R$ 0,0004 (quatro milésimos de real), que vai sendo debitado à medida do uso”, conta Bernardes. Os créditos não têm prazo para expirar e, quando acabam, a recarrega pode ser feita com valor mínimo de R$ 299. A economia, segundo o empresário, é de 50 a 80% se comparado ao que se paga em seguradoras tradicionais.

A empresa já atendeu mais de 1000 usuários e está expandindo suas áreas de atuação. “Estamos ampliando o Onsurance para produtos de luxo, como bolsas, situações do dia-a-dia como entregas de compras virtuais e até para a sua viagem de carro com aplicativos” conta Bernardes.

Nesta edição do InovAtiva, foram inscritas 1200 startups. Dessas, foram selecionadas 300 para a segunda fase e apenas 100 foram escolhidas para participar do Demo Day. Durante o evento, bancas com investidores, mentores de organizações como Google, Braskem, entre outras, selecionaram 12 projetos destaques. A Onsurance foi destaque no segmento fintech.

Mais informações sobre o Onsurance podem ser conferidas na página da empresa no Facebook e no site da empresa.

Tags, , , , ,

InovAtiva Brasil abre inscrições para segundo Ciclo de Aceleração de startups no ano

Empresas inovadoras iniciantes de qualquer setor podem concorrem a uma das 300 vagas no maior programa público de aceleração do mundo

Começaram as inscrições para o maior e mais completo programa de aceleração do país, o InovAtiva Brasil. Startups de todo o país e de qualquer setor da economia podem concorrer a uma das 300 vagas para o programa que proporciona capacitação, mentoria e conexão aos selecionados. Os interessados têm até o dia 27 de junho para submeter inscrições, somente pelo site do programa.

Criado em 2013 pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o InovAtiva Brasil é um programa que auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia mas pouco conhecimento de negócio, oferecendo capacitação e mentoria para o estabelecimento de novos negócios inovadores. O InovAtiva é executado pela Fundação CERTI e tem como parceiros estratégicos o SEBRAE e o SENAI.

De acordo com o Ministro Marcos Pereira, o InovAtiva Brasil é uma política pública robusta que tem potencial para elevar consideravelmente o número de empresas brasileiras inovadoras e competitivas no mercado global no longo prazo. “Esse é o quarto ano do programa e já são diversos os casos de sucesso das startups participantes, inclusive com algumas abrindo mercado no exterior”, afirmou.
Esta é a primeira vez que o InovAtiva abre um segundo Ciclo de Aceleração em um mesmo ano. A primeira edição de 2016, que vai até 29 de agosto, selecionou 300 startups de 21 estados, entre os 1.372 projetos submetidos. Segundo Secretário de Inovação e Novos Negócios do ministério, Marcos Vinícius de Souza, não há notícia no mundo de outro programa público que ofereça um ciclo completo de aceleração, com capacitação, mentoria e conexão para startups, na escala de 600 empresas por ano como o InovAtiva fará a partir de 2016.

Para Souza, atingir essa meta demonstra a maturidade alcançada pelo InovAtiva como um programa de aceleração verdadeiramente de larga escala e abrangência nacional. “O apoio do SEBRAE e de outros parceiros é fundamental para alcançarmos esse objetivo, pois só com eles o programa tem força e capilaridade para chegar a um número tão grande empresas sem perder qualidade”, afirmou.

Podem submeter projetos startups que tenham negócios inovadores com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões e que não tenha recebido investimento em participação de terceiros (investidor anjo, fundo de investimento) acima de R$ 500 mil.

O programa oferece capacitação de nível mundial em empreendedorismo inovador, por meio de cursos gratuitos e outras atividades; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros, investidores e grandes empresas; suporte para internacionalização; e vantagens adicionais para startups em outros programas públicos e privados parceiros.

Tags, , , , , , , ,