Tag IBOPE

IBOPE divulga ranking de e-commerces com maior índice de recomendação no Brasil

O IBOPE CONECTA, referência no comportamento do consumidor digital, e o IBOPE DTM, unidade de marketing de relacionamento e big data do IBOPE Inteligência, realizaram o estudo Customer Experience Report (CX Report) para comparar os 34 principais sites de e-commerce do Brasil e descobrir a satisfação e a experiência dos consumidores no ambiente online. Pelo estudo, o comércio eletrônico com índice mais alto é a Netshoes, com 71% de clientes que recomendam a marca, resultado 36% maior do que a média (52%) dos e-commerces pesquisados. Em segundo lugar está a loja de moda Zattini, também do Grupo Netshoes, com 69%, seguido pela Saraiva (64%).

Para chegar a esses índices, IBOPE CONECTA e IBOPE DTM calcularam o índice de satisfação e recomendação das marcas dos consumidores. Além de Netshoes, Zattini e Saraiva, foram avaliados e-commerces como Amazon, Walmart, Submarino, entre outros.

Para Alexandre Yamada, gerente Máster – Inteligência, da Netshoes, os números são resultado de um trabalho de amadurecimento do e-commerce. “Proporcionar uma experiência diferenciada ao consumidor é importante para a confiabilidade e apreço do cliente em relação à marca, e o comércio eletrônico já está abraçando essa lógica. Nós, do Grupo Netshoes, acreditamos que a compra não se encerra com um click. Existe todo um processo de pós-venda. Acompanhar para que a entrega seja feita no prazo e facilidade para a troca, por exemplo, são serviços que fazem parte do processo e que devem ser realizados com excelência no meio eletrônico”.

A pesquisa também possibilita medir os aportes de consumidores entre os e-commerce pesquisados. Os números mostram que a probabilidade de um cliente comprar na Netshoes após ter visitado um de seus principais concorrentes é de 70%. Outro resultado apresentado pelo estudo é a proporção dos que efetuaram alguma compra nos sites pesquisados nos últimos 12 meses. Nesse quesito, o top três é composto por Americanas.com, que possui 47%; Mercado Livre, com 39%;e Netshoes, com 32%.

Para Laure Castelnau, diretora executiva do IBOPE CONECTA, o CX Report é um instrumento poderoso para análise competitiva, apontando quais as marcas estão acima ou abaixo do índice médio da categoria. O estudo não é feito apenas para e-commerce, mas para muitas categorias, tais como bancos, automóveis, operadoras de telefonia, artigos esportivos, produtos de beleza, entre outros. Bernardo Canedo, diretor executivo do IBOPE DTM completa: “Nosso objetivo é criar parâmetros de mercado para esses indicadores de satisfação e recomendação, permitindo que as próprias marcas possam se desafiar e estabelecer metas formais de satisfação dos consumidores”.

Essas informações foram coletadas em setembro de 2016, por meio de 2 mil entrevistas online com homens e mulheres de todo o país, a partir dos 16 anos, das classes socioeconômicas A,B e C.

Tags, , , , , , , , ,

16 milhões de brasileiros acessam a internet enquanto assistem à televisão, aponta IBOPE Media

O fenômeno de acessar a internet enquanto assiste à televisão é um comportamento que vem se consolidando entre os internautas e, segundo o estudo Social TV, já é uma realidade para 16 milhões de brasileiros.

Desenvolvido pelo IBOPE Media para compreender os hábitos entre os que consomem conteúdo televisivo em diferentes plataformas, a pesquisa aponta que, embora a troca de mensagens por meio dos comunicadores seja a principal atividade online destes indivíduos simultâneos, 38% desses consumidores fazem comentários nas mídias sociais sobre os programas que estão assistindo na TV. Um aumento absoluto de 136% em relação a 2012, quando o IBOPE Media divulgou a primeira pesquisa sobre o tema.

De forma geral, o público feminino e os jovens se mostraram mais propensos a realizar atividades simultâneas que envolvam a sociabilização e o entretenimento. Analisando os dados das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, concluiu-se que 65% das pessoas que comentam sobre um determinado programa durante sua transmissão são mulheres e 66% estão na faixa dos 10 a 29 anos de idade.

Os fatos engraçados geralmente são os mais comentados – 64% dos paulistas e cariocas acreditam que esse tipo de episódio é o que mais gera repercussão, seguido dos eventos polêmicos (44%) e trágicos (25%). Ainda em São Paulo e no Rio de Janeiro, o estudo aponta que 80% do público que faz comentários enquanto assiste à TV já trocou de canal ou ligou a televisão para ver um programa que foi sugerido ou comentado em uma mensagem que recebeu pela internet.

Sobre o IBOPE Media
Maior empresa de pesquisa de mídia na América Latina, o IBOPE Media oferece soluções em audiência, investimento publicitário e planejamento de campanhas. Há 72 anos, a empresa disponibiliza informações fundamentais para a tomada de decisão nos negócios de mídia e se renova constantemente para retratar a evolução do consumo dos meios, em diferentes plataformas.

O IBOPE Media emprega aproximadamente 3.500 colaboradores e possui operações em 16 países na América Latina e um escritório em Miami (EUA). Acesse www.ibope.com para mais informações.

Tags, , , , ,

CNI-IBOPE: queda dos juros faz avaliação do governo bater recorde

A redução das taxas de juros fez a aprovação do governo Dilma Rousseff subir de 56% da população em março, mês do último levantamento, para 59% em junho, nível mais elevado desde o início do mandato. A informação é da pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta sexta-feira, 29.06, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Mantiveram-se estáveis, entre uma pesquisa e outra, a maneira de governar da presidente Dilma Rousseff, aprovada por 77% da população em março e em junho, e a confiança nela, estabilizada em 72% nos últimos três meses. O percentual de 77% de aprovação do modo de governar da atual administração é superior ao dos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no meio do ano (72% no segundo mandato e 51% no primeiro) e de Fernando Henrique Cardoso (31% na primeira gestão e 54% na segunda).

Saldo positivo – A ação do governo para diminuir os juros levou a avaliação da política das taxas de juros, uma das nove áreas de atuação do governo pesquisadas, subir 16 pontos percentuais entre março e junho, passando de 33% para 49% da população. Paralelamente, a desaprovação às taxas de juros recuou de 55% para 41%. “Com isso, o saldo entre aprova e desaprova tornou-se positivo pela primeira vez no governo Dilma”, assinala a pesquisa CNI-Ibope.
Diz a pesquisa que “a melhora na avaliação da população brasileira com respeito ao governo Dilma aparenta estar ligada à área econômica”. Segundo o levantamento, registraram melhora nos últimos três meses nas nove áreas avaliadas, além dos juros, combate à inflação (de 42% para 46% de aprovação) e impostos (ainda que a desaprovação continue com percentual elevado, caiu de 65% para 61% e a aprovação aumentou de 28% para 31%).

O gerente da Unidade de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, que divulgou o levantamento, disse que o expressivo aumento das medidas econômicas do governo entre as notícias mais lembradas pela população comprova a influência da condução da economia na avaliação positiva do governo.

De 4% em março, as notícias sobre medidas econômicas foram lembradas por 12% da população em junho, perdendo somente para o noticiário sobre o contraventor Carlinhos Cachoeira, citado por 18%. “As ações do governo para atenuar a desaceleração da economia tiveram impacto na sociedade”, completou Fonseca.

Pioraram, contudo, as avaliações das políticas de saúde (66% da população desaprova, maior percentual de desaprovação, que pertencia aos impostos, contra 63% em março) e educação, na qual o índice de desaprovação subiu de 49% para 54%. As áreas do governo melhor avaliadas são o combate à fome e à pobreza, com 57% de aprovação, meio ambiente, com 55%, e combate ao desemprego, com 53% de aprovação.

A pesquisa CNI-Ibope foi realizada entre os dias 16 e 19 deste mês com 2002 pessoas em 141 municípios e tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos

Tags, , , ,