Tag Henrique Meirelles

Nova equipe econômica é primeiro sinal positivo emitido oficialmente por Michel Temer, aponta FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) analisa como positivas as escolhas do presidente Michel Temer para compor a equipe econômica do seu novo governo. Na visão da Entidade, a nova equipe deve retomar os conceitos básicos de equilíbrio macroeconômico e de responsabilidade fiscal, que serão determinantes para a retomada do crescimento econômico do País.

No entendimento da Federação, o novo governo compreendeu que deve haver sintonia entre escolas de pensamento para Fazenda, Banco Central, Tesouro e Planejamento, o que por si só já é uma notícia positiva. Ainda segundo a Entidade, trata-se de um grupo que entende que o Estado já não cabe mais nos bolsos dos brasileiros. Ficou claro que é preciso adaptar o Estado à capacidade contributiva do cidadão, e não o contrário.

A FecomercioSP reconhece em Henrique Meirelles, novo ministro da Fazenda, todas as qualidades necessárias para garantir uma mudança de rumo segura e positiva da economia brasileira. Na visão da Entidade, Meirelles é um técnico de excelente qualificação e detém vastos conhecimentos sobre micro e macroeconomia. Soma-se a isso o fato de ter atuado com sucesso na iniciativa privada, conhecendo de perto a realidade do mercado, além de ter participado também da equipe econômica do ex-presidente Lula – experiência que será importante para fazer a transição para o novo governo.

O recém-nomeado ministro é conhecedor, como poucos, dos setores público e privado, tendo ocupado cargos chave nos dois ambientes. Para a Federação, ele tem plenas condições de mudar os rumos da economia nacional, direcionando-a de novo rumo ao crescimento. Ressalta-se que a incorporação do Ministério da Previdência pelo Ministério da Fazenda, além de ser uma medida que visa simplificar e dar eficiência administrativa faz todo sentido, pois coloca os objetivos e reformas econômicas mais urgentes sob a mesma tutela.

Outro nome apreciado pela Federação e escolhido para compor a equipe econômica é o de Romero Jucá, que será o responsável pelo Planejamento. Na visão da Entidade, o senador está alinhado com o projeto do PMDB, “Uma Ponte para o Futuro”, com o qual a FecomercioSP tem muita afinidade e vê muitas de suas concepções ali representadas. Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve passar para a estrutura desse ministério, o que parece muito razoável dentro de um desenho mais racional e eficiente da máquina pública, no entendimento da Entidade.

No Comércio Exterior, o senador José Serra – economista com ampla experiência na administração pública – terá como principal desafio a reinserção do País no mercado internacional, sendo necessário, na visão da FecomercioSP, rever a política comercial externa – que, nos últimos anos, priorizou blocos econômicos pouco promissores e orientados por conotações ideológicas – para promover ações mais amplas e integradas no campo dos tratados bilaterais com economias em desenvolvimento e desenvolvidas. A Federação pondera que Serra deve propor uma nova agenda ao Mercosul, que acabou deixando de ser um bloco comercial relevante e se tornou um campo de discussões políticas.

Tags, , , , , ,

Febraban declara apoio a novos ministros da área econômica

“O vice-presidente Michel Temer assume a Presidência da República em momento difícil, mas acompanhado de expectativas positivas de que enfrentará os problemas do País nas linhas apontadas no programa “Ponte para o Futuro.” A Federação Brasileira de Bancos – FEBRABAN associa-se aos que veem na nova equipe de governo capacidade de superar os desafios econômicos, e manifesta seu apoio, em especial, aos novos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Romero Jucá.

Henrique Meirelles é executivo com experiência profissional exitosa e competência comprovada no Brasil e no exterior, tanto no setor público como no setor privado. Suas opiniões públicas revelam um administrador consciente da importância de recuperar a disciplina fiscal e a sustentabilidade da dívida pública e de manter a inflação baixa e estável como condições necessárias para o crescimento da economia brasileira em bases duradouras.

O senador Romero Jucá, com sua extensa experiência política e administrativa e liderança parlamentar, tem as qualidades necessárias ao planejamento e gestão das prioridades orçamentárias e à articulação do apoio político essencial à aprovação das medidas legislativas a serem submetidas ao Congresso Nacional.

A FEBRABAN manifesta seu empenho de colaborar com a nova equipe de governo e reitera seu compromisso de trabalhar pelo bom funcionamento do sistema bancário e pelo desenvolvimento sustentável do Brasil.

Tags, , , , , ,