Tag Headphones

Gartner revela quais serão os dispositivos mais cobiçados para as festas de fim de ano

Headphones, tablets, pulseiras fitness, smartphones e TVs devem ser os produtos mais procurados pelos consumidores

O Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia, anuncia que os descontos nos produtos de TI devem se estender até o final do ano. As ofertas, que eram exclusivas nos Estados Unidos, são agora amplamente oferecidas no Brasil e em vários países europeus, com os varejistas apresentando preços cada vez mais competitivos. A indústria de bens de consumo, incluindo fabricantes de aparelhos eletrônicos, esperam que o espirito ‘Black Friday’ seja ampliado até o Natal.

“Marcas e varejistas oferecerão uma gama de ótimos negócios em dispositivos eletrônicos. Aqueles que mais devem atrair os consumidores são headphones, tablets, pulseiras fitness, smartphones e TVs. Espera-se que Smartwatches, caixas de som com Assistentes Pessoais Virtuais (VPA – Virtual Personal Assistant) e Smart Headphones também gerem demanda”, afirma Annette Zimmermann, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner.

Alguns usuários estavam esperando até agora para comprar um Apple Watch, já que sua utilidade ainda não era motivo tão convincente para a aquisição. Contudo, com sua conectividade celular, o Apple Watch Series 3 oferece novas formas de uso, como streaming de música durante os exercícios na academia ou deixar seu iPhone em casa, o que inevitavelmente gerará demanda e aumentará as vendas na Black Friday e nas festas de fim de ano.

O Gartner estima que 41,5 milhões de Smartwatches serão vendidos em 2017. Outras marcas de eletrônicos como a Huawei, LG, Samsung e Lenovo também contribuirão para isso, mas até agora o Apple Watch se mantém como o relógio inteligente de maior sucesso no mercado.

Outros dispositivos vestíveis que podem se destacar no fim de ano são as pulseiras eletrônicas. Estima-se que as vendas desses itens somem um total de 44 milhões de unidades em 2017, embora em 2019 a comercialização de Smartwatches supere a de pulseiras eletrônicas. Em geral, o Gartner prevê que 310,4 milhões de dispositivos vestíveis sejam vendidos no mundo em 2017, um aumento de 16,7% em relação a 2016.

“Se olharmos para os mercados de caixas de som com VPA e Smart Headphones, os fabricantes têm feito importantes adições aos seus portfólios. O Google, por exemplo, recentemente aumentou sua linha de produtos com os Pixel Buds e o mais barato Google Home Mini, concorrente do Echo Dot, da Amazon. Esperamos que esses dois mercados se desenvolvam rapidamente nos próximos dois a três anos em termos de volume e avanços tecnológicos”, diz Annette.

De acordo com a última previsão do Gartner, o mercado global de headsets por Bluetooth deve chegar a 150 milhões de unidades neste ano. As vendas de caixas de som com VPA crescerão para 11,8 milhões de unidades em 2017.

“A Black Friday se tornou um estimulador de vendas também no Brasil e na Europa há anos, tanto no comércio on-line quanto off-line. Vemos essa tendência em diversos países europeus, incluindo o Reino Unido, Alemanha, França e Itália, onde a Black Friday e a Cyber Week se tornaram termos conhecidos dos consumidores. Ainda assim, vemos algumas diferenças regionais entre os Estados Unidos e os outros países. Na maior parte dos casos, isso se deve à disponibilidade de produtos e não às preferências do público”, afirma Annette.

Similar ao que acontece nos Estados Unidos, o Gartner espera que a adição de conectividade celular ao Apple Watch Series 3 gere interesse nesse item por parte do consumidor. A Apple estabeleceu seu produto eSIM com alguns dos maiores provedores de serviços de comunicação, incluindo inicialmente as empresas europeias Deutsche Telekom, Orange e EE. Contudo, mais parcerias serão necessárias para impulsionar uma adoção maior do consumidor.

O aparelho principal da Fitbit, o Ionic, anunciado na feira alemã IFA em setembro, também pode estar nas listas de presentes de Natal. No entanto, o Reino Unido é o único país em que uma de suas novas funcionalidades, o Fitbit Pay, funciona. Serviços de pagamento confiáveis e eficientes para dispositivos vestíveis devem ser uma prioridade para a maior parte dos fabricantes, pois melhorarão a experiência de consumo e, consequentemente, promoverão lealdade às marcas.

Os smartphones se manterão como um presente de fim de ano altamente cobiçado. O Gartner espera que as vendas de celulares totalizem 1,57 bilhão de unidades em 2017, um crescimento de 4,9% em relação a 2016. A Huawei continua a aumentar sua presença na Europa, com 11,9% do mercado no terceiro trimestre de 2017, uma elevação em relação aos 10,2% anuais, um sólido terceiro lugar atrás da Samsung e da Apple. A Huawei se mantém na terceira posição por se destacar dos outros fabricantes que usam sistema Android, se beneficiando de empresas com problemas como a HTC e a Sony.

Tags, , , , , , , , , , , , ,