Tag Gustavo Comitre

Startup de saúde cria a primeira enfermeira digital do Brasil

unnamed (3)

Segundo levantamento do Ministério da Saúde, mais de 40% da população adulta brasileira, o equivalente a mais de 58 milhões de pessoas, possui pelo menos uma doença crônica não transmissível. Estas doenças são responsáveis por mais de 72% das causas de morte no Brasil.

As pessoas estão vivendo mais e melhor, porém, ligado ao aumento da expectativa de vida está o crescimento das doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e infarto, por exemplo.

Havendo uma doença, para evitar complicações de saúde, é comum que os pacientes recebam tratamentos médicos, normalmente à base de medicamentos, para estabilizar a condição e permitir que os mesmos tenham mais qualidade de vida. Porém a grande verdade é que: É chato e é difícil gerenciar um tratamento e, por conta disso, menos de 50% dos pacientes seguem o tratamento como deveriam. Um bom exemplo de dificuldades é da avó de um dos sócios do CUCO, que toma mais de 10 diferentes medicamentos durante a semana. Já imaginou como é difícil saber qual medicamento deve ser tomado em qual horário? E como a família pode administrar o controle da medicação e saber se ela está tomando na hora certa? O ideal seria que alguém auxiliasse em tempo integral estes pacientes. Foi justamente para mudar esse cenário que surgiu o CUCO.

Como um assistente de saúde digital, carinhosamente chamado de “Enfermeira Digital”, por conta do papel da área de enfermagem de cuidar da vida, o aplicativo é uma oportunidade de oferecer o auxílio em tempo integral, acompanhando o tratamento de saúde dos pacientes, lembrando-os da hora certa de tomar seus medicamentos, educando-os com conteúdos de saúde de acordo com suas doenças e tratamentos, e informando familiares e amigos quando o paciente esqueceu de tomar o remédio na hora certa, para que estes possam tomar uma atitude e contribuir no cuidado.

Por meio de conceitos de games, a nova versão do aplicativo foi lançada esta semana e permite que o paciente acompanhe seu histórico de saúde e seja estimulado a seguir o tratamento corretamente até o final, evitando que o mesmo desista no meio do caminho.

“Lembrar o paciente na hora certa de tomar seu medicamento aumenta consideravelmente os níveis de adesão ao tratamento, o que pode ser comprovado pelos números de adesão dos mais de 6.000 usuários diários do CUCO em sua primeira versão”, aponta Gustavo Comitre, diretor de produto da empresa.

O aplicativo, que é gratuito para pacientes, possui diversas funcionalidades que ajudam pacientes e familiares em seus desafios de saúde, confira algumas delas:

• Lembre-se de tomar seus medicamentos com o CUCO (despertador de remédios);

• Lista de Medicamentos da Anvisa;

• Histórico do seu Tratamento sempre em mãos;

• Mensagens e dicas sobre tratamentos e doenças;

• Crie seu time de saúde no aplicativo e receba alertas quando alguém do seu time esquecer de tomar o remédio;

• Uma incrível Enfermeira Digital para pacientes de operadoras de saúde e hospitais parceiros do CUCO, o qual utiliza tecnologias do IBM Watson;


Além do CUCO para pacientes, a empresa CUCO Health possui também diversas soluções que atendem Operadoras de Saúde, Hospitais e Prefeituras, permitindo acompanhar e melhorar a adesão ao tratamento de seus pacientes, reduzindo custos e trazendo mais saúde, informação e qualidade de vida a seus beneficiários.
Quer ajuda com seu tratamento ou tem alguém da sua família que precisa ser monitorado? Então baixe agora mesmo a nova versão do aplicativo CUCO para celulares Android clicando aqui. Em março a nova versão para iOS (iPhone) também estará disponível, mas por enquanto você pode baixar a versão antiga aqui.

Tags, , , , , , ,

São Paulo recebe Startup Weekend Health

Em meio a uma crise econômica sem data para acabar e a uma forte demanda de mercado por soluções inovadoras que reduzam os gastos excessivos com a saúde, São Paulo recebe nos dias 22, 23 e 24 de julho o Startup Weekend Health, evento que oferece uma oportunidade única para quem quer aprender e mostrar seu talento empreendedor.

O encontro reunirá jovens empresários da área no Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InRad – HCFMUSP)
, onde, ao longo de um intenso fim de semana, eles terão a oportunidade de desenvolver suas ideias, formar equipes e lançar startups num ambiente controlado e assessorado por mentores. O objetivo do evento é colaborar com o ecossistema empreendedor focado naquela que é considerada área prioritária de investimentos públicos – a saúde.

Para isso, contará com a presença de fundos de investimento, executivos e especialistas de áreas como saúde, tecnologia e inovação que vão atuar como jurados e mentores, além de representantes de startups consolidadas no mercado de saúde e dos próprios médicos do Hospital das Clínicas da FMUSP, que vão oferecer todo apoio aos projetos dos participantes.

Startup Weekend

O Startup Weekend se estabeleceu como uma rede mundial de eventos onde empreendedores, desenvolvedores e outros profissionais do meio se reúnem para compartilhar idéias e desenvolver novos projetos de startups. A iniciativa não tem fins lucrativos e é organizada por uma equipe de voluntários interessados em estimular a atividade empreendedora ao redor do mundo.

Pelo modelo concebido, os empreendedores têm 54 horas, ao longo de um fim de semana, para aprender a criar uma empresa real através de metodologias mundialmente empregadas para e tirar suas ideias do papel e torná-las startups.

Esta edição do Startup Weekend Health, que é a 2ª no Brasil – a primeira edição ocorreu em Brasília, em2014 -, terá início na noite de sexta-feira, 22, quando os participantes vão apresentar seus pitchs para em 60 segundos expor suas ideias, que posteriormente serão votadas pelos próprios participantes.. Os participantes com as melhores ideias montarão seus times que pelos próximos dois dias se dedicarão a a atividades que envolvem criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado.

“No sábado, com os times já formados, vamos trabalhar com o desenvolvimento das soluções propostas por cada equipe, a partir de metodologias como Lean Startup, Design Thinking e Customer Development”, afirma Gustavo Comitre, fundador e Product Owner do Dr. Cuco. Ele explica que mais de 20 mentores ficarão à disposição dos times para dar todo suporte necessário para o desenvolvimento dos trabalhos.

Em paralelo, experts palestrarão sobre validação, modelo de negócio, pitch e tudo o que é necessário saber para se montar uma startup. “Ao longo de um intenso fim de semana, você não só aprende metodologias novas, mas vive na pele como é aplica-las.” conta Mariana Wiezel, uma das organizadoras do Startup Weekend Health no último dia do evento, será realizada a cerimônia de premiação das melhores ideias, com a apresentação dos projetos de novos produtos e serviços aos jurados e a seleção dos ganhadores.

A cerimônia de encerramento, permite que os participantes percebam o quanto a trajetória é intensa e impactante por meio da tamanha evolução e transformação das ideias de cada uma das equipes. “A ideia premiada partir de você é extremamente gratificante, mas mais do que isso é perceber o quanto seu impacto foi amplificado a partir de seu compartilhamento“, afirma Marizilda Brizzotti, organizadora do SWH e premiada em 2° lugar no Startup Weekend Centro São Paulo 2016.

Mercado de saúde

O setor de saúde passa por uma fase de inovação acelerada, com o surgimento de serviços que otimizam, facilitam e reduzem custos na saúde. Soluções disruptivas visam reduzir as filas nos hospitais, aperfeiçoar a comunicação entre médico e paciente e criar uma cultura de tratamento preventivo e adesão ao tratamento de doenças crônicas.

As expectativas para os próximos anos são altas: de acordo com relatório publicado pelo portal da Revista Forbes em maio, o setor de saúde lidera investimentos no mercado financeiro norte-americano. Aqui no Brasil, um estudo publicado pelo Sebrae sobre startups de São Paulo mostrou que as empresas inovadoras do setor de saúde estão em terceiro lugar na lista de preferência dos investidores, atrás apenas das áreas de educação e tecnologia.

“O cenário oferece inúmeras oportunidades para novos empresários e possibilidades para o paciente administrar sua própria saúde de modo mais fácil, rápido e barato”, afirma Comitre.

Dentre os nomes que movimentam esse mercado, a startup americana Doctor on Demand, por exemplo, que trabalha com o conceito de telemedicina, que permite ao paciente realizar consultas à distância, reduzindo o tempo gasto no deslocamento e na fila dos hospitais. No Brasil, clínicas populares, como a Clínica Fares, oferecem atendimento rápido e a baixo custo em unidades posicionadas em áreas de fácil acesso à população.

2º STARTUP WEEKEND HEALTH

Quando: Começa na sexta-feira, dia 22 de julho, às 18h30, e termina no dia 24

Onde: Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InRad – HCFMUSP)
, localizado na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, nº 255, Bairro Cerqueira César, São Paulo (SP)

Ingressos: Primeiro lote: de R$120 a R$150

Inscrição: www.sympla.com.br/startup-weekend-sao-paulo-health__71702

Site oficial: http://www.up.co/communities/brazil/sao-paulo/startup-weekend/9266

Tags, , , , , ,