Tag Gustavo Caetano

Black Friday – por que apostar na venda de conteúdo por meio de vídeos online pode aumentar sua receita?

Por Gustavo Caetano

Uma das datas mais importantes para o varejo brasileiro se aproxima e para garantir sucesso de vendas, os lojistas devem preparar não só suas mercadorias e seus descontos, mas também ações diferenciadas para atrair mais público. De acordo com o E-Bit, empresa voltada para o comércio eletrônico, a estimativa é que a data sazonal movimente R$2,1 bilhões, o que representa alta de 15% na comparação com o mesmo período em 2016.

Mesmo em um ano com altos e baixos na economia e escândalos políticos a todo momento, a expectativa para o comércio varejista é positiva. Por isso, os lojistas têm buscado alternativas e novas ferramentas para conseguir se destacar diante de milhares de empresas e ofertas. Uma das estratégias é apostar em conteúdo por meio dos vídeos, segmento que vêm ganhando cada vez mais espaço dentro do mundo digital e investir neles pode ser uma ótima forma de ampliar suas vendas, fidelizar seu público, comunicar-se com colaboradores e clientes de uma forma mais clara, rápida, eficaz e ainda continuar faturando.

Por que eu disse apostar em conteúdos por meio dessa ferramenta? Nos dias de hoje, a grande maioria da população está preocupada em assistir ou ler aquilo que realmente interessa. É aí que as empresas podem preencher uma grande lacuna e aproveitar para impactar mais clientes – apostar em conteúdo rico sobre determinado produto ou serviço. Em outras palavras, se você tem um e-commerce de chocolate, por exemplo, porque não apostar em conteúdos sobre harmonização, combinação de diferentes tipos, receitas de doces, entre outros? Dessa forma, amantes do produto irão se sentir privilegiados em ver que uma determinada loja, além de vender os produtos que eles gostam, também se preocupou em oferecer uma experiência diferente proporcionando conteúdo e informação relevante.

Pode parecer besteira, mas na prática faz toda a diferença. Os hábitos dos consumidores estão mais avançados e hoje em dia quando encontram um produto que chame atenção por algum comercial, antes de comprar, eles procuram mais informações sobre o mesmo, como por exemplo, sites, preços, vídeos de demonstração e recomendações. Está aí um gap para você se aprofundar e alavancar seu negócio.

Para se ter uma ideia, recentemente li uma pesquisa que apontava que apenas o uso da palavra “vídeos” no assunto de um e-mail, poderia aumentar em até 19% a taxa de abertura e 65% a taxa de cliques. Além disso, a mesma pesquisa afirmava que 64% dos consumidores está mais propenso a comprar um produto depois de ter visto algum vídeo relacionado a ele, seja de demonstração, de tutorial e análise, ou até mesmo de recomendação de outro usuário.

Para finalizar, podemos dizer que por meio dos vídeos, a probabilidade de engajar o espectador com seu produto ou sua marca é muito maior. Por isso, acredito que apostar nessa estratégia é essencial para quem deseja gerar uma mensagem personalizada, engajadora, capaz de gerar receita e resultados duradouros. Pense nisso!

Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech, eleita pela FastCompany como uma das companhias mais inovadoras da América Latina.

Tags, , ,

Evento reunirá grandes executivos para discutir mercado de vídeos online

Há alguns anos, eram poucos os que acreditavam que os vídeos online se tornariam um dos maiores canais de comunicação e de conteúdo na internet. Mas, se hoje eles já representam uma parte considerável do consumo de banda da internet, as apostas são de que essa parcela aumente ainda mais. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Cisco, empresa especializada em analisar como as pessoas se conectam, os vídeos corresponderão a 80% da rede até 2020.

Com o intuito de discutir todas as mudanças do cenário de vídeos online e explorar as oportunidades deste mercado, a Samba Tech, empresa líder em distribuição de vídeos na América Latina, realizará o Connect Samba, evento sobre vídeos online mais completo do Brasil. De acordo com Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech, esse momento é o ideal para discutir esse universo. “O segmento de vídeos online nunca esteve tão aberto a novos negócios e é a hora de explorá-lo cada vez mais. No Connect, as pessoas poderão aprender a partir das experiências de grandes nomes e ficarão por dentro de todas as tendências do mercado”, acrescenta.

A programação do evento conta com grandes nomes que irão discutir sobre temas diversos, entre eles o empreendedor e apresentador Luciano Huck, que falará sobre vídeos online no entretenimento. Paula Bellizia (CEO da Microsoft Brasil), Gustavo Caetano (CEO da Samba Tech) e Luis Justo (CEO do Rock in Rio) irão falar sobre inovação, enquanto Marcelo Souza (Globo Play) discutirá o futuro da TV com os vídeos online.

Arnon de Mello (VP da NBA) e Fábio Machado (Co-fundador do Esporte Interativo) levarão a discussão para o âmbito dos esportes ao falarem sobre a tendência do crossmídia. Para abordar a monetização e a distribuição de vídeos online, o evento irá trazer referências no mercado, como Fátima Pissarra (Diretora Geral da VEVO no Brasil), Pyr Marcondes (Diretor do Meio e Mensagem), Gian Martinez (CEO da Winnin) e Rafael Rez (Nova Escola de Marketing).

Para apresentar as tendências da educação, a programação conta com um painel dedicado ao Ensino a Distância (EAD) com diversos especialistas do segmento, como Paulo Jubilut (Professor e CEO do Biologia Total), Alberto Santana (Kroton) e Daniel Pedrino (VP de Customer Success do Descomplica).

Para deixar o evento ainda mais completo, Vitor Knijnik (CEO da Rede Snack) irá mediar um painel com Jonh Leitão (Youtuber), Fred Rocha (especialista em Varejo) e Rodrigo Molina (The 360), para mostrar como explorar conteúdo para o mercado de vídeo business e gerar receita.

O evento, que acontecerá em novembro em São Paulo, reunirá participantes de diversos perfis, divididos entre quem já trabalha com vídeos e quem tem interesse em apostar nesse mercado, imersos nas dez horas de conteúdo exclusivo ministrados por mais de 15 palestrantes. Além disso, os participantes também terão a oportunidade de conhecer outros empreendedores do ecossistema, trocar experiências e iniciar parcerias a partir de uma feira de negócios, com expositores de diversos segmentos. A programação completa está disponível no site do evento e os ingressos são limitados.

Connect Samba
Local: Centro de Convenções Rebouças em São Paulo
Data e Hora: 07/11/2017 às 9h

Ingressos: www.connectsamba.com

Tags, ,

Como as plataformas digitais estão ganhando mercado e deixando as TVs para trás? – Por Gustavo Caetano

Nos últimos artigos que escrevi, mostrei que o segmento de vídeos online vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Boa parte disso se dá devido a mudança nos hábitos de consumo das pessoas, que têm buscado muito mais conteúdo em vídeo na internet do que nos canais de TV, por exemplo. Essa mudança de comportamento mostra que os usuários estão ávidos por assistir somente aquilo que interessa, e não milhares de programas aleatórios que passam todos os dias.

Algumas emissoras de TV já entenderam a força do movimento digital e começaram a migrar seus conteúdos para plataformas online. Mas ainda há uma boa parte resistente em se atualizar e oferecer a melhor experiência para seus consumidores. Segundo uma pesquisa realizada pela consultora Frost & Sullivan, a TV paga apresentou uma queda de 100,9 milhões de domicílios para 97,1 milhões, enquanto a entrega de conteúdo audiovisual pela internet (OTT) cresceu de 28 milhões para 50,3 milhões.

Os dados mostram que a tendência para os próximos anos é no ambiente digital, e aqueles que não “pivotarem” suas estratégias atuais e investirem nesse canal, ficarão para trás e, consequentemente, perderão mercado para seus concorrentes. Paralelo a isso, um movimento que também vem crescendo é o investimento em vídeo business. Os profissionais que souberem investir nesse segmento, criar conteúdos de qualidade e com criatividade, têm grandes possibilidades de dar um upgrade no seu negócio.

Um exemplo claro, e bem-sucedido, de empresa que investiu em conteúdo via streaming é a Netflix. Em pouco mais de cinco anos de operação no Brasil, a plataforma já possui mais de seis milhões de assinantes e já ultrapassou algumas operadoras de TV a cabo. De acordo com um relatório da consultora canadense Sandvine, as produções originais do Netflix, como a série House of Cards, por exemplo, corresponde a mais de 30% do tráfego da internet nos países da América do Norte. Isso mostra a crescente busca por conteúdos de qualidade, que podem ser assistidos a qualquer hora e lugar.

É preciso conhecer as tendências, entender o momento atual para, então, adaptar-se à realidade do mercado, o que é fundamental para qualquer negócio que pretende ser inovador. Eventos relacionados ao mercado de vídeos, por exemplo, costumam trazer pontos interessantes do segmento e debates ricos em conhecimento de executivos que estão dispostos a compartilhar sua experiência e bagagem com o público. Fomentar encontros entre quem tem interesse em investir no mercado de vídeos com quem já colheu bons resultados com essa tecnologia, é surpreendente.

É fato que o conteúdo em vídeo se tornou muito mais atrativo e dinâmico, além de prender a atenção de muitos usuários e impactar uma diversidade de pessoas. Por isso, acredito que a hora de apostar em novas plataformas e investir no segmento digital é agora. O mercado proporciona um leque de possibilidades capazes de fazer com que sua empresa tenha visibilidade em diferentes canais, e em paralelo, lucrar com a venda de conteúdo. Pense nisso, e procure traçar a melhor estratégia para que sua marca/empresa esteja em evidência.

Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech, que ajuda centenas de empresas a se comunicar melhor com sua audiência por meio de vídeos online.

Tags, ,

Samba Tech anuncia lançamento do Connect Samba para fomentar negócios em vídeos online

A Samba Tech, pioneira na distribuição de vídeos online na América Latina, comemora mais um momento importante em sua trajetória. A empresa anuncia o lançamento do Connect Samba, mais completo evento sobre o mercado de vídeos online no Brasil, que tem o objetivo de fomentar negócios no segmento.

Com o tema “Como empresas e pessoas estão ganhando dinheiro com vídeos na internet”, o Connect Samba irá proporcionar aos participantes dez horas de acesso a conteúdo premium de alta qualidade sobre o mercado Over the Top (OTT), produção, cursos online, modelos de negócios, marketing digital, entre outros assuntos que serão divididos em dez palestras. Uma ótima oportunidade para aqueles que buscam investir no mercado e até mesmo ganhar dinheiro com a venda de seus conteúdos em vídeo pela internet.

“O evento é um marco importante para a história da Samba, fortalece e conecta ainda mais a nossa marca às pessoas e empresas que estão mergulhadas no universo dos vídeos online. Com o Connect Samba, queremos explorar as possibilidades, cases e histórias de quem é referência nesse mercado. Nosso objetivo é casar um conteúdo relevante com uma experiência única”, explica Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech.

O evento será realizado no dia 07 de novembro, às 9h, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, e já conta com a presença de nomes e empresas renomadas do mercado, como Paula Bellizia (Microsoft), Camilo Coutinho (Play de Prata), Fátima Pissarra (VEVO) e Arnon de Mello (VP da NBA). Nos próximos meses, a Samba Tech irá anunciar novos palestrantes.

O Connect Samba receberá mais de 700 participantes, grandes marcas expositoras, espaço para networking e proporcionará experiência imersiva única sobre o universo dos vídeos online. A venda do primeiro lote se inicia no dia 20/07 e os ingressos podem ser adquiridos aqui.

Connect Samba

Local: Centro de Convenções Rebouças em São Paulo
Data e Hora: 07/11/2017 às 9h

Ingressos: www.connectsamba.com

Tags, ,

Inovação e empreendedorismo são temas do primeiro livro de Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech

Considerado uns dos empreendedores mais influentes do segmento digital e à frente de uma das empresas mais inovadoras do país, Gustavo Caetano decide compartilhar seus conhecimentos adquiridos ao longo da sua trajetória na Samba Tech. Esse mês, chega ao mercado o “Pense Simples – Você só precisa dar o primeiro passo para ter um negócio ágil e inovador”.

Além de um breve histórico da carreira do autor, o livro aborda pontos sensíveis e importantes para quem deseja empreender e inovar no mundo dos negócios. Durante a leitura, as pessoas irão descobrir que, ao contrário do que se pensa e equivocadamente se diz aos jovens, inovar é simples. Gustavo conta que é possível aprender como o fracasso pode moldar a mentalidade para o sucesso; o que compõe o DNA inovador; qual a lógica da simplicidade para estimular a inovação; a importância de ser ágil e leve para se manter com alto potencial inovador, entre outros.

“Sempre acreditei que quando se quer alguma coisa que não existe é porque tem demanda e, possivelmente, um mercado. Aprendi a enxergar problemas pequenos e buscar soluções imediatas. Por isso, resolvi colocar toda minha experiência nesse livro e mostrar às pessoas e empresas que, às vezes, é preciso inovar e mudar o rumo do seu negócio para continuar crescendo”, explica Gustavo Caetano.

O prefácio do livro foi escrito por Rony Meisler, fundador da Reserva, marca de moda masculina brasileira. Além disso, depoimentos de grandes nomes do empreendedorismo, como Flávio Augusto, fundador da Wise Up e dono do Orlando City nos EUA; Viviane Senna, fundadora do Instituto Aryton Senna; Luiza Helena, CEO do Magazine Luiza; Ricardo Amorim, economista e presidente da Ricam Consultoria; e Paula Bellizia, Presidente da Microsoft Brasil, ajudaram a compor o livro de Caetano.

Com o livro, a expectativa de Caetano é incentivar cada vez mais a inovação nos negócios e revolucionar o mercado de empreendedorismo no país. O lançamento oficial será realizado no dia 20 de março em Belo Horizonte; 21 em São Paulo e 22 no Rio de Janeiro. O valor é R$ 29,90 e toda a receita do autor será doada para o Instituto Aryton Senna.

Tags, , , ,

Por que apostar nos vídeos online para a Black Friday?

Gustavo_Caetano_CEO_Samba_Tech

*Por Gustavo Caetano

O evento mais importante para o varejo brasileiro está chegando, a Black Friday. De acordo com o E-Bit, a Black Friday atingiu em 2015, um faturamento de R$ 1,6 bilhão e crescimento de 38% em comparação com o ano anterior. Para 2016, mesmo em um ano crítico politicamente e com a economia desacelerada, as expectativas são positivas tanto para os consumidores quanto para os lojistas.

Diante de todo esse contexto, sabemos que os vídeos online vêm ganhando cada vez mais espaço dentro do mundo digital, mas o que muitos questionam é por que apostar nos vídeos online para a Black Friday? É simples! Investir neles pode ser uma ótima forma de fidelizar seu público, ampliar suas vendas, comunicar-se com clientes de uma forma mais clara, rápida, eficaz e ainda continuar faturando. Quando usados como parte de uma estratégia de vendas e divulgação, os vídeos online podem ser decisivos para aumentar sua conversão e engajamento.

Atualmente, percebemos que antes de efetuar a compra de um produto, os consumidores procuram por informações sobre o mesmo, como por exemplo, sites, fóruns de discussões, vídeos de demonstração, preços, reclamações e recomendações. Nessa época do ano em que muitos consumidores estão navegando em busca de bons preços, os e-commerces precisam ficar atentos com seus canais de divulgação para que impacte de forma positiva seu público-alvo e, consequentemente, aumente sua vendas.

De acordo com pesquisas recentes, apenas o uso da palavra “vídeos” no assunto de um e-mail, pode aumentar em até 19% a taxa de abertura e 65% a taxa de cliques. Além disso, 64% dos consumidores estão mais propensos a comprar um produto depois de ter visto algum vídeo relacionado a ele, seja de demonstração, de tutorial e análise, ou até mesmo de recomendação de outro usuário.

Hoje, o uso de vídeos faz com que esta seja uma poderosa ferramenta de uso em massa, por isso, ao utilizá-lo em seu e-commerce ajuda não só no engajamento da marca com o consumidor, mas também melhora a experiência do usuário final. De acordo com uma pesquisa recente da comScore, as marcas que utilizam vídeos online têm um crescimento de 20 a 40% nas vendas.

Com o crescimento do uso dos vídeos online no mercado de varejo, a probabilidade do consumidor engajar com seu produto ou marca é muito maior. Esse novo formato de comunicação veio para ficar e tornou-se cada vez mais essencial para aqueles que querem gerar uma mensagem personalizada, engajadora, capaz de gerar receita e resultados duradouros. Por isso, aproveite essa oportunidade para atrair e engajar cada vez mais seu público-alvo e invista em vídeos não só para a Black Friday, mas como um elemento para sua estratégia de marketing e vendas.

Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech, que ajuda centenas de empresas a se comunicar melhor com sua audiência por meio de vídeos online.

Tags, , ,

XI Congresso Brasileiro de Gerenciamento de Projetos reuniu especialistas renomados em Belo Horizonte

8180786c-a20f-454e-8185-17351ebdef8d

De 13 a 15 de junho, o Project Management Institute – PMI-MG realizou, em Belo Horizonte, o XI Congresso Brasileiro de Gerenciamento de Projetos. Considerado o maior evento do setor na América Latina, o encontro reuniu renomados palestrantes nacionais e internacionais que participaram de debates, apresentaram cases, ferramentas e novas tecnologias utilizadas no gerenciamento de projetos. Aproximadamente 800 congressistas participaram do evento.

Os temas foram centralizados no “Triângulo do Conhecimento do PMI ”, formado por três habilidades: técnicas, de liderança e de gerenciamento estratégico. No primeiro dia de evento, o diretor do centro de excelência em gerenciamento de projetos da IBM e um dos diretores do PMI , Steve Del Grosso, falou sobre como agregar valor à Gestão de Projetos, as perspectivas da profissão e desafios. “Deve-se estabelecer uma conexão entre estratégia e negócios, gestão de projetos e liderança dentro de uma empresa. Neste sentido, é preciso entender que um bom líder, para garantir o sucesso do seu negócio, deverá saber ouvir, manter o foco e ter intimidade com seus funcionários para entender suas necessidades e conhecê-lo o melhor possível”, conta.

O produtor executivo de mega shows e eventos internacionais, Sylvain Gauthier, que trabalhou na divisão de conteúdo criativo do Cirque du Soleil, dos Jogos Olímpicos de Pequim e na Fórmula 1 da China, falou sobre a gestão de projetos no mundo do conteúdo criativo. “Nessa área é imprescindível lapidar as ideias, saber lidar com o lado técnico e criativo, cuidar da comunicação, reunir e liderar um elenco de grandes talentos, gerir riscos, lidar com a mudança constante e com a diversidade, criar uma boa história e encontrar os investidores certos para fazer acontecer”, expõe.

O fundador da Samba Tech, um dos 50 empresários mais inovadores do Brasil pelo Meio&Mensagem e um dos 10 jovens mais inovadores do país pelo MIT, Gustavo Caetano, falou sobre inovação. Ele contou sobre sua trajetória, expôs cases e algumas estratégias dos novos modelos de empresas inovadoras. “Grandes companhias estão perdendo lugar no mercado, pois esqueceram de se reinventar. Dessa forma, as novas empresas ficam em vantagem, pois conseguem se inovar mais do que as grandes, além de estarem focadas em resolver um problema de cada vez. Desenvolvemos o que chamamos de ‘Estratégia Pinos de Boliche’, que foca num determinado problema e quando ele for resolvido, partimos para o próximo. Dessa forma, ele será solucionado com excelência e a partir disso novas ideias podem acabar surgindo. Além disso, essas empresas inovadoras estão, cada vez mais, se preocupam em oferecer serviços simplificados e que atendem às novas necessidades do consumidor atual”, conta.

Caetano também ressaltou a importância de ser flexível na gestão de projetos. “O futuro é imprevisível e as coisas estão mudando muito, então não fixe no planejamento e esteja disposto a mudá-lo de acordo com as novas situações que forem surgindo”, recomenda.

Outra palestra de destaque ficou por conta do economista mais influente do Brasil (Forbes e Klout), único brasileiro na lista dos mais importantes palestrantes mundiais do Speaker’s Corner, Ricardo Amorim. Ele falou “porque a economia deve melhorar e surpreender positivamente em breve com o melhor gerenciamento deste grande projeto chamado Brasil”.

Amorim falou sobre o cenário político atual brasileiro e abordou temas como o impeachment, delação premiada e o Petrolão. O economista também fez importantes comparativos entre política, economia e gestão de projetos. “Um bom governo e um bom gerente de projetos precisam manter um equilíbrio entre saber ouvir o que o outro tem a dizer e a não ceder sempre às pressões. Uma boa liderança é primordial para o sucesso”, avalia. Ao final, ele deixou uma mensagem positiva aos congressistas. “As grandes oportunidades surgem das grandes crises, pois elas nos tiram da zona de conforto e nos fazem tomar iniciativas. Se não fosse pela crise vivida no país, o brasileiro não teria saído às ruas exigindo que os corruptos fossem presos, por exemplo. A impunidade ainda reinaria. Como gestor de projetos, pense nisso como uma oportunidade de melhorar os seus serviços, seu atendimento e se tornar um profissional de destaque”, conclui.

Já o consultor em gerenciamento de projetos e membro do PMI PgMP Panel Review Committee, André Toso Arrivabene, abordou o tema: “Estratégia de Negócios no Mundo Real: sua estratégia pode estar errada?”. “Muito mais que definir uma visão e fazer análise SWOT, é importante superar forças estruturais que tendem a reduzir sua rentabilidade. Dessa forma, é preciso ir atrás de vantagens competitivas sustentáveis, que são atributos que fazem uma empresa ter um desempenho comparativamente melhor que seus concorrentes”, recomenda.

O sócio diretor da empresa Caldeira Marketing – Consultoria em Marketing e Vendas, e vice-presidente de Marketing da Assespro MG, Wilson Caldeira, falou sobre o conceito de Lean Startup para gerar inovação. “O maior inimigo da inovação é o sucesso. Quem deu errado não tem medo de inovar, já quem deu certo, tem. O momento atual exige saber testar e interagir com o cliente”, ressalta.

Outras palestras que também fizeram parte do Congresso são a do consultor, instrutor e professor em gestão de projetos e portfólios, Paulo Mei, que falou sobre “A Gestão Descomplicada de Stakeholders utilizando o modelo PM Mind Map®”. O diretor da Impariamo Cursos e Consultoria, pós-doutor em Educação pela UNESP, Armando Terribili Filho, palestrou sobre “Lições aprendidas: um instrumento de planejamento para tomada de decisão”; a especialista em programas acadêmicos, Ashley Forsyth, falou sobre o avanço do ensino de gestão de projetos; e o professor e engenheiro civil, Angelo Valle, falou sobre o futuro do Gerente de Projetos e a importância de saber gerenciar o conhecimento e o aprendizado.

As palestrantes Sandra Lage e Fabiana Bigão apresentaram seu artigo: “Gamification em Gerenciamento de Projetos: estudo de caso de uma grande construtora”. Lage realçou a importância da gamificação dentro das empresas. “A gamificação deve ser usada para motivar equipes a executarem suas atividades de forma a terem uma experiência de trabalho gratificante e divertida, com recompensas visíveis em função dos resultados alcançados”, ressalta.

O General de Brigada, Guido Amim Naves, ministrou a palestra “A gestão de portfólio de projetos do Exército Brasileiro”. “A cultura organizacional do exército é algo muito forte. Somos uma instituição com muitos valores e que preza pela disciplina e hierarquia, por exemplo. Isso acaba influenciando muito na nossa forma de gerenciar projetos dentro do exército, pois possuímos nossa própria sistemática de planejamento e nosso mapa estratégico”, diz.

O professor e Consultor na Fumsoft nos projetos SebraeTec, na área de inovação tecnológica, Fernando Zaidan, falou sobre “Gestão de Projetos de Games: uma estratégia de gestão e negócios em um mercado inovador”. Durante a conversa ele explicou como funciona o processo de criação de games, deu dicas e comentou sobre os desafios desse universo. “No mundo dos jogos tem que se dedicar muito e ter uma estratégia forte. Além de participar de vários projetos para ganhar expertise na área, é preciso também aflorar na equipe de produção de games a paixão pelo desenvolvimento”, conta.

Marcelo Szuster, MBA em Finanças pelo IBMEC, que ministrou palestra sobre “As forças por trás da transformação digital”; o coordenador acadêmico de MBA em Gerenciamento de Projetos e em Gestão Estratégica de Tecnologia da Informação, André B. do Valle que falou sobre “O gerente de projetos como fator estratégico para sucesso do projeto”; a Facilitadora de Desenvolvimento para a Vale, Hanna Meirelles, que ministrou palestra sobre como empoderar a verdadeira liderança; e o mestre em administração e gestão de projetos, pesquisador e professor em várias escolas de negócios e universidades brasileiras, Farhad Abdollahyan, falou sobre metas de desenvolvimento sustentável até 2030 e o papel dos gerentes de projetos.

O último dia do evento, quarta-feira (15) iniciou com um painel de discussão que teve como tema: “O impacto da crise na área de Gerenciamento de Projetos em diferentes regiões do país”. Grandes nomes fizeram parte dessa discussão, como o CEO da Excellence Gestão Empresarial e consultor, Adilson Pize; o diretor executivo da CAF Facilities Management e consultor, Carlos Augusto Freitas; o fundador do PMI Mato Grosso, Clebiano Nogueira; o IT Sr. Delivery Manager de uma multinacional americana no Brasil e professor em diversos cursos de MBA pelo país, Juliano Reis; a gerente de produtos e serviços na equipe projetos do Banco do Nordeste e voluntária do PMI , Raquel Ximenes e o presidente do PMI-PR e Coordenador Geral da Integração Nacional dos capítulos ou sedes do PMI no Brasil, Sergio Marangoni.

Os especialistas responderam perguntas feitas pelo diretor do PMI-MG , Leandro Siqueira, que mediou o debate. Cada participante, representando uma região do Brasil, deu um breve panorama da gestão de projetos em diversos setores da economia, contou suas perspectivas de mercado e os desafios enfrentados. Segundo Sérgio Marangoni, na região Norte existe uma escassez de profissionais da área de gerenciamento de projetos, pois a maioria dos gestores ainda insiste em construir carreira nas cidades da região Sudeste como Rio de Janeiro e Belo Horizonte. “Precisamos de pessoas. As oportunidades de trabalho existem, basta se adaptar ao mercado”, diz.

O IT Sr. Delivery Manager, Juliano Reis, deixou uma mensagem aos congressistas. “O gerenciamento de projetos nunca foi tão necessário quanto agora. Antes as organizações tinham chance de errar, agora, com o erro, ela pode estar fadada ao fracasso. Por isso é tão importante que o profissional comece a investir nele mesmo, corra atrás de certificações e planeje sua carreira, pois dessa forma, quando o cenário melhorar, ele já estará pronto para o mercado e estará à frente dos concorrentes”, finaliza.

Uma das palestras finais contou com um fator surpresa. O consultor e professor nas áreas de governança, gestão e projetos, Thiago Ayres, que ministrou a palestra: “MotoRide Latin America: lições de um projeto de aventura em duas rodas”, entrou, juntamente com dois amigos, montado em suas motos.

Ayres, que atravessou seis países pela América Latina, falou sobre a importância do planejamento para se realizar uma viagem. “A viagem deve ser encarada como um verdadeiro projeto e diversos fatores precisam ser levados em consideração para garantir que a jornada seja bem sucedida. É necessário organizar, por exemplo, os horários, objetivos, determinar custos e definir roteiros”, diz. Segundo Ayres é preciso levar em consideração também os possíveis riscos de uma viagem. “Nem tudo, claro, pode ser planejado. Em uma das viagens, por exemplo, sofri um acidente com a moto que deu perda total, mas como fizemos um planejamento, garantimos mais de seis seguros, o que facilitou e muito a nossa vida”, finaliza.

A 12ª edição do Congresso será realizada em 2017 em Curitiba, no Paraná.

Tags, , , , , , , , , , , , , , ,