Tag Grupo Movile

Inteligência Artificial: Brasil pode ser palco de grandes mudanças no setor

Por Bruno Henriques, VP de Inteligência Artificial da Movile

A Inteligência Artificial é um tema que está cada vez mais em evidência, já que este avanço da tecnologia traz sistemas que tomam decisões cada vez mais precisas, similares e às vezes melhores que humanos. Ou seja, os avanços tecnológicos agora permitem trabalharmos com uma quantidade imensa de dados que, por consequência, nos levam a um ganho de eficiência nas nossas atividades do cotidiano. A evolução é tão grande que muitos consideram estarmos vivendo uma nova “revolução industrial”, em que a nova fonte de energia são os dados.

Para 77% dos brasileiros, a Inteligência Artificial se tornará parte do cotidiano, de acordo com o levantamento Trends 2.0″ da Crowd DNA de setembro de 2018. Sendo assim, muitas empresas já começaram a investir no ramo e o Grupo Movile é uma delas.

Acreditamos que a Inteligência Artificial será a força motriz para as principais mudanças em todas as indústrias no mundo, seja para trazer mais produtividade e eficiência para os negócios, ou para tornar a relação das empresas com os consumidores super-personalizadas. Por isso, nosso objetivo como Grupo é liderar esse movimento na América Latina, sempre com o foco voltado para a inovação e pessoas. Seguiremos no caminho de revolucionar nossos negócios com o uso de aprendizado de máquina cada vez mais humanizado para um completo atendimento aos clientes, além de aplicar novos aspectos tecnológicos e criar oportunidades para empresas e seus consumidores.

Com a Inteligência Artificial, queremos ser referência nacional e internacional, avançando principalmente nas áreas de food tech, logística urbana, personalização e melhorias do serviço ao cliente e pagamentos. Tudo isso porque queremos revolucionar o universo da comida com tecnologia e gerar um impacto positivo.

Sabemos que há muito o que explorar quando se fala de Inteligência Artificial, principalmente no lado da eficiência com algoritmos e gerenciamento de dados – como nas previsões de tempo de entrega e recomendações personalizadas. Por isso, buscamos inspirações de todo o mundo e elevamos nossas expectativas para avançar mais rápido e oferecer melhores experiências aos nossos clientes usando a tecnologia. Estamos dispostos a trabalhar para realizar o nosso sonho de impactar a vida de 1 bilhão de pessoas.

Bruno Henriques, VP de Inteligência Artificial de Grupo Movile.

Tags, , ,

Grupo Movile irá contratar mais de 100 profissionais de Inteligência Artificial em 2019

De acordo com um levantamento da consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC), a previsão para o mercado de IA é de movimentar US$ 70 bilhões no mundo em 2020. Isso por conta do forte avanço da área nos últimos anos, além da compreensão de como o uso de dados pode ser precioso para os negócios e decisões mais assertivas dentro das empresas.

A Movile, um dos líderes globais de marketplaces móveis e que possui metas ambiciosas para os próximos anos, está de olho nesse mercado que promete ser um dos mais promissores globalmente. Além de ter pilares muito bem definidos, como logística urbana, pagamentos e bots para atendimento, a empresa concentrará ainda mais esforços e investimentos nesta tecnologia, tanto por meio de novas contratações, quanto pela criação de uma área específica de inteligência artificial dentro da companhia, que irá ampliar essa cultura por todos os departamentos.

De acordo com Bruno Henriques, VP de Inteligência Artificial da Movile e responsável por alavancar esse desenvolvimento de cultura na empresa, a IA parece distante, mas não é. “Já utilizamos a tecnologia em nosso dia a dia e nem nos damos conta! Ela está presente no uso de aplicativos, reconhecimento de imagens, carros autônomos, assistentes virtuais, entre muitos outros exemplos. É uma nova e poderosa forma de processar dados e devemos aprender a usá-la cada vez mais, pois isso nos ajudará a tomar decisões mais ágeis, precisas e inteligentes”, explica Henriques.

E a ambição não para por aí: o grande desafio da Movile – que já está sendo colocado em prática – é montar um time com mais de 100 especialistas em machine learning, número que dificilmente já foi alcançado por alguma outra companhia, para trabalhar nos principais desafios que as organizações enfrentam hoje.

Segundo Henriques, as empresas brasileiras não possuem esse olhar mais diversificado de IA por acreditarem que é um conceito que se limita à tecnologia. “A Movile vem se destacando nesse cenário, uma vez que é uma das pioneiras no Brasil a criar essa cultura e proporcionar capacitação dos profissionais deste mercado. Queremos que todos usem Inteligência Artificial para propor soluções internas e externas, a criação de uma área voltada para esse segmento é uma ação inovadora e que oferecerá um grande avanço no Brasil”, diz o executivo.

Além disso, a empresa pretende criar parcerias estratégicas com universidades a fim de investir nos centros laboratoriais. Em São Carlos, por exemplo, há projetos para a construção de um laboratório universitário de IA para auxiliar em uma formação mais prática e complexa de profissionais. Tudo com foco no desenvolvimento desse ecossistema.

Como toda tecnologia nova, é preciso um amplo investimento na formação e capacitação dos profissionais de diversos níveis e departamentos. Por isso, recentemente, a Movile financiou dez bolsas para especialização de profissionais do Grupo em IA. Além disso, um profissional foi contratado pelo iFood, empresa de food delivery investida do Grupo, para auxiliar no curso interno a fim de treinar os funcionários no nível básico de data science e permitir a entrada nos temas mais avançados de machine learning.

“O mais interessante é que as empresas não estão mais com medo de dizer o que estão fazendo por meio de inteligência artificial, porque o segredo não está mais no algoritmo e sim na capacidade de coletar, preparar e usar os dados, o que traz o valor do negócio”, finaliza Henriques.

Sobre a Movile

Tags, , , ,

Grupo Movile promove primeira edição de evento sobre Kotlin

O grupo Movile, um dos líderes globais em marketplaces móveis, em parceria com o iFood e o iMasters, promove pela primeira vez, um evento dedicado à comunidade de programação Kotlin, uma das mais recentes e promissoras linguagens de programação. O evento acontecerá no dia 15 de setembro e será destinado a profissionais de tecnologia com conhecimento ou interesse na linguagem Kotlin. As inscrições já estão abertas no site do evento.

De acordo com o Realm Report, responsável por pesquisar quais são as linguagens que desenvolvedores do mundo inteiro usam, 2018 será “o ano de Kotlin”. Segundo o estudo, 20% dos apps construídos em Java antes da Google I/O 2017 são agora feitos na nova linguagem Kotlin. Esse é um dos motivos que incentivou o grupo Movile a olhar esse assunto com mais atenção, que está utilizando a linguagem há mais de dois anos.

“É muito estratégico para o grupo Movile promover o conhecimento dessa área, já que há mais de 2 anos usamos a linguagem. Além disso, o evento vai nos ajudar a nos aproximar de uma comunidade que está começando agora, nos posicionando como referência na área de tecnologia, com a apresentação dos melhores cases do mercado. Nosso grande objetivo é mudar a vida de 1 bilhão de pessoas, e iniciativas como essa com certeza nos ajudam a caminhar para esse propósito”, afirma Luciana Carvalho, Diretora de Gente.

Na programação, estarão oito palestras de profissionais renomados da área. Para mais informações sobre o evento, acesse: http://eventos.imasters.com.br/kotlinsummit/

Kotlin Summit

Onde: São Paulo – Developer HUB
Quando: 15 de Setembro
Horário: Das 9h às 18h;

Confira a programação completa de palestras do evento:

9h às 9h55 – Abertura do Credenciamento

10h – Kotlin: Advanced Tricks

Palestrante: Ubiratan Soares, Software Engineer, na Stone

10h40 – Dependency Injection com Kotlin

Palestrante: Thais Aquino, Desenvolvedora Android, na Luiza Labs

11h20 – Compartilhando código com Kotlin multiplataforma

Palestrante: Rafael Toledo, Consultor de Desenvolvimento Líder, ThoughtWorks

12h às 14h – Intervalo para Almoço

14h – Kotlin no Backend com Spring e Coroutines

Palestrante: Lucas Santos, Software Developer, no iFood

14h40 – Construindo sua biblioteca em Kotlin

Palestrante: Fernando Pinho, Software Engineer, na Globo.com

16h às 16h40 – Coffee Break & Networking

17h20 – Kotlin no Android: desbravando as oportunidades de ponta a ponta!

Palestrante: Walmyr Carvalho, Mobile Specialist, na Loggi

Tags, , , , ,

Grupo Movile promove Hackathon com proposta diferenciada

Um Hackathon diferenciado, como tudo que o grupo Movile faz. Assim será o Movile Hack, evento que líderes globais em marketplaces móveis organizam no próximo mês em Campinas, no novo escritório do iFood. Durante 24h, entre os dias 18 e 19 de agosto, os participantes serão imersos em um ambiente tecnológico e rodeados de mentes inspiradoras da área! Eles deverão usar seus conhecimentos em tecnologia para oferecer soluções aos desafios propostos pela empresa, mas com uma diferença importante em relação aos demais Hackathons normalmente apresentados por companhias de diversos segmentos.

“As empresas ou instituições organizadoras têm geralmente como foco principal encontrar uma solução para um problema interno e acabam apropriando-se das ideias geradas no evento. No Mobile Hack, teremos problemas reais que já foram solucionados pelos nossos times, para que assim possamos mostrar aos participantes como encontramos a resposta para determinado desafio e também entender as novas e diferentes soluções encontradas no desenvolvimento geral”, explica Barbara Camargo, Gerente de Gente da Movile.

Outro grande diferencial do Mobile Hack, que está em sua primeira edição, é a proposta de oferecer treinamentos técnicos prévios, via plataforma online, para garantir uma base de competição justa entre os participantes. “Nosso intuito é estimular a troca de conhecimento e o trabalho em equipe. Então preparar previamente os participantes faz muito sentido para nós, afinal todas as ideias e descobertas são válidas, mesmo se a princípio não derem certo. O mais importante é estimular a ousadia e o pensamento realmente original, assim como fazemos com nossos funcionários. Às vezes, um mesmo problema tem várias soluções, desde as mais simples, que podem ser as mais efetivas, até às mais complexas.”, acrescenta Barbara.

O Hackathon terá premiação para os grupos que ficarem em primeiro, segundo e terceiro lugares, sendo que o vencedor ganhará prêmio em dinheiro, cursos de capacitação e almoço com os CTOs. Ao longo do desafio, os participantes serão auxiliados por mentores do grupo Movile e professores da Unicamp. À noite, o evento terá ares de baladas ao som de Superplayer e com a presença de dois DJs, além de surpresas envolvendo as empresas do grupo.

“Dentro do grupo Movile, estimulamos o ecossistema de troca de conhecimentos entre as empresas e é por isso que nosso foco é incentivar o trabalho colaborativo e nos aproximar das comunidades tecnológicas para compartilhar um pouco do conhecimento que temos adquirido e com qual esperamos melhorar vida de 1 bilhão de pessoas”, finaliza Barbara.

Para saber mais sobre o MovileHack, acesse: http://movile.com/hack/

Tags, , , , ,

Grupo Movile quer ampliar área de tecnologia e contratar mil profissionais até março de 2019

Para ajudar a conquistar o sonho de impactar a vida de 1 bilhão de pessoas, o grupo Movile, um dos líderes globais de marketplaces móveis, irá contratar 1000 profissionais em tecnologia até o final de seu ano fiscal, que acontece em março de 2019. A empresa já conta com 1600 funcionários em 15 escritórios espalhados por sete países e quer expandir sua atuação, chegando a quase 3 mil colaboradores.

A área de tecnologia, uma das responsáveis pela ampliação da empresa, está em busca de profissionais em nível pleno e sênior e os contratados serão direcionados para uma das 12 empresas que fazem parte do grupo, entre elas: iFood, Zoop, PlayKids, Wavy, Sympla, Rapiddo e Superplayer. Entre os profissionais procurados, estão desenvolvedores, arquitetos de software e profissionais com experiência em produto.

Segundo a Diretora de Gente da Movile, Luciana Carvalho, por conta da constante expansão das empresas, todas as unidades de negócios estão em crescimento exponencial, e cada vez mais é necessário ter um time maior e ainda mais robusto, que consiga dar vazão a todas as ideias, iniciativas, melhorias e novos projetos do grupo. “Até o momento, mais de 400 profissionais em tecnologia já foram contratados para integrar o time de alguma das empresas do grupo, ou para trabalharem na própria Movile. Precisamos construir times que consigam preparar todas as nossas soluções (internas e externas) para acompanharem o crescimento dos negócios, garantindo segurança, escalabilidade e sustentabilidade de todos os aplicativos e plataformas”, afirma.

As vagas disponíveis, em sua maioria, estão nas áreas de Desenvolvimento Back-end, Front-end e Mobile (Android e iOS), além de áreas como Data Science e Produto, que também abrirão muitas vagas durante o ano. Todas as oportunidades são para os escritórios de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS), e os interessados precisam ter, no mínimo, 5 anos de experiência no mercado.

“Os engenheiros terão contato com as melhores tecnologias do mercado, além de participar efetivamente de todo o ecossistema que a Movile oferece para incentivar e estimular o crescimento desses profissionais. Os contratados receberão, além dos inúmeros benefícios que a Movile traz, como ambiente aberto a riscos e inovação, oportunidade de crescimento acelerado com o apoio de iniciativas como a Academia Movile, que oferece treinamentos para todo o grupo e a participação nos melhores e maiores eventos de tecnologia do Brasil e do mundo”, finaliza.

Para os interessados em se candidatar em qualquer uma das vagas abertas pela Movile, a empresa criou o HighTech, um banco de talentos unificado que busca atrair e recrutar desenvolvedores para todas as empresas do grupo. Ao longo do ano, todas as vagas serão disponibilizadas pelo site http://jobs.kenoby.com/movile. Além disso, vale acompanhar as páginas das empresas no LinkedIn para ficar por dentro de todas as novidades.

Os profissionais podem encontrar mais informações sobre as vagas disponíveis pelo site oficial da Movile ou cadastrar o currículo no HighTech, banco de talentos unificado que busca atrair e recrutar desenvolvedores para todos as empresas do grupo. Além disso, os talentos podem conferir as vagas de cada uma das empresas pelos sites: PlayKids, Wavy, Rapiddo Marketplace, iFood, Sympla, Maplink, Rapiddo Entregas, SuperPlayer e Zoop.

Dentre os perfis que a Movile busca, estão:

Profissionais que gostem de negócios: Desenvolvedores e engenheiros que ultrapassem a barreira técnica e consigam conversar, de igual para igual, com as pessoas que estão na ponta do negócio. Esses profissionais precisam ser muito bons em tecnologia e também entender muito sobre o nosso business para conseguir trabalhar com prioridades, assumir riscos e argumentar se algo é bom ou não.

Estudiosos: O grupo Movile está a todo momento aprendendo algo novo, estudando uma nova tecnologia e pensando como trazê-la para nossa realidade. Precisamos de pessoas que tenham a habilidade de aprender rápido e que consigam trazer essas teorias para a realidade dos nossos negócios.

Empreendedores: Valorizamos muito o senso de dono e o foco em resultados!Todos na empresa têm muito espaço para tomar riscos, pensar em novas iniciativas e aplicá-las. Nossos times precisam ter uma cabeça empreendedora para enxergar novas oportunidades e aproveitá-las.

Tags,