Tag Fumsoft

Programa Acelera MGTI recebe novas startups

As startups ficarão residentes, nas instalações do Acelera MGTI, durante os primeiros 12 meses e continuarão com encontros virtuais por um outro período de mais 12 meses. O conjunto de benefícios oferecidos equivale a um investimento, por startup, da ordem de R$200.000,00. Além de receberem consultorias e mentorias com profissionais experientes e qualificados, metodologia fundamentada nos conceitos do Lean Startup e Customer Development, e nos aprendizados com Stanford, as startups poderão participar de programas voltados para o crescimento pessoal e profissional, ter acesso a investidores, networking, a mais de 300 empresas associadas à Fumsoft e Assespro-MG, infraestrutura e localização privilegiada em Belo Horizonte.

Confira um pouco sobre o negócio das startups:

Just Ride Along – Ambiente de negócios para aficionados por motocicletas. É uma comunidade, uma experiência e uma paixão. A evolução do mercado de 2 rodas.

Flingo – Plataforma que garante o menor preço em uma reserva de hotel, mesmo depois da confirmação da reserva. Monitora diversos sites de buscas e avisa o usuário caso um preço mais baixo seja encontrado.

Midhaz – Disponibiliza um catálogo de produtos a preço de atacado. O cliente não precisa se preocupar com estoque, logística e burocracia.

Suub – A plataforma digital proporciona economia de tempo e dinheiro para quem não gosta de ir ao supermercado, com garantia de preço abaixo da média de mercado e delivery dos produtos adquiridos.

Solverus – Oferece treinamentos, assessorias e soluções tecnológicas em data science. Trabalha na interface entre o negócio e a tecnologia auxiliando gestores a tomar melhores decisões.

AZAPFY – Distribuidora, transportadora e parceiros conectados com informações sobre a gestão da entrega, fazendo com que a velocidade das informações ande no mesmo ritmo da velocidade de suas entregas.

Leanty – Especializada em API Management e Cloud Computing, possui ferramentas para auxiliar as estratégias digitais de médias e grandes empresas.

UbiPaint – Desenvolve projetos e aplicativos nas áreas de pintura digital, realidade virtual (ambientes imersivos) e realidade aumentada (ambientes não-imersivos).

See Now Buy Now – A plataforma apresenta um novo canal de vendas B2B em que permite a conexão entre marcas (confecções) e lojistas (revendedores) da moda feminina como uma grande rede social. O intuito é ampliar os negócios, onde novos pedidos e reposições são gerenciados por meio de tecnologia sofisticada e fácil de usar.

Solucionare – Atua com a produção de informações judiciais utilizando sistemas especialistas. A empresa trabalha e armazena, diariamente, todas as publicações e andamentos judiciais brasileiros, e possui um acervo completo dos últimos seis anos. Pretende criar um novo negócio que possibilite o acesso do cidadão comum às informações de seus processos judiciais de forma clara e transparente.

#Happy hour – A chegada das startups foi comemorada com um happy hour, patrocinado pela Conciliadora, ContSelf, e-motion, MCJ Informática, Raphael Andrade, smart|retail, Solides, Stella, take e Worldsense.

Tags, , , , , , , , , , , , ,

Fumsoft firma parceria com rede internacional de inovação

A Fumsoft agora faz parte da rede BIN@, um grupo que promove a inovação e a internacionalização de empresas de base tecnológica. Fundada, em 2010, pelas universidades do Porto (Portugal), Sheffield (Inglaterra) e USP (São Paulo), a rede atua com foco na identificação de oportunidades, na organização de missões científicas, tecnológicas e na criação de condições para a internacionalização de startups nascidas em ambiente acadêmico.

Para Pedro Coelho, coordenador de P&D e Inovação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, cofundador e coordenador geral da rede BIN@, a Fumsoft é uma instituição que desenvolve programas nas áreas de empreendedorismo (aceleração de startups), qualidade, internacionalização, inovação e que tem como missão induzir o desenvolvimento da cadeia produtiva da tecnologia de informação em Minas Gerais. Por ser um parceiro muito alinhado com a estratégia e missão da rede BIN@ pode alavancar a participação de instituições do estado nas atividades do grupo.

“A Fumsoft poderá ter um papel fulcral no alinhamento de interesses das empresas de TI de Minas Gerais com outros parceiros da rede BIN@. Foi com entusiasmo que acolhemos a entidade como associado da rede, estou certo que todos teremos a ganhar com essa colaboração”, completa.

Conexões – Segundo Coelho, anualmente e alternadamente, uma das universidades fundadoras da rede BIN@ organiza um evento internacional, visando a dinamização das atividades do grupo e para proporcionar condições para o desenvolvimento de parcerias com valor econômico e impacto social. O programa desses eventos inclui um conjunto de sessões abertas, ações temáticas, workshops, desafios de design e desenvolvimento de produto, uma mostra de tecnologias e outros eventos complementares, com acesso livre e gratuito. “Este ano, na Roménia, iniciamos uma nova atividade – os Mid-Term events – dando oportunidade a outros parceiros de participarem ativamente na promoção das atividades da rede BIN. No próximo ano, o 2.º Mid-Term event irá acontecer na Polônia, e será organizado pela Universidade Técnica da Silésia”, comenta.

A rede BIN@ realiza missões internacionais envolvendo startups e spin-offs. “Essas ações facilitam a internacionalização de atividades de investigação e de comercialização dos nossos parceiros. Temos vários casos de sucesso em países como Chile, Brasil, Uruguai, Suécia, Reino Unido, República Checa, Portugal, entre outros”.

Possui também um programa de softlanding para empresas em pré-incubação que oferece a possibilidade a jovens empreendedores de abordarem mercados internacionais, obtendo apoio local de incubação, numa 1ª fase free-of-charge. Atualmente, conta com um projeto de pré-incubação no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, composto por estudantes finalistas da USP em São Paulo.

Realiza várias outras iniciativas como a constituição de consórcios e identificação de parceiros para projetos de P&D, acompanhamento de visitas institucionais para apresentação do ecossistema local de inovação, ações de matchmaking b2b, a2b e a2a (a-academia; b-business), entre outras.

Para mais informações, acesse businessandinnovation.net

Tags, , , , , , ,

Acelera MGTI abre inscrições para seleção de startups

O programa irá selecionar e desenvolver até 15 startups de base tecnológica que já possuam produtos ou serviços que estejam, no mínimo, em fase de descoberta ou validação do cliente. O objetivo é levá-las a atingir um estágio de validação do problema, da solução e do início da escalabilidade de vendas.

Tendo como destaque sua metodologia de evolução das startups, o programa propicia conexões internacionais com Silicon Valley e Europa. Uma das novidades nesse novo ciclo é a oferta de uma vaga (para a startup com melhor desempenho no programa) para o programa de Inovação e Empreendedorismo com a Universidade de Stanford, previsto para 2018, e uma visita à ecossistemas internacionais de empreendedorismo participantes da rede BIN@ – Business and Innovation (fundada pela Universidade do Porto – Portugal, Universidade de Sheffield – Inglaterra e USP – São Paulo).

O conjunto de benefícios oferecidos equivale a um investimento, por startup, da ordem de R$200.000,00. Além das conexões já mencionadas, podem ser citados como benefícios: consultorias com profissionais experientes e qualificados, treinamentos, eventos, metodologia fundamentada nos conceitos do Lean Startup e Customer Development, mentorias com empresários e especialistas de mercado, network em ambiente potencializador de negócios, com acesso a mais de 300 empresas associadas à Fumsoft e Assespro-MG, acesso a investidores e infraestrutura e localização privilegiada.

A aceleradora/incubadora Acelera MGTI é gerenciada pela Fumsoft, entidade com mais de 20 anos de experiência em empreendedorismo, e conta com o apoio das demais entidades de tecnologia de Minas Gerais participantes do programa MGTI. Nesse período, gerou o maior track record em empreendedorismo no estado, e algumas histórias de sucesso são contadas aqui.

A MOIP Pagamentos, que ingressou em 2007 no programa de empreendedorismo, por exemplo, foi comprada pela alemã Wirecard por R$165 milhões e se destaca entre as grandes intermediadoras de pagamentos na internet. “Participar de um processo desses te dá, além da base de conhecimento teórico, te dá um atalho. Não só as pessoas que estão no processo, mas o que os mentores trazem, as pessoas com mais experiência que podem ajudar em diversas coisas, inclusive abrir portas ou oportunidades”, ressaltou o presidente executivo da empresa, Igor Senra.

A OneCloud, acelerada no início de 2014, foi adquirida pela TIVIT. “A aceleração no MGTI, e o programa Startup Brasil, foram fundamentais para conseguirmos chegar onde chegamos. Destaco as mentorias que nos ajudaram principalmente em desenvolvermos um produto inovador e fazermos um negócio onde todas as partes ficassem satisfeitas”, enfatizou o cofundador da startup, Cláudio Correa.

Para João Gallo da AppProva estar na Acelera MGTI é mais do que fazer parte de uma programa de aceleração, é estar inserido em um ecossistema com várias iniciativas, conexões e oportunidades. “Atualmente, fazemos parte do grupo Somos Educação. Com certeza o que despertou o interesse do grupo e o que permitiu que chegássemos no ponto de passar pelo processo de incorporação está totalmente alinhado com o que conseguimos desenvolver no período de incubação e aceleração.”

Wilson Caldeira, Diretor de Empreendedorismo da Fumsoft, considera que “o aprendizado contínuo que tivemos com as edições anteriores do programa, inspirados no próprio modelo Lean Startup, nos faz acreditar que teremos o que há de melhor para as startups nesse ciclo 2017/2018, com destaque para as conexões internacionais, que trarão para os participantes uma visão de negócios já inseridos no mercado global”.

O Presidente da Fumsoft, Leonardo Fares, destaca que “temos uma preocupação significativa com a consistência do negócio e das tecnologias que suportam seu modelo, de forma que possamos apoiar startups que consigam desenvolver diferenciais competitivos sustentáveis em relação aos seus concorrentes de mercado”.

Ficou interessado em ingressar no programa Acelera MGTI, que está sediado no coração de Belo Horizonte, num espaço de 1.300m², situado à Av. Afonso Pena 4.000, 3º andar, no bairro Cruzeiro? Baixe aqui o edital e efetue aqui sua inscrição, até o dia 30 de junho de 2017.

Tags, , , , ,

Startups do Acelera MGTI vão participar do Startup Games

ddb811ee-17b6-4d92-8e43-9beedf07c31f As startups Homix, Conciliadora, Foxus, Virturian e Contself, incubadas pelo programa de incubação e aceleração Acelera MGTI, administrado pela Fumsoft, foram selecionadas para os Startup Games, que acontecem em 8 e 9 de agosto, durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. A App Prova, que foi acelerada pelo Acelera, e é uma grande parceira do programa, também está entre as 50 participantes.

Os Startup Games são como uma olimpíada de tecnologia para empresas nascentes, promovido pelo governo do Reino Unido, e que acontece na British House, um espaço que funcionará durante os jogos olímpicos e paraolímpicos na cidade do Rio de Janeiro. Os Games já aconteceram em Londres, nas Olimpíadas de 2012. Naquele ano os vencedores receberam medalhas do então primeiro-ministro inglês, David Cameron. As inscrições para a edição de 2016 eram abertas para startups de todo o mundo.

Os competidores terão mentorias especializadas com grandes empresários sobre estratégias para transformar suas startups em negócios bem-sucedidos. As 50 startups do mundo todo participarão também de workshops e palestras sobre empreendedorismo com renomados investidores, no que será um espaço rico para networking e aprendizado.

Os Startup Games trarão o espírito olímpico para o mundo dos negócios. Nos dois dias de jogos, cada startup estará em uma competição virtual, que vai simular uma bolsa de valores. Aquelas que subirem ao pódio terão uma oportunidade ímpar de visibilidade internacional, pois esta é a única competição de startups do mundo com esse formato.

Foram convidados para o evento de 2016 investidores, aceleradoras e instituições de empreendedorismo do Brasil e do mundo, como Robin Klein, um dos maiores investidores do Reino Unido; Michael Acton Smith OBE, criador da Mind Candy e dos Moshi Monsters; Andrew Humphries, fundador da aceleradora britânica The Bakery; Eric van der Kleij, empreendedor britânico que liderou a Level39, maior aceleradora de startups de fintech do mundo; e Douglas Almeida, fundador da startup brasileira Stayfilm.

A startup vencedora da edição de 2012, Versarien, também estará presente no Rio. Menos de 10 meses depois de ganhar os Games de 2012, a Versarien registrou-se na London Stock Exchange, a bolsa de valores de Londres.

Minas Gerais terá uma das maiores delegações da competição. Allan Moura, assessor de empreendedorismo do Acelera MGTI, que acompanha a delegação estadual aos jogos promovidos pelo Governo Britânico, acredita na força do evento. “O Startup Games será uma grande oportunidade de aprendizado para as startups participantes, neste evento elas vão poder se conectar a vários investidores, empresas, incubadoras e grandes nomes internacionais. Graças as ações conjuntas com a Sectes (Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior), SEED e AceleraMGTI o nosso Estado terá grandes representantes de empresários das startups mineiras e com certeza trarão grandes novidades para nosso ecossistema”.

Tags, , , , , , , , , ,

MGTI e Centro de Desenvolvimento Profissional de Stanford reeditam Programa de Inovação e Empreendedorismo

64f69aef-a4d3-400f-9484-485632c73634

A Fumsoft, no âmbito do programa MGTI, e a Universidade de Stanford, através do Centro de Desenvolvimento Profissional, SCPD em inglês, trazem ao Brasil, por Minas Gerais, uma nova edição do Programa de Inovação e Empreendedorismo. Trabalho de extremo sucesso, que teve seu primeiro momento em 2014, atendendo a 25 empresas mineiras. É uma oportunidade imperdível, que se renova, para os empreendedores que desejam incorporar a inovação à estratégia de crescimento de suas empresas.

Agora em 2016 o Programa de Stanford capacitará mais 25 empresas, com dois participantes de cada uma delas. Empresas de base tecnológica de todo país podem se inscrever e participar. O coordenador Wilson Caldeira, que responde pelo Programa de Inovação e Empreendedorismo em terras brasileiras, é enfático ao dizer por que as empresas devem participar, “porque esse é o melhor programa de inovação e empreendedorismo do mundo, comprovado pelas 25 empresas da turma de 2014”. Em relação ao foco que terá a edição de 2016, Caldeira afirma, “continuaremos contribuindo para o aumento da competitividade das empresas brasileiras de base tecnológica para competirem em nível mundial”.

A nova edição

Neste ano o programa terá webinars ao vivo em 28/09, 11/10 e 26/10; curso online entre 29/09 e 28/10; e atividades presenciais, no campus de Stanford, entre os dias 31/10 e 04/11. Questionado sobre destaques do Programa de Stanford, Wilson Caldeira lembra que, “essa capacitação não é apenas um curso, mas um programa que começa em Stanford e termina com o sucesso empresarial, conforme pode ser atestado pelas empresas que participaram da primeira turma”. Citando apenas dois casos desse sucesso, temos a Solides, indicada por um dos juízes, que avaliam os pitchs das empresas no programa, para conversar com o LinkedIn e avaliar a sinergia do software apresentado em Stanford com a plataforma da rede de relacionamento profissional; e também o caso da Siteware, que após o programa recebeu um financiamento considerável pelo Criatec e abriu um escritório comercial em São Paulo.

Inspire-se

Acrescentando outros estímulos para que novas empresas participem do Programa de Stanford, Wilson Caldeira afirma que, “os resultados obtidos pelas 25 empresas que participaram em 2014, em termos de receita, lançamentos de novos produtos, investimentos recebidos e projeção internacional, segundo seus fundadores, são sem precedentes em relação a investimento e retorno. Agora em 2016, um novo grupo de empresas de base tecnológica, de todas as partes do Brasil, terá a oportunidade de participar de uma nova turma. São diversas formas de aprendizado, incluindo atividades presenciais no campus da Universidade de Stanford, webinars ao vivo com professores do programa e módulos de Ensino a Distância. Esse é o melhor caminho para transformar a visão de inovação da sua empresa em um negócio de sucesso”!

Confirmando as informações de Caldeira, recorremos ao que Marcello Ladeira disse a respeito da participação no programa, ainda em 2014, “o impacto do que vimos e aprendemos é histórico. Não estamos criando startups, mas empresas de tecnologia de classe mundial”; temos ainda o depoimento de Mônica Hauck, à mesma época, “foi uma experiência muito intensa, prática e rica. Nós aprendemos muito sobre objetividade e foco no cliente. Estas são coisas que, se não pararmos e participarmos de um programa que nos coloca em contato com diferentes culturas, principalmente com o Vale do Silício, nós não aprendemos. Precisamos viver e participar, realmente vale a pena”!

Tags, , ,

Acelera MGTI recebe novas startups para aceleração

799348db-4ccd-47c8-b306-4bb08ae99c7d

O Programa de Empreendedorismo Acelera MGTI recebe, a partir de 03/03, as 10 startups selecionadas pelo edital próprio 011/2015. As novas empresas passarão pela aceleração do programa mantido pelo MGTI – programa de fomento da área de TI em Minas, formado por Assespro-MG, Fumsoft, SINDINFOR e Sucesu Minas – durante um período de seis meses. As empresas foram avaliadas por uma banca composta por técnicos do Acelera MGTI, além de consultores e mentores convidados, especialistas nas áreas de gestão, tecnologia, mercado e finanças. Para este processo de seleção, que aconteceu no fim de janeiro, a estratégia adotada foi a de trazer empresas já com alguma tração ou com perspectivas claras de faturamento.

Durante o período de aceleração, as startups receberão apoio financeiro, técnico, consultorias e mentorias com profissionais capacitados e experientes. O grupo de empresas nascentes ocupará um moderno espaço em regime de coworking, com toda a infraestrutura tecnológica necessária – internet, telefonia, recepcionista bilíngue, etc. – em localização privilegiada, na avenida Afonso Pena, 4000, no Cruzeiro.

As novas startups do programa Acelera MGTI são: Foxus, Smart Convert, Virturian, Homix, NetGás, WorldSense, Contself, Core2, Conciliadora e MatMed.

Quem são e o que fazem:

FOXUX – Focada na gestão do trabalho e motivação do usuário, permitindo um controle simples, mas completo das equipes envolvidas. Este processo é fruto de um minucioso estudo do comportamento humano, métodos de gestão e elementos sociais que resultaram em um motivante sistema de pontos e níveis, proporcionado a gestão ágil de projetos e processos, e a interação entre as pessoas de forma simples e direta.

www.foxus.me

SMART CONVERT – Trabalha de forma a contribuir para que empresas do comércio reduzam a quantidade de vendas perdidas, a partir da identificação e análise das causas de cada perda de venda nas lojas, possibilitando assim o desenvolvimento de ações corretivas que aumentem o faturamento.

www.smartconvert.com.br/demonstracao

VIRTURIAN – Fornece uma solução de monitoramento da condição de motores elétricos industriais, com o grande diferencial inovativo da tecnologia utilizada. A técnica é baseada na análise dos dados existentes nas indústrias através de um software não invasivo (sem a necessidade de instalação de hardware), que utiliza dados existentes na rede de automação industrial, realizando um processamento, utilizando diversas técnicas avançadas, que permitem a avaliação da condição dos equipamentos.

www.virturian.com/

HOMIX – É uma plataforma online (web e mobile) voltada para serviços e reparos domésticos. O portfólio de serviços prestados é extenso: alvenaria, pintura, hidráulica, elétrica/eletrônico, chaveiro, jardinagem, limpeza residencial, etc. Com apenas alguns cliques, é possível orçar e agendar o serviço no local e horário desejado. Será enviada uma equipe especializada para realizar os serviços. Todos os serviços contam com garantia de execução e excelência.

www.homix.me

NETGÁS – Apresenta uma plataforma inédita, que conecta quem vende a quem compra gás de cozinha no Brasil, um mercado que movimenta 30 bilhões de reais por ano. Quando um usuário busca o gás de cozinha, encontra um cadastro com quais revendedores atendem sua região, qual está mais próximo, qual está aberto naquele momento e, por fim, qual tem o melhor preço. Com o preço do gás variando, em uma mesma cidade, em até 70%, e com mais de 50 mil revendedoras no país, fazer a pesquisa manualmente é difícil. Com a plataforma, todo esse processo foi automatizado, possuindo, inclusive, um mecanismo de leilão para compras em lote.

www.netgas.com

WORLD SENSE – Fornece apoio para publishers monetizarem seus conteúdos por meio da descoberta de links patrocinados. A tecnologia busca oportunidades de links patrocinados que podem ser inseridos em textos online, trazendo uma fonte adicional de receita para produtores de conteúdo web.

www.worldsense.com

CONTSELF – Disponibiliza um serviço de contabilidade online para profissionais da área da saúde. A tecnologia permite, através do aplicativo, que o cliente fotografe todas as despesas e receitas, que entrarão em seu livro caixa, relacionadas a sua atividade. As informações serão validadas por uma empresa de contabilidade parceira. Após o OK da contabilidade o sistema calcula os impostos a serem pagos pelo cliente, fazendo um planejamento tributário que pode permitir uma economia de até 40% nos tributos.

www.contself.com.br

CORE2 – Trabalha com soluções inteligentes para concursos públicos. Aplicando a mobilidade dos tablets e a segurança das impressões digitais, a Core2 busca levar o segmento de organizadoras de concursos a um novo patamar de segurança. Com o FingerID os clientes podem coletar a impressão digital e a fotografia dos candidatos no momento da realização das provas e, depois, para tomar posse, o candidato deverá ser validado. Tudo isso de forma fácil, rápida e segura.

www.fingerid.core2.com.br

CONCILIADORA – Plataforma que faz, de forma automatizada, o serviço de conciliação das vendas em cartão dos varejistas. A grande inovação é a integração, em diversos níveis, com outros softwares, trazendo uma resposta pontual ao problema do varejista. O sistema analisa cada venda, devolvendo, de forma clara e objetiva, as informações, permitindo uma visão geral de todo o processo de vendas e recebimento dos cartões.

www.conciliadora.com.br

Tags, , , ,