Tag empresas juniores

Maior evento de empreendedorismo jovem acontece online pela primeira vez

A 27ª edição do maior evento de empreendedorismo universitário do Brasil irá acontecer online pela primeira vez em sua história. Realizado pela Brasil Júnior, Confederação Brasileira de Empresas Juniores, o ENEJ (Encontro Nacional de Empresas Juniores) acontecerá entre os dias 9 e 11 de outubro e já conta com mais de sete mil inscritos, número maior do que na edição presencial do ano anterior.

O encontro ocorre em formato televisivo e traz palestras, cases, workshops, simultâneos apresentados em formato de programa de TV, com temas sobre autoconhecimento, liderança, vendas, engajamento de time, gerenciamento de projetos, metodologias ágeis, inspiração, inovação e impacto. Entre os palestrantes confirmados estão Franklin Luzes, COO da Microsoft e o Mauricio Louzada, mergulhador que ficou preso em uma caverna por 44 horas. Empresas com grande nomes de mercado como o Bradesco, Heineken, XP inc., Movile, Ambev, Natura, Nescau, DHL, Neston, Stone, Azul, Dasa, entre outras, também estão confirmadas.

“Neste ano teremos um evento tecnológico e conectado, para podermos cumprir com o nosso papel de potencializar o impacto das empresas juniores no país. Preparamos trilhas de conteúdos com games, vídeos, podcasts e e-books, em uma plataforma lúdica e gamificada. Além disso, teremos três dias de evento ao vivo, com workshops, palestras e em formato televisivo com programas matinais, game show, programa de variedades e talk shows”, afirma Ana Beatriz Cesa, Presidente Executiva da Brasil Júnior.

No ano passado, o ENEJ reuniu cerca de cinco mil jovens em Gramado/RS e movimentou mais de R$12 milhões. O evento também representa o impacto do Movimento Empresa Júnior (MEJ). No Brasil, existem mais de 1.100 empresas juniores e 22 mil empresários juniores deste perfil em mais de 210 universidades. O movimento já impactou R$70.000.000 na economia brasileira, que são reinvestidas, integralmente, na educação empreendedora dos estudantes e a Brasil Júnior atua com o objetivo de incentivar o empreendedorismo para tornar o país mais competitivo, ético, educador e colaborativo.

Para participar, adquirir um ingresso ou obter mais informações sobre o ENEJ 2020, é preciso acessar o link.

Tags, , ,

Empresas juniores de universidades terão papel de destaque no Future-se

As empresas juniores, instaladas dentro das universidades, terão prioridade no Future-se, programa do Ministério da Educação (MEC) para instituições federais de ensino superior. O secretário de Ensino Superior do MEC, Arnaldo Lima, afirma que a proposta é incentivar alunos que participam das empresas para que obtenham o apoio na promoção da vivência empresarial como universitários.

De acordo com Lima, o MEC pretende inserir três propostas para as empresas juniores no texto do Future-se:

• o trabalho em uma empresa júnior deve contar como estágio;

• a administração pública (União, estados e municípios) poderá dispensar licitação para contratar empresas juniores;

• criação de uma rede social para aproximar empresários e os projetos que são tocados pelas empresas juniores.

“A gente vai ter e-commerce, assim como crowdfunding na angariação de recursos para mais projetos”, afirmou o secretário. Lima também destacou que serão realizados eventos nas universidades para fomentar o empreendedorismo nas universidades.

A aproximação do MEC com as empresas juniores já começou. No dia 15 de agosto, o secretário recebeu membros da Confederação Brasileira de Empresas Juniores, a Brasil Júnior, que impulsiona a vivência empresarial nas universidades. A entidade representa mais de 900 empresas juniores nas 27 unidades da Federação.

Lima destacou que quer a contribuição da Brasil Júnior com sugestões de aperfeiçoamento para o Future-se, idealizado também com o intuito de promover experiências para formação empreendedora. “Quero que eles [Brasil Júnior] se vejam mais dentro do projeto”, disse.

Para Renan Nishimoto, presidente da Brasil Júnior, o primeiro diálogo com o secretário foi positivo. Ele acredita na construção de um país empreendedor e com diálogo para a educação avançar.

Future-se – Lançado em 17 de julho, o Future-se é o principal programa desta gestão do MEC para a educação superior pública federal. O objetivo é dar maior autonomia na gestão financeira das universidades e institutos e incentivar o empreendedorismo.

Tags, ,

Brasil recebe maior evento global sobre empreendedorismo jovem

Florianópolis (SC) recebe entre os dias 20 e 24 de julho o maior evento mundial de jovens empreendedores, a Conferência Mundial de Empresas Juniores – Junior Enterprise World Conference (JEWC), realizado a cada dois anos e que tem como objetivo desenvolver o Movimento Empresa Júnior (MEJ) em escala global. O JEWC 2016 traz à capital catarinense cerca de 4 mil congressistas – 500 deles vindos de 20 países.

O evento teve sua origem no ano de 2004, com a primeira edição realizada em Fortaleza, Ceará. As edições seguintes, aconteceram nas cidades de Eindhoven (Holanda), Porto (Portugal) e Milão (Itália). A sétima edição ocorre no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, no Sapiens Parque, sob a execução da Federação das Empresas Juniores de Santa Catarina (FEJESC). Florianópolis foi escolhida para sediar o evento em eleição na qual concorreram diversas cidades do Brasil e do mundo. A capital catarinense, um polo de tecnologia e inovação, é hoje apontada como a segunda melhor cidade no país para empreender, segundo pesquisa da Endeavor.

Com a temática “Lead the co-era” (liderança na era da cocriação e colaboração), a Conferência apresentará palestras de personalidades como Ketan Makwana, empreendedor e conselheiro no MIT Global Start Up, Entreprenurial Africa, Entreprise Connect e Rockstar Mentoring Group; Monja Coen, ex-jornalista que deu uma guinada em sua vida e se tornou um referência em equilíbrio emocional e Marcelo Sales, criador da Movile, líder no mercado latino americano de software para celulares, e da aceleradora 21212.

Um outro destaque do encontro será a sala da Endeavor, que espera 1,8 mil pessoas para debater empreendedorismo. A programação ocorre na quinta-feira, das 13h às 15h, e após a abertura com Juliano Seabra, diretor-geral da organização no país, contará com pitches dos empreendedores Darino Tenório (Uatt), Alessio Alionço (Pipefy) e Eduardo Ferreira Lima (Avantia). O encerramento será com o painel “Sonho Grande: Qual é o seu?”.

O Movimento Empresa Júnior teve início na França, em 1967, com o objetivo de tornar prática a vivência acadêmica obtida nas salas de aula. A partir de seu desenvolvimento, percebeu-se que, mais do que dar a oportunidade de transformar a teoria em prática, o Movimento promove, por meio da vivência empresarial, a formação de empreendedores. No Brasil, a rede de Empresas Juniores conta com 300 iniciativas em 18 estados – 35% são EJs ligadas às engenharias, 17% às ciências sociais aplicadas e 14% às ciências humanas. Por ano, 11 mil empresários juniores são formados no país.

Conferência Mundial de Empresas Juniores – Junior Enterprise World Conference (JEWC)
20 a 24 de julho de 2016
Cento de Eventos Luiz Henrique da Silveira, Sapiens Parque, Florianópolis/SC

Tags, , , , , ,