Tag dia dos pais

E-commerce fatura R$2,1 bilhões no período de compras para o Dia dos Pais, aponta Ebit|Nielsen

O comércio eletrônico faturou R$2,1 bilhões no período de compras para o Dia dos Pais, celebrado neste domingo (12). O resultado aponta uma expansão de 8% com relação ao mesmo período do ano passado. O número de pedidos cresceu 22% para 5,11 milhões, enquanto o tíquete médio foi de R$409, queda de 11,5%. As informações são da Ebit|Nielsen, considerando a expectativa de compra dos consumidores no e-commerce de 28 de julho a 11 de agosto.

De acordo com Pedro Guasti, consultor de Negócios Ebit|Nielsen, houve uma mudança no comportamento do consumidor neste ano. “A queda no tíquete médio foi impactada diretamente pela venda de produtos com menor valor agregado como livros, tênis, suplementos, perfume, camisetas e vinho. Isso mostra que os consumidores virtuais ainda estão bastante receosos em comprar produtos caros e contrair dívidas.”, disse.

Qual o movimento do mercado de Bebidas Alcoólicas?

Por conta das comemorações de Dia dos Pais, o mercado online de Bebidas Alcoólicas também vem registrando aquecimento. Além do vinho, que consta na lista do top 10 como opção para presentear, bebidas como vodka (96%)*, uísque (20%)* e cerveja (11%)* apresentaram crescimento entre os dias 01 e 07 de agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado.

*percentual de aumento em comparação ao mesmo período de 2017

De acordo com dados da Nielsen, no mercado off-line- considerando o grande varejo, os feriados como o Final do Ano, Carnaval e Black Friday são highlights de vendas para Bebidas. Contudo, para o Dia dos Pais, Destilados são destaque como ocasião de gift. Em 2017, apenas a semana de comemoração representou para o segmento uma média de vendas em valor 70% acima das demais, com foco principalmente em uísque e gin premium.

Para uísque, houve um incremento de vendas em valor de 20%, em comparação com 2016, enquanto gin cresceu +400% dentro do período. “A ocasião acaba sendo um momento importante para fabricantes de destilados que apostam principalmente em packs com brindes e embalagens diferenciadas”, pontua Thiago Torelli, líder da indústria de Bebidas da Nielsen Brasil.

Tags, , , , ,

Dia dos Pais deve ter alta de 35% no e-commerce

Pesquisa realizada pela Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, mostra que, para este Dia dos Pais, o valor total em vendas dos e-commerces deve crescer 35% em comparação com o ano anterior. O período deve seguir o mesmo caminho de alta das outras datas comemorativas, com exceção do Dia dos Namorados, que foi impactada pela greve dos caminhoneiros.

Nos últimos anos, o Dia dos Pais vem apresentando um gráfico ascendente nas vendas online. Tanto em 2016 como em 2017 houve aumento no número de vendas de 35,07% e 43,91%, respectivamente. Já em relação aos pedidos, o acréscimo foi de 30,04% e 31,56% nos últimos dois anos. Puxam as vendas os segmentos de moda e calçados, seguidos por cosméticos e eletrônicos.

“Acreditamos que o aumento da confiança do consumidor e maior comodidade nas compras online sejam as principais motivações para o crescimento das vendas. Além disso, a possibilidade de comprar um presente e encaminhar para diferentes endereços, sem a necessidade de entregar pessoalmente, facilita também para àqueles que não podem estar presentes na data, mas querem mostrar aos pais que foram lembrados”, explica Willians Marques, diretor-geral da Tray.

Tags, , , , , ,

Comércio eletrônico espera faturar R$ 2,2 bi no Dia dos Pais, estima ABComm

O comércio eletrônico deve movimentar R$ 2,2 bilhões no Dia dos Pais, de acordo com previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Segundo a entidade, a data, que é considerada uma das mais importante para o varejo, deve ter um crescimento de 8% quando comparado com o mesmo evento do ano passado.

A ABComm estima que cerca de 6,8 milhões de pedidos sejam realizados no período de 16 de julho a 4 de agosto, com um tíquete médio de R$ 329. As principais categorias de produtos a serem buscados na data são Informática, Celulares, Eletrônicos, Materiais esportivos, Moda e Acessórios

De acordo com Mauricio Salvador, Presidente da ABComm, a data inicia o calendário de eventos importantes para o varejo no segundo semestre, e deve servir como preparação para os lojistas até o fim do ano. “Seguindo as demais datas sazonais, o Dia dos Pais deve movimentar o faturamento do setor, mesmo que num ritmo menor do que o observado no ano passado”, afirma.

Tags, , , ,

Ebit: Dia dos Pais movimenta R$1,94 bilhão no e-commerce

Crescimento foi de 8,7% na comparação ante ao mesmo período de 2016; smartphone foi o produto mais comprado no comércio eletrônico

O Dia dos Pais, celebrado no último domingo (13), movimentou R$1,94 bilhão no e-commerce, alta de 10,1% ante aos R$1,76 bilhão registrados no ano passado. O número de pedidos expandiu 5,1%, de 4 milhões para 4,2 milhões, enquanto o tíquete médio foi de R$462, alta de 4,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Ebit, empresa referência em informação sobre o comércio eletrônico brasileiro.

“Assim como nos principais eventos do primeiro semestre – Dia das Mães e Dia dos Namorados – o e-commerce registrou um desempenho muito positivo no Dia dos Pais. Por ser a primeira do segundo semestre, a data é um excelente termômetro para as vendas no restante do ano. Depois deste resultado, nossa expectativa é de Dia das Crianças, Natal e, principalmente, Black Friday também registrem um faturamento robusto”, afirma Pedro Guasti, CEO da Ebit.

O monitoramento da Ebit considerou as vendas realizadas no comércio eletrônico entre os dias 29 de julho e 12 de agosto.

Produtos mais vendidos para presentear os pais

1º Celular e Smartphone

2º TV

3º Tênis

4º Relógio de Pulso

5º Vinho

Fonte: Ebit

Tags, , , , , , , ,

11 dicas para comprar o smartphone certo para o Dia dos Pais

© Fernando Coelho 2015

Por Samir Vani

Quem não gostaria de ganhar um smartphone? Pois o Dia dos Pais está chegando e um celular é o tipo de presente que muitos filhos pensam em comprar. Mas, com tantos modelos e configurações, como fazer a escolha certa? Antes de colocar a mão no bolso, é preciso estar atento a algumas questões importantes, para que a alegria de ganhar um presente assim não se transforme em desilusão na hora de utilizar o equipamento.

Como aconteceu com os carros num passado não muito distante, existia basicamente apenas um modelo de smartphone para todos os usos e gostos. Atualmente, os fabricantes têm colocado à nossa disposição uma variedade incrível de modelos. E qual o motivo? As pessoas têm necessidades diferentes. Para começar, seu pai utilizará o smartphone para o trabalho? Nesse caso, muito provavelmente você terá necessidades como maior tamanho de tela para leitura de emails. Caso passe todo o dia sem poder carregar seu smartphone, a maior necessidade será um modelo com grande autonomia… É um papai recente? É grande a chance de uso intenso de fotografias. Nesse caso, busque um produto com um bom sistema de cêmera, lente, processador… Enfim, aproveite a grande disponibilidade e não deixe isso te confundir…

Identifique o uso principal
O primeiro passo para a escolha correta é escrever uma pequena lista de 3 principais usos de seu smartphone. Seu pai adora fotografar? Gosta de ver filmes e videos no celular? E-mails? Leitura? Priorize o tamanho da tela, hoje existem produtos com telas de até 6 polegadas. Seu pai trabalha muito na rua? Tem uso constante do aparelho? Priorize aparelhos com grande bateria, e voce encontrará modelos que possuem baterias de 4000mAh, e que promotem autonomia de até 2 dias sem carregar. Usa apenas para mandar mensagens em redes sociais, por exemplo? Para apenas troca de mensagens, uso de redes sociais ou mesmo utilizar jogos casuais, por exemplo, é possível utilizar um aparelho menos robusto e mais baratos. Provavelmente, muitos pais utilizarão funções que não demandam muito do equipamento.
Veja alguns pontos importantes para você prestar atenção no momento da sua compra

Memória para armazenamento é essencial
É muito chato ter que ficar apagando com frequência fotos, vídeos e até aplicativos, por conta de falta de espaço no smartphone. Isso sem falar na lentidão no uso de um aparelho sobrecarregado. Vários modelos com Android (o sistema mais popular) têm 4 GB. Mas isso é pouco. Para começar, o sistema operacional vai abocanhar boa parte disso. Com aplicativos que já virão instalados (e muitos deles não podem ser removidos) sobra pouco para as atualizações automáticas e para novos apps. Ou seja, procure aparelhos com mais de 8 GB.

Memória RAM
Como nos computadores, a memória RAM também é um componente importante para o desempenho dos celulares. Mas, ao contrário de um desktop, não é possível “espetar” mais um pente de memória e fazer um upgrade. E esse item na configuração é importante para o desempenho do aparelho. Resumindo, de preferência, escolha um modelo com 1 GB ou mais.

Sistema operacional
O Android, do Google, é disparado o sistema mais utilizado em todo mundo. Cerca de 86% dos aparelhos usam esse software, de acordo com o instituto IDC. Por isso, é grande a possibilidade de que seu pai já esteja familiarizado com sua interface e recursos, seja por conta de já ter um aparelho ou por ver o sistema em um modelo de um amigo ou mesmo parente. Lembrando que a versão mais nova do Android é a 7, também chamada de Android N. Na sequência, aparece o iOS, sistema operacional do iPhone, na casa dos 12%, e o Windows Phone, com menos de 1% do mercado (e menor quantidade de aplicativos disponíveis). Vale lembrar que a versões mais recentes dos sistemas operacionais têm soluções melhores para o gerenciamento dos componentes.

Tamanho de tela
Atualmente é possível encontrar modelos com telas de mais de 5 polegadas. Eles são ótimos para quem quer ver um filme ou mesmo navegar na internet, por exemplo, e traz muito conforto no seu uso pela facilidade na leitura. Mas, às vezes, podem ser desconfortáveis para quem valoriza a portabilidade. Pense qual dessas duas características será mais importante para o seu pai na hora da escolha. Verifique sua lista de prioridades.

Bateria
A duração de bateria é um dos itens mais importantes para quem usa bastante o smartphone. Afinal, não adianta ter um aparelho “poderoso”, mas que rapidamente fica sem energia. Dê preferencia a aparelhos mais econômicos, e que podem durar um dia todo. Para isso, verifique a capacidade da bateria, mas dê atenção também à autonomia. Comparando com um carro, o tamanho do tanque é importante, mas o quanto ele faz por litro, também. Processadores mais modernos, por exemplo, permitem maior tempo de bateria. A medida relacionada às baterias é o mAh, e, para quem busca um número de referência, a princípio, a partir de 2600 mAh a bateria já é adequada.

Processador
O Processador é o motor do seu smartphone, e vem avançando muito a cada ano, valorize processadores mais recentes, pois possuem arquiteturas mais modernas, consomem menos energia e permitem uma melhor experiência de uso. Esses processadores também trazem funções de multimídia aprimoradas, como melhor tratamento de suas fotos, uma das funcionalidades mais pedidas hoje em dia. E têm maior capacidade para lidar com vários aplicativos e usos mais intensos. Faça uma pesquisa na internet sobre isso antes de escolher o modelo, verifique novamente sua lista e julgue se seu pai necessitará de um grande motor ou um mais simples.

Câmera
Quanto mais megapixels, melhor a resolução e a qualidade das imagens. Mas isso não é tudo quando o assunto é foto. Vale estar atento também a questões como a presença de flash (ideal para imagens noturnas). Como já comentado, hoje existem várias funcionalidades para o melhor uso das câmeras. E isso o ajudará bastante a caprichar na selfie.

Conexão de dados
Prefira os modelos com conexão 4G, que oferecem maior velocidade de acesso à internet. Mesmo que não haja essa rede disponível na região, eles também são compatíveis com o 3G.

Um ou dois chips?
Ter um aparelho “dual chip” é uma boa. Pois seu pai pode utilizar mais de uma operadora em um só aparelho, além de ter linhas para finalidades específicas (trabalho e uso pessoal, por exemplo).

Preço
Existe uma grande variedade de preços também, Mas é possível encontrar ótimos modelos em uma faixa intermediária de preço (abaixo dos R$ 1.000), com recursos que dão conta do recado para a maioria das necessidades dos pais tradicionais, e com propósitos bastante claros de uso.

Samir Vani é country manager no Brasil da MediaTek, empresa multinacional que fabrica processadores para smartphones

Tags, ,