Tag data science

CTI anuncia startup especializada em Data Science

Com o apoio da Tech Data, a CTI, canal parceiro da distribuidora há vários anos, anuncia o lançamento da startup Daisy Project, especializada em Data Science, ciência que estuda as informações, seu processo de captura, transformação, geração e, posteriormente, análise de dados.

“Tudo começou com um trabalho que realizamos em conjunto com a Tech Data para o Boticário”, explica Francisco Loschiavo Neto, um dos diretores da CTI. “O Daisy Project está focado na oferta de soluções para negócios, envolvendo supply chain, planejamento de demanda e conceitos de inteligência artificial. Nossa oferta está voltada prioritariamente não para a área de TI, mas para projetos que tenham relação direta com ganhos financeiros”, detalha Loschiavo, apontando como alvos da startup as áreas de negócios, marketing e também financeira.

Com a proposta de solucionar problemas com elevado índice de complexidade, ofertando alto valor agregado, o Daisy Project nasce apostando no grande potencial da indústria de consumo no Brasil. Para se ter uma ideia, somente na área de produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) o país é atualmente o quatro maior mercado consumidor mundial.

“As técnicas tradicionais de previsão não conseguem atender o dinamismo presente no planejamento do mercado de produtos de consumo e de outros segmentos, o que abre uma ampla janela de oportunidades para a nova empresa”, resume Donald Neumann, chief data science officer (CDSO)da startup. Na visão do executivo, o Daisy Project tem a missão de incorporar Data Science ao processo decisório das empresas. “Já contamos com dez prospects e projetamos dobrar o tamanho da CTI apostando nessa tecnologia que entendemos ser o futuro da gestão das empresas”.

Para Carla Carvalho, diretora-executiva da Tech Data para o Brasil, “o Daisy Project é um exemplo da importância da estratégia colaborativa que adotamos com nossos parceiros comerciais, buscando sempre o desenvolvimento de soluções que resultem em ganhos reais para o cliente final”.

Tags, , , , , , ,

Customer Experience: Inteligência Artificial, Realidade Aumentada e Data Science são destaques para o CX do futuro

A tecnologia não mudou somente a maneira como as empresas se organizam internamente, ela afetou diretamente a relação que elas têm com seus consumidores. Estima-se que 20% é a perda da receita anual para negócios que não oferecem uma experiência do cliente positiva, segundo dados da Oracle.

O Customer Experience (CX) é hoje um dos assuntos mais abordados e estudados no mundo dos negócios já que está diretamente relacionado à captação e retenção de clientes e no bom relacionamento entre os consumidores e uma marca.

Hoje no mercado existem ferramentas que auxiliam, monitoram, integram sistemas e se comunicam com o consumidor. Assim, como uma receita única, cada empresa desenvolve sua “fórmula secreta” com o objetivo de criar uma relação personalizada com seu consumidor.

“O Customer Experience consiste basicamente na percepção do cliente diante de um produto ou serviço após qualquer tipo de interação com uma marca. Com a tecnologia, essas soluções estão mais modernas, estratégicas e acessíveis para o empreendedor”, explica Fábio Camara, especialista em Transformação Digital e CEO da FCamara, empresa brasileira desenvolvedora de soluções e integrações digitais através de plataformas e aplicativos.

O especialista aponta as 3 principais inovações que se destacam hoje no mercado e como elas otimizam e automatizam a experiência do consumidor.

Inteligência Artificial

Conjunto de práticas e ferramentas que de forma programada respondem e auxiliam a empresa a atender de forma mais eficiente seus clientes. A Inteligência Artificial está a cada dia ganhando mais adeptos nos mais variados ramos de negócio. Estima-se que 45% das companhias varejistas pretendem utilizar IA dentro dos próximos três anos para reforçar o CX, segundo apontamento de estudo realizado pela consultoria BRP.

“São variados os benefícios da IA para o CX. Seja pela otimização de custos ou automação do relacionamento com o cliente, tornando o atendimento mais ágil ou o visual listening, que permite a monitoração da experiência e de menções à empresa que afetam diretamente a sua reputação”, afirma.

Realidade Aumentada

Ainda que o e-commerce esteja em franco crescimento, as lojas físicas são parte importante do business e para tornar a experiência de consumo nesses espaços comerciais tradicionais mais atrativa, as empresas estão investindo na realidade aumentada, tecnologia que permite a integração de informações virtuais a visualizações do mundo real.

Exemplos disso são as projeções de hologramas, anúncios digitais, simuladores, plataformas de marketing de interação com os clientes, entre muitos outros. “A Realidade Aumentada tem um impacto importante ao proporcionar aos consumidores novas experiências de compra. Além de melhorar o CX, este é um campo em que o marketing pode explorar todas as suas potencialidades”, diz.

Data Science

Diferente das análises estatísticas e da ciência da computação, o Data Science, ou ciência da análise de dados, tem atuação com princípios científicos, coletando informações que ajudam as empresas a criarem estratégias para o futuro de seus negócios.

Ela busca descobrir conhecimento a partir de uma quantidade de dados que podem ser usados na tomada de decisões, assim como fazer previsões de mercado, auxiliando na elaboração de estratégias para o futuro. “O Data Science não usa somente a leitura numérica de dados, ele permite uma análise mais profunda de todo o negócio e o CX, permitindo um aprofundamento para a elaboração de planos e ideias, como expansão, internacionalização e até mesmo amplitude de atuação no mercado”, conclui Camara.

Tags, , , , , , , , , ,

Mobile Summit 2017 acontece em novembro e contará com duas trilhas de conhecimento

A cidade de Porto Alegre receberá, no dia 25 de novembro, o Mobile Summit (http://msummit.com.br), evento que reúne os mais diversos temas a respeito do mercado de tecnologia móvel, um dos que mais cresce no país. De acordo com estudos, até 2018 metade do tráfego de internet será através de dispositivos mobile.

O Mobile Summit tem como objetivo reunir profissionais, empresas e estudantes com o intuito de fortalecer o debate e o laço entre técnicos e negócios. Em 2017 o evento será dividido em duas trilhas de conhecimento. A trilha #Business abordará desde o planejamento de um projeto até o lançamento de um negócio, enquanto a trilha #Tech explorará tendências e plataformas de desenvolvimento móvel. Outra novidade desta edição é o HackFest, uma ação focada em startups para desenvolver projetos com potencial de mercado.

O evento abordará ainda temas como inteligência artificial, data science e realidade virtual. Em breve o Mobile Summit divulgará os palestrantes que estarão presentes nas trilhas de conhecimento. Os ingressos já estão disponíveis em 1ª Lote, no valor de R$ 150 para cada trilha, até o dia 15/09, através do site: www.sympla.com.br/mobile-summit-2017__114358

Tags, ,

Startups brasileiras podem ser escolhidas parceiras de uma das maiores siderúrgicas do mundo

A Vallourec Soluções Tubulares do Brasil, preocupada em desenvolver a cultura da inovação, está em busca de startups e empreendedores capazes de desenvolver soluções na área de data science, focadas em melhorar ou desenvolver novos serviços para os clientes do grupo. Denominado Vallourec Open Brasil, o programa vai selecionar startups que terão a oportunidade de desenvolver um projeto em conjunto com a Vallourec, recebendo a mentoria de profissionais, imersão e treinamento na empresa, além de acesso exclusivo à rede de fornecedores e clientes Vallourec. Poderão participar startups de base tecnológica do Brasil ou empreendedores individuais.

Para realizar a inscrição, as startups deverão realizar o download do formulário disponível no site www.vallourec.com/br. Uma vez preenchido o formulário, ele deverá ser encaminhado para vallourecopenbrasil@vallourec.com no período de 1º a 30 de junho. A lista das startups selecionadas será divulgada no dia 14 de julho.

Na segunda etapa da seleção, as startups selecionadas na Fase 1 deverão enviar um vídeo pitch de no máximo 5 minutos no formato MP4 com uma apresentação da empresa e uma proposta de projeto na área de Data Science voltada para a Vallourec. Os vídeos devem ser enviados no período de 14 de julho a 4 de agosto e não deverão exceder o tamanho de 2GB.

No máximo 10 startups serão selecionadas, com base na adequação às atividades da empresa e ao tema proposto, capacidade técnica para desenvolvimento do projeto, criação de soluções inovadoras e currículo dos integrantes (Lattes ou Linkedin). O resultado da seleção será divulgado no site no dia 18 de agosto.

Imersão e prática – Em setembro, as startups selecionadas participarão de uma etapa de imersão no Centro de Competências da Vallourec, no Rio de Janeiro, onde terão acesso a informações relacionadas ao negócio e aos processos da empresa para construir uma proposta de trabalho em conjunto com a Vallourec. As selecionadas terão ajuda de custo para essa atividade, que terá duração de cinco dias.

As propostas desenvolvidas serão apresentadas no dia 18 de setembro, para gestores nacionais e internacionais da empresa, que vão avaliar e selecionar até duas das melhores propostas. Os vencedores terão a oportunidade de implantar a sua proposta com a orientação dos profissionais da Vallourec. Mais informações podem ser obtidas no edital disponível em www.vallourec.com/br.

Sobre a Vallourec – A Vallourec é líder mundial em soluções tubulares Premium, fornecendo principalmente para os mercados de energia (Óleo & Gás, Geração de Energia). Sua experiência estende-se também ao setor industrial (incluindo Mecânico, Automotivo e Construção). Com usinas integradas em mais de 20 países e um avançado setor de Pesquisa e Desenvolvimento, a Vallourec oferece aos seus clientes soluções inovadoras em todo o mundo para responder aos desafios energéticos do século 21.

Tags, , ,

Salesforce é número 1 de CRM no relatório de market share mundial de CRM do Gartner

Com base na receita total de software com gastos em CRM em 2014, a Salesforce atingiu receita total, crescimento de receita e crescimento de market share maiores do que qualquer outro fornecedor top 10 de CRM

A Salesforce também obteve o maior market share na categoria de software de marketing, com base no gasto total com software em 2014

A Salesforce.com (NYSE: CRM), líder mundial em plataforma de gerenciamento de relacionamento de clientes (CRM), anunciou hoje que foi nomeada o fornecedor número 1 de CRM pelo terceiro ano consecutivo no último relatório de market share mundial sobre essa solução publicado pelo Gartner Inc., intitulado “Análise de Market Share: Software de Gerenciamento de Relacionamento de Clientes, Mundial, 2014”1. Com base na receita de CRM de 2014, a Salesforce atingiu receita total, crescimento de receita e crescimento de market share maiores do que qualquer outro fornecedor de CRM top 10. A Salesforce também obteve a maioria de market share na categoria de software de marketing mundial, com base no gasto total de software em 20142.

“A Salesforce não é apenas a plataforma de CRM número 1 do mundo com base na receita. Nós continuamos a ser uma das empresas “top ten” de CRM de crescimento mais rápido do mundo”, afirma Keith Block, vice-presidente da Salesforce. “O ritmo com a qual nossos consumidores estão adotando nossa plataforma de gerenciamento de relacionamento de clientes não tem precedentes, enquanto mais e mais empresas buscam a Salesforce para transformar o modo como elas conectam seus consumidores usando as últimas inovações para a nuvem, mídias sociais, dispositivos móveis e data science”

A Customer Success Platform da Salesforce reúne aplicativos da nuvem para vendas, serviços, marketing, comunidades e, agora, analytics – todos na Plataforma Salesforce1. Ela fornece tanto um system-of-record quanto um system-of-engagement para empresas de todos os portes e áreas. As empresas podem aumentar as vendas mais rapidamente, oferecer serviços aos consumidores em qualquer lugar, criar jornadas do consumidor 1:1, engajar-se com os consumidores por meio de vibrantes comunidades, dispor de analytics para cara usuário corporativo e criar mais aplicativos para dispositivos móveis, tudo a partir de uma plataforma single trusted construída para o sucesso dos clientes.

Tags, , , ,