Tag Dan Schiappa

Sophos anuncia segurança e controle unificados para dispositivos IoT, móveis e laptops

A Sophos, fabricante especializada em segurança de rede e endpoint, anuncia o Sophos Mobile 7, a mais recente versão de sua solução de Gerenciamento de Mobilidade Empresarial (EMM). A novidade estende o suporte para Android Enterprise (anteriormente “Android for Work”), permite que os administradores de TI gerenciem dispositivos IoT, reforça os recursos de segurança e estará disponível por meio da plataforma de gerenciamento baseada na nuvem, a Sophos Central.

As melhorias de segurança do Sophos Mobile 7 incluem a tecnologia anti-phishing para proteger os usuários de links maliciosos em e-mails e documentos, e melhorias na aplicação de segurança e antimalware para Android. Além disso, a solução oferece melhorias na usabilidade para Secure Workspace e Secure Email, permitindo agora que os usuários abram, visualizem e até mesmo editem documentos anexos e do Office criptografados e protegidos, sem deixar o ambiente seguro.

O Sophos Mobile 7 é o mais recente produto dentre os já disponíveis na plataforma integrada de gerenciamento da Sophos Central, incluindo o XG Firewall de próxima geração, Sophos Endpoint Security, Sophos Intercept X, Sophos Email Security, Sophos Server Protection, Sophos Encryption e Sophos Phish Threat.

“Atualmente, um dispositivo móvel é apenas mais um endpoint, mas as empresas ainda se esforçam para gerenciá-los dentro de uma estratégia de segurança específica, devido à falta de integração com a proteção tradicional de endpoint. A disponibilidade do Sophos Mobile 7 junto às outras soluções de proteção endpoint, rede e criptografia do Sophos Central simplificarão o gerenciamento de dispositivos móveis e irão aumentar a segurança em toda a empresa “, afirma Dan Schiappa, gerente geral e vice-presidente sênior de Sophos Endpoint e Network Security Groups. “A introdução do gerenciamento de dispositivos IoT permitirá que as empresas de TI percebam o valor dos projetos IoT e ajudem a reduzir os recursos adicionais necessários para gerenciar e proteger efetivamente esses dispositivos”, completa o executivo.

A nova funcionalidade IoT fornece recursos básicos de gerenciamento para empresas que estão projetando e implantando soluções em escala usando dispositivos IoT Android Things ou Windows 10. Isso inclui tarefas de gerenciamento como a aplicação de políticas, verificação do status do dispositivo online, monitoramento de níveis de bateria ou confirmação e atualização de firmware. A Sophos oferece uma forma econômica de agregar recursos de gerenciamento e segurança aos projetos de IoT, oferecendo uma estrutura de comunicação e gerenciamento que pode ser construída em soluções IoT industriais e comerciais como POS / varejo ou salas de aula conectadas.

O Sophos Mobile 7 já está disponível para instalação no local e estará disponível na nuvem por meio da Sophos Central ainda este mês. Para obter mais detalhes sobre o Sophos Mobile para IoT, os clientes e parceiros podem enviar um e-mail para Sophos-Mobile-IoT@sophos.com .

Tags, , , ,

Gartner nomeia Sophos como lider em plataforma de endpoint pela décima vez

A Sophos, fabricante especializada em segurança de rede e endpoint, pelo décimo ano consecutive foi nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner na categoria Plaformas de Proteção de Endpoint (EPP). Com o lançamento recente do Intercept X, solução anti-exploit de próxima geração, e o contínuo aperfeiçoamento da Sophos Central, a plataforma de gerenciamento baseada na nuvem, a empresa garante a posição de liderança com um amplo portfólio de produtos de segurança de endpoint para combater as ameaças sofisticadas atuais.

De acordo com o relatório, a próxima onda de ciberameaças será “fileless”, ou seja, existe apenas na memória e não chega a ser instalada no disco rígido do dispositivo da vítima. “Durante anos os hackers mais experientes executaram ataques baseados em script. Os utilitários comuns do Windows, como a interface de linha de comando, PowerShell, Perl, Visual Basic, Nmap e Windows Credential Editor, podem ser explorados para comprometer máquinas sem deixar cair os arquivos executáveis, driblando todos os tipos tradicionais de detecção de arquivos maliciosos. O Gartner recomenda que “os compradores do EPP procurem fornecedores que se concentrem na proteção de exploit de memória, análise de script e indicadores de comportamento de compromisso.

“Nos últimos anos, a Sophos desenvolveu produtos que integram prevenção de ataques, análise de comportamento e a heurística de pré-execução. O lançamento do Intercept X acrescentou recursos anti-exploit e anti-ransomware sem assinatura com análise de causa-raiz para complementar e executar em conjunto com as soluções já existentes”, afirma Dan Schiappa, vice-presidente senior e gerente geral dos grupos de segurança de rede e de endpoint na Sophos. “Acreditamos que nosso posicionamento contínuo como líder neste mercado altamente competitivo reflete nossa capacidade de inovar e oferecer produtos de qualidade em resposta à mudança do cenário de ameaças”, complementa.

A Sophos continua a cumprir sua estratégia de integrar plataformas de proteção de endpoint e recursos de detecção e resposta na plataforma Sophos Central para entregar uma solução mais eficaz, apostando que esta estratégia atenda às futuras demandas de acordo com a previsão do Gartner que afirma que até 2019, as EPP e EDR serão uma única oferta, eliminando a necessidade de comprar produtos para todos os ambientes, exceto os mais especializados”.

Para baixar o relatório do Gartner (em inglês), clique aqui.

Tags, , ,