Tag corrida eleitoral

Novos aplicativos da Justiça Eleitoral já estão disponíveis para download gratuito

eac034fd-b8aa-4995-aa42-7c620bc86b9b

Os aplicativos (Apps) “Resultados”, “Boletim na Mão” e “Eleições 2016” desenvolvidos pela Justiça Eleitoral já estão disponíveis para download gratuito na loja Google Play. Os usuários do sistema IOS poderão baixar os aplicativos nos próximos dias.

Para as eleições deste ano, a Justiça Eleitoral vai disponibilizar, ao todo, 11 aplicativos para dispositivos móveis – smartphones e tablets (Android e IOS). Além desses três, já estão disponíveis os seguintes: Mesários, Agenda JE, JE Processos, Candidaturas e Pardal.

O App “Resultados” permite ao cidadão acompanhar, em tempo real, o resultado das eleições deste ano. Os resultados do primeiro turno serão divulgados, via aplicativo, a partir das 17h do dia 2 de outubro. Nos municípios em que houver segundo turno, as informações estarão disponíveis a partir das 17h do dia 30 de outubro.

Já o aplicativo “Boletim na Mão” permite que o resultado do pleito municipal de 2016 seja conferido por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica. A ferramenta possibilita que qualquer cidadão acesse de forma rápida, segura e simplificada as informações contidas nos Boletins de Urna, documentos que são impressos após o encerramento da votação e afixados em quadros de aviso nas seções eleitorais.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, esse App permite que o cidadão atue como um fiscal do processo eleitoral. “O Boletim de Urna torna o resultado público imediatamente após o término da votação. Tudo o que acontece a partir dali, como a transmissão e a apuração, fica transparente. Isso acontece em 100% das 461 mil seções eleitorais. Nesse sentido, trata-se de um aplicativo que inclui o eleitor no processo de fiscalização do pleito”, afirma.

Já o aplicativo “Eleições 2016” oferece ao cidadão notícias, vídeos e acesso aos demais aplicativos desenvolvidos pela Justiça Eleitoral. O layout da ferramenta lembra a página do TSE na internet. Ao entrar no App, o cidadão poderá obter informações como a situação eleitoral, local de votação, justificativa eleitoral e transporte de eleitores, entre outras.

Onde Votar

O aplicativo “Onde votar” (ainda indisponível) foi criado pela Justiça Eleitoral para facilitar o acesso do eleitor brasileiro ao local de votação e aos postos de justificativa, caso esteja fora do seu domicílio eleitoral. O aplicativo funciona como um guia que auxilia os eleitores que estão em dúvida sobre a zona ou seção em que votam. Ele traz o endereço dos locais de votação e dos postos de justificativa em todo o Brasil, permitindo ao cidadão fazer a consulta de forma rápida e segura, diretamente das bases nacionais da Justiça Eleitoral. O App deve estar disponível para download nas lojas Apple Store e Google Play a partir desta terça-feira (27).

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral

Tags, , , , ,

Startup do Cietec desenvolve solução de santinho digital para candidatos a eleições municipais

Inovação do Midiacode permite que eleitores saibam mais informações do que aquelas distribuídas nos panfletos

Com a proximidade das eleições municipais, os candidatos e partidos políticos procuram oportunidades para divulgar seus planos de governo e conquistar eleitores. O uso da tecnologia pode ajudar muito nessa tarefa, com o uso do santinho digital, no qual um código smart-conectado dá acesso a informações ilimitadas que colaboram na estratégia de marketing da campanha.

A solução é um serviço do Midiacode, projeto da Novari, startup da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica IPEN/USP/Cietec, que inovou em uma tecnologia para que os eleitores e consumidores capturem conteúdo do meio impresso e o armazene no smartphone. Com essa inovação, o conteúdo não tem alterações: um panfleto entregue na rua será digitalmente capturado na íntegra, dando fácil acesso a outros conteúdos, como planos de governo, imagens, páginas web, vídeos, redes sociais e e-commerce (no caso de panfletos de lojas de varejo, por exemplo).

Segundo Robson Lisboa, idealizador e conselheiro do projeto, o sucesso da campanha de um candidato está na sua capacidade de inovar e ser criativo. “Independente da estratégia do partido, o meio digital, principalmente os smartphones, não pode ser ignorado”, explica. O CEO da startup conta que o santinho digital permite que os candidatos possam entregar mais informação para seus eleitores, além de vídeos, plano de governo e links para seus sites. “Os eleitores que usarem a tecnologia do santinho digital poderão ainda compartilhar o conteúdo escaneado com amigos e familiares nas redes sociais, como o WhatsApp, por exemplo”, conclui o idealizador do Midiacode.

Sergio Risola, diretor-executivo do Cietec, lembra que as novas regras estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), exigem mais criatividade dos especialistas em marketing político. “Esse ano, existe uma legislação que limita o investimento em campanhas eleitorais, além de reduzir o tempo de propaganda gratuita e menos dias para publicidade de programas de governo”, explica o especialista em inovação. “A ideia do Midiacode é colaborar com os candidatos e responsáveis por suas campanhas, oferecendo uma oportunidade para divulgação tecnológica e de baixo custo, podendo chegar até a um custo zero”, conclui.

O código smart-conectado do Midiacode pode ser colocado em todo material impresso, como folhetos, adesivos de carro, cartazes, banners. Para o eleitor ter acesso às informações, basta ele apontar a câmera do celular para o símbolo, capturando os dados do mundo físico (santinho ou adesivo) e armazená-las no mundo digital (smartphone).

Tags, , , , , , , , , ,