Tag consultoria

Engineering do Brasil busca ampliar sua atuação no mercado brasileiro em 2017

A Engineering – multinacional italiana fornecedora de soluções e serviços de TI, está entre as maiores empresas de TI na Europa e sendo um player global, quer ampliar a sua participação no mercado brasileiro. Atuando fortemente em Business Integration, Consultoria, Softwares e Outsourcing, tem presença consolidada em todos os mercados verticais e opera principalmente em cinco unidades de negócios: Telecomunicações, Indústria & Serviços, Finanças, Administração Pública & Saúde e Transporte & Trânsito. Possui expertise tecnológica, profundo conhecimento dos processos, forte relacionamento com o cliente, criando assim, soluções personalizadas e aderentes às necessidades. Está presente em países como Argentina, Espanha, Bélgica, Noruega, Alemanha, EUA e Sérvia.

No Brasil desde 2008, a Engineering é referência em competência de negócios e visão integrada de tecnologias e soluções. Com projetos em mais de 150 grandes clientes e mais de 600 funcionários, a empresa possui escritórios nas principais cidades do Brasil: Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Santo André e Vitória, além de uma filial na capital Argentina, Buenos Aires.

Atendendo a grandes organizações empresariais, órgãos governamentais, prefeituras, gigantes da telecomunicação, empresas do setor privado, indústrias automobilísticas e grandes fornecedoras de água e energia, a Engineering do Brasil trabalha em um modelo de negócio que cria valores tangíveis ao longo de toda sua cadeia de fornecimento.

Entre seus principais projetos estão a implementação de ERP, Soluções Fiscais, VAS, WFM (Work Force Management), soluções para o ramo de Telecomunicações, Energia & Utilities, Mobilidade Urbana & Trânsito, Soluções Paperless para gestão de documentos e Automação Industrial – Indústria 4.0 e Internet das Coisas, entre outras.

Desde janeiro de 2016, a Engineering do Brasil está sob novo comando, com o italiano Filippo Di Cesare. “Por oferecer uma ampla gama de soluções em softwares e serviços, somos a melhor escolha para as empresas que desejam entender e se destacar na era da Transformação Digital. Mais do que fornecedores, nós atuamos como parceiros, que conhecem no detalhe o negócio do cliente, e com o domínio da tecnologia, podemos planejar e desenvolver uma estratégia de TI que seja altamente eficaz em atender as necessidades do cliente. ”, explica o presidente.

Como uma forma de aumentar a visibilidade da marca e torná-la mais próxima do público, a Engineering do Brasil participará de três dos principais encontros de tecnologia do país: o IT Forum +, em agosto; o SAP Forum Brasil, em setembro; o IT Forum Expo, em novembro; entre outros.

“Vivemos um momento único na nossa história, com a TI sendo responsável por levar a inovação para todos os patamares das empresas e entendemos nosso papel de fornecedor de soluções tecnológicas inovadoras, como uma grande responsabilidade. A interação que temos com os nossos clientes, nos permite participar de sua jornada digital, contribuindo para que continuem líderes de seus segmentos no futuro, e aproveitem todas as oportunidades que a evolução tecnológica pode trazer para o seu negócio”, comenta o presidente.

Tags, , , , , ,

People+Strategy anuncia nova Líder do Núcleo de Coaching

Com a proposta de fortalecer sua atuação em Coaching, a People+Strategy – consultoria brasileira reconhecida por seu trabalho estratégico em grandes companhias – convidou Yukiko Takaishi para juntar-se ao seu time. Ela será responsável pelo Núcleo de Coaching, atuará como consultora do Núcleo de Pessoas e representará comercialmente a P+S.

Yukiko tem vasta experiência em coaching e na área Comercial em consultoria. É formada em História e Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, possui MBA em Gestão Empresarial pelo Insper e Certificação em Brain-based Coaching pelo Neuro Leadership Institute. Yukiko atuou em várias empresas em nível executivo, sempre em projetos estratégicos de capital humano, gerenciando mudanças e fortalecendo resultados.

“Estamos felizes com a entrada da Yukiko e acreditamos que será uma importante profissional na nossa empresa. Ela tem experiência,muito conhecimento e contriburá muito em nosso propósito de contribuir na TRANSFORMAÇÃO da vida de organizações e pessoas“ disse João Roncati.

“O meu desafio na P+S é motivador. Quero ajudar a empresa nesse crescimento e vamos estruturar para isso acontecer o mais rápido possível”, conta Yukiko.

Tags, , ,

Negócios desenvolvidos por consultoria garantem solidez e rentabilidade para quem investe nos Estados Unidos

Os Estados Unidos são a maior potência financeira do mundo e também um dos lugares mais seguros para investir. A moeda mundial é o dólar e isso garante grande estabilidade para o investidor. Depois da crise de 2008, a legislação buscou minimizar os riscos e as especulações de mercado, fazendo do país um enorme atrativo para aqueles que buscam investir com solidez e segurança.

As possibilidades são inúmeras, desde para aqueles que desejam investir em imóveis, novos negócios, abrir empresas ou até mesmo quem recebeu uma herança e quer atuar nos Estados Unidos. Essa iniciativa proporciona segurança em tempos de crise, principalmente para os brasileiros, que sofre com os altos e baixos da economia. Além disso, trabalhar em vários mercados é uma forma gerar receita em moedas diferentes e criar recebíveis fortes, garantindo longevidade.

O advogado Daniel Toledo, especializado em direito de imigração e diretor da Loyalty, consultoria que atua há 11 anos no segmento de obtenção de vistos e transferências de executivos, destaca que um ponto positivo foi a entrada de Donald Trump para a presidência. Ele tem feito uma série de movimentações no mercado financeiro, resultando em uma grande estabilidade. “ O crédito está cada vez mais acessível. Os bancos têm se mostrado favoráveis a projetos sólidos e já estruturados. A possibilidade de financiamentos e credito é imensa”, explica.

O primeiro passo é buscar uma consultoria nos Estados Unidos para que possa ser feito um profundo estudo tributário, evitando assim gastos desnecessários. Com este planejamento em mãos, a etapa seguinte é traçar quais são os objetivos do investidor para curto, médio e longo prazos, estruturando o planejamento de cada um dos possíveis investimentos que se adequam a cada perfil.

A Loyalty implantou nos Estados Unidos, só nos últimos três anos, seis projetos que custaram mais de 20 milhões de dólares juntos. “Atualmente, há dois em execução e mais dois que irão começar no segundo semestre deste ano.No último trimestre de 2017, a empresa levou para o país mais de 2 milhões de dólares por mês”, destaca Daniel.

A equipe composta de administradores, contadores, economistas e advogados apresenta o planejamento e acompanha desde os primeiros passos até a total implantação. “ A gestão financeira é do próprio cliente ou de um fundo investidor, que é totalmente alheio à Loyalty”, esclarece o advogado.

Outro diferencial oferecido pela consultoria é que todos os projetos são exclusivos e são desenvolvidos de acordo com as deficiências do mercado. “Não seguimos tendências e tão pouco aproveitamos oportunidades de momento. Criamos sempre algo novo, diferenciado e projetado para a deficiência calculada para os próximos cinco anos ou mais”, aponta o especialista.

Daniel detectou que o mercado nos Estados Unidos está muito focado na questão esportiva e o governo tem alavancado diversas oportunidades neste setor. “ Criamos um projeto para construção de seis Sport Complex no estado da Flórida, sendo que a sua conclusão levará cerca de 11 meses de trabalho. Com investimento na casa de 1,5 a 2 milhões de dólares, estimamos o retorno em aproximadamente dez meses. Para 2019, também estamos desenvolvendo a implantação de um circuito de corrida automobilística, que trará um rápido retorno para quem participar desta iniciativa”, conclui.

O advogado separou cinco dicas para quem deseja investir em solo americano:

1.Busque orientação com empresas experientes e profissionais que já demonstraram resultados no mercado

2.Nunca coloque dinheiro na conta de pessoas físicas ou empresas

3.Mantenha sempre consigo a gestão financeira ou outorgue a um banco de investimento

4.Analise os riscos de cada projeto e busque analisá-lo de forma pessimista

5.Não se iluda com números atraentes. Veja a realidade do mercado local

Tags, , ,

PwC é considerada uma das 10 marcas mais poderosas do mundo

A PwC foi considerada uma das dez marcas mais poderosas do mundo e manteve sua posição como primeira colocada entre as marcas de serviço do ranking Brand Finance Index 2017, listagem anual que mede o valor de mais de 500 marcas mais conhecidas no mundo dos negócios.

Desde 2007 a firma é considerada uma das 100 maiores marcas globais e, mesmo competindo com companhias de tecnologia e consumo, permanece como líder na área de serviços.

Para chegar à lista das marcas mais valiosas, o Brand Finance Index utiliza uma série de métricas como conhecimento da marca, satisfação do cliente, recomendações, desempenho financeiro, investimento interno e participação no mercado. Também examina as práticas de governança e as visões de diferentes stakeholders das companhias.

“O ranking é uma classificação independente que confirma a força da marca PwC. O fato de permanecermos entre as dez marcas mais poderosas, – em um momento em que vários modelos de negócios são desafiados por empresas de vanguarda tecnológica -, mostra a solidez daquilo que construímos”, avalia Henrique Luz, sócio da PwC Brasil e membro de seu comitê de liderança no Brasil.

Acesso ao ranking completo: http://brandirectory.com/league_tables/table/global-500-2017

Tags, , , , , ,

EY tem novo CEO para o Brasil

view.aspx A EY (Ernst & Young) anuncia Luiz Sérgio Vieira como novo CEO para o Brasil. Após um processo de transição iniciado há três anos, o executivo, que ocupava o cargo de vice presidente de Mercados, sucede Jorge Menegassi. Vieira, que entrou na EY como trainee há 24 anos, se torna o mais jovem CEO à frente de uma Big4, grupo das quatro maiores consultorias e auditorias do mundo. Ele assume oficialmente o cargo em 1º de julho, quando a empresa inicia seu ano fiscal.

Na EY desde 1992, Luiz Sergio atuou por três anos na área de auditoria. Mas sua trajetória na empresa foi principalmente no segmento de impostos, com especialização em tributação internacional, expertise que o levou a passar três anos no escritório da EY em de Nova York.
Conhecido por sua capacidade de inovar e desenvolver talentos, Luiz Sérgio tem como desafio dar continuidade ao bom desempenho apresentado pela companhia nos últimos anos e impulsionar o processo constante de inovação nos negócios. O executivo é o responsável pela estruturação do Centro de Inovação da empresa. “Temos observado o impacto que a revolução digital em curso tem causado no mercado. Trabalhamos continuamente para acompanhar essas mudanças e oferecer soluções integradas e inovadoras para nossos clientes”, afirma Luiz Sérgio Vieira.

Tags, , , , ,

TCS anuncia Tushar Parikh como Country Head para o Brasil

view.aspx A corporação teve receita global de US$16,54 bilhões no último ano fiscal e aponta América Latina como líder entre seus mercados emergentes. Região apresenta crescimento anual de dois dígitos nos últimos quatro anos, tendo Brasil como destaque e com enorme potencial de crescimento.

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de tecnologia da informação (TI), consultoria e soluções de negócios, anuncia mudanças em sua estrutura no mercado brasileiro. Tushar Parikh assume como Country Head, passando a dirigir a empresa no país, e sendo o principal representante frente ao mercado local e autoridades governamentais.
Entre suas missões à frente da empresa estão manter o crescimento ascendente alcançado pela TCS Brasil nos últimos anos, consolidar a estratégia da companhia no país, estreitar o já existente relacionamento com as áreas de negócios e TI; assim como assegurar que as atividades de responsabilidade social corporativa sejam conduzidas nas comunidades locais onde a TCS mantém negócios.

Além disso, Tushar continuará liderando como Segment Head para a unidade de negócios Global Accounts (Clientes Globais) para América Latina e Setor de Seguros & Governo no Brasil. Nesta função, o executivo responde por oito países, com destaque para Brasil, México, Chile, Colômbia e Argentina.
O executivo reforça a importância de temas como ‘Mobilidade e Pervasive Computing’, ‘Cloud’, ‘Big Data’, ‘Inteligência Artificial & Robótica’, e ‘Mídias Sociais’. Foco de atuação da TCS, estas cinco principais forças na área digital direcionam a forma como a empresa evolui, opera e interage com seus clientes. Tushar enfatiza ainda o grande conhecimento da TCS em Indústrias como Seguros, Manufatura, Automotiva, Serviços Financeiros e Varejo como o diferencial em relação a outras companhias que operam no mercado.
Natural da Índia e com vasta experiência no segmento de TI aplicada a negócios, Tushar está na TCS desde 2004. A partir da Índia trabalhou com clientes nos Estados Unidos, Cingapura, e Europa. Em meados de 2005, o executivo deixou seu país natal e se estabeleceu na América Latina, onde trabalhou por cerca de cinco anos no México e cerca de dois anos como Cluster Delivery Head para Argentina, Colômbia e Uruguai, antes de chegar ao Brasil, em 2012. Durante estes anos, Tushar desempenhou papel estratégico nas operações da TCS em iniciativas que incluem Gestão de Relacionamento com clientes, Estratégia & Transformação do Negócio, Serviços, Outsourcing de TI e Processos em nível Global.

“A TCS é uma empresa mundialmente conhecida e estou muito contente por ter sido convidado a dirigir um importante mercado como o Brasil, que cresceu tremendamente nos últimos anos – na ordem de dois dígitos – acompanhando a América Latina”, acrescenta Tushar. “Tenho planos audaciosos para expandir ainda mais a atuação da companhia na região, sempre visando oferecer o melhor serviço aos nossos clientes, garantindo qualidade, agilidade e entrega de valor à solução final”, completa o executivo.
Bacharel em Ciências, Tushar tem mestrado em Computação e Engenharia de Software, participou do programa “Leading Professional Service Firms”, da Universidade de Harvard, e do programa “TATA Group Executive Leadership”, da Ross School, em Michigan (EUA).
No último ano, a TCS foi eleita pela Forbes como uma das mais inovadoras empresas do mundo e foi reconhecida como a marca mais poderosa do mundo em Serviços de TI pela Brand Finance, principal empresa de avaliação de marcas no mundo. Além disso, recebeu a certificação de “Top Employers América Latina 2016”, concedida pelo Top Employers Institute.

Tags, , , , ,

EY é reconhecida como líder global em estratégias digitais para serviços de consultoria

A EY acaba de ser eleita líder global em estratégias digitais para serviços de consultoria. O reconhecimento foi concedido pela International Data Corporation (IDC MarketScape), provedora global de inteligência de mercado e eventos para os mercados de Tecnologia da Informação, de Telecomunicações e de Tecnologia de Consumo.

Após avaliar as atividades das empresas líderes em estratégia digital, o IDC MarketScape destacou as habilidades da EY em permitir que seus clientes implementem recursos digitais para melhorar seus resultados de forma efetiva, considerando suas operações internas, market share, experiência dos consumidores e produtividade. O reconhecimento também analisou as consultorias por sua capacidade de entregar projetos de curto, médio e longo prazo aos clientes. De acordo com a avaliação das empresas que demandam serviços de consultoria em estratégia empresarial digital a EY é considerada a companhia com maior capacidade em ajudar seus clientes a evoluir para incluir uma melhor utilização dos recursos digitais na melhoria da experiência final.

Para a EY, o resultado da análise do IDC é um reconhecimento dos esforços que a empresa tem feito visando auxiliar clientes, de forma prática e efetiva, a lançarem suas estratégias digitais. “Impulsionada pela análise de dados e novas tecnologias, a área digital está rompendo com todos os modelos de negócios atuais. Esse reconhecimento é prova de que globalmente, os profissionais da EY que atuam nesse setor estão ajudando nossos clientes a incorporar estratégias digitais em todos os aspectos da sua organização”, afirma Fabrício Cardoso, sócio de consultoria da EY.

Visando ampliar sua atuação no mercado de serviços digitais, a EY realizou importantes aquisições ao longo de 2015. “No Brasil buscamos o foco prático e de resultado efetivo para nossos clientes considerando a estratégia deles, por meio do aumento do market-share, ajuste do mix de produtos, ganho de eficiência dos canais e da força de vendas, integração da cadeia produtiva com a demanda real ou melhoria da experiência do consumidor. Nosso foco é o resultado independente de quais tecnologias utilizar e sem considerar modismos”, afirma Cristiane Amaral, líder da área de melhoria de performance para América do Sul.

Com este foco, a EY realizou investimentos importantes no Brasil, com a compra da InWave, empresa de estratégia digital, digital marketing e customer experience, e está totalmente integrada com as aquisições da NorthPoint Digital, líder em soluções digitais, da Bedrock, empresa de inovação digital e customer experience, da Greenwich, de digital & analytics, e da Seren, líder em design digital internacional e inovação.

Além disso, de forma absolutamente inovadora, em outubro deste ano a EY firmou uma parceria estratégica com o LinkedIn. O objetivo é oferecer, conjuntamente, serviços para auxiliar empresas ao redor do mundo a utilizar a tecnologia, redes sociais e técnicas inovadoras de venda para aumentar a eficácia de suas estratégias de mercado. “O sucesso da EY é fruto dos bons resultados de nossos clientes e da qualidade das nossas pessoas, ainda mais em um mercado desafiador como América do Sul” reforça Cristiane.

Tags, , , , ,

Fernando Brolo é o novo VP de tecnologia da b2finance

O executivo Fernando Brolo assume a vice-presidência de tecnologia da b2finance e pretende fortalecer a companhia no segmento, principalmente na implementação de ERP e consultoria
A b2finance, companhia com vertentes em outsourcing, auditoria, consultoria e tecnologia, anuncia a atribuição da área de tecnologia para Fernando Brolo, que assume como Vice-Presidente.

Com histórico de liderança e mais de 10 anos de experiência em cargos executivos, Fernando Brolo é anunciado como novo VP de Tecnologia da b2finance, companhia que ingressou como sócio em 2014 através da incorporação da Inova Solution, empresa que antes atuava como Diretor Executivo

Com MBA em gestão estratégica, graduação em gestão comercial pela Fundação Getúlio Vargas, Fernando Brolo terá como foco obter maiores e melhores resultados da vertente de Tecnologia e de todo o portfólio tecnológico da b2finance.

“É um privilégio liderar essa área na b2finance em um momento tão dinâmico, sei dos desafios e acredito que com o time de colaboradores que contamos e com o apoio vindo através da fusão com a Exxemplo TI, iremos construir mais um capítulo de sucesso na história da b2finance”, pontua Brolo.

A b2finance mantém como CEO Mauro Inagaki, e nas áreas de Outsourcing e Auditoria continua com os VPs Renato Halt e Julio Baffini.

Tags, , , , , , , ,

Serviços de TI: Brasil movimentou US$ 26,8 bilhões em 2012

A IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, consultoria e eventos nos mercados de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, acaba de concluir seu relatório executivo sobre o mercado de serviços de TI no Brasil em 2012. Os dados consolidados do ano revelam um crescimento de 8,4% em relação a 2011, com uma receita total de R$ 26,8 bilhões. O segmento de serviços já corresponde a 26% do mercado de TI, posicionando o Brasil como o mercado mais maduro entre os países emergentes – na Índia, os serviços são 22% do mercado de TI, na Rússia, 19% e na China, 10%.

“Historicamente, o mercado de serviços de TI apresenta índices anuais de crescimento que correspondem ao dobro ou triplo da variação do PIB no mesmo período. Em 2012 esse mercado descolou positivamente, crescendo nove vezes mais do que o PIB”, destaca Anderson Figueiredo, gerente de pesquisa e consultoria da IDC Brasil. Segundo ele, o bom desempenho da linha de negócios de Outsourcing, cujo market share chegou a 37,3%, com crescimento de 12,2% em relação a 2011, é outro indicador importante da maturidade do mercado brasileiro.

Os segmentos de Integração e Desenvolvimento, com 27,1%, e Implementação e Suporte, com 22%, também continuam muito representativos, mas apresentaram crescimento menor – 7,3% e 4,5%, respectivamente. Já o segmento de Consultoria, com 10,9% de participação de mercado, também cresceu acima da média geral – 9,3%.

Entre os mercados verticais, quem mais comprou serviços foram os setores de Finanças (28,7% do total), Manufatura (19,3%), Telecom (16,3%), Governo (8,1%) e Serviços (7,9%). Este último cresceu 13,4% em 2012, atingindo praticamente o mesmo patamar do Governo. O setor de Comércio ainda tem uma participação menor no mercado, mas apresentou o maior crescimento em 2012 (16,9%).

Embora as grandes empresas respondam por 64,1% do mercado, as pequenas e médias vêm comprando mais e apresentaram as taxas de crescimento mais altas em 2012 – 9,6% as pequenas, e 9,4%% as médias.
“Os setores de serviço e comércio concentram as pequenas e médias empresas, e assim os dados que indicam as maiores taxas de crescimento em relação a mercados verticais e porte das empresas que compram serviços são convergentes”, analisa Figueiredo. “O mesmo movimento de mudança de classe social entre as pessoas físicas está acontecendo entre as empresas, e assim as microempresas viram pequenas empresas e passam a consumir serviços”, conclui.

O estudo IDC Brazil IT Services Tracker é realizado com base em metodologias de pesquisa usadas mundialmente pela companhia e informações levantadas junto a diversas fontes, entre elas executivos de aproximadamente 80 das maiores empresas prestadoras de serviços de TI no país, que respondem por mais de 75% da receita total deste mercado.

Tags, , , ,