Tag Cognizant

Cognizant leva experiência do consumidor do futuro para o SAP Now

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, participa do SAP Now, que será realizado de 11 e 12 de setembro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Na ocasião, a companhia apresentará um modelo de atendimento que consiste na demonstração da experiência do consumidor no futuro, integrando diversas tecnologias, como reconhecimento facial e chatbot, além de plataformas para criar, gerenciar e expor APIs de forma dinâmica e segura.

Com o apoio de um “sandbox”, que consiste na utilização de técnicas de inteligência artificial para reconhecimento facial e criação de diálogos de interação, foi possível desenvolver plataformas para geração de dados, virtualização de serviços, produção e gerenciamento de APIs.

Rosangela Locatelli, head de Enterprise Application Services da Cognizant, explica que dessa forma, com as soluções trabalhando em conjunto, o cliente pode experimentar uma jornada do consumidor do futuro, em que a escolha e a compra de um produto são realizadas de forma digital e personalizada, garantindo assim agilidade e segurança em todo o processo.

“Todas as tecnologias foram integradas com plataformas em nuvem, garantindo a segurança dos dados e de transações como criação de cadastro de cliente, ordem de pedidos e históricos de compras. Com as soluções trabalhando de forma integrada, o cliente pode vivenciar a jornada do consumidor do futuro, por meio da qual a criação da conta bancária e a compra de um produto são realizadas de forma digital e personalizada, para garantir agilidade e segurança em todo o processo”, conta Rosangela Locatelli.

“A competitividade dos negócios e o apetite por inovação proporcionam o cenário ideal para demonstração das tecnologias no evento. Em meio à aceleração digital, as corporações devem adotar uma abordagem de parceria e colaboração para continuar relevantes hoje, ao mesmo tempo em que desenvolvem suas capacidades para antecipar a atender às necessidades do mercado no futuro”, enfatiza Eduardo Guerreiro, head de Digital Business.

“A integração de inúmeras plataformas e soluções por meio de APIs seguras se encaixa perfeitamente nesse cenário. Assim como as instituições financeiras vêm enfrentando o dilema da regulamentação do open banking no País, o varejo também vem sendo desafiado a oferecer experiências melhores aos seus consumidores”, observa o executivo.

A Cognizant patrocinará o evento com a cota ouro, integrando o mercado de usuários de SAP e geração de oportunidades. O estande encontra-se na posição O9 e contará com a demonstração “A Experiência do Consumidor do Futuro”.

As três principais tecnologias que potencializam essa experiência são: Open API in a Box, Face Recognition e ChatBot, além do auxílio de outras soluções, como Test Data Manager, Service Virtualization, API Gateway, API Manager, inteligência artificial, que fazem com que o processo de experiência do consumidor seja devidamente otimizado.

SAP Now

Data: de 11 e 12 de setembro de 2019

Horário: 9 h às 18 h

Local: Expo Transamérica

Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro – São Paulo, SP.

Para mais informações, acesse:

events.sap.com/br/sap-now-brasil/pt/home/

Tags, , ,

Cognizant aposta em parcerias com startups no InovaBra Habitat

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, atua no InovaBra Habitat, um ecossistema de inovação e empreendedorismo com mais de 170 startups e cerca de 70 empresas dos mais diversos segmentos, possibilitando a geração de novos negócios e o desenvolvimento de soluções inovadoras com base no networking e na colaboração.

O conceito Cognizant Lab para o Habitat visa atuar em quatro eixos complementares: Soluções, Prototipação, Parcerias e Comunicação. Os dois primeiros eixos visam abordar cases reais e o desenvolvimento de protótipos inovadores. Já o terceiro eixo visa expandir o relacionamento com startups e outras empresas enquanto o quarto eixo difunde a atuação da Cognizant dentro e fora desse ecossistema.

Além disso, a Cognizant faz parcerias com startups do Habitat visando trazer soluções para áreas internas da companhia. É o que aconteceu com a área de Talent Acquisition. “A velocidade das mudanças tecnológicas exige flexibilidade e respostas rápidas às oportunidades apresentadas pelo mercado”, analisa Carla Catelan, responsável pela área de Talent Acquistion da Cognizant no Brasil. “Fazer parte desse hub de inovação acrescenta mais soluções ao nosso portfólio de serviços, além de abrir espaço para parcerias que também visam atender às áreas internas da própria empresa.”

A área de TA da Cognizant identificou que a pressão para aumentar a velocidade de contratação, bem como a experiência do candidato e do gerente contratante neste processo, exige uma ação imediata. Essa avaliação, de acordo com Carla, abriu uma oportunidade para se conectar com startups que oferecem soluções no ramo. Desse modo, a empresa decidiu organizar um Demo Day, no qual as startups apresentam suas soluções para analisar melhor as possibilidades.

“As startups conseguem otimizar e customizar soluções para atender às demandas de negócio e, consequentemente, melhorar a experiência dos stakeholders no processo de contratação”, comenta a executiva. “Além disso, descobrimos soluções que nem tínhamos como expectativa, mas que foram apresentadas como proposta, para que possamos reavaliar a forma como atuamos hoje”, conclui.

A Cognizant também tem explorado o ecossistema InovaBra Habitat, com seu espaço próprio para o desenvolvimento de projetos, realização de workshops, demonstração de soluções próprias e prototipagem de ideias que surgem após workshops de design thinking com clientes.

Tags, , ,

Na era digital, liderar pelo exemplo ainda é o modelo mais efetivo de engajamento

Por João Lúcio de Azevedo Filho

Muito se fala das novas tecnologias digitais e de como elas vão impactar a sociedade e o mercado de trabalho. Aumento do uso da inteligência artificial, robotização para automatização de processos, chatbots que conversam com clientes como se fossem atendentes humanos, drones que entregam produtos diretamente em sua casa, o avanço tecnológico parece não ter limite. No livro What To Do When Machines Do Everything, lançado em janeiro de 2017 pelo Centro do Futuro do Trabalho da Cognizant, é possível destacar que, apesar dos avanços tecnológicos da 4.ª revolução industrial, o grande pivô de todas essas evoluções sempre será o ser humano. Grande parte do sucesso das empresas é e continuará sendo resultado do comportamento humano, reflexo dos perfis de liderança e de como as pessoas reagem às mudanças.

A hierarquia presente no modelo de gestão vertical perde cada vez mais espaço nas organizações mais modernas. No mundo digital, considerando a velocidade com que evolui, essa abordagem se mostra até obsoleta. Modelos colaborativos de gestão, com ambientes que permitem autonomia de decisão, mas com um objetivo claro e comum, fazem muito mais sentido. O manifesto “Ágil” publicado em 2001 já antecipava essa importante mudança cultural no que tangia ao desenvolvimento de software. Lá se pregava:

– Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas

– Software em funcionamento mais que documentação abrangente

– Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos

– Responder a mudanças mais que seguir um plano

O que talvez não se antecipava naquela época é que tecnologia e negócios um dia estariam tão amarrados que os modelos organizacionais das empresas também poderiam se beneficiar das abordagens “ágeis”.

Vejo claramente que perfis de liderança distintos influenciam diretamente no resultados dos negócios. Um líder de sucesso não é apenas um profissional com grande conhecimento técnico, mas aquele capaz de liderar pessoas, organizar projetos e, acima de tudo, inspirar seus colaboradores. O chefe não motiva e ainda não se entende com as novas gerações. O líder inspira confiança da geração X aos millenials.

Líderes conciliadores, colaborativos e que lideram pelo exemplo tendem a ser muito mais efetivos no longo prazo. Se você quer fazer com que uma equipe atinja algo, e as pessoas atuem de forma espontânea em direção a um objetivo comum, elas precisam estar tranquilas de que seguem alguém em quem confiam. Durante minha carreira, tive a oportunidade de trabalhar com gestores que atuavam de forma autoritária, e outros que agiam de forma conciliadora e ensinavam por meio das ações. Os únicos que me inspiraram, e dos quais lembro ainda hoje, foram os que lideravam pelo exemplo.

Conheci também profissionais brilhantes intelectualmente, mas que nunca despontaram como líderes ou gestores. Trabalhei com pessoas que eram dedicadas, responsáveis, com características pessoais marcantes, mas de alguma forma não tinham o apetite para o risco e se esquivavam de assumir novas responsabilidades ou áreas e atividades em que não tinham pleno conforto para trabalhar. São excelentes pessoas e profissionais, mas não tinham perfil para liderar naquele momento. Devo destacar que alguns líderes são natos, mas faz parte também de um movimento inteligente, que as empresas sejam capazes de identificar pessoas com perfil de liderança e as treinem para exercer esse papel.

Para atingir um cargo estratégico em qualquer grande corporação, é preciso sim entender do seu negócio, mas é preciso muito mais entender de pessoas e de liderança.

João Lúcio de Azevedo Filho, presidente da Cognizant no Brasil.

Tags, , ,

Cognizant oferece solução para gestão de facilities

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, oferece solução para gestão de facilites com o objetivo de ajudar empresas a gerenciar seus recursos, passando pela eficiência energética, segurança, continuidade operacional, compliance, gestão de ativos e infraestrutura na busca pela redução de custos e desperdícios. Desenvolvido pela própria companhia, o 1Facility é uma plataforma inteligente que coleta dados de diferentes sistemas e sensores e os converte em insights valiosos para os clientes.

“De maneira geral, as empresas têm dificuldades de lidar com custos e riscos operacionais, com diversos sistemas, falta de visão integrada dos ativos e infraestrutura, manutenção reativa e baixo uso de analytics”, comenta Bruno Chimentão, diretor associado de Varejo, Bens de Consumo e Hospitalidade da Cognizant. “O 1Facility é uma plataforma que centraliza e integra dados de todos esses sistemas independentes e fornece insights analíticos e em tempo real personalizados para os stakeholders de Facilities.”

Entre os principais benefícios da adoção da plataforma estão a simplificação na integração dos sistemas; atuação de forma proativa e remota nos serviços de campo; monitoramento, gerenciamento e redução dos riscos associados a Facilities; geração de insights através de analytics; otimização dos custos de manutenção e visão única de todos os aspectos de Facilities. Clientes do 1Facility são bancos, varejistas, indústrias farmacêuticas e seguradoras, entre outros.

No setor alimentício, por exemplo, um cliente da Cognizant necessitava de uma solução que pudesse interagir diretamente com seus equipamentos de refrigeração. “A solução implementada pela Cognizant resultou em uma redução de 10% no desperdício de alimentos e US$ 18 milhões de redução de custos operacionais. Por isso acreditamos que, uma vez instalada e integrada, a plataforma 1Facility gera um resultado muito positivo para empresas.” Explica Chimentão.

Tags, ,

Cognizant aposta em ecossistema de inovação e passa a atuar no InovaBra Habitat

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, aposta em ecossistema de inovação e passa a atuar no inovaBra habitat.

“O Habitat é um ambiente extremamente inovador, que nos permite um espaço amplo para o desenvolvimento de projetos, realização de workshops de design thinking, além da possibilidade de criar protótipos para ideias e demonstrar cases e soluções”, afirma Eduardo Guerreiro, diretor de Negócios Digitais da Cognizant.

O Habitat une empresas, startups, investidores, mentores e empreendedores, possibilitando a geração de novos negócios e o desenvolvimento de soluções inovadoras com base no networking e na colaboração. O espaço conta com mais de 130 startups e aproximadamente 50 empresas dos mais diversos segmentos.

“Queremos também investir no relacionamento com startups, selecionando as que oferecem soluções aderentes ao nosso negócio e oferecendo toda a nossa força comercial para impulsionar os negócios dessas empresas que estão começando no mercado. Essa troca de conhecimentos e a sinergia com as startups nos permitem oferecer soluções personalizadas de acordo com as necessidades de cada cliente”, comenta Fabio Guimarães, responsável pela atuação da Cognizant Digital Business no Habitat.

O conceito Cognizant Lab para o Habitat visa atuar em quatro eixos complementares: Soluções, Prototipação, Parcerias e Comunicação. Os dois primeiros eixos visam abordar cases reais e o desenvolvimento de protótipos inovadores. O terceiro eixo visa expandir o relacionamento com startups e outras empresas. Enquanto que o eixo de comunicação, difunde dentro e fora do ecossistema a atuação da Cognizant.

O InovaBra Habitat é organizado em vertentes tecnológicas como Blockchain, Inteligência Artificial, Big Data e Algoritmos, Internet das Coisas e Plataformas Digitais. Em todos esses agrupamentos a Cognizant permite a demonstração e experimentação de soluções já desenvolvidas.

Tags, , ,

Os desafios do varejo na Era Digital

Por Gustavo Pipa

Quantas vezes você já ouviu alguém falar que o varejo físico vai morrer? Muitas, não é? A meu ver, mesmo as previsões mais pessimistas não fazem sentido. Enquanto, de fato, algumas lojas de varejo estão fechando suas portas, grandes varejistas abrem novas unidades todos os meses. Os números apresentados na NRF 2019, maior feira de varejo do mundo realizada em janeiro em Nova York, evidenciam essa tendência de crescimento de lojas físicas e seu papel no centro do comércio varejista no futuro. As lojas físicas não vão morrer. Pelo contrário, serão cada vez mais fortes e com papel relevante no processo de venda e captura do consumidor.

Mas então o que diferencia aqueles que fecham dos que seguem em expansão? A tecnologia deu ao varejo uma nova cara. A evolução contínua das realidades virtual e aumentada, internet das coisas e blockchain permite aos varejistas analisar dados de suas vendas quase em tempo real e investir em soluções, produtos e distribuição de forma cada mais vez mais eficiente e eficaz.

O desafio é que a maior parte das tecnologias aplicadas ao varejo ainda está em experimentação. É difícil encontrar cases de sucesso 100% prontos e comprovados em que se inspirar. Estamos em construção dessa vitrine, ou seja, ainda é difícil escolher onde investir, e a disposição de correr algum risco pode ser fundamental. A disrupção desse mercado e a velocidade com que ele muda desafiam as capacidades analíticas dos varejistas conservadores. Construir uma plataforma que conecte diferentes dispositivos em um único ecossistema, trazendo melhor leitura dos dados, permitirá que os varejistas criem e sustentem uma proposta única de valor agregado para os consumidores.

Mas por que ainda existe uma dificuldade tão grande na adaptação dos varejistas a essa Era Digital?

O maior desafio é definir a “mistura” ideal de inovações humanas e tecnológicas, tendo em vista sempre a experiência 360 graus do cliente. Oferecer tecnologia suficiente para atender às expectativas dos consumidores sem deixar de lado o contato com o cliente, fortalecendo a proposta de valor final do varejista.

É necessário juntar as conexões humanas com a funcionalidade de robôs, inteligência artificial e análise de dados. E é preciso criatividade para combinar o aspecto físico e o digital – Phygital, como dizem –, para criar uma experiência de consumo personalizada nas lojas físicas, tanto quanto já ocorre nas lojas on-line, mas com a vantagem do olho no olho.

É hora de esquecer a forma antiga de trabalhar! Para os varejistas sobreviverem, terão de adotar mudanças na forma de pensar, testar, arriscar, estimular, desenvolver novas experiências para atrair e reter os consumidores. Terão de oferecer com agilidade oportunidades capazes de mudar o dia a dia do consumidor.

Até 2025 teremos uma transformação consolidada no varejo. Com o avanço da Era Digital, a forma de o consumidor final comprar será diferente, e então os varejistas que oferecerem a combinação exata de experiências, com ambientes convidativos, fidelizando a marca e colocando o cliente no centro de tudo, e em meio a uma experiência humanizada, conseguirão firmar uma posição de mercado singular em um cenário tão disputado que temos nessa Era Digital.

Gustavo Pipa, Client Service Executive de varejo e consumo da Cognizant

Tags, , ,

Cognizant inaugura Delivery Center em São Paulo

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, anuncia a expansão de suas operações na América Latina com a abertura de um novo Delivery Center em São Paulo. Com espaço para mais 400 novas posições de trabalho, o Delivery Center será responsável pela entrega de projetos no Brasil e na América Latina das três grandes linhas de serviços que a Cognizant possui: Digital Business, Digital Operations e Digital Systems and Technologies.

O objetivo desse investimento é oferecer o suporte adequado à crescente demanda por negócios digitais da empresa, provenientes da expertise da Cognizant em prover serviços tecnológicos e consultoria de alto valor agregado para diversos setores da economia. “O investimento no novo centro de entregas, um espaço moderno, com arquitetura despojada, reafirma o compromisso da Cognizant com nossos clientes, colaboradores e com o País, no que diz respeito à geração de empregos”, afirma João Lúcio de Azevedo Filho, presidente da Cognizant no Brasil.

A Cognizant Brazil oferece soluções para clientes dos setores financeiro, de seguros, saúde, farmacêutico, manufatura, varejo, bens de consumo e tecnologia, ajudando a transformar os negócios, os modelos operacionais e de tecnologia desses clientes na era digital.

Tags, , , ,

Futurologista Ben Pring confirma presença no Ciab FEBRABAN

O futurologista e diretor do Centro para o Futuro do Trabalho da Cognizant, Ben Pring, é um dos mais esperados palestrantes do Ciab FEBRABAN, principal congresso de tecnologia do setor financeiro da América Latina. O executivo, que é coautor dos livros premiados What To Do When Machines do Everything (2017) e How the Digital Lives of People, Things, and Organizations are Changing the Rules of Business (2014), fará a palestra de encerramento, em que discutirá o tema “O futuro do trabalho”, diante de um cenário de transformação digital.

De acordo com Pring, muitos empregos serão extintos, mas outros serão criados. “Com o aumento do uso da tecnologia em todas as áreas, as pessoas estão buscando profissões que envolvam realidade virtual, análise de dados, inteligência artificial e programação”, diz o futurologista. “Acredito que 10% dos empregos que temos hoje serão substituídos por softwares nos próximos dez ou 15 anos, mas, ao mesmo tempo, a tecnologia vai criar muitas carreiras, e as pessoas migrarão para elas”, conclui o executivo.

Formado em Filosofia pela Universidade de Manchester, no Reino Unido, Pring dedica sua carreira a pesquisar e analisar como organizações podem alavancar as novas oportunidades que estão sendo criadas no mercado de trabalho em todos os segmentos da economia.

Palestra de encerramento

Ben Pring, diretor do Centro para o Futuro do Trabalho da Cognizant

Tema: O Futuro do Trabalho

Data: 14 de junho de 2018

Horário: das 17h às 18h.

Local: Auditório FEBRABAN

Ciab FEBRABAN

Data: de 12 a 14 de junho de 2018

Horário: das 10h às 19h

Local: Expo Transamérica

Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro – São Paulo Para mais informações, acesse: www.ciab.org.br/.

Tags, , , , ,

Cognizant apresenta portfólio de soluções no Ciab FEBRABAN 2018

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, com mais de 20 anos de atuação, participa do Ciab FEBRABAN 2018, um dos principais congressos de tecnologia do setor financeiro da América Latina, que será realizado de 12 a 14 de junho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Neste ano, o tema do encontro é “Inteligência Exponencial”, com debates sobre tecnologias como inteligência artificial, machine learning, blockchain e internet das coisas, que implicam constantes alterações no comportamento social, e seus impactos nos negócios.

Durante o congresso, a Cognizant vai apresentar seu portfólio de soluções disruptivas, que contribuem para a transformação dos modelos de negócios e da arquitetura de processos das organizações. “O Ciab FEBRABAN é o evento mais importante do setor para a América Latina, e nosso objetivo é auxiliar de forma consultiva o segmento financeiro na transformação digital, além de consolidar nossa participação no mercado nacional”, afirma Claudio Martins, diretor de Bancos, Serviços Financeiros e Seguros da Cognizant Brasil.

Entre as soluções, os destaques são: automação de processos com uso de inteligência artificial (AI); tecnologias de análise preditiva; automação; e demonstração de ferramenta de reconhecimento facial. “Nossas soluções são desenvolvidas especialmente para transformar os negócios de forma ágil e eficiente, estimular a inovação e proporcionar eficiência operacional e redução de custos para os bancos”, conclui o executivo.

O futuro do trabalho pelo olhar de Ben Pring

O especialista Ben Pring, diretor do Centro para o Futuro do Trabalho da Cognizant, é um dos palestrantes da programação. O futuro do trabalho diante de um cenário de transformação digital e inovações tecnológicas é o tema de sua palestra. O executivo é coautor de livros premiados como: What To Do When Machines Do Everything (2017) e How the Digital Lives of People, Things, and Organizations are Changing the Rules of Business (2014). Pring ingressou na Cognizant, onde por 15 anos pesquisou e assessorou áreas como cloud computing e global sourcing. Anteriormente, trabalhou para várias empresas de consultoria, incluindo a Coopers & Lybrand. Na Cognizant, seu foco é pesquisar e analisar como os clientes podem alavancar as novas e poderosas oportunidades que estão sendo criadas. Pring é formado em Filosofia pela Universidade de Manchester, no Reino Unido.

Ciab Febraban
Data: de 12 a 14 de junho de 2018.
Horário: das 10h às 19h.
Local: Expo Transamérica.
Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro – São Paulo, SP.
Para mais informações, acesse: www.ciab.org.br/.

Tags, , ,

Cognizant oferece solução voltada à personalização do e-commerce

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, oferece solução voltada à personalização do e-commerce. O objetivo da ferramenta EngagementOne, que incorpora inteligência artificial (AI) na estratégia de comércio eletrônico, é permitir que as empresas varejistas se antecipem às necessidades e aos comportamentos dos consumidores em tempo real, proporcionando experiências significativas ao cliente.

O EngagementONE possui três componentes: Hub 360 do Consumidor, fonte única de informação e histórico do cliente; Individualização, uso de analytics e modelagem de dados para prover insights permitindo individualização de ofertas, promoções e conteúdo; e Experiência Transformacional, onde é possível transformar a experiência do consumidor, operação e resultados em toda sua jornada.

Segundo Roberto Wik, diretor de Products & Resources da Cognizant no Brasil, os consumidores de hoje não querem ser tratados como números e sim como indivíduos. Eles esperam uma experiência de compra excepcional, no canal de sua preferência, em qualquer lugar e horário.

“Estudos mostram que é possível incrementar a receita de e-commerce em mais de 30% com a personalização, no entanto, poucos sites de e-commerce surpreendem o cliente e permitem que ele encontre a combinação certa entre conteúdo e oferta no tempo adequado, independentemente do canal, com características relevantes, que atenda ao desejo individual, mesmo que estes consumidores estejam dispostos a compartilhar suas preferências”, ressalta o executivo.

A Cognizant é líder da indústria no que diz respeito à prática de personalização do comércio eletrônico; 30% das vendas on-line dos Estados Unidos (EUA) são executadas em sites desenvolvidos ou suportados pela empresa. “Além do potencial incremento de receita com aumento no valor do pedido de compras, a personalização de e-commerce traz benefícios adicionais como uma maior fidelidade à marca, maior penetração no mercado, estreitamento de relacionamento com consumidor e maior efetividade das campanhas de marketing” conclui Wik.

Tags, , , , , , , , ,

Cognizant apresenta solução que integra benefícios da conveniência on-line e da experiência na loja física

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, desenvolveu a solução Adaptive SpacesTM, que transforma a maneira pela qual os consumidores interagem com os espaços comerciais, como lojas, hotéis ou restaurantes, e geram valor para o investimento imobiliário. Até 2025, qualquer negócio que necessitar de um espaço físico para vender produtos e serviços terá seu modelo transformado e deverá ser um diferencial para a melhoria da experiência dos clientes.

A solução Adaptive Spaces busca transformar o negócio em quatro camadas principais: Experiência – fornece uma visão 360° do cliente em todos os canais e pontos de contatos; Operação – melhora a produtividade e a eficiência por meio de robotização e inteligência artificial; Tecnologia – utiliza soluções de IoT e realidade aumentada; e Integração – integra as atividades do cliente aos sistemas da empresa e gera insights por meio do uso de analytics.

A solução traz como benefícios o aumento de tráfego e a conversão de negócios, reduções de falta de estoque e de custos logísticos, melhoria na exatidão dos estoques e na qualidade das informações para tomadas de decisão.

“Hoje, olhando-se o modelo de demanda e consumo dos millennials, o cliente não abre mão da pesquisa digital antes da compra e, ao mesmo tempo, quer ser atendido de forma personalizada. A solução Adaptive SpacesTM faz com que o ambiente da loja seja um reflexo das necessidades emocionais e físicas do cliente, e foi desenhada para facilitar e motivar emoções e comportamentos desejados”, afirma Bruno Chimentão, diretor associado de Varejo e Bens de Consumo da Cognizant no Brasil.

Na prática

Durante a NRF Retail’s Big Show 2018, maior feira de tecnologia para varejo do mundo, a Cognizant fez uma demonstração do uso da solução. O cliente podia entrar na loja do futuro e ter à sua disposição informações digitais de um tênis, como cores e tamanhos disponíveis, em que região era mais vendido, celebridades que usavam o modelo e o publicavam nas mídias sociais, entre outros pontos relevantes. Caso gostasse do produto, uma atendente trazia o modelo escolhido para o cliente experimentar.

Tags, , , , , , , , , , ,

Estudo da Cognizant apresenta as profissões do futuro

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, apresenta um estudo inédito, no qual aponta as 21 profissões promissoras para os próximos dez anos. De acordo com a pesquisa, alguns empregos serão extintos pela tecnologia, mas outros serão criados, gerando oportunidades em mercados ainda não explorados.

“Com o aumento do uso da tecnologia em todas as áreas, as pessoas estão buscando profissões que envolvam realidade virtual, análise de dados, inteligência artificial e programação. Essa tendência evidencia que a força de trabalho humana ficará responsável por atividades que tenham como objetivo analisar e tomar decisões de risco, que um software, por exemplo, não é capaz de realizar”, afirma Ben Pring, vice-presidente da Cognizant e um dos responsáveis pelo estudo.

No varejo, por exemplo, é notável o quanto estão sendo trabalhadas as tecnologias que garantem uma experiência de consumo diferenciada, que impactam diretamente o consumidor e geram emoções únicas. Já na área da saúde, exames feitos por softwares e raios X, com resultados muito mais rápidos e assertivos, já são possíveis graças à utilização da inteligência artificial para resolver problemas e gerar resultados precisos. O setor financeiro é outro que busca diferentes meios tecnológicos para ganhar produtividade, desburocratizar processos e aumentar a eficiência operacional.

“No futuro, o trabalho continuará sendo fundamental para nossas identidades, nossa natureza, nossos sonhos e nossas realidades, mas não será necessariamente o trabalho que conhecemos ou fazemos agora”, ressalta o executivo.

Os 21 empregos apresentados a seguir são aqueles que se tornarão proeminentes em curto prazo. Ademais, esses empregos criarão novas oportunidades, que proporcionarão trabalho para muitas pessoas em diversos segmentos da economia.

Confira a lista dos 21 empregos do futuro:

Nos próximos cinco anos:

Data Detective

Investigador de dados. O candidato deve ser um assíduo analista de dados e interpretá-los da melhor maneira possível. Além disso, deve ser curioso, analítico e multitarefa.

Bring Your Own IT Facilitator

O profissional vai gerar flexibilidade para os usuários com o uso de aplicativos e infraestrutura, desenvolvidos dentro da empresa ou em ambientes de nuvem.

Ethical Sourcing Manager

Esse profissional vai investigar, acompanhar, negociar e fazer acordos sobre o fornecimento de produtos e serviços, para garantir o alinhamento nos contratos relacionados a questões éticas de um público estratégico.

AI Business Development Manager

Um gerente de desenvolvimento de negócios. O trabalho será próximo a áreas de vendas, marketing e sócios.

Master of Edge Computing

A computação em nuvem está gradualmente abrindo caminho para a próxima grande evolução. A edge computing desencadeia o potencial de dispositivos de hardware conectados e os descentraliza, para se tornar o próprio data center. Nesse modelo, que descentraliza o armazenamento ou o processamento de dados, o profissional atuará de forma abrangente.

Walker/Talker

O profissional será responsável por passar um tempo com os clientes, e sua principal atividade vai ser prestar atenção no que eles dizem.

Fitness Commitment Counselor

No futuro, esse profissional será imprescindível. A epidemia de obesidade é responsável por 300 mil mortes por ano, em média, nos EUA. Desse modo, o profissional será responsável por motivar a atividade física, melhorar a nutrição e fazer com que o indivíduo adote um estilo de vida mais saudável.

AI-Assisted Healthcare Technician

No futuro, esse profissional terá a função de examinar, diagnosticar, administrar e prescrever tratamentos para pacientes com o auxílio da inteligência artificial e de médicos acessíveis remotamente, em um sistema de hospitais mais eficiente, que cuidará de seus pacientes utilizando a tecnologia como aliada.

Cyber City Analyst

Esse profissional deverá trabalhar com informações que incluam dados dos cidadãos e dos recursos dos municípios.

Genomic Portfolio Director

O profissional vai criar e executar uma estratégia para aumentar o portfólio de produtos que envolvam a ciência da vida.

Man-Machine Teaming Manager

A colaboração entre homem e a máquina será uma realidade. Esse cargo exigirá do profissional a identificação de tarefas, processos, sistemas e experiências que possam ser melhorados com a tecnologia.

Financial Wellness Coach

O profissional terá a função de um coach, e vai orientar sobre questões financeiras, os melhores investimentos e aplicações.

Digital Tailor

Com o avanço crescente do e-commerce, será necessário um profissional que vá até a casa do usuário, pegue suas medidas com um sistema digital e faça os ajustes necessários em suas roupas e sapatos comprados via e-commerce.

Chief Trust Officer

O profissional nessa função trabalhará ao lado de equipes internas de finanças e relações públicas. Vai gerenciar e aumentar a presença pública e privada em toda a esfera financeira, e sempre trabalhar com transparência nas finanças de uma organização.

Quantum Machine Learning Analyst

O profissional atuará na área de machine learning (“aprendizado de máquina”, em inglês), principalmente com a integração com o aspecto quântico.

Nos próximos dez anos:

Virtual Store Sherpa

Os sherpas pertencem a uma etnia que ajuda quem quer escalar montanhas. Indicam o caminho e seguram os equipamentos dos viajantes. No futuro, esses sherpas do consumo vão ajudar os clientes a navegar nas lojas e, com a realidade aumentada, a fazer compras em cenários mais complexos.

Personal Data Broker

Monitorar e comercializar dados pessoais é a grande atividade desse profissional. Além disso, precisará rastrear e consolidar novos dados e auxiliar os clientes a interpretá-los.

Personal Memory Curator

O profissional consultará uma série de públicos específicos, a mídia e fontes históricas para refazer e formular experiências do passado, para reduzir o estresse ou a ansiedade que a perda de memória provoca.

Augmented Reality Journey Builder

O profissional vai projetar, escrever, criar, calibrar, construir e personalizar viagens em realidade aumentada para as pessoas.

Highway Controller

O aumento dos veículos autônomos e de drones levou as cidades a repensar a forma como o espaço rodoviário e aéreo é gerenciado. O profissional será essencial para auxiliar na regulação da estrada e do espaço aéreo no centro da cidade. O candidato ideal deve ser apto para lidar com ferramentas de IA sofisticadas.

Genetic Diversity Officer

O profissional vai facilitar a rentabilidade e a produtividade de uma organização e, ao mesmo tempo, promoverá um ambiente de inclusão.

Acesse o estudo na íntegra por meio do link: goo.gl/34cSxc.

Tags, , , , , , , , ,