Tag Cigam

Rede Cigam lança Checkout Móvel

A Rede Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial (ERP, CRM, RH, PDV, BPM, Mobile e BI), lança o Checkout Móvel. A solução, que permite realizar vendas a partir de um aplicativo intuitivo, com segurança e praticidade mobile, está disponível para as plataformas Android e iOS.

A ferramenta foi desenvolvida pelo braço executivo da companhia, Cigam Gestor. Com o aplicativo, o usuário escolhe o produto no estabelecimento e faz a leitura do código de barras em seu dispositivo móvel, sem precisar efetuar o lançamento do produto no caixa, diminuindo filas e agilizando o processo onde o usuário conclui a venda por meio do botão “$”.

“Um dos pilares da nossa estratégia de negócio é tornar o trabalho dos nossos clientes mais fácil. Para isso, nos empenhamos em fornecer soluções práticas, flexíveis e baratas para aumentar a produtividade das empresas e gerenciar suas vendas de forma simples, segura e com confiabilidade”, avalia Gustavo Marques Dias, diretor de Varejo da Cigam.

Depois que o usuário informar que deseja prosseguir com a venda, o aplicativo mostrará uma lista de formas de pagamentos disponíveis para a seleção do usuário. No final das opções, aparecerá o botão “FINALIZAR PAGAMENTO”, que é o meio utilizado para a conclusão da venda e o envio da NFC-e pelo aplicativo.

O Checkout Móvel trabalhará com cartões POS e TEF (somente quando utilizar API). Caso a forma de pagamento selecionada não seja encontrada no banco de dados, o APP abrirá uma tela para escolha da forma de pagamento correta, equivalente a escolhida pelo cliente. Além disso, a funcionalidade abrirá uma tela para escolha de promoção, quando os produtos da cesta de compra forem contemplados com dois ou mais tipos de promoções cadastradas no sistema.

Tags, , , ,

Morena Rosa aumenta eficiência de suas operações de venda em franquias com ERP Cigam

A Morena Rosa, uma das referências do varejo de moda do Brasil, otimizou suas rotinas nos Pontos de Venda (PDV) franqueados com a solução da Rede Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial (ERP, CRM, RH, PDV, BPM, Mobile e BI). A empresa, que conta com cerca de 1.300 colaboradores diretos e um dos maiores parques industriais de confecção do país, aumentou sua produtividade graças à estabilidade, eficiência e suporte técnico efetivo da ferramenta.

Com unidades fabris e escritórios nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, a Morena Rosa tem uma produção de aproximadamente 2 milhões de peças/ano e operações em mais de 10 países, a companhia precisava de uma solução simples, ágil e que qualquer pessoa pudesse utilizar nas operações dos PDV.

“Nosso sistema anterior gerava dificuldades com pessoas que eram leigas em sistemas de gestão. Trabalhamos com uma gama de colaboradores de perfil variado e nem todos, mesmo com treinamento, conseguiram se adaptar à ferramenta anterior. Isso acarretava acionamentos constante de suporte técnico e este não era sempre eficiente”, explica Álvaro Grolli, do departamento de Franchising da empresa.

A empresa tem uma extensa e complexa demanda nos canais diretos e indiretos. Contando com lojas próprias e franquias Clube Morena Rosa, a companhia vê no ERP Cigam um sistema de gestão que foi pensado com a cabeça do lojista.

“Além da confiabilidade dos dados, um dos principais diferenciais do software é a facilidade de operação. Ele foi desenhado para uma demanda densa de varejo, onde o lojista que utiliza o sistema consegue ter soluções rápidas e fáceis. O PDV não tem tempo para treinamentos ou paralizações de trabalho, pois o foco são as vendas e o atendimento e, nesse sentido a Cigam nos ajudou muito a aumentar a nossa produtividade e otimizar o nosso tempo”, afirma Grolli, que salienta que as reclamações nas lojas e franquias, que antes eram recorrentes, estão praticamente eliminadas.

MOBILE

No projeto, também foram disponibilizadas as soluções para gestão via dispositivos móveis – Android e IoS – da Cigam. Com o Gerencial Mobile é possível o gerenciamento de vendas por meio de smartphones ou tablets, aumentando o controle sobre metas de vendas das lojas, franquias, vendedores, grupos de franqueados, supervisores de campo e demais formas de visualização dos indicadores de sua cadeia de Varejo.

Tags, , , , ,

Tecnologia para aumentar produtividade do agronegócio

Um dos principais motores da economia do país é o agronegócio, com grande destaque para a produção de soja. No ciclo atual, 2017, foram cultivados 2,52 milhões de hectares e a projeção da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), e a estimativa é de que a produtividade média seja a mesma da temporada passada: 51,5 sacas por hectare, mas que a produção cresça 2,4%, passando de 7,601 milhões de toneladas para 7,787 milhões de toneladas, um novo recorde para o estado.

No Brasil, atualmente, contamos com 33 milhões de hectares que produzem 104 milhões de toneladas de soja. Nos próximos 10 anos este número deve saltar para 43 milhões de hectares e o país deverá se tornar o maior produtor do insumo no mundo. Mesmo com a instabilidade econômica e política, o setor primário cresce com força e precisa investir cada vez mais na melhoria de sua gestão. Segundo o diretor da Cigam IC Planejamento, Ricardo Araújo, um bom software de gestão, o chamado ERP, pode aumentar nitidamente a produtividade e eficiência da operação do setor.

“É o momento de investir em melhorias de processos e fazer a empresa funcionar de uma maneira mais fácil. Com a solução da Cigam, ajudamos os players do setor facilitando a gestão financeira, de pessoas, estoques e produção” afirma Araújo.

E são muitos os motivos que justificam o uso da tecnologia na gestão do agronegócio. Com um sistema de gestão adequado às necessidades, é possível aumentar a produção, diminuir custos de insumos, manutenção e logística, tudo isso com sustentabilidade.

O produtor tem que fazer o Planejamento Estratégico da safra, desde a plantação até a colheita, gerenciamento de produtividade, armazéns, riscos financeiros e estar em conformidade com as obrigações tributárias e ambientais – estas duas últimas comumente passam por modificações de órgão públicos e agências reguladoras, como é o caso da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que passará a ser exigida pelo Governo, o que requer a atenção redobrada.

“O nosso objetivo é agregar conhecimento tecnológico ao gerenciamento, que acompanhará todo processo operacional do plantio, cultivo e colheita. O ERP aumenta a confiabilidade das informações através da integração de setores, otimiza tempo, amplia a produtividade e reduz controles manuais”, afirma Araújo.

Tags, , , , ,