Tag blockchain

A otimização do Agronegócio através dos blockchains

Por Daniel Goettenauer, especialista em Inovação do Manaus Tech Hub

Podemos pensar a tecnologia blockchain como algo que permite aos usuários transferir valor, dados ou recursos, entre si, sem a necessidade de um intermediário tradicional (bancos, cartórios, etc). A troca é registrada em um “livro razão digital”, que é compartilhado por todos os usuários da blockchain. Este livro razão compartilhado fornece uma visão transparente dos detalhes dos ativos, incluindo quem possui o recurso, bem como informações descritivas, como, qualidade ou localização.

Além do registro das informações, existe o conceito, chamado de “contratos inteligentes” ou “smart contracts”, que permite aos usuários codificar partes significativas de um processo, acordo ou tarefa de fluxo de trabalho. Desta maneira, quando ocorre uma transação, o software executa automaticamente uma ação ou conjunto de ações, de acordo com as especificações do “contrato inteligente”, que nada mais é do que um programa codificado para ser executado na blockchain.

Como o blockchain auxilia no agronegócio?


A tecnologia blockchain tem sido cada vez mais explorada para beneficiar o agronegócio em diversas áreas, como por exemplo na rastreabilidade, onde já é possível rastrear toda a cadeia de suprimentos. É possível saber também a quantidade de defensivos utilizados em uma determinada produção ou monitorá-la para certificar-se de que aquele pedaço de carne ou pacote de café tenha garantido um determinado processo desde a produção até o destino. Assim, cresce também a segurança do processo, pois, com mais rastreabilidade, diminui-se o custo e aumenta a eficiência em assegurar a produção, a logística, entre outras questões.

Ainda estamos caminhando para o uso dessa tecnologia em larga escala no campo, mas é importante destacar que ela fortalece a confiança e a transparência das relações de toda a cadeia, antes, dentro e depois da porteira. Por fim, podemos dizer então, que o blockchain se torna uma prova concreta de respeito a todos os consumidores, tanto intermediários quanto finais.

Tags,