Tag Banco Original

Projeto de inteligência artificial para educação financeira de crianças vence hackathon do Banco Original e recebe duas bitcoins

Um projeto de inteligência artificial para educação financeira de crianças de até 14 anos foi o vencedor do hackathon realizado pelo Banco Original – conhecido por ser o primeiro a nascer 100% digital – no último final de semana. Mais de 100 pessoas se reuniram para pensar em soluções inovadoras, de olho no prêmio, sem dúvidas: no total, para 1º, 2º e 3º colocados, 3,5 bitcoins estavam em jogo. A criptomoeda está avaliada hoje em mais de US$ 11 mil dólares. O prêmio já superou os US$ 40 mil, tornando este o hackathon de melhor premiação no Brasil.

O grupo vencedor, com o projeto Origininhos, pensou em um cubo que auxilia os pais, que, por meio de um aplicativo, determinam tarefas para as crianças, como arrumar a cama, fazer lição etc. Ao final do mês, se a criança cumpriu o estipulado, receberá a mesada em uma conta do Banco Original, e, com o passar do tempo e a mudança de fase da criança, ela passa a receber dicas de poupança e investimentos, com análises de perfil.

Ao todo, foram 23 grupos compostos por empreendedores, desenvolvedores e designers. “Ficamos surpresos com a qualidade dos projetos. Todos eles poderiam ser implementados. Estamos focados em, de alguma forma, aproveitar a riqueza das soluções apresentadas”, afirma o diretor de TI do Banco Original, Carlos Augusto.

Rodrigo Terron, sócio e fundador da startup Shawee – plataforma de educação corporativa e mudança de mindset responsável por organizar o hackathon – pontuou que foi um dos eventos que contou com mais inscritos: 450 no total, tornando-se um dos maiores hackathons brasileiros em número de inscritos. “Fazer a curadoria e entender as expectativas do Banco e do desafio em si nos tornou qualificados para trazer nada além do melhor. Foram 80 pessoas selecionadas previamente e mais de 35 pessoas ligadas a mentorias, avaliação e produção do evento. Ficamos muito orgulhosos em participar desse projeto, que contou com outros parceiros que contribuíram e elevaram muito a qualidade desse hackathon e dos que estão por vir”, concluiu Terron.

Henrique von Atzingen, chefe de inovação de tecnologias e pessoas da IBM, um dos jurados do Hackathon, parabenizou o evento. “Reuniões como essa são excelentes e transformadoras. Mais do que uma disputa de códigos e design, estes jovens estão focados em apresentar um olhar diferente do mundo. Inovação, em primeiro lugar, é resolver os problemas das pessoas. E quem esteve aqui reunido entendeu isso, trazendo ideias brilhantes”, disse.

Para a diretora de varejo e inovação do Banco Original, Cláudia Woods, foi difícil pensar em um desafio que ao mesmo tempo pudesse ser abrangente e tangível, em favor da busca por propostas diferentes, mas que fossem viáveis. “Os importantes projetos apresentados foram excelentes e a aplicabilidade das soluções essencial. Já estamos pensando num próximo desafio. Foi fantástico ver a integração do mundo empreendedor com o Open Bank”, contou.

Confira também o segundo e terceiro lugares:

2º Lugar – Tulipas
Aplicativo para orientar investimentos usando criptomoedas. Solução integra conceito de programa de pontos do banco e facilita, ao portador das criptomoedas, o acesso aos indicadores e balanços para que acompanhem a cotação e desempenho do seu investimento.

3º Lugar – Clara
Definida como a “Siri” dos investimentos, Clara é um Chat Bot (assistente virtual) que tem como objetivo avaliar o comportamento do investidor, sugerindo aplicações condizentes com o perfil do cliente.

Tags, , , , , , , , , , ,

Stefanini e Banco Original são reconhecidos no Prêmio Relatório Bancário

O avanço da tecnologia possibilitou o surgimento de novas maneiras de realizar antigos serviços, de forma mais prática e ágil, o que agrada, principalmente, o novo consumidor, considerado mais exigente e conectado. Atento a essa cenário, o Banco Original inovou ao quebrar paradigmas estabelecidos há anos no mercado financeiro e, com o apoio tecnológico da Stefanini, lançou um modelo 100% digital. A parceria entre as empresas foi reconhecida na segunda-feira (04), na XIII edição do Prêmio Relatório Bancário, organizado pela Cantarino Brasileiro e considerado um dos mais importantes do setor.

Parceiras desde 2015, as empresas foram vencedoras na categoria Aplicativos com o case “Original na Essência, Disruptivo na atitude”, que destaca o trabalho desenvolvido pela Stefanini em três projetos:

– Abertura Remota de Contas: aplicativo desenvolvido para que a equipe possa coletar remotamente as informações necessárias para realizar o cadastro de novas contas, por meio de dispositivos móveis.

– Plataforma de Gerente Comercial: o banco disponibiliza em um tablet todas as funções de uma agência, inclusive orientação de investimentos, para que o gerente possa se locomover para qualquer local, atendendo aos clientes no Brasil inteiro.

– Coleta e Entrega: solução na plataforma Java/Web, com diversos werbservices para integração com os sistemas de canais, como atendimento e plataforma corporativa. O serviço permite ao cliente ter conveniências em casa, como a entrega de dinheiro em espécie (real, dólar e euro), entrega de token físico, cartões, recolhimento de cheques depositados via imagem, entre outros benefícios.

Carlos Augusto de Oliveira, diretor de TI e Operações do Banco Original, conta que o principal desafio era lançar uma nova plataforma tecnológica inovadora, multicanal e segura, além da meta de crescer no varejo, com mais correntistas e ofertas de serviços. O executivo ressalta que a parceria tecnológica com a Stefanini foi essencial para tangibilizar a proposta de ser um banco 100% digital e poder oferecer aos clientes a possibilidade de abertura de conta pelo aplicativo, sem burocracia.

Marco Stefanini, fundador e CEO global da Stefanini, ressalta que o reconhecimento é mais uma prova de que o trabalho realizado foi ousado e disruptivo. “A Stefanini investe em pesquisa e inovação para entender o negócio do cliente e desenvolver a solução que se adeque melhor ao perfil de cada um. O Banco Original já nasceu com a proposta de ser 100% digital e nós ajudamos a concretizar isso. Para a Stefanini, foi uma grande satisfação poder ser parceira nesse projeto audacioso”, finaliza Marco Stefanini.

Tags, , , , , , , , , , , , , ,

Banco Original realiza Hackathon com foco em Inteligência Artificial e Open Banking

O Banco Original realiza a 1ª edição do Hackathon Original, uma maratona de programação que tem como objetivo fomentar sua revolucionária plataforma de Open Banking junto à comunidade de desenvolvedores. O evento acontecerá entre os dias 2 e 3 de dezembro, na sede da IMasters (Rua Oscar Freire, 2.379 – Pinheiros – São Paulo, SP).

O Hackathon será realizado pela plataforma Original Devs, iniciativa do Banco Original que oferece diversos tipos de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês) para os desenvolvedores e empresas de qualquer setor da economia. Serviços de conectividade, de crédito e de transferência são algumas das APIs disponíveis para a construção de novas facilidades e produtos para os clientes do Banco Original.

“Desde que abriu suas APIs para o mercado, o banco assumiu o protagonismo na nova tendência de serviços, pois permite que os dados financeiros façam parte do dia a dia das pessoas por meio de experiências exclusivas em qualquer interface, e não apenas em aplicativos desenvolvidos pelo banco”, explica Henrique Jozala, head de Inovação do Original.

Já que agilidade é fundamental para estar na vanguarda tecnológica, as APIs do Original são “developer-friendly”, com documentações simples e métodos fáceis de usar. Isso faz com que os clientes do banco tenham acesso às inovações de maneira mais rápida.

“Fomos o primeiro banco a possibilitar a abertura de conta corrente 100% digital no Brasil. Buscamos levar aos nossos clientes inovações desenvolvidas pela plataforma Open Banking desde seu primeiro ano de operação. O acesso ao banco pelo BOT no Messenger do Facebook e a consulta de saldo e extrato pelo Instagram são alguns dos serviços simples e originais desenvolvidos a partir da abertura das APIs do banco”, reforça Claudia Woods, Diretora do Varejo do Banco Original.

O desafio da maratona, que tem outras empresas parceiras na organização, será a criação de soluções com inteligência artificial utilizando Open Banking. O prêmio para a equipe que desenvolver o projeto mais original durante as mais de 24 horas do Hackathon será o maior prêmio já dado na história de um Hackathon, sendo: 2 Bitcoins – atualmente a moeda virtual Bitcoin vale cerca de R$ 29 mil para a equipe que ficar em primeiro lugar.

Desde o 2º semestre de 2016, o Banco Original vem testando o desenvolvimento de serviços utilizando a inteligência artificial. A Ori, uma simpática robô assistente pessoal e financeira, é um bom exemplo e está sendo utilizada especialmente para fazer com que o cliente mantenha uma relação com o banco de um jeito seguro e inovador, como por exemplo comandar transferências por comando de voz, saber seus gastos em estabelecimentos etc. O aplicativo, que faz uso do sistema Watson da IBM, está sendo testado por mil clientes selecionados pelo banco.

Mais informações sobre a plataforma Open Banking do Banco Original estão no site https://developers.original.com.br/
Os desenvolvedores interessados poderão se inscrever pelo site https://hackathon.original.com.br até 24 de novembro (vagas limitadas).

Hackathon Banco Original
Desafio “Soluções de inteligência artificial usando Open Banking”
Quando 2 e 3 de dezembro de 2017. Abertura no sábado (2) às 9h
Onde Sede da IMasters (Rua Oscar Freire, 2.379)
Inscrições Até 24/11 pelo https://hackathon.original.com.br/
Prêmio A equipe autora do melhor projeto vai ganhar 2 Bitcoins, que hoje valem cerca de R$ 50 mil; o 2º lugar ganhará 1Bitcoin e o 3º lugar ½ Bitcoin.

Tags, , , , , , , , , , ,

Banco Original ganha prêmio internacional Model Bank of The Year 2017

O Banco Original foi reconhecido pela Celent, empresa global de pesquisa e consultoria para o setor financeiro, como vencedor do prêmio Model Bank of The Year 2017, na categoria Consumer Digital Platform. Guga Stocco, head de Estratégia e Inovação do banco, representará a instituição na cerimônia de entrega da condecoração a ser realizada nesta terça-feira, em Boston (EUA).

O case reconhecido pela Celent foi o de desenvolvimento da plataforma Open Banking, lançada em setembro de 2016, e com a qual o Banco Original permite a integração de diversos aplicativos com os serviços do banco por meio da abertura de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês).

Pioneira em diversas tecnologias e modelos de relacionamento no mercado financeiro do Brasil, a instituição iniciou o trabalho em estreita colaboração com reguladores e terceiros, implementando uma plataforma bancária inovadora, com APIs abertas que alavancam desenvolvedores de terceiros e permite a realização de serviços bancários por meio de redes sociais como Instagram e Facebook, por exemplo.

O Original é um dos primeiros bancos a abrir APIs no mundo. Com a iniciativa, empresas de qualquer setor da economia, em parceria com o banco, podem criar soluções que proporcionam experiências inéditas ao cliente, como acessar a conta corrente aonde ele estiver, sem necessariamente o uso do celular. A previsão é que, futuramente, sejam elaborados mecanismos para acesso aos serviços bancários do Original por uma TV ou até mesmo pelo painel de um carro.

“Este é o segundo prêmio internacional que o Banco Original ganha por conta da plataforma Open Banking, o que demonstra seu teor disruptivo e dá dimensão de seu potencial de impacto no mercado. Ele nos permite acelerar o desenvolvimento de inovações, que sempre são criadas tendo como objetivo proporcionar facilidades e boas experiências para o cliente, que no fundo é o que norteia a nossa operação e o trabalho que desenvolvemos no dia a dia”, afirma Guga Stocco, head de inovação e estratégia do Banco Original.

Os prêmios anuais do Celent Award reconhecem as melhores práticas de uso de tecnologia em diferentes áreas críticas para o sucesso no setor bancário. As candidaturas são apresentadas por instituições financeiras e submetidas a um rigoroso processo de avaliação pelos analistas da Celent, que as avalia seguindo três critérios principais: benefícios de negócio demonstráveis de iniciativas vivas; grau de inovação em relação à indústria; excelência em tecnologia ou implementação.

Para entender um pouco mais sobre as APIs disponíveis, os cases de integrações e as novidades do projeto acesse:
https://developers.original.com.br/

Tags, , , , , ,

Banco Original é o grande vencedor em um dos Prêmios mais importantes do mundo, o Innovation Awards, da EFMA

Lançado em março deste ano, o Banco Original bateu concorrentes mundiais e venceu um dos mais importantes prêmios de Inovação do mercado. Com o projeto Open Banking, o banco conquistou o Innovation Awards na categoria que destacou os projetos de inovação mais disruptiva (“Most Disruptive Innovation”). Promovida pela EFMA (organização global sem fins lucrativos que reúne mais de 3 mil instituições financeiras), a premiação anunciou os vencedores em cerimônia realizada em Barcelona, nesta quarta-feira (26).

O Open Banking funciona como uma plataforma que permite a integração de diversos aplicativos com os serviços do banco por meio da abertura de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês).

Com a iniciativa, o Original é um dos primeiros bancos a abrir APIs no mundo, para que desenvolvedores e empresas de qualquer setor da economia possam criar soluções que proporcionam experiências inéditas ao cliente, como acessar o banco aonde ele estiver, sem necessariamente o uso do celular. A previsão é que, futuramente, sejam elaboradas soluções para acesso ao serviços bancários do Original por uma TV ou até mesmo pelo painel de um carro.

“O Open Banking nos permitirá acelerar o desenvolvimento de inovações, que sempre são criadas tendo como objetivo proporcionar facilidades e boas experiências para o cliente”, afirma Guga Stocco, head de inovação e estratégia do Banco Original.

De acordo com Stocco, diferentemente da maneira como ocorreu em outros setores da economia, as inovações desenvolvidas para o setor financeiro não ganharam tanta visibilidade até iniciativas como esta da EFMA. Portanto, o Innovation Awards vem se consolidando como uma das principais premiações de inovação para o setor, não somente pelo ineditismo dos projetos apresentados, mas pela relevância da organização no sistema bancário mundial.

Sediada em Paris, a EFMA possui mais de 3 mil instituições de serviços financeiros de 130 países como filiadas, entre elas, os maiores bancos do mundo. Além de reunir e fornecer a seus membros dados e informações que contribuem com este setor, promove desde 2013 o Innovation Awards, que em 2016 chegou a sua 4ª edição.

Neste ano, o prêmio avaliou cases inovadores de 200 instituições de 61 países, com os critérios originalidade, impacto no mercado e universalidade. Além da comissão julgadora selecionada pela própria EFMA, também puderam votar 200 executivos do setor bancário de todo o mundo e espectadores que acompanharam ao vivo a transmissão do evento pela internet.

O Original foi o único banco latino-americano indicado como finalista da premiação. Ao seu lado, concorreram Santander (Espanha), SolarisBank (Alemanha), Alior Bank (Polônia), Standard Bank (África do Sul) e First National Bank (EUA).

Para entender um pouco mais sobre as APIs disponíveis, os cases de integrações e as novidades do projeto acesse: developers.original.com.br

Tags, , , , , ,

Banco Original é única instituição da América Latina que concorre a Prêmio Internacional de Inovação

Com operação de varejo nascida 100% digital, o Banco Original é um dos finalistas do Innovation Awards, prêmio de inovação concedido pela EFMA (organização global sem fins lucrativos que facilita o trabalho entre seguradoras e instituições financeiras).

Na disputa, o Original foi indicado por uma comissão da EFMA que analisou os cases mais inovadores da atualidade no universo de 200 instituições de 61 países. A iniciativa de inovação reconhecida para concorrer ao prêmio é o recém-lançado Open Banking, uma plataforma que permite a integração de diversos aplicativos com os serviços do banco por meio da abertura de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês).

Com o lançamento deste projeto, em setembro, o Original tornou-se o primeiro banco da América Latina a abrir uma série de APIs para que desenvolvedores e empresas de qualquer setor da economia possam criar soluções que proporcionam experiências inéditas ao cliente.

Assim, assumiu o protagonismo de um movimento que fará com que instituições financeiras sejam acessadas aonde o cliente estiver, sem necessariamente o uso do celular, como ocorre hoje em dia.

O vencedor do Innovation Awards será divulgado no próximo dia 26, em Barcelona, e, durante a cerimônia de premiação, cada indicado apresentará seu projeto para uma plateia de mais de 200 executivos do setor bancário, além de espectadores que acompanharão o evento via internet, ao vivo, e poderão colaborar com a escolha do premiado.

Ao lado do Banco Original concorrem ao prêmio Santander (Espanha), SolarisBank (Alemanha), Alior Bank (Polônia), Standard Bank (África do Sul) e First National Bank (EUA).

Tags, , ,

Provider IT e Technisys firmam parceria estratégica para ofertar soluções digitais para a indústria de serviços financeiros

unnamed-39

Um dos principais desafios do segmento financeiro brasileiro é o atual momento econômico que requer esforços e inovação para aumentar a competitividade, reduzir custos e ampliar as receitas. Neste contexto, a Provider IT, consultoria de TI e uma das principais fornecedoras de serviços para o mercado financeiro brasileiro, acaba de firmar parceria com a Technisys, fornecedora global de plataformas core e omnichannel para bancos digitais. Juntas, as companhias passam a oferecer o portfólio de soluções da Technisys e os serviços de implementação da Provider IT, aproveitando a experiência comprovada em projetos estratégicos e de alta complexidade. A parceria será anunciada durante o Ciab 2016, no qual a Provider IT estará presente na sala VIP da Technisys, localizada no Pavilhão A, sala A5. O evento acontece entre os dias 21 e 23 de junho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).

De acordo com German Pugliese Bassi, cofundador, CMO & Alianças da Technisys, este é um momento crucial para a transformação digital dos bancos no Brasil. “A parceria com a Provider IT nos ajuda a levar às instituições brasileiras a plataforma inovadora da Technisys, já usadas em bancos de toda a América Latina e também pelo Banco Original”.

Para Reginaldo Santos, sócio-diretor da Provider IT, a estratégia conjunta beneficiará muito os clientes em seus negócios, impactando de forma decisiva na competitividade das instituições bancárias. “Unimos as expertises das duas companhias para oferecer soluções diferenciadas para o segmento bancário aliadas às melhores práticas de implementação e gestão de projetos. Isso tudo com time to market reduzido”, ressalta o executivo.

Carro-chefe do portfolio ofertado pelas empresas, a suíte CyberBank® Core da Technisys, alinha tecnologia às atuais exigências dos serviços financeiros fornecendo processos para todas as operações bancárias. Com capacidade omnnichannel e de resposta em tempo real, a ferramenta possibilita aos bancos melhorar a experiência dos clientes, aumentar a rentabilidade e diminuir o tempo de lançamento de novos serviços. Além disso, a Technisys oferece a solução Cyberbank Omnichannel, que leva aos clientes do banco uma experiência única e consistente nos diferentes dispositivos, no canal de preferência do usuário.

“Estamos muito satisfeitos, pois as soluções Technisys trarão ainda mais robustez ao nosso portfólio cujos produtos, sólidos e inovadores, sempre produzem resultados muito positivos para os negócios dos nossos clientes. A tecnologia inovadora da Technisys apoiará os bancos de forma efetiva no processo de transformação digital”, finaliza Reginaldo Santos.

Tags, , , , , ,

Primeiro banco brasileiro totalmente digital, o Original escolhe Arbor Networks para assegurar ao cliente disponibilidade de acesso a seus serviços

A Arbor Networks, divisão de segurança da NETSCOUT (NASDAQ: NTCT), foi escolhida pelo Banco Original para fornecer os sistemas que protegem sua rede contra ataques DDoS (Distributed Denial of Service). Como primeiro banco brasileiro totalmente digital, Original tem na disponibilidade da rede um fator de crucial importância para seus clientes e para seus negócios.

Fundado há aproximadamente cinco anos como um banco voltado principalmente para o agronegócio e corporate, o Original lançou em março deste ano uma plataforma inovadora. Tornou-se também um banco de varejo capaz de prestar todos os serviços oferecidos por um banco tradicional – mas exclusivamente por meio de canais digitais.

A disponibilidade de serviços é assegurada por uma infraestrutura de rede redundante, com níveis de disponibilidade muito próximos a 100% assegurados por contratos com seus fornecedores. Para atender às normas da legislação brasileira, o Original desenvolveu sua própria plataforma – um projeto que durou três anos, com investimentos da ordem de 600 milhões de reais.

“Somos um banco totalmente digital, para dentro e para fora”, observa o CIO Wanderley Baccalá. “No relacionamento com o cliente – em que não exigimos sua presença física nem mesmo para a abertura de conta – o importante é que ele seja atendido a qualquer momento, onde estiver e da forma como quiser interagir, com a maior agilidade e transparência possíveis. E isso é que orienta as decisões do Banco Original”, define ele.

“O cliente hoje é conectado, é exigente, e busca uma maneira diferente de administrar seu dinheiro. No Original nós usamos a tecnologia para aproximar o cliente. Queremos que ele se sinta acolhido. E tenha a tranquilidade de saber que está trabalhando com um banco simples e confiável”, completa o CIO do Original.

Solução Arbor APS para proteção da rede nas instalações do cliente

A solução APS da Arbor é o primeiro produto de segurança para implementação nas instalações do cliente com foco em proteger o perímetro da rede de ameaças à disponibilidade – especialmente no que toca a ataques de negação de serviço (DDoS) dirigidos à camada de aplicações. Projetado especialmente para atender ao mercado de grandes empresas, o Arbor APS é comprovadamente capaz de identificar e mitigar esses ataques; conta com recursos inovadores e de fácil configuração, mesmo durante ataques.

A implementação da solução foi realizada pela Multirede Informática S/A., que acompanhou o projeto do Original desde o início e cumpriu fielmente um cronograma bastante agressivo. Para Jorge Moskovitz, diretor de negócios da empresa, “o sucesso dessa implementação se deveu ao trabalho conjunto de nosso time com as equipes do Original e da Arbor durante todas as fases do projeto. Para nós é motivo de satisfação e orgulho contribuirmos para o lançamento do primeiro banco digital brasileiro”.

Geraldo Guazzelli, diretor geral da Arbor no Brasil, destaca que “os ataques DDoS vêm crescendo em tamanho, frequência e complexidade, tendo como alvos preferenciais alguns setores como o de serviços financeiros, jogos e e-commerce. As soluções anti-DDoS da Arbor vêm sendo adotadas no Brasil e no mundo inteiro para proteger redes com as maiores exigências de segurança. A Arbor por sua capacidade de inovar, posiciona-se como líder de mercado em um cenário onde as ferramentas e técnicas de ataques DDoS evoluem continua e rapidamente”.

Tags, , , , ,