Tag Antônio Caetano

Tecnologia DLP proporciona maior segurança para informações confidenciais

Preocupação constante em empresas, a perda e roubo de dados, que contém informações importantes e até confidenciais, acarreta despesas cada vez maiores no ambiente empresarial. Corporações possuem bilhões de informações circulando por dispositivos físicos e móveis a cada segundo, por isso procuram alternativas de proteção capazes de evitar prejuízos maiores. Reconhecendo as necessidades de seu público-alvo, a especialista em soluções empresariais, Processor, desenvolveu o Data Loss Prevention (DLP), uma tecnologia de segurança para o reconhecimento de conteúdo.

O DLP lida com três importantes dimensões relacionadas às informações confidenciais e importantes para o negócio: onde os dados estão armazenados, como estão sendo usados e de que forma podem ser protegidos contra vazamentos, perdas e roubos.

Melhores práticas de segurança

Segundo Antônio Caetano, Business Development Manager (BDM) de Infraestrutura da Processor, o Data Loss Prevention permite estender as políticas de segurança e de conformidade para fora dos limites da rede. Ele afirma que a tecnologia envolve metodologias de implementação embasadas em melhores práticas de segurança, políticas, intuitivas e ferramentas para o gerenciamento de incidentes.
O BDM salienta, ainda, que o Data Loss Prevention dispõe, também, de uma cobertura abrangente de todos os canais que oferecem risco às informações. “O DLP amplia o alcance dos recursos de prevenção contra a perda de dados, incluindo ambientes locais, em nuvem e dispositivos móveis”, complementa.

Melhor estratégia de proteção de dados

O Data Loss Prevention disponibiliza para seus usuários a melhor estratégia de proteção da propriedade intelectual das empresas: a classificação de dados, que possibilita estabelecer táticas e executar as três fases principais que levarão a proteção das informações:

1. Coleta e detecção: Os dados monitorados são analisados para determinar o comportamento dos usuários e como essas informações são trabalhadas na organização;

2. Educação e ajustes de conduta: Os usuários são notificados sobre a política de segurança da empresa e devem ser orientados em relação as melhores práticas para evitar o vazamento de dados importantes;

3. Correção e remediação: Os incidentes registrados são analisados pelo time de segurança e registrados para serem utilizados para auditoria e investigação. Regras de bloqueio de comportamento indevido, baseadas em normas de conformidade, são ativadas com o objetivo de impedir o vazamento de dados de negócio.

Tags, , ,