Tag Anprotec

Co.W. Coworking Space e Anprotec firmam parceria

O Co.W. Coworking Space, ecossistema de compartilhamento de estações de trabalho que visa criar condições favoráveis à cultura da inovação, assina nesta quinta-feira, 27 de junho, a partir das 10h, um acordo de parceria com a Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores). O evento que marca o início da parceria será realizado na Unidade Berrini do Co.W., em São Paulo.

O objetivo do acordo é a cooperação entre as partes para a promoção de ações que fomentem negócios entre as empresas residentes no Co.W e as associadas à Anprotec, além do desenvolvimento do ecossistema de inovação a partir destas novas oportunidades de negócios e de aprendizado, networking e benchmarking. Dentre as premissas da parceria, estão: divulgações de ações promovidas por ambas as partes, como projetos, eventos e editais, além de benefícios exclusivos aos agentes representados pelas instituições.

“Estamos sempre abertos às possibilidades de estabelecer parcerias que tenham sinergia com a nossa proposta de ser um espaço de compartilhamento voltado à inovação”, comenta Renato Auriemo, sócio-diretor do Co.W. “O acordo com a Anprotec se realiza nesse contexto e estamos entusiasmados com as possibilidades de resultados concretos que podem surgir a partir dessa parceria”.

Já o presidente da Anprotec, José Alberto Sampaio Aranha, destaca que o acordo deve ampliar o acesso de seus associados a oportunidades de networking e à participação em eventos, além da possibilidade de utilizar a infraestrutura do Co.W., entre outras vantagens.

“Estamos muitos satisfeitos com essa parceria. A partir da próxima semana, os associados da Anprotec terão acesso, em São Paulo, a um espaço de trabalho estruturado, com a oportunidade de um proveitoso networking e de participar em eventos da comunidade Co.W., o que pode gerar consistentes leads de negócios. Trata-se do Hub Anprotec no Co.W. Berrini”, completa Sampaio Aranha.

Tags, , ,

Governo lança programa de internacionalização de startups

As startups brasileiras terão, a partir desta sexta-feira, mais um incentivo para se internacionalizar. Foi lançado, em São Paulo, o StartOut Brasil, novo programa do governo federal que levará, por ano, 60 empresas para participar de semanas de imersão nos mais variados ecossistemas de inovação do mundo. O governo investirá R$ 3 milhões por ano no projeto.

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) é um dos realizadores do StartOut Brasil. Como explicou o secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, a expectativa do governo é que as empresas tenham um maior volume de negócios no exterior e tragam boas práticas de gestão dos mercados de inovação mais maduros.

Para isso, as empresas selecionadas para participar do programa receberão apoio em todas etapas do processo de internacionalização. “O MDIC, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec, estará ao lado das startups do momento de planejamento ao softlanding, que é quando elas chegam no mercado de destino para se instalarem. Nós temos certeza que as empresas irão conquistar o mundo com o StartOut Brasil”, declarou Souza no lançamento do evento.

Primeira missão

A primeira missão será realizada de 3 a 8 de dezembro, em Paris. Uma das empresas selecionadas foi o Portal Telemedicina, uma plataforma que utiliza inteligência artificial para processamento de exames e informações médicas. Para Rafael Figueroa, CEO da empresa, a viagem a Paris será uma oportunidade para ampliar a rede de contatos no exterior.

“É muito importante as startups brasileiras já nascerem com mentalidade global. Isso nos torna mais competitivos lá fora. E, com certeza, participando de uma missão organizada pelo governo brasileiro, teremos acesso facilitado a especialistas, investidores e empreendedores franceses, o que será muito importante para nosso processo de internacionalização”, disse.

Além da Portal Telemedicina, outras 13 startups irão participar da missão em Paris. Confira a lista: Molegolar, Sellead, N2N Virtual, Asel Tech, Aya Tech, Simbio
Checkmob, Synappse Assist, Birdmind, Biosolvit, Ergon Projetos, Noeh e Filho sem fila.

StartOut Brasil

O StartOut Brasil selecionará, por ciclo de imersão, até 15 startups com potencial de internacionalização para participar de missões no exterior. As empresas terão acesso à consultoria especializada em internacionalização, mentoria com especialistas no mercado de destino e treinamento de pitch. Além disso, durante a missão, cumprem agenda de trabalho montada para promover a prospecção de clientes e investidores e a conexão a ambientes de inovação, com visita a aceleradoras e incubadoras. Também são realizados seminários de oportunidades e reuniões com prestadores de serviço. No último dia da missão, é realizado um demoday para investidores.

Quando retornam ao Brasil, as empresas terão apoio para definir sua estratégia de internacionalização e realizar a efetiva instalação no mercado-alvo (softlanding).

Próximos destinos

Em outubro, 13 startups participaram da missão piloto do StartOut Brasil, em Buenos Aires, na Argentina. A iniciativa fez parte de uma ação conjunta entre os governos do Brasil e da Argentina para aproximar os ecossistemas de inovação dos dois países.

Confira a programação completa da missão em Buenos Aires

No ano que vem, serão realizadas quatro missões de internacionalização. Em maio, as startups brasileiras terão a oportunidade de conhecer o ambiente de inovação de Berlim. No segundo semestre, as empresas serão irão a Miami e Lisboa, em agosto e novembro.

Fonte: Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

Tags, , , , , , , , , ,

Samsung e Anprotec graduam startups da segunda rodada do Programa de Promoção da Economia Criativa

Edição contemplou 12 startups e 10 incubadoras de todas as regiões do país, além de abranger diferentes áreas de atuação, como Realidade Virtual, Saúde e Educação Digital, Meio Ambiente, Wearables e Internet das Coisas

A Samsung, em parceria com a Anprotec, realiza hoje a cerimônia de graduação da Segunda Rodada do Programa de Promoção da Economia Criativa. O programa tem como objetivo incentivar projetos inovadores de tecnologia, bem como se aproximar da comunidade de startups de todo o Brasil. Para isso, oferece mentorias voltadas à criação de empreendimentos inspirados no modelo coreano de Cultura de Economia Criativa, desenvolvido na Coreia do Sul pelo CCEI Daegu.

No evento, que acontecerá na Escola de Negócios SEBRAE Alencar Burti, em São Paulo, as startups brasileiras Treevia, Phelcom, Biosmart, Easythings, Pixcube, Cubee, Meu Plano, Quanto Gastei, Flip, Stratos360, Evobooks e Flying Saci apresentarão seus projetos e contarão suas experiências ao participarem do programa, seus modelos de negócio, estratégias e tecnologias. O programa trouxe ainda três startups sul-coreanas, por meio do intercâmbio internacional mantido com o CCEI – Centro de Economia Criativa e Inovação da Coréia do Sul, que também irão expor suas soluções e tecnologias aos participantes.

Estarão presentes, além das startups, diretores e gestores da Samsung, da Anprotec e das incubadoras, membros do Centro de Economia Criativa e Inovação de Daegu – Coreia do Sul, representantes do governo brasileiro, investidores e agências nacionais de apoio ao empreendedorismo e inovação.

Programa de Promoção da Economia Criativa

“Este evento é uma grande oportunidade para que os empreendedores possam demonstrar suas soluções e proposta de valor aos executivos da Samsung e ao mercado em geral, com grande potencial de alavancagem de negócios para as startups, investidores e para a própria Samsung”, destaca Antonio Marcon, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da Samsung e coordenador nacional do programa.

Mais de 500 Startups se candidataram desde que o programa foi iniciado e atualmente mais de 20 incubadoras de todas as regiões do país estão capacitadas e habilitadas para operarem o programa, por meio da coordenacão nacional da Anprotec. Com o encerramento desta rodada o número de empreendimentos acelerados pela Samsung soma 20 startups, que receberam investimentos diretos de até R$ 250 mil em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias.

3ª rodada: inscrições até 20 de agosto

A Samsung já está recebendo inscrições para sua terceira rodada de investimentos. Na próxima edição, o programa, que estimula projetos nas áreas de Mobilidade, Realidade Virtual, Saúde Digital e Educação Digital, Segurança da Informação, IoT e Fintech, entre outros, vai investir em mais 20 startups. A nova rodada conta ainda com parceria inédita da Embrapa, que incluiu a área de Agricultura Digital, com investimentos que podem novamente chegar até R$ 250 mil.

Os candidatos de todo o Brasil interessados em participar do programa podem realizar suas inscrições até o dia 20 de agosto no portal http://anprotec.org.br/samsung. Para se cadastrarem, as startups devem apresentar seus projetos de produtos ou serviços em uma ou mais áreas de interesse. As propostas submetidas serão avaliadas por uma banca especializada formada por comitês de executivos da Samsung, Anprotec, Embrapa e da rede de incubadoras credenciadas.

Tags, , , , , , , , , , , , , ,

Programa de Promoção da Economia Criativa seleciona novos projetos

A Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) está selecionando 20 startups e projetos para a terceira rodada do Programa de Promoção da Economia Criativa. Com patrocínio da Samsung, o Programa oferece treinamento, mentoria, capacitações e aportes financeiros que podem chegar a R$ 250 mil por empreendimento.

Link para inscrições: https://gust.com/programs/3-rodada-do-programa-de-promocao-da-economia-criativa-chamada-para-selecao-de-empreendimento.

Os interessados em participar da chamada têm até o dia 20 de agosto para submeter suas propostas de produtos ou serviços. Os projetos serão avaliados por uma banca composta por executivos da Samsung, da Anprotec, da Embrapa e da rede de incubadoras credenciadas no projeto.

O Programa é resultado da parceria firmada em 2015 entre Samsung e Anprotec, voltada à promoção do empreendedorismo e da inovação. Por meio da parceria, a Associação se comprometeu a realizar treinamentos, articular políticas públicas e propagar conhecimento sobre economia criativa para seus associados e empresas inovadoras.

A Samsung, por sua vez, atua como facilitadora da relação entre a Anprotec e o CCEI, identificando projetos aptos a participarem do Programa. Em cinco anos, a empresa investirá US$ 5 milhões no projeto.

Os projetos, em ambos os casos, devem necessariamente se enquadrar nas áreas de saúde digital, bem-estar, fitness, segurança, privacidade e furto, soluções de convergência e conectividade, fintech (finanças digitais), gestão de baterias e dados, agricultura digital, inteligência artificial, educação digital, novas experiências com redes sociais, operadoras de telefonia móvel e consumidores.

Uma novidade desta terceira rodada foi a inclusão de agricultura digital como área de interesse do programa, viabilizada por parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Fonte: ABDI

Tags, ,

Mercado imobiliário ganha plataforma para conteúdo em 360 graus

Startup Stratos360 é acelerada pelo Programa de Promoção da Economia Criativa Samsung-Anprotec

Possibilitar passeios virtuais em 360 graus, de forma simples, rápida e de baixo custo para o mercado imobiliário e seus clientes é o objetivo da Stratos Conecta, plataforma de criação e publicação de conteúdos em realidade virtual, criada pela Stratos360. O projeto surgiu da necessidade percebida pela equipe da startup que, desde 2010, desenvolvia conteúdo em fotos e vídeos 360 graus.

“Muitas imobiliárias nos procuravam, mas a complexidade técnica e alto custo de um projeto de criação de tour virtual inviabilizava esse atendimento. Pensamos então em uma plataforma que facilitasse essa possibilidade, com baixo custo e praticidade”, explica a gerente administrativa da Stratos360, Luciana Silva.

A plataforma Stratos Conecta representa uma solução inovadora para o segmento imobiliário e seus clientes. De fácil acesso e manutenção, possibilita, em poucos passos, que as imobiliárias capturem as imagens dos empreendimentos e, por meio de um aplicativo para smartphones, as enviem para a plataforma e as transformem em uma experiência única de realidade virtual. Com indicações de passo a passo e vídeos tutoriais, em pouco tempo e com baixo custo é possível oferecer visitas virtuais em 360 graus aos empreendimentos disponíveis.

Ao oferecer a visita virtual da Stratos Conecta, a imobiliária fornece mais praticidade e assertividade para seu cliente, ganhando em eficiência, visibilidade e a possibilidade de atender um número maior de visitas aos imóveis. Proporcionando essa experiência positiva, a imobiliária aumenta sua credibilidade, ganha a confiança do cliente e, consequentemente, conquista sua fidelização. “Para alugar ou comprar um imóvel, atualmente, sabe-se que 90% das pessoas consultam a internet antes de ir pessoalmente ao local. Com a experiência que a imobiliária possibilitará com a Stratos Conecta, os clientes poderão não apenas ver fotos, mas conhecer detalhes importantes como a vizinhança, ligação entre os cômodos e como estão distribuídos, por exemplo”, detalha Luciana.

Com essa possibilidade, será possível ganhar em economia de tempo, reduzir o número de visitas, oferecer o serviço para clientes de localidades diferentes do imóvel e visitar vários imóveis virtualmente de forma fácil e rápida. A apresentação ao cliente pode ser feita pelo computador, tablet, smartphone ou por óculos de realidade virtual, como o Gear VR, da Samsung, que proporciona uma experiência ainda mais real.

Inscrições para terceira rodada de investimentos já estão abertas

A Pixcube é uma das startups selecionadas pelo Programa de Economia Criativa Samsung-Anprotec. A startup recebeu apoio financeiro e mentorias em alta tecnologia, além de mentorias e capacitação em temas totalmente pertinentes à realidade da empresa.

O Programa de Promoção da Economia Criativa é uma iniciativa da Samsung em parceria com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores – Anprotec. “O programa já avaliou mais de 400 candidatos em áreas como realidade virtual, saúde digital, educação digital, bem-estar, wearables, convergência e Internet das Coisas (IoT). 20 startups foram beneficiadas até o momento com investimentos diretos, suporte, infraestrutura, incubação, aceleração, mentorias e acesso a tecnologia e investidores”, comemora Antonio Marcon, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da Samsung e coordenador nacional do programa em parceria com a Anprotec. “A Samsung estabelece um ambiente propício para promover a educação e apoiar os desenvolvedores e empreendedores com o objetivo de acelerar aplicações inovadoras”, complementa o executivo.

As inscrições para a terceira rodada do programa já estão abertas no portal http://anprotec.org.br/samsung. Nesta rodada, o número de vagas do programa foi ampliado para até 20 startups e o investimento pode chegar a R$ 250 mil por empreendimento em áreas como Mobilidade, Realidade Virtual, Saúde Digital, Educação Digital, Agricultura Digital, entre outras. Os candidatos têm até o dia 20 de agosto para submeterem suas propostas.

Tags, , , , , ,