Tag Anna Lebedeva

Marketing de influenciadores: como construir relacionamentos duradouros com influenciadores e líderes de opinião

Anna-Lebedeva-SEMRush

Por Anna Lebedeva – PR Manager do SEMrush

Existem pessoas na sua área que já têm público amplo e autoridade suficiente para serem influenciadores de seus clientes e aumentar a visibilidade de uma marca ou um produto. O Marketing de Influenciadores é uma forma de alcançar esses especialistas.

Encontrar esses formadores de opinião, aparecer em seus radares, aproximar-se deles e nutrir essa colaboração exige tempo, esforço e paciência. Portanto, não seria correto pensar que o marketing de influenciadores consiste em apenas mandar e-mail ou recado nas redes sociais pedindo ajuda. As relações mais fortes são construídas passo a passo, desde primeira conversa até a colaboração extensiva.

De acordo com o instituto Nielsen, 92% dos consumidores confiam mais na publicidade boca a boca (mesmo se eles não conhecem a pessoa pessoalmente) e recomendações dos amigos e familiares que em qualquer outro tipo de publicidade.

Preparamos um guia sobre como criar relacionamentos fortes e mutualmente benéficos com os influenciadores da sua área:

Passo 1: Encontrar Influenciadores Certos

Para começar é preciso encontrar os principais influenciadores da sua área. Descubra quem seu público segue online (e quem vai ter mais chance de engajá-los). Felizmente existem algumas ferramentas (por exemplo Buzzsumo e Klear) que facilitam sua tarefa de encontrar as pessoas chaves. Com essas ferramentas você consegue identificar os especialistas mais populares especializados em temas do seu interesse, os perfis sociais deles e estatísticas detalhadas sobre o desempenho de seu conteúdo.

Passo 2: Aparecendo nos Radares dos Influenciadores

A maioria dos influenciadores tem um procedimento de seleção para pedidos e solicitações recebidos. O jeito mais fácil de entrar nos seus radares é através das redes sociais. Compartilhe os posts, comente e inicie discussões produtivas. Entretanto, lembre-se de só compartilhar o que for relevante ao seu negócio.

O próximo passo é fazer comentários, sem generalizar ou repetir o que já foi falado por outros participantes. Ofereça informações adicionais ou exemplos interessantes.

Passo 3: Preparando o Contato com o Influenciador

Quando você iniciar a conversa deve ter uma visão nítida do seu plano de colaboração.

Não foque somente no que o influenciador pode te dar, pense o que você pode oferecer a ele. Nem precisa ser algo muito grande, muitas vezes incluir a opinião do influenciador no seu conteúdo ou escrever um comentário detalhado sobre o produto ou serviço dele já é uma boa proposta.

Passo 4: Entrando em Contato

Para muitos, entrar em contato com o influenciador pode parecer intimidador. Para facilitar o processo:

Não use ferramentas de contato automático. Considerando que um erro de digitação no name tag pode resultar em envio de e-mails com nome errado, o ideal é entrar em contato manualmente.

Aposte num assunto chamativo. Influenciadores são muito ocupados. Provavelmente eles vão abrir só as mensagens com temas chamaram sua atenção.

Crie um e-mail fácil de ler. A mensagem deve ser curta e clara.

Mencione as coisas que têm em comum. Isso pode quebrar gelo e dar um toque pessoal ao seu e-mail.

Lisonjear um pouco não faz mal. Conte o que você mais gosta no trabalho ou produto deles. Pessoas de sucesso gostam de saber o quanto influenciaram mentes e vidas.

Aposte na regra de reciprocidade. Mostre que você já fez algo por eles para que se sintam mais favoráveis a retribuir a ação.

Passo 5: Convide os Influenciadores para Colaborar

É quase garantido que o influenciador vai compartilhar o conteúdo se ele foi envolvido em sua criação.

Entrevistas com especialistas, guest posts, webinars – são oportunidades perfeitas para engajar influenciadores e criar conteúdo em conjunto.

Você pode também compilar partes de conteúdo que foram de contribuição de vários influenciadores diferentes em um único post.

Um bom exemplo disso é o Twitter Chat da SEMrush, organizados semanalmente pela SEMrush, com temas diferentes e especialistas da área. Logo depois, as citações mais informativas e interessantes são compiladas para um post (por exemplo,Backlink Audit Basics).

Passo 6: Levando as Relações para o Próximo Nível

Continue nutrindo a relação até que você e o influenciador estejam prontos para cooperar novamente.

Para dar um exemplo de case da SEMrush, o trabalho começa nas redes sociais, onde encontramos posts mais compartilhados e comentados e avaliamos a possibilidade de trabalho mútuo com determinado especialista, depois do período de conhecimento, chega a hora do primeiro contato. A chave do sucesso é começar com passos pequenos.

O conselho mais importante é – as relações são como flores no jardim que precisam ser constantemente regadas e nutridas.

Tags, , , , , , , ,

Saiba como reter atenção do consumidor com Adwords

Você sabia que o call-to-action é a nova tendência para os anúncios brasileiros? Ou que termos como “rapidez” e “segurança” devem aparecer no anúncio para atrair o consumidor? Para ajudar as empresas a entender a melhor forma de aumentar o número de cliques em seus anúncios, a SEMrush, uma das empresas líderes mundiais em marketing digital, analisou mais de 8,5 milhões de anúncios de Adwords de 1710 empresas brasileiras, com gasto mensal com publicidade acima de US$1.000,00, para descobrir as palavras e frases mais usadas no corpo e título dos anúncios.

A pesquisa foi feita levando em conta que o Google Adwords ficou mais desafiador para as empresas depois que o layout da página do Google mudou, permitindo que a quantidade total de anúncios na primeira página fosse menor. Ainda assim, tradicionalmente o Adwords é o método mais efetivo de garantir seu site na primeira página de busca do Google.

“Colocar a marca do produto no título é uma forma de chamar mais atenção, especialmente no Brasil, onde ela é um diferencial e muitas vezes fator decisivo na hora da compra”, afirma Anna Lebedeva PR Manager da SEMrush.

Para facilitar o entendimento das informações, o levantamento separou em categorias os termos mais buscados, explicando a tendência de uso de cada um deles.

PALAVRAS MAIS UTILIZADAS

No TOP 5 das palavras mais usadas no título dos anúncios está “oferta”, seguida por “online”, “hotel”, “TV” e “jogos”. Mostrando a demanda do brasileiro por entretenimento.

O TOP 5 das mais utilizadas no corpo de anúncios inclui “resultados”, “agora”, “preços”, “compre” e “juros”. O que reflete a preocupação do anunciante brasileiro com um dos fatores decisivos para compras, o dinheiro.

Na lista TOP 50 de palavras mais usadas nos corpos de anúncios, aparecem as palavras “agora” e “já”. Isso pode demonstrar que a maioria dos anúncios apostam na criação de senso de urgência.

Entre as TOP 50 palavras utilizadas nos corpos de anúncios, o 14º lugar esta a palavra “você” – isso pode indicar que os anunciantes preferem fazer os anúncios com abordagem pessoal.

VERBOS

Verbo não é tão utilizado em títulos, mas o mais popular no Brasil é “comprar”, seguido por “encontre” e “jogue”. Isso atende os dois perfis principais de clientes: quem faz a pesquisa com a intenção formada de comprar e aqueles que primeiro querem obter mais informações sobre o produto.

No corpo dos anúncios “comprar” também é o mais frequente, na sequência aparecem, quase com a mesma relevância, “confira” e “encontre”. O que demonstra que o anunciante, além de vender, também quer oferecer as informações necessárias para o cliente.

Mostrando uma tendência ao call-to-action, a maioria dos verbos tanto de título como de corpo estão no imperativo, motivando os consumidores a clicar e, assim, conseguir compras por impulso.

ADJETIVOS

Adjetivossão ainda menos usados nos títulos que os verbos, os mais frequentes são “melhor”, “novo” e “usado”. Isso pode ser explicado pelo fato que os títulos têm um limite de caracteres mais rígido, forçando as empresas a usar os corpos de anúncios para descrições mais ricas.

O adjetivo “melhor” também é o mais usado nos corpos de anúncios, no segundo lugar fica a palavra “rápida” e no terceiro “segura”. Isso mostra o que os consumidores querem: resultados rápidos e segurança de pagamento, por exemplo.

Uma curiosidade – o adjetivo “infantil” é muito mais usado em títulos que os adjetivos “feminino” e “masculino”. Isso mostra que o mercado infantil pode estar crescendo mais rápido que os mercados adultos.

SUBSTANTIVOS

A maioria dos substantivos usados nos anúncios possui relação com descontos e ofertas especiais.

Enquanto em títulos a maioria dos substantivos representa produtos, em corpos de anúncios eles informam sobre as condições da oferta (frete, termos de pagamento ou descontos, por exemplo).

Os produtos, cujos nomes mais aparecem nos anúncios são “hotéis”, “tv”, “jogos” e “vagas”. São justamente os produtos que a maioria dos consumidores procura na Internet.

“Ao levar em conta essas palavras, o anunciante consegue atrair mais cliques de possíveis compradores que perceberão a relevância do anúncio por meio de uma mensagem direta e efetiva, assim, anunciar se torna algo muito mais estratégico para a empresa”, finaliza Anna.

Tags, , , , , ,