Tag alimentos

Maior encontro da indústria de Alimentos & Bebidas, Fispal Tecnologia começa hoje em São Paulo

e38cdcf0-630c-49a4-b765-676dda034024

Empresários e executivos de toda a cadeia produtiva do setor de alimentos e bebidas podem conferir tecnologias desenvolvidas para o segmento durante a 33ª edição da Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Alimentos e Bebidas. O evento começa hoje e segue até 30 de junho, das 13h às 20h, no São Paulo Expo, em São Paulo. A expectativa é que passem pelo local mais de 40 mil visitantes.

Organizado pela Informa Exhibitions, a edição de 2017 traz como um dos principais atrativos o projeto Indústria 4.0 – Alimentos & Bebidas. Trata-se do primeiro demonstrador da indústria 4.0 para o segmento de A&B, desenvolvido em parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia, MCK Automação e Zorfa Tec Consultoria. O espaço possibilita que os visitantes se encontrem dentro de uma linha de produção, com a explanação das tecnologias aplicadas aos processos produtivos de um ambiente da Indústria 4.0. O demonstrador promove uma inédita experiência de acompanhar uma futurística linha de produção, com a entrega de um produto totalmente customizado, de acordo com as preferências do consumidor.

Segundo Clélia Iwaki, diretora da Fispal Tecnologia, nos quatro dias de evento serão demonstrados produtos e serviços inovadores, sustentáveis, alinhados com o conceito de menor custo. “Conhecimento, soluções, tendências, concretização de negócios e networking, tudo em um só lugar”.

O evento, voltado não apenas para as indústrias de alimentos e bebidas, mas também para os setores químico e fármaco, e fornecedores nacionais e internacionais de máquinas para embalagens, marcação, codificação, logística, automação, entre outros, recebe somente nesta edição 50 novos expositores, em comparação com a edição de 2016, reafirmando que, de fato, é considerado o principal evento do segmento.

Mais atrações

Outro destaque é o Fórum Fispal Tecnologia, encontro de desenvolvimento e atualização da Indústria de Alimentos e Bebidas, que receberá profissionais do segmento em palestras, debates e apresentações de cases de sucesso. Estão confirmadas as presenças de representantes da Nissin, Bauducco, Bunge, Nestlé, Cargill, Itambé, Ducoco, KraftHeinz, Coca-Cola e Aurora, entre outras, que debatem sobre temas como melhorias na gestão industrial, sustentabilidade, aumento de produtividade, redução de perdas e outros assuntos pertinentes ao setor.

Há ainda dois espaços voltados para o segmento. O primeiro é o Lab de Soluções, destinado à solução de desafios das empresas participantes da mostra com a ajuda de profissionais de diversas áreas tecnológicas do SENAI-SP. A primeira frase do projeto já se encerrou, com o cadastramento de empreendedores que buscam soluções para suas respectivas indústrias. O Senai elegeu três desafios propostos (fabricante de balas de banana que procura um equipamento que realize o descascamento da fruta in natura de forma eficiente; fabricante de cápsulas de café que busca uma uniformidade e padronização na extração do café em cápsulas e, por fim, uma fábrica que quer mudar sua alimentação a vapor, que é ineficiente) e, durante a realização da feira, apresentará as soluções desenvolvidas pela equipe de profissionais da instituição.

O segundo é o Lounge ABRE da Embalagem, uma parceria da Fispal Tecnologia com a Associação Brasileira da Embalagem (ABRE). Seu principal objetivo é reunir os profissionais que atuam em agências responsáveis pela criação de peças até pequenos e médios fabricantes, potencializando a troca de informações, apresentação de tendências e soluções para o segmento. O Lounge da Embalagem recebe também o Circuito ABRE de Palestras, que conta com aproximadamente 25 apresentações de até 20 minutos de associados da entidade.

“Essa iniciativa de espaços exclusivos para atingir públicos-alvo diferentes oferecerá experiências presenciais inéditas aos visitantes e expositores e ampliará a visibilidade e oportunidades de relacionamento”, conclui Clélia Iwaki.

Outra parceria da Informa é com o Instituto Mauá de Tecnologia, no espaço do demonstrador da Indústria 4.0, para oferecer consultoria gratuita para as indústrias de Alimentos e Bebidas durante seis meses. A ação é voltada para micro, pequenas e médias empresas que tiverem interesse em aproveitar este benefício. Esta parceria visa fomentar o setor, proporcionando para as pequenas e médias indústrias a oportunidade de receber uma consultoria sem custos, além de mostrar a importância de estruturar o negócio para crescimento da lucratividade e da melhoria no processo produtivo.

No espaço do demonstrador, os visitantes interessados no programa terão a oportunidade de efetuar suas inscrições para participar do processo seletivo, que será realizado por especialistas do Instituto Mauá de Tecnologia.

As indústrias selecionadas terão acesso a um plano de melhorias de processo e de produto, que visa ao aumento de produtividade e competitividade.

O programa é dividido em duas fases: a primeira ocorrerá durante os três dias da feira, quando os representantes das empresas interessadas devem preencher um questionário que será submetido à avaliação técnica pelos profissionais da Mauá. A segunda fase terá início após o evento, no Instituto Mauá de Tecnologia, quando as três empresas selecionadas participarão de um workshop para desenvolver atividades práticas com propostas de cronograma de implementação dos projetos de melhorias das plantas.

Nos seis meses seguintes, receberão visitas mensais de professores da Mauá, que acompanharão de perto o desenvolvimento dos projetos e possíveis ajustes. No final do período, um relatório conclusivo será encaminhado à Informa Exhibitions. Além dessa oportunidade, as indústrias também poderão interagir com sistemas para identificar quantos estágios faltam para chegar à indústria 4.0.

33ª Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Alimentos e Bebidas

Entrada gratuita para profissionais do setor, através de credenciamento no site www.fispaltecnologia.com.br
27 a 30 de junho, das 13h às 20h
São Paulo Expo
Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo (SP)

Tags, , , ,

Primeiro robô colaborativo do mundo será destaque na Fispal Tecnologia

903229_1 A ABB será destaque na Fispal deste ano com o primeiro robô colaborativo do mundo, o YuMi, no final da linha de produção e em contato direto com os visitantes no demonstrador da Indústria 4.0, principal projeto desta edição da feira.

Os visitantes com a credencial de acesso terão a experiência inédita de acompanhar a preparação de um sorvete totalmente customizado em uma linha de produção com as tecnologias da indústria do futuro e conferir um histórico interativo das últimas revoluções industriais.

Outros robôs e inversores industriais da multinacional suíço-sueca estarão presentes ao longo da linha de produção que estará em um espaço de 300 m² na feira, além do estande da companhia.

Para Marcelo Palavani, Gerente Geral da unidade de negócios de Inversores de Frequência da ABB Brasil, a participação na Fispal Tecnologia é estratégica para a companhia. “Apostamos no potencial de crescimento do segmento de alimentos e bebidas e estar na feira reforça nosso comprometimento com esse mercado, além de possibilitar estarmos mais pertos de clientes e parceiros.” Na opinião do executivo, a presença de robôs e equipamentos da ABB no demonstrador da Indústria 4.0 da Fispal deve atrair a atenção do público: “Além de outros robôs ao longo do demonstrador, teremos o YuMi no contato direto com as pessoas por ser um robô colaborativo, entregando o produto final e mostrando a robótica no nosso dia a dia.”

As soluções e produtos em robótica, automação de processos industriais e em eletrificação voltados para o segmento de alimentos e bebidas da ABB também poderão ser vistos no estande E-11. Lá será possível conversar com os especialistas da ABB e conferir as principais novidades e tendências em manipulação de alimentos e bebidas, encaixotamento, paletização, segurança e higiene.

Fornecedora líder em robôs industriais, a ABB já instalou mais de 250 mil robôs ao redor do mundo, além de fornecer softwares robóticos, equipamentos periféricos, células modulares de fabricação e serviços para soldagem, manuseio, montagem, pintura e acabamento, separação e preparação de pedidos, embalagem, paletização e alimentação de máquinas.

Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Alimentos e Bebidas

Data: 27 a 30 de junho
Horários: das 13h às 20h
Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes – km 1,5)
Estande: E-11
Entrada franca

Tags, , , , , , ,

As novas tecnologias poderiam ter evitado problemas na qualidade dos alimentos?

imagem_release_909541

Os incidentes recentes com a qualidade dos alimentos, principalmente os perecíveis, trouxeram à tona as debilidades no controle da cadeia de abastecimento e os riscos para a saúde pública. Além de afetar totalmente o consumo interno no nosso país, essa triste descoberta também trouxe problemas graves para a nossa economia, já que o Brasil é um dos maiores exportadores de carne do mundo. Só no ano passado foram exportadas mais de 15 milhões de toneladas do produto, quantia responsável por 16% da receita externa do nosso agronegócio. Apenas em 2016, o mercado de exportação de carnes gerou 14 bilhões de dólares para nosso país.

A melhor maneira para manter esse controle em dia é apostar na rastreabilidade. Com o desenvolvimento das tecnologias, já temos produtos que são totalmente rastreáveis, desde a sua fabricação até o momento final da venda. Algumas companhias já estão trabalhando com esse conceito. É possível colocar um código de barras nas embalagens, nas caixas, nos pallets e acompanhar todas as etapas realizadas por cada um de seus produtos, até o momento da venda final. Para acompanhar cada item, sistemas de gestão e dispositivos móveis dão conta do recado.

Em 2008, o departamento de defensivos agrícolas de uma grande empresa da área química iniciou com a ajuda da nossa empresa a utilização de uma solução como essa para conseguir reduzir o número de produtos piratas no mercado da agricultura e também controlar o prazo de validade e lotes no campo. Para isso, a solução foi possibilitar o rastreamento dos produtos desde a sua produção até ele chegar ao consumidor final. Essa é uma forma de ter um controle real do mercado, impedindo que produtos piratas sejam comercializados e garantindo a segurança de todos, das pessoas que manejam o pesticida no campo até aquelas que consomem os vegetais na sua mesa.

Para conseguir chegar a esse resultado, o projeto contemplou a automação de diferentes processos de logística voltados para o consumidor, a utilização de dispositivos mobile para rastrear o produto em qualquer ponto da sua cadeia de vendas (incluindo até mesmo a devolução dos itens não utilizados no solo) e o desenvolvimento de um software capaz de ler códigos de barras lineares e bidimensionais. Como resultado, a empresa conseguiu evitar que diversos lotes falsificados chegassem ao mercado, o que dá credibilidade ao trabalho da empresa enquanto aumenta o seu lucro.

O projeto ainda recebeu dois grandes prêmios internacionais, um relacionado à rede de fornecimento global de mercadorias e outro de excelência na América Latina. Esses bons resultados nos garantiram uma parceria que já dura oito anos.

Os produtos são totalmente diferentes, mas a lógica aqui é a mesma. Aplicando o rastreamento de produtos e também utilizando o conceito de PEPS (Primeiro que entra, primeiro que sai) ou PVPS (Primeiro que vence, primeiro que sai), menos carnes estragariam antes da hora e não teríamos lotes vencidos chegando até a mesa do consumidor. Você pode alegar que, no caso dos defensivos agrícolas, isso fica mais fácil por não ser um produto perecível como alimento, mas posso falar de outra empresa do ramo alimentício que já utiliza esse procedimento para rastrear o leite de caixinha e funciona da mesma forma.

Ter a informação detalhada sobre cada passo do seu produto garante segurança e a qualidade das mercadorias produzidas e comercializadas. É preciso investir já na modernização deste e de outros setores tão essenciais para o crescimento do nosso país.

Por Luciano Sandoval, diretor de Marketing da MC1.

Tags, , , , ,