Tag Aliança Renault-Nissan

Aliança Renault-Nissan implementa sistema eSocial com parceria Resource

A Aliança Renault-Nissan já está totalmente preparada para as novas regras trabalhistas previstas no eSocial. A conquista foi obtida com apoio da Resource, uma das principais e mais bem-sucedidas multinacionais brasileiras de serviços de TI e Integração Digital. A contratação dos serviços foi fundamental para ajudar a Aliança Renault-Nissan a ajustar seu sistema SAP para as novas exigências do Governo brasileiro.

Desde 1º de janeiro de 2018, o eSocial tornou-se obrigatório nas empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões ao ano. No entanto, pesquisa realizada pela Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon) revela que apenas 4,4% das companhias estão realmente preparadas para as exigências do novo sistema.

“Com as novas normas do Governo, tínhamos que nos adaptar rapidamente. Com apoio da Resource, conseguimos ajustar nossos sistemas à nova regulamentação e cumprir com o prazo indicado pelo Governo”, diz Fabrício Mielke, Gerente da Arquitetura de Sistemas da Aliança Renault-Nissan. Segundo ele, “a Resource foi fundamental para o processo, pois é uma das principais especialistas em consultoria e em desenvolvimento de sistemas para ajudar nessa migração”.

O principal desafio encontrado pelas empresas para seguir às novas regras trabalhistas é conseguir estruturar os seus processos internos, conforme a pesquisa da Fenacon. Para superar o desafio, a Aliança Renault-Nissan investiu na solução SAP para automatizar todos os procedimentos de Recursos Humanos (RH) e contou também com o apoio da Resource para a otimização de processos, atualização de dados sobre os funcionários e cumprimento dos prazos estipulados pelo Governo para a entrega das informações dos colaboradores, como férias e salários.

“Conseguimos adequar o projeto de acordo com as necessidades do cliente. Apoiamos a Aliança Renault-Nissan em cada etapa do processo, inclusive garantindo a questão da segurança dos dados que são enviados ao programa”, explica José Henrique Claro, Diretor de Negócios da Resource.

O eSocial é um projeto do Governo Federal para unificar todos os dados dos trabalhadores brasileiros, que inclui desde a entrada do colaborador na empresa até uma possível alteração de turno, salários ou informações sobre eventuais desligamentos das empresas. Por meio do sistema, a Administração Pública terá mais dados dos funcionários para gestão de temas trabalhistas.

“Estamos muito felizes por sairmos à frente do mercado”, diz o Gerente da Aliança Renault-Nissan. A comemoração é devida, pois as empresas que não aderirem aos prazos poderão ser multadas. Desde 8 de janeiro, a Aliança Renault-Nissan já enviou mais de 13 mil informações trabalhistas ao Governo Federal por meio do eSocial. A parceria com a Resource tem apoiado as montadoras a cumprir os prazos estipulados pelo Governo na prestação de contas trabalhistas, de maneira transparente e sem erros.

O cronograma de implementação do programa para as empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões ao ano está dividido em cinco fases, que começaram em 2018 e vão finalizar em janeiro de 2019. Na primeira etapa, as empresas deverão apenas fornecer informações genéricas como cadastros do empregador e dados dos colaboradores. Em seguida, torna-se obrigatório também o envio das folhas de pagamento no formato indicado pelo Governo. Depois, terão que substituir a GFIP (Guia de Informações à Previdência Social), fazer compensação cruzada e, na última etapa, deverão enviar até os dados de segurança e de saúde dos funcionários.

A Resource trabalha com a Aliança Renault-Nissan desde 2016 em aplicações SAP e, em agosto de 2017, iniciou a fase de preparação das informações para o eSocial, ajustando todos os cadastros internos de funcionários para o novo modelo. Na sequência, iniciou-se o desenvolvimento de aplicações para encapsular os documentos no formato indicado pelo Governo e a criar rotinas automáticas para envio de informações periódicas como salários, férias e FGTS. A dinâmica de ajuste de dados também está sendo controlada pela Resource, uma vez que as informações são validadas eletronicamente pelo Governo, em um modelo de verificação semelhante ao usado pela declaração de imposto de renda.

“Sem a ajuda da tecnologia seria impossível reunir manualmente os dados para envio ao Governo. Com apoio da Resource, entendemos as novas demandas que teríamos com a regulamentação e estruturamos todos os procedimentos para um novo modelo digital”, comemora Mielke, da Aliança Renault-Nissan. “Agora, nossos profissionais de RH podem retornar para as suas funções estratégicas com a segurança que os sistemas da Resource estarão nos ajudando no envio constante de dados exatamente no formato solicitado pelo Governo”, diz ele.

Tags, , , , , , , , , ,

Veículo elétrico Renault ZOE participa de testes de recarga inteligente na Alemanha

Se já é bom recarregar o carro elétrico mais rápido, é ainda melhor recarregá-lo a um custo menor. Em vista disso, a Renault Alemanha se associou à empresa The Mobility House, presente em Zurique e Munique. Especializada em mobilidade elétrica, a empresa comercializa principalmente terminais de recarga inteligente e soluções de armazenagem de energia.

A Mobility House desenvolveu um software que permite reduzir o tempo de recarga em uma hora, ao mesmo tempo em que diminui bastante o custo da recarga para o cliente.

Para realizar esta operação, onze colaboradores da Renault que possuem um modelo elétrico ZOE foram escolhidos para testar em condições reais o sistema desenvolvido pela The Mobility House.

Como funciona? Assim que é conectado a um terminal de recarga específico, instalado na residência dos colaboradores que participaram do teste, o ZOE comunica sua necessidade de eletricidade à empresa TMH, através de um Centro de Dados Global da Renault. Desta forma, a empresa programa a recarga da bateria do veículo conforme o custo da energia elétrica. Tendo em vista que quanto maior a demanda, mais caro é o custo da energia, o monitoramento feito pelo sistema permite que o carro não seja recarregado durante os picos de consumo. Assim que a necessidade global de energia diminui, o preço da energia cai e o carro pode ser recarregado por um custo menor e mais rapidamente, até completar a carga da bateria.

Esta tecnologia permite que os proprietários de carros elétricos otimizem suas despesas com energia elétrica, sem uma ação direta dos usuários.

Esta é apenas a primeira etapa no desenvolvimento das redes elétricas inteligentes, chamadas também de Smart Grids. A Renault e a TMH também estão trabalhando em outras soluções para reduzir o custo da recarga, oferecendo uma oportunidade aos proprietários de veículos elétricos de ganhar dinheiro, através da produção de eletricidade para abastecer a rede elétrica.

Graças à evolução da matriz energética da maioria dos países do mundo, a pegada de carbono do usuário de um veículo elétrico tende a diminuir bastante com o tempo. Em escala mundial, 56% das novas instalações de produção de eletricidade utilizam energias renováveis. Na Europa, este índice é de 72%.

Grupo pioneiro na venda de veículos 100% elétricos acessíveis ao maior número de pessoas, a Renault se posiciona como a única montadora a oferecer uma gama completa para esta solução de mobilidade. O Grupo Renault acredita que o veículo elétrico é uma solução eficaz na luta contra o aquecimento climático, já que ele funciona sem a combustão de energias fósseis e não emite CO2 durante a utilização . Assim, o ZOE emite 0 g/km de CO2, enquanto que um veículo de tamanho equivalente, térmico ou híbrido, emite pelo menos 84 g/km de CO2.

O ZOE tem uma autonomia de 210 km (motor Q210) ou de 240 km (Q240) em ciclo homologado, o que equivale a entre 100 e 170 km de autonomia real.

A Aliança Renault-Nissan é parceira oficial da COP21, a 21ª Conferência das Partes das Nações Unidas para Mudanças Climáticas. Uma frota de 200 veículos elétricos da Aliança, sendo 100 deles modelo Renault ZOE, fará o transporte dos delegados no Parque de Exposições Paris – Le Bourget, de 30 de novembro a 11 de dezembro de 2015.

Tags, , , , , ,