Tag Alexandre Willye

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica já está presente em mais de 20 estados brasileiros; entenda os benefícios

Obrigatória em grande parte do país para empresas do varejo e contribuintes, a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), já faz parte da rotina de milhares de empresários brasileiros.

Além de eliminar o uso de papel e desburocratizar a emissão de cupons fiscais, realizando uma comunicação direta com a Secretaria de Fazenda (Sefaz), a NFC-e reduz tarefas do contador e de empresários após a venda. “A Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica substitui o Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), facultando o uso de qualquer impressora não fiscal, sem necessidade de autorização pelo Fisco”, explica Alexandre Willye, diretor da Unidade de Negócios de Start-up da Sage.

Além disso, a NFC-e possibilita o uso de novas tecnologias móveis – como a emissão por meio de tablets e smartphones – e a integração de plataformas de vendas físicas e virtuais.

Segundo o especialista, existem sistemas informatizados disponíveis no mercado que realizam a emissão das NFC-e, auxiliando os empresários a cumprirem suas obrigações fiscais. O Sage One, fabricado pela Sage, é um deles. Voltada às empresas e escritórios de contabilidade para emissão ilimitada de notas fiscais eletrônicas, a solução já vem com certificado digital incluso. “Basta cadastrar uma vez o regime tributário para trabalhar com processos automatizados de onde e como quiser. É simples de usar e oferece autonomia necessária para o empresário focar no crescimento dos negócios”, afirma Willye.

Principais benefícios da NFC-e:

– Substitui o uso do Emissor de Cupom Fiscal;

– Permite a utilização de qualquer impressora não fiscal, sem necessidade de autorização pela SEFAZ;

– Envio imediato das notas após a finalização de cada venda ou em lotes pela internet;

– Possibilidade de uso de novas tecnologias de mobilidade

Tags, , , ,