Tag Alessandra Giner

Pagar.me lança link de pagamentos para vendas pelas redes sociais

A partir de agora, o Pagar.me, empresa de tecnologia de pagamentos online, oferece ao varejo mais uma funcionalidade para aumentar as vendas em canais digitais. A companhia acaba de lançar o Link de Pagamentos, facilitando o envio de uma cobrança por e-mail ou chat de redes sociais, como WhatsApp e Instagram. Além de facilitar as vendas em canais alternativos, a ferramenta proporciona uma nova, prática e segura experiência de compra aos consumidores.

Ao receber o link, o consumidor acessa direto a página para finalização da sua compra por meio de boletos ou cartões de crédito. Assim, o pagamento por link segue a lógica da conveniência para o comprador e aumenta as chances de conclusão de uma compra para os lojistas. “O link é uma ferramenta, que aproxima o consumidor da compra, aumentando o número de vendas”, diz Alessandra Giner, diretora do Pagar.me.

A solução também ajuda na criação de estratégias para recuperação de vendas que não foram finalizadas. Ou seja, é possível enviar o link junto a campanhas de vendas que utilizem dados de carrinhos abandonados ou wishlists, por exemplo, para que o consumidor conclua o pagamento. O link pode ser compartilhado pelas redes sociais, como o Facebook, SMS, e-mail ou qualquer outro canal de contato direto com o consumidor.

Outra possibilidade que o Link de Pagamentos impulsiona é a criação de promoções relâmpago, algo muito utilizado para descontos em datas comemorativas como Dia do Amigo e Dia dos Pais, ou para queimar o estoque de algum produto, por exemplo. Para controlar a procura de acordo com estoque e capacidade de entrega, o lojista pode configurar a expiração do link com o prazo e a quantidade máxima de pedidos desejados. Assim, basta divulgar a promoção nas redes sociais ou outros canais com o link do checkout e levar o consumidor direto para a finalização da compra.

A ferramenta é mais uma alternativa de pagamento adequada às vendas de diversos segmentos, como, por exemplo, varejo de moda, delivery de alimentos e agências de turismo. Esses negócios costumam oferecer a venda em diversos canais, mas, ao transferir o pagamento para o e-commerce, acabam perdendo muitos consumidores durante o processo de compra pelo carrinho. “Em outros casos, os lojistas precisam solicitar os dados do cartão por e-mail e telefone para fazer venda digitada ou recorrer a transferências e depósitos informais, o que afasta muitos compradores por insegurança”, completa Alessandra Giner.

Neste primeiro momento, a funcionalidade estará disponível para empresas com CNPJ e que possuem e-commerce.

Tags, , , , , ,

Dia das mães pode dobrar o movimento de vendas online

E-commerces de diversos segmentos do mercado já se preparam para um aumento no volume de negócios a partir da semana que antecede o Dia das Mães. O número de transações costuma ser cerca de 10% maior que em semanas típicas. Mas é a partir da sexta-feira que o movimento cresce significativamente.

Em 2016, o Pagar.me, primeiro provedor de serviços de pagamento do Brasil, registrou 17% de alta nas transações na sexta-feira que antecede a comemoração. O crescimento passou a 34% no sábado e atingiu pico de 55% de aumento no domingo, Dia das Mães. “Temos um cuidado especial neste período, para que as transações sejam rápidas e seguras”, comenta Alessandra Giner, Diretora de Operações do Pagar.me “Nosso objetivo é que a experiência de compra seja muito positiva, e claro que as mães em geral recebam os presentes no tempo previsto!”.

Presentes muito lembrados no Dia das Mães são arranjos de flores, cestas de café da manhã, orquídeas e rosas. A Uniflores, que recebe pedidos online e atende a mais de 1400 cidades no país já se preparou para a ocasião. Douglas Pedrosa, cofundador da empresa espera um aumento de 30% nos pedidos “de última hora” para entrega no próximo final de semana.

Ele comenta que há um equilíbrio entre os consumidores, mas ainda são os homens os maiores usuários do serviço. “É comum serem múltiplas entregas na mesma compra, com presentes para mães, sogras e também esposas, que muitas vezes são mães”. Vale lembrar que as cestas e arranjos de flores também são presentes procurados nas novas famílias, em que há mais de uma mãe, pais, tios e avós que também são mães.

Com a ferramenta de cobrança do Pagar.me utilizada há cerca de um ano e meio, a Uniflores conseguiu otimizar os processos de compras envolvendo múltiplos fornecedores e tem mais tranquilidade, principalmente em períodos de pico como este.

Tags, , , ,