Tag agricultura digital

Inscrições para iniciativa Startups Connected são prorrogadas até dia 18 de agosto

S2Publicom_strip_100473_0_full

As ferramentas de agricultura digital estão cada vez mais presentes no campo para atender as expectativas dos agricultores em relação ao aumento da produtividade e práticas sustentáveis. Pensando nisso, a Câmara Brasil-Alemanha, em parceria com a Bayer, prorroga as inscrições até 18 de agosto para a 2ª edição do Startups Connected. Neste ano, o desafio proposto pela companhia é a redução de perdas de produtividade relacionadas a pragas e doenças e fomentar o desenvolvimento de soluções na área de agricultura digital.

Na busca por alternativas para aumentar a eficiência da proteção de cultivos podem participar startups estabelecidas no Brasil ou na Alemanha que apresentem ideias inovadoras, alinhadas com o dia a dia do produtor rural, incluindo plataformas com uma interface simples e acessível via mobile.

Segundo Hiran Zani, gerente de inovação em digital farming da Bayer, a empresa busca por meio de tecnologias digitais proteger e elevar o potencial produtivo nas lavouras. “As ferramentas de agricultura digital permitirão num futuro próximo melhorar a produtividade aliada à sustentabilidade, com foco na eficiência da aplicação dos produtos nas lavouras. Justamente por isso é importante estarmos sempre antenados às principais tendências do mercado de tecnologia, e iniciativas como esta nos permitem fomentar novas ideias no setor”, disse.

“Os ganhadores poderão se apresentar no Congresso Brasil-Alemanha de Inovação, receberão um diagnóstico e acompanhamento ao longo de três meses e terão a possibilidade de receber investimento do BMG UpTech em troca de participação minoritária. Os projetos vencedores serão ainda elegíveis ao Prêmio Ideias4Action, do Banco Mundial. Esse suporte e visibilidade podem ser fundamentais para a maturação de empresas nesta fase de evolução”, ressalta Camila Navarro, IT Digital & Innovation Manager da Bayer. Os selecionados poderão também se aproximar das empresas patrocinadoras e terão apoio na revisão de seu modelo de negócio e na criação de um plano de trabalho.

Os interessados podem se inscrever pelo site http://www.startupsconnected.com.br/categorias/agricultura-digital/ até o dia 18 de agosto de 2017.

Tags, , , , , ,

Bayer e Câmara Brasil-Alemanha recrutam startups de agricultura digital

Por meio do programa AHK Startups Accelerator, iniciativa irá fomentar o crescimento de soluções já disponíveis no mercado

As ferramentas de agricultura digital estão cada vez mais presentes no campo para atender as expectativas dos agricultores em relação ao aumento da produtividade e práticas sustentáveis. Pensando nisso, a Bayer, em parceria com a Câmara Brasil-Alemanha, abre inscrições para a 2ª edição do Startups Connected. Neste ano, o desafio proposto pela companhia é a redução de perdas de produtividade relacionadas a pragas e doenças e fomentar o desenvolvimento de soluções na área de agricultura digital já disponíveis no mercado.

Na busca por alternativas para aumentar a eficiência da proteção de cultivos podem participar startups estabelecidas no Brasil ou na Alemanha que apresentem ideias inovadoras, alinhadas com o dia a dia do produtor rural, incluindo plataformas com uma interface simples e acessível via mobile.

Segundo Hiran Zani, gerente de inovação em digital farming da Bayer, a empresa busca por meio de tecnologias digitais proteger o potencial produtivo nas lavouras. “As ferramentas de agricultura digital permitirão num futuro próximo melhorar a produtividade aliada à sustentabilidade, com foco na eficiência da aplicação dos produtos nas lavouras. Justamente por isso é importante estarmos sempre antenados às principais tendências do mercado de tecnologia, e iniciativas como esta nos permitem fomentar novas ideias no setor”, disse.

“Os ganhadores poderão se apresentar no Congresso Brasil-Alemanha de Inovação, receberão um diagnóstico e acompanhamento ao longo de três meses e terão a possibilidade de receber investimento do BMG UpTech em troca de participação minoritária. Os projetos vencedores serão ainda elegíveis ao Prêmio Ideias4Action, do Banco Mundial. Esse suporte e visibilidade podem ser fundamentais para a maturação de empresas nesta fase de evolução”, ressalta Camila Navarro, IT Digital & Innovation Manager da Bayer. Os selecionados poderão também se aproximar das empresas patrocinadoras e terão apoio na revisão de seu modelo de negócio e na criação de um plano de trabalho.

Os interessados podem se inscrever pelo site http://www.startupsconnected.com.br/categorias/agricultura-digital/ até o dia 04 de agosto de 2017. A iniciativa faz parte do programa AHK Startups Accelerator, que apoia startups na geração de oportunidades de negócio entre elas e as empresas patrocinadoras.

Tags, , , , , , ,

Samsung e Anprotec anunciam nova rodada de investimentos e aceleração para startups do Brasil

A Samsung e a Anprotec anunciam neste sábado, durante o Sebrae Startup Day, a chamada pública para selecionar novos empreendedores e projetos para a terceira rodada do Programa de Promoção da Economia Criativa, resultado da colaboração entre a empresa, a Associação e o Centro Sul-Coreano de Economia Criativa e Inovação (CCEI), com o apoio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC).

“Nesta rodada, o número de vagas foi ampliado para até 20 startups e o investimento pode chegar a R$ 250 mil por empreendimento”, destaca Antonio Marcon, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da Samsung e coordenador nacional do programa. “Outra grande novidade é a expansão institucional do programa, que agora conta com a parceria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estimulando projetos inovadores também em Agricultura Digital, além de preservar outras áreas tecnológicas já fomentadas pelo programa, como Mobilidade, Realidade Virtual, Saúde Digital e Educação Digital. Estamos muito otimistas com possibilidades tecnológicas e potenciais negócios que podem surgir a partir desta nova aliança.”

“A agricultura digital visa empregar tecnologias da informação e da comunicação, além de métodos computacionais de alto desempenho, rede de sensores, comunicação e conectividade entre máquinas e dispositivos móveis, computação em nuvem e soluções analíticas para processar grandes volumes de dados, construir sistemas de suporte à tomada de decisões de planejamento e manejo em toda cadeia de valor da agricultura”, afirma Silvia Massruhá, chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária. “Nossa expectativa é estimular a inovação, com a introdução de novas soluções tecnológicas para apoiar a produção e o consumo sustentável, de forma a garantir a segurança alimentar para as futuras gerações”, complementa.

Ao ingressarem no programa, as empresas selecionadas recebem apoio financeiro e um amplo pacote de conveniências que visam o aprimoramento tecnológico e mercadológico de seus produtos e serviços. Entre as atividades destacam-se o acesso a tecnologias e laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, treinamentos, assessorias, mentorias, networking e redes de investidores.

“Os participantes desta etapa também irão se beneficiar de uma rede ampliada de incubadoras de empresas distribuídas em todo o território nacional. Outro fator a destacar é que, nesta edição, as aceleradoras de empresas também podem se integrar ao programa, ou seja, as startups contarão simultaneamente com o apoio integrado de incubadoras e aceleradoras de negócios”, afirma Sheila Oliveira Pires, diretora Executiva da Anprotec.

Os candidatos de todo o Brasil interessados em participar do programa podem realizar suas inscrições até 20 de agosto no portal http://anprotec.org.br/samsung. Para se cadastrarem, as startups devem apresentar seus projetos de produtos ou serviços em umas ou mais áreas de interesse. As propostas submetidas serão avaliadas por uma banca especializada, formada por comitês de executivos da Samsung, Anprotec, Embrapa e da rede de incubadoras credenciadas.

Incubadoras e Aceleradoras integradas

As empresas selecionadas nesta rodada serão convidadas a incubar seus projetos durante a vigência do programa em uma das incubadoras e aceleradoras credenciadas em todo o território nacional. Os empreendimentos oriundos de regiões e municípios diferentes das regiões das incubadoras e aceleradoras também podem concorrer e, caso sejam selecionados, serão transferidos para uma unidade recomendada pelo comitê gestor do programa durante o período de incubação.

Tags, , , , ,