Tag advogados

TIKAL TECH discute o impacto dos robôs no dia a dia jurídico na LawTech Conference

A TIKAL TECH, empresa especializada em tecnologia para o setor jurídico, participará da LawTech Conference, marcada para o dia 10 de outubro no Expo Center Norte, com a discussão sobre o impacto dos robôs no dia a dia jurídico. A ideia é compartilhar insights do que pode mudar na rotina dos profissionais da área, apresentando como case o ELI – primeiro robô assistente dos advogados do Brasil.

Assim como em diversos outros setores, a tecnologia tem oferecido cada vez mais recursos e possibilidades, mas apesar de desenhar um cenário inevitável, ainda enfrenta alguns obstáculos, principalmente culturais. Por isso a TIKAL levará para a LawTech Conference o case do robô pensado para ser o alter ego do advogado.

ELI é a sigla em inglês para Enhanced Legal Intelligence ou Inteligência Legal Melhorada, na tradução livre. Um nome que representa tanto o perfil da TIKAL, que une o amplo background jurídico e de tecnologia de seus fundadores a favor da evolução da área, quanto a missão do próprio robô, criado para dar maior produtividade e escala aos advogados.

Operacionalmente, o ELI (www.elibot.com.br) pode ajudar com a coleta de dados, geração e organização de documentos, execução de cálculos, formatação de petições, acompanhamento e interpretação dos processos judiciais, auxiliando a escolha de modelos aplicáveis aos casos e uma série de outras ações repetitivas.

Na apresentação, o ELI e a tecnologia surgem como ferramentas aliadas para maior alcance e assertividade, reduzindo tempo e a margem de erros, liberando o advogado para dedicação ao trabalho intelectual e ao atendimento personalizado de seus clientes.

Lawtech Conference
Data: 10 de outubro de 2017
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo
Horário: 9h00 às 18h00

Tags, , , , , , ,

Como os dilemas da inteligência artificial impactam a advocacia

Por Rodrigo Bertozzi

Não tem mais retorno: a inteligência artificial já chegou ao mundo empresarial e social. E ao da advocacia também! Por isso, os advogados têm que se adaptar à essa nova realidade. Para tanto, é necessário mudar o mapa mental do curto prazo com que costumamos nos orientar. Na prática, nossos clientes já estão há tempos lutando para compreender e dominar a tecnologia de cognição em suas operações. E assim, num piscar de olhos, a sociedade está se transformando rapidamente. Não apenas as práticas empresariais, mas a forma como os consumidores adquirem seus serviços mudou muito. O futuro já chegou, mas muitos de nós acreditávamos que essas transformações levariam anos para chegar ao Direito – e ainda mais ao Brasil.

Deste modo, temos a obrigação de racionalizar dois sistemas distintos. O primeiro são as oportunidades que nascem da adoção das tecnologias de cognição nas mais diversas esferas de negócios e de como isso atinge as pessoas. O olhar de curto prazo sugere reunir os advogados do escritório e definir uma nova maneira de analisar o impacto econômico do que está a ocorrer: no tributário, nas relações de consumo, nas fusões e aquisições, enfim, faça a diferença, crie novas abordagens junto aos clientes e construa o espaço para a sua carreira individual ou na advocacia.

A segunda consideração é a mais crucial; até mesmo imediatista. Já ouvi muitos dizerem coisas como “acabou a advocacia; viveremos a era do advogado robô!”. Calma! A inteligência artificial não substituirá o advogado, mas estará ao seu lado para ampliar de maneira incrível as habilidades de pesquisa, escrita e modelos mentais comparativos – redefinindo os conceitos de produtividade a índices de ficção cientifica, criando teias de novas ideias nas mais diversas áreas do Direito moderno.

Essa segunda análise é cheia de nuances. Sim, a tecnologia de cognição irá tirar emprego e função dos profissionais que não atuam em nichos específicos, como advocacia de volume. Jamais vai tirar de todos, mas daqueles menos preparados, infelizmente. Advogados que não têm contato com o cliente (empresarial ou pessoa física) podem deixar de ser estratégicos. Por isso, fiquem alertas! Ai daqueles que nunca se preocuparam em buscar diferenciais na carreira. Que julgam que não é necessário esforço para escrever e dar palestras; ou que não têm tempo para isso – afinal, são coisas de professor… Para estes, a tempestade já começou. Não apenas por conta da inteligência artificial, mas pelo contexto de excesso de profissionais no mercado brasileiro – disparado o maior do mundo. Trabalhos repetitivos, tarefas intermediárias ou simples vão desaparecer em um piscar de olhos!

O que fazer para estar alinhado com o novo olhar

A inteligência de cada pessoa é única, mas não é por isso que pode se dar ao luxo de ignorar o avanço impressionante da tecnologia de cognição no mundo jurídico. Todos os que apostaram contra as revoluções tecnológicas perderam. Deve-se utilizar a tecnologia de cognição para ampliar os horizontes e ter sucesso no mais intrigante desafio dos novos tempos.

Procure se orientar com os melhores profissionais. Desse modo, a inteligência artificial poderá ajudar seu escritório a economizar e também a ganhar fortunas – com menos estrutura e mais inteligência de mercado jurídico, social e econômico. Um novo modo de atender clientes, de realizar pesquisas de um jeito nunca antes imaginado, de apoiar a construção de teses jamais cogitadas, de economizar milhares de horas.

Insisto: o futuro chegou. Então, mexa-se!

Rodrigo Bertozzi é sócio da Selem Bertozzi Consultoria

Tags, , , , , ,

LegalNote permite que advogados levem o escritório no bolso

As plataformas de tecnologia para o setor jurídico, LegalTechs, têm conquistado espaço pela automatização de procedimentos que tomam um dos principais ativos de advogados: tempo. Aumentar a produtividade do advogado significa promover maior acesso à justiça, na medida em que os custos podem ser reduzidos e a oferta de serviços advocatícios ampliada. Com ferramentas genéricas ou voltadas para grandes empresas, o mercado pedia algo feito sob medida e que atendesse tanto aos profissionais estabelecidos, em escritórios ou empresas com grandes volumes de processos, quanto àqueles advogados independentes ou em início de carreira. Justamente a ideia do LegalNote, o assistente pessoal para advogados, criado pela Tikal Tech, empresa de tecnologia para a área jurídica

A premissa é tão simples quanto o uso. Com o LegalNote, o acompanhamento e gerenciamento de processos se torna uma tarefa muito fácil e possível de ser feita diretamente do celular, tablet ou computador. Basta acessar www.legalnote.com.br e incluir o número da ação que deseja acompanhar para o sistema criar um cadastro completo, organizado e atualizado com as informações dos tribunais e diários oficiais. Se preferir, o advogado pode entrar com o número da OAB e ter um mapeamento instantâneo de todos as causas em que está relacionado, criando seu portfólio no LegalNote.

O LegalNote monitora os processos e avisa sempre que encontrar novas atualizações, mantendo seus registros sempre atualizados e disponíveis para consulta mesmo na eventualidade dos sistemas oficiais firarem indisponíveis. “Para quem trabalha com os vários sistemas dos diversos tribunais, ter as informações centralizadas e facilmente acessíveis é um enorme benefício”, conta Derek Oedenkoven, CEO da Tikal Tech. “Todas as informações que o LegalNote manipula são originadas de fontes públicas e oficiais. Estas informações trafegam e são armazenadas utilizando padrões internacionais de segurança (criptografia) e alinhadas às melhores práticas de mercado”, complementa.

O sistema permite também a conexão do usuário com as principais ferramentas de armazenamento de documentos da atualidade, tais como: Google Drive, OneDrive, Dropbox e Evernote. Desta forma, o cliente pode ter as informações de seus processos replicada e organizada na plataforma que preferir. No caso do Evernote, por exemplo, o advogado pode adicionar suas anotações, documentos, digitalizações, e compartilhar com equipe e clientes, dispensando o uso de outros sistemas e gerando economia para o profissional. E mesmo que o advogado já possua algum sistema de gestão em seu escritório ou empresa, o LegalNote é uma opção bem acessível para funcionar como um assistente pessoal, oferecendo planos de assinatura a partir de apenas R$ 19,90 ao mês.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=OtL40c3gOvw[/embedyt]

Tags, , , ,

Como melhorar a produtividade em escritórios de advocacia com tecnologia

A competitividade no mercado jurídico pede que os advogados estejam cada vez mais atualizados nas variadas áreas do Direito. A alta performance da equipe está diretamente ligada ao entrosamento dos colaboradores e à dinâmica adotada pela banca. Para melhorar a produtividade no escritório de advocacia, é preciso que as tarefas de cada pessoa estejam bem definidas.

O advogado Marcus Vinicius Guimarães Sanches, do Guimarães Sanches Advogados, de São Paulo (SP), notou uma melhora na produtividade de sua equipe depois que passou a usar o SAJ ADV. O escritório tem cerca de 6,7 mil tarefas cadastradas para atender mais de 7 mil processos em que trabalha.

Veja como o advogado conseguiu melhorar a produtividade no escritório de advocacia com o SAJ ADV

DESAFIO

O Guimarães Sanches Advogados tem um grande número de processos para acompanhar. São mais de 6 mil processos que geram cerca de 70 intimações por dia. A equipe do escritório tinha algumas dificuldades para controlar tantos prazos e demandas. Era preciso preencher muitas planilhas manualmente e definir tarefas que às vezes não ficavam tão claras para a equipe.

Havia ainda os riscos da perda de informações, já que a quantidade de demandas era alta demais. “Com o controle manual de prazos e processos, ficávamos sempre com receio de não conseguir identificar possíveis falhas no acompanhamento. Quando se tem tantos dados e um controle não tão assertivo, o escritório não consegue ter uma boa segurança em relação à eficiência de suas atividades”, explica Marcus Vinicius Guimarães Sanches, um dos sócios do escritório.

SOLUÇÃO

Para melhorar a produtividade no escritório de advocacia diante de tantas demandas, Sanches buscou um software jurídico que pudesse armazenar um grande número de informações. A implantação do SAJ ADV na banca trouxe mais segurança à equipe e proporcionou ainda mais sinergia entre os colaboradores. Com o software, foi possível deixar bem definidas as atividades entre os 13 usuários do sistema.

O SAJ ADV ainda permite a criação de grupos de trabalho, que facilita a delegação de tarefas e o acompanhamento delas. A partir dessa funcionalidade, Sanches conseguiu organizar melhor as demandas do escritório e acompanhá-las de perto. “Além de as tarefas ficarem mais claras para todos da equipe, posso ainda acompanhar as entregas e as pendência de qualquer dispositivo móvel com acesso à internet. Mesmo que eu esteja trabalhando remotamente, fico por dentro das atividades do escritório em tempo real”, conta Sanches.

Veja como o uso da tecnologia mobile pode ajudar a melhorar a produtividade no escritório de advocacia.

RESULTADO

A partir da implementação do SAJ ADV em seu escritório, Sanches notou melhora da sinergia da equipe em pouco tempo. A partir das 70 intimações que o escritório recebe em média por dia, foi possível dividir as demandas entre os grupos de trabalho de forma organizada. Em um ano de uso do sistema, cerca de 5 mil tarefas foram criadas para melhorar a gestão da equipe.

O SAJ ADV proporcionou o armazenamento de todo o banco de dados do escritório na nuvem. Mais importante do que a economia de espaço, é a organização das informações e a segurança dos dados. Dessa forma, toda a equipe consegue visualizar as demandas e as pendências do escritório.

“Conseguimos criar tarefas com facilidade a partir de cada intimação que chega por meio do sistema. O SAJ ADV auxilia no acompanhamento de todas as intimações, no controle de prazos e facilita a distribuição das tarefas. Nossa equipe ficou muito mais organizada e produtiva depois da automatização das atividades”, argumenta o advogado.

Confira 5 dicas para melhorar a produtividade no escritório de advocacia.

A implementação do SAJ ADV no Guimarães Sanches Advogados otimizou a rotina da equipe. O time conseguiu melhorar a produtividade no escritório de advocacia por meio da definição clara das tarefas. Mesmo com mais de 6 mil processos para acompanhar e cerca de 70 intimações geradas todos os dias, Marcus Vinicius Guimarães Sanches conseguiu se destacar no mercado jurídico usando a tecnologia como aliada.

Tags, , ,

Legalcloud lança aplicativo para celular que ajuda a contrar prazos processuais

9c6223c1-fcf8-4b7d-a825-9ec69a4d2e12

O Legalcloud, empresa que produz softwares jurídicos, lançou mais uma novidade para os advogados: o aplicativo da Calculadora de Prazos Processuais. O app é totalmente grátis e compatível com os sistemas Android e IOS.

A calculadora oferece a possibilidade de contar os prazos considerando o novo Código de Processo Civil (CPC), Código de Processo Penal (CPP) e o Juizado Especial Cível (JEC). Além disso, ela considera os calendários oficiais de diversos tribunais de justiça do país como: TJSP, TJRJ, TJMG, entre outros.

A empresa lança o aplicativo após o sucesso da calculadora como página de internet. Em um mês online, ela superou a marca dos 50 mil acessos e mais de 100 mil cálculos realizados.

A inspiração para a criação da ferramenta surgiu após as mudanças vindas com o novo Código de Processo Civil, que, além de outras novidades, traz alterações na contagem de prazos processuais, as quais podem gerar dúvidas aos profissionais de Direito acostumados com a antiga contagem.

O aplicativo procura trazer mais mobilidade e rapidez para os advogados verificarem se as suas contagens de prazos estão corretas e realizarem seus acompanhamentos processuais.

Tanto a versão web, quanto o aplicativo, são gratuitos. Em 24 horas, o aplicativo já é um dos mais baixados no Brasil em sua categoria.

Tags, , , , ,