Tag Abde

ABDE e PNUD firmam parceria para desenvolvimento sustentável

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) firmaram, nesta quarta-feira (30), uma parceria para promover o alinhamento das instituições do Sistema Nacional de Fomento (SNF) aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O Memorando de Entendimento (MoU) foi apresentado durante assembleia que reuniu as 30 instituições que compõe a Associação.

Os 17 ODS e suas 169 metas devem orientar as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional nos próximos dez anos, sucedendo e atualizando os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). A medida é resultado de um processo iniciado na Rio+20, em 2013, e culminou na aprovação da Agenda 2030 por todos os países-membros da ONU em 2015. O memorando de entendimento tem duração de três anos e prevê a troca de conhecimento e experiência, capacitações, participações em evento e apoio ao desenvolvimento de metodologias.

Sérgio Gusmão Suchodolski, presidente da ABDE, afirmou que a atuação direta dos membros da Associação para desenvolvimento brasileiro são fundamentais para ajudar o Brasil a cumprir os objetivos e aprimorar a agenda de investimento sustentável. “Nós entendemos que essa implementação em nível nacional, regional e estadual, sobretudo com instituições de desenvolvimento, como os membros que compõem a ABDE, é uma ferramenta fundamental para alinhar o conhecimento local com as agendas globais de desenvolvimento”.

Para Katyna Argueta, representante do PNUD no Brasil, os ODS continuam sendo a melhor forma para a humanidade encontrar soluções para seus maiores desafios. “O papel da ABDE é essencial, não apenas para minimizar os efeitos negativos da crise, mas também para acelerar a transição para um novo arcabouço de finanças sustentáveis”, disse Argueta durante a assembleia da Associação.

A primeira ação conjunta pela parceria será o desenvolvimento de parâmetros gerais para verificar a aderência da carteira do SNF aos ODS, buscando mensurar o apoio das IFDs brasileiras à Agenda 2030. A expectativa é que o mapeamento ofereça uma visão sobre como os recursos do SNF estão sendo disponibilizados para cumprir os ODS.

Tags, , ,

Setor produtivo reage contra retirada de recursos do Sebrae

Doze entidades que participam do Conselho Deliberativo do Sebrae Nacional (CDN) enviaram uma carta ao presidente Michel Temer manifestando-se contrárias à proposta da medida provisória do Turismo, que retira recursos do Sebrae para criar a Agência Brasileira de Promoção do Turismo (Abratur), de promoção do turismo no exterior. O documento faz um alerta sobre os “prejuízos que a medida trará para o Sistema Sebrae e para a economia nacional, em decorrência da subtração de recursos que hoje são empregados diretamente nas micro e pequenas empresas para alocá-los em iniciativas que já são desempenhadas, com êxito, pelo Sistema Sebrae e por outras entidades, como a Apex-Brasil”.

Na carta, é dito que o Sistema Sebrae investe há quase 30 anos no fomento e na capacitação dos pequenos negócios na área de turismo e, que, para 2017 estão previstos 149 projetos com investimentos diretos de R$ 78 milhões nas empresas do setor. O texto cita que o Sistema Sebrae é parceiro do Governo Federal na implantação de diversas políticas públicas para gerar emprego e renda por meio do empreendedorismo. “Assim, caso a citada proposta seja implementada, além de não se garantir a efetividade aos objetivos pretendidos, comprometerá o desempenho do Sebrae, instituição que apenas no ano passado, atendeu 2,2 milhões de empresas em todo o país”.

Assinam a carta titulares e suplentes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Associação Brasileira dos Sebraes Estaduais (Abase), Associação Brasileira de Instituições Financeiras de Desenvolvimento (Abde), Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras (Anpei), Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadoras (Anprotec), Banco do Brasil, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (Cacb), Caixa Econômica Federal, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendimentos Individuais (Conampe) e a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A MP do turismo será discutida amanhã (21), em Brasília, pelos ministérios do Planejamento, Fazenda e Turismo, e representantes do Sebrae e do Itamaraty.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Tags, , , , , , , , , , ,