Número de novas empresas de TI dobrou no ano passado em comparação com 2019

Número de novas empresas de TI dobrou no ano passado em comparação com 2019

Um estudo realizado por meio da plataforma de inteligência de vendas da Cortex mostrou que Tecnologia da Informação foi o segundo segmento que mais cresceu no país em 2021. No ano passado, as empresas deste segmento tiveram um aumento de 60% em relação a 2020. Em comparação com 2019, o número fica ainda maior, apresentando um aumento de 100,53%.

Nos últimos três anos, o país contou com a abertura de 80,8 mil novos CNPJs no segmento de tecnologia. Desses, 93,7% eram microempresas. Os outros 6,3% restantes estão divididos em pequenas, grandes e, em último lugar, instituições de médio porte. As informações foram obtidas a partir de dados da plataforma Cortex, que reúne e cruza informações de mais de 17 mil fontes locais e globais.

As atividades econômicas que mais tiveram crescimento dentro do setor de Tecnologia da Informação no período analisado foram Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação; Consultoria em tecnologia da informação; e Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda.

Dentre as principais cidades em que o maior número de CNPJs foram abertos estão São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte.

Quase metade das empresas de tecnologia têm menos de três anos

No Brasil, há 215 mil empresas de tecnologia. Desse total, apenas 9% têm mais de 20 anos. Enquanto 46,5% têm menos de três anos. Somente em 2021 foram abertas 38,1 mil novas empresas da área tech. Este foi o ano em que o setor teve o crescimento mais expressivo.

“Esse crescimento pode ser explicado pelas transformações no modelo de trabalho que a pandemia trouxe para muitas empresas. Muitas ferramentas tecnológicas que facilitam a rotina dos colaboradores precisaram ser incorporadas para tornar viável uma nova realidade, assim como a adoção de tecnologias para que as empresas conseguissem se manter ativas e prestar os melhores serviços para seus clientes. Isso contribuiu para a ampliação do mercado para empresas que ofereçam serviços ligados à tecnologia”, explica Patricia Romancini, Diretora de Ofertas da Cortex.

Tendência de crescimento das empresas de tecnologia no Brasil

Comments are closed