Nokia no Futurecom 2022: o papel habilitador da digitalização para um mundo mais sustentável

Nokia no Futurecom 2022: o papel habilitador da digitalização para um mundo mais sustentável

A participação da Nokia no Futurecom 2022 está articulada no tema ‘Digitalização para habilitar um mundo sustentável: minimizando os impactos (footprint), maximizando as contribuições (handprint)’. A companhia líder global em redes privadas apresentará suas mais novas soluções no Futurecom, no São Paulo Expo, na capital paulista, entre os dias 18 e 20 de outubro.

Para apresentar um panorama global do papel da tecnologia em um mundo mais sustentável, a empresa traz para o evento Hilary Mine, VP Global de Estratégia e Tecnologia da Nokia e presidente da DIGITALEUROPE, associação que representa as indústrias de tecnologia e de transformação digital na Europa, para o keynote ‘Digitalização como habilitadora de um mundo mais sustentável’, no dia 19 de outubro, às 10 horas.

A executiva, sediada em Amsterdã (Holanda), atua no setor de tecnologia há mais de 25 anos e abordará o papel da digitalização para além da redução das emissões de carbono, em uma visão de simbiose entre ESG e as tecnologias de redes de telecomunicação.

Segundo Ailton Santos Filho, CEO da Nokia no Brasil: “após dois anos sem o evento presencial, esta edição do Futurecom é, certamente aos profissionais de tecnologia, uma oportunidade valiosa de atualização, mas também uma grande oportunidade de conscientização para os profissionais das mais diferentes indústrias, já que, hoje, transformação digital é uma necessidade que diz respeito a todos os setores produtivos. Estudo global, produzido por nossos Bell Labs, aponta que, das verticais que mais realizam emissões, apenas 30% delas iniciou processos de digitalização. Em nosso estande e nossas atividades durante a feira, será possível conhecer o potencial e as experiências que temos criado, desenvolvido e implementado para nossos clientes em diferentes estágios de digitalização pelo mundo, unidos no propósito de enfrentar os desafios de produtividade e sustentabilidade de nossa época”.

5G para minimizar o footprint dos setores produtivos

A Nokia acredita que nenhum país, empresa ou organização pode alcançar a digitalização isoladamente. Quem visitar seu estande no Futurecom, poderá conhecer tecnologias que estão levando monetização aos ecossistemas existentes e também estão construindo novos ecossistemas relacionados as áreas como Indústria 4.0 e smart home.

Dentre as soluções diretamente relacionadas a gestão e eficiência energéticas, reduzindo o impacto (footprint) das atividades produtivas, destacam-se o Quillion, chipset que utiliza 50% menos energia nas instalações de fibra em relação às gerações anteriores; o FP5, chipset para roteamento IP de redes com alta densidade e capaz de reduzir em até 75% o consumo energético; a linha AirScale 5G, equipada com os chipsets System-On-Chip (SOC) ReefShark, que promovem redução de consumo de energia e têm papel crítico na possibilidade de uso de ferramentas desenvolvidas para inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina (ML).

No âmbito das práticas de sustentabilidade voltadas para o desenvolvimento de jovens profissionais locais, a Nokia oficializará a ampliação de sua parceria com o Senai-SP durante o Futurecom: será assinado, no dia 19, às 17h30, o acordo de cooperação da empresa com o Senai Anchieta, localizado no bairro Vila Mariana, na capital paulista. A parceria visa incluir o Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) com Ênfase em Conectividade laboratório 5G da instituição de ensino num ambiente de testes com equipamentos das tecnologias móveis 5G.

Os visitantes do Futurecom também poderão conhecer as luminárias inteligentes com antenas 5G integradas, desenvolvidas em parceria com a Juganu e a Qualcomm. As luminárias são usadas no projeto Conecta 5G, criado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com o Parque São José dos Campos, e apoio do Ministério das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), uma iniciativa pioneira para trazer à prática as possibilidades das smart cities ao país.

Novas oportunidades com 5G para maximizar o handprint dos setores produtivos

A Nokia também oferece soluções que ajudam as empresas a gerar valor pela Indústria 4.0, por meio de redes privadas LTE e 5G de missão crítica, que aumentam a produtividade, segurança e eficiência operacional.

A solução Network Digital Twin, permite criar um gêmeo digital da rede privada 5G e dos dispositivos a ela conectados, o que possibilita monitorar as operações da rede em tempo real e antever as necessidades de manutenção e o período potencial de inatividade, reduzindo as interrupções na produção e tornando o resultado mais eficiente. Já o MX Industrial Edge é uma solução on-premise, que permite o gerenciamento de operações e equipamentos industriais de missão crítica.

A implantação do 5G no Brasil gera novas possibilidades de negócios para as operadoras de telecomunicações e provedores de banda larga, que podem oferecer e orquestrar novos serviços customizados por meio de um gerenciamento mais eficiente e das possibilidades de fatiamento das redes.

Para esse público, a Nokia apresenta soluções como o Altiplano FastMile Controller, um controlador baseado em nuvem, que possibilita o controle da rede de ponta a ponta; o Wi-Fi Cloud Controller (NWCC), plataforma para o gerenciamento das redes Wi-Fi, que permite aos técnicos visualizar o funcionamento da rede na casa dos clientes; e o Deepfield, que usa o Big Data para monitorar o tráfego da rede.

Olhar no futuro

O Futurecom é o palco perfeito para a Nokia apresentar ‘Visão 2030’, sua proposta sobre a evolução das redes 5G para as novas demandas da digitalização. A empresa apresentará também suas pesquisas e testes daquilo a que vem chamando de ‘5G Avançado’, o novo passo das redes 5G que combinará modelos e técnicas de human augmentation para promover fusões produtivas entre os mundos físico e digital, na transição para a era 6G, com novas potencialidades de inteligência artificial (AI) e aprendizagem de máquina (ML).

Participação dos executivos da Nokia em painéis

18 de outubro, das 9h40 às 11h – Painel Premium

Acesso à tecnologia: caminhos para a construção de pontes de inclusão sobre o abismo digital

Felipe Garcia, Diretor de Marketing da Nokia para o Brasil

18 de outubro, das 14h30 às 15h — Arena Future Talks

Nokia e TIM: projetando o futuro da agricultura

Felipe Garcia, Diretor de Marketing da Nokia para o Brasil

19 de outubro, das 9h às 10h — Plenária

Conectividade em Expansão – O jogo vai começar no Brasil inteiro? A liberação do 3.5 GHz e o início das operações 5G

Wilson Cardoso, Diretor de Tecnologia da Nokia para a América Latina

19 de outubro, das 10h às 10h30 — Keynote Speaker

Digitalização como habilitadora de um mundo mais sustentável

Hilary Mine, VP de Estratégia e Tecnologia da Nokia para a Experiência do Consumidor e presidente da DIGITALEUROPE

19 de outubro, das 10h30 às 12h30 — Plenária

O 5G chegou. E agora? Como vamos suprir as expectativas do público e das empresas

Ailton Santos, CEO da Nokia para o Brasil

19 de outubro, das 15h30 às 16h — Arena Future Talks

Casos de uso para a indústria manufatureira

Marcelo Entreconti, Diretor de Nokia Enterprise para a América Latina

20 de outubro – 10h às 11h30 — Plenária

Ecossistemas em Integração – Neutral Hosts e seu (nada neutro) impacto na conectividade

Andrea Varela, Diretora de Estratégia da Nokia para a América Latina

Comments are closed