Luciano Idésio assume liderança regional do segmento de Corporações da Thomson Reuters

Luciano Idésio assume liderança regional do segmento de Corporações da Thomson Reuters

A Thomson Reuters, líder de tecnologia e conteúdo inteligente para empresas e profissionais, anuncia novidades em sua estrutura que atende o segmento de Corporações na América Latina. Luciano Idésio, que vinha liderando o segmento no Brasil desde agosto de 2021, passa a comandá-lo em toda a América Latina, assumindo o cargo de vice-presidente do segmento de Corporates para LatAm. Com a mudança, o segmento passa a contar com uma liderança regional integrada, acelerando a entrega de valor a clientes com atuação global e regional e a implementação do portfólio global da empresa de tecnologia.
 

Há exatos dois anos na Thomson Reuters, Idésio liderou ajustes e otimizações de estrutura, reformulação das estratégias comerciais, de valor, de parcerias e de sucesso do cliente e lançamento de soluções para os departamentos jurídicos, tributário e de comércio exterior. “Minha experiência na Thomson Reuters tem sido intensa e recompensadora, junto a um time espetacular que, a cada minuto, redefine os conceitos de comprometimento, obsessão pelo cliente e impacto na estratégia e resultados da Thomson Reuters. A atuação regional vai nos permitir ganhar ainda mais agilidade e escala no apoio aos nossos clientes em contextos e mercados críticos para sua competitividade. Estou entusiasmado com a oportunidade de impulsionar as indústrias da nossa região”, afirma o executivo.
 

Com a tendência de rápido crescimento da região da América Latina, seus maiores mercados, Brasil e México, têm estado no foco das estratégias e investimentos da Thomson Reuters para impulsionar a expansão em toda a região. O mercado mexicano foi acelerado pela companhia nos últimos anos, disponibilizando as soluções fiscais e de comércio exterior parte da suíte ONESOURCE e para os departamentos jurídicos corporativos como HighQ e Practical Law, além da informação profissional da sua editorial Dofiscal. Em março de 2022, foi inaugurado o novo escritório da empresa no País englobando o Centro de Serviços Compartilhados da região, os escritórios corporativos e nova sede da Reuters News, presente no México desde 1982.
 

O Brasil tem sido um mercado-chave durante a última década, atendendo as corporações com um portfólio completo de soluções, incluindo gestão tributária, de compliance, comércio exterior e jurídica. Soluções do portfólio global da companhia, como HighQ Practical Law, para o segmento jurídico e ONESOURCE Tax Determination para o segmento de corporações têm sido alavancadas na região e, em agosto de 2022, foi anunciado o ONESOURCE Tax intelligence, solução tributária desenhada para o mercado brasileiro, que utiliza inteligência artificial e machine learning para gerar insights preditivos e prescritivos que otimizam a gestão tributária das empresas. Nos dias 20 e 21 de setembro, acontece o SYNERGY para o segmento de Corporações no Brasil. Evento anual do segmento, reunirá profissionais de diversas indústrias e mais detalhes sobre os lançamentos mencionados.
 

“A transformação digital foi acelerada em mais de 40 vezes nos últimos dois anos e os impactos dessa aceleração não são lineares, mas exponenciais. Mais do que nunca, nossos clientes precisam da melhor tecnologia, dos talentos mais qualificados e do parceiro certo para informar o caminho adiante. A Thomson Reuters tem uma cultura interna de obsessão pelo cliente, que nos inspira e guia a nos organizarmos das formas que nos permitam entregar o valor que eles precisam da forma mais rápida integrada e simples”, afirma Adrián Fognini, Managing Director da Thomson Reuters para América Latina.
 

Luciano Idésio está na Thomson Reuters desde agosto de 2020, primeiro liderando a estratégia de crescimento no Brasil para o negócio de corporações e, desde agosto de 2021 como líder do segmento Corporates para Brasil. Em 1º de setembro, assume como Vice-presidente do segmento de Corporates para América Latina. Quando se juntou à Thomson Reuters, Luciano já somava mais de 25 anos de experiência de liderança em empresas de tecnologia, com passagens por SAP, IBM, Linx e Senior Sistemas. 

Comments are closed