EDP abre inscrições do Energy Starter para startups inovadoras em energias renováveis e hidrogênio verde

EDP abre inscrições do Energy Starter para startups inovadoras em energias renováveis e hidrogênio verde

A EDP acaba de lançar o segundo módulo do Energy Starter 2022, programa de inovação colaborativa criado com a missão de conectar startups e empresas tecnológicas em rápido crescimento (scaleups) à EDP em todo o mundo. O programa, que já teve um primeiro módulo em maio centrado nas Redes Energéticas do Futuro, pretende acelerar o desenvolvimento de soluções inovadoras que contribuam para a transição energética.

Nessa segunda fase, podem ser inscritos projetos com soluções inovadoras relacionadas às energias renováveis, segmento em que a EDP é líder global, com cerca de 20 GW instalados e o objetivo de duplicar essa capacidade até 2025. As startups podem também apresentar soluções que contribuam para o desenvolvimento do hidrogênio verde, tecnologia em rápido crescimento em todo o mundo.

“O setor elétrico vive um momento oportuno para a inovação. Para liderar a transição energética, estamos comprometidos em impulsionar novas formas de pensar e fazer para transformar o setor e, também, para viabilizar soluções inovadoras aos nossos desafios”, destaca Andrea Salinas, diretora de Inovação e Ventures da EDP no Brasil.

Após o processo de avaliação, as startups selecionadas participarão de um bootcamp em Houston, nos Estados Unidos, onde, em conjunto com os especialistas da EDP e da EDP Renováveis, poderão desenvolver as suas ideias e trabalhar em projetos-piloto. Nesta fase, junto com mentores e especialistas, elas terão sessões de trocas para desenvolver os seus negócios.

Composta por três fases, a sétima edição do Energy Starter tem como foco três áreas-chave no panorama de transição energética. O primeiro módulo buscou soluções para as Redes Energéticas do Futuro e teve como objetivo alavancar a infraestrutura de redes de distribuição de energia com soluções inovadoras. Das oito finalistas que estiveram em Oviedo, na Espanha, para discutir oportunidades de projetos, três eram brasileiras.

Em 2023, será realizado o terceiro e último módulo desta edição, que se centrará em Soluções para Clientes. No final do Energy Starter, as startups selecionadas em cada módulo terão a oportunidade de testar a sua solução no setor energético, em parceria com a EDP, nas diferentes geografias em que o grupo está presente.

Ao longo das seis edições já realizadas, mais de 150 startups participaram no Energy Starter, tendo realizado mais de 80 negócios (pilotos, rollouts e investimentos). Na última edição, o programa recebeu mais de 700 candidaturas.

As inscrições podem ser realizadas até dia 30 de setembro no site do programa.

Comments are closed