Page Arquivos startup - Página 48 de 1760 - Valor Agregado

Category startup

ToLife recebe aporte de R$ 4 milhões para ampliar soluções de pronto atendimento e monitoramento de pacientes

Aumentar a eficiência de processos na área da saúde é um desafio antigo no setor. Segundo levantamento realizado pela TIC Saúde 2021, o enfrentamento da pandemia acelerou o uso de tecnologias em unidades, para melhorar o desenvolvimento hospitalar.
 

E quem percebeu essa necessidade como uma oportunidade foi a ToLife. A Startup já tinha mostrado pioneirismo no passado com o desenvolvimento de um equipamento especializado em classificação de risco, até hoje sem similar no mercado nacional, que reduz os erros do processo, agiliza o atendimento e reduz a evasão ao proporcionar uma experiência diferenciada para os pacientes. Foram mais de 4000 equipamentos vendidos nos primeiros 5 anos de atividade. 
 

Em 2020, com o surgimento da pandemia de Covid e a pressão por eficiência dos serviços de saúde, a ToLife lançou o Célerus, primeiro sistema de gestão especializado em pronto atendimento. A solução funciona em nuvem e no modelo de software como serviço (SasS). 
 

“O Célerus digitaliza toda a jornada do paciente, automatizando processos e protocolos. O software funciona com o conceito no code, onde o próprio cliente consegue parametrizar os fluxos e linhas de cuidado da unidade, trazendo flexibilidade, velocidade e baixo custo porque não depende de desenvolvimento para adaptar o pronto atendimento às mudanças de demanda e diferentes cenários de infraestrutura e equipes disponíveis na unidade”, comenta Leonardo Lopes, CEO da ToLife. 
 

Foi esse cenário de inovação e crescimento que chamou a atenção da CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina que acabou de investir 4 milhões de reais na healthtech. A empresa já tem entre seus acionistas os fundos ORIA Capital e VOX Capital. O dinheiro será direcionado ao desenvolvimento de novos produtos e serviços. 
 

Entre as apostas da healthtech está a evolução das soluções de monitoramento remoto de pacientes , o desenvolvimento de novas soluções de pronto atendimento digital, como triagem virtual com recursos de telemedicina , a melhoria da jornada do paciente dentro e fora da instituição e o uso de inteligência digital para atingir a excelência clínica e operacional.

“A pandemia trouxe enorme pressão sobre as finanças dos hospitais e acelerou o processo de transformação digital das instituições de saúde. Ao mesmo tempo, os pacientes têm cada vez mais exigido conveniência, agilidade e resolutividade. Não existe outro caminho para essa excelência que não passe pelo investimento maciço em tecnologia. É nesse contexto que a ToLife pretende ser a melhor parceira para ajudar as instituições de saúde na melhoria do cuidado, com eficiência e a melhor experiência para o paciente“, explica Leonardo Lopes. 
 

Mais de 60 clientes em todo o brasil como Hospital LifeCenter (Notre Dame Intermédica), Hospital Cardiopulmonar (Rede D’or) , Unimed e Hospital Universitário da USP estão entre as instituições que utilizam a tecnologia da health tech, que em 2020 e 2021 cresceu mais de 200%. Para 2022 e 2023, a ToLife projeta crescimento de 300% e tem como objetivo a melhoria da jornada do paciente dentro e fora das instituições, a projeção do leito do hospital na casa do paciente e o rastreamento contínuo da saúde na casa do paciente para reduzir o encaminhamento e acelerar o atendimento de Urgência e Emergência. 

Tags