Page Arquivos startup - Página 30 de 1836 - Valor Agregado - Notícias sobre o mundo corporativo %

Category startup

Capri Venture lança primeira linha de investimentos para o setor pet e mira revolucionar o ecossistema

Serviço vai aportar até R$ 400 mil em startups pets

A Capri Venture anuncia mais um projeto precursor: a Pet Angels, primeira linha de investimentos para o setor pet do Brasil. O objetivo é trazer soluções para as dores dessa cadeia, atender a demandas disruptivas e agregar inovação, além de fomentar o ecossistema. A solução visa ainda viabilizar novas pet techs com aportes de até R$ 400 mil em empresas no estágio pré-seed. 

A Pet Angels foi lançada em agosto, durante a maior feira do segmento voltada para negócios da América Latina – a PET South America 2022, que aconteceu entre os dias 17 e 19, no São Paulo Expo. O projeto também foi apresentado no stand da Pet Angels na Digitalks Expo, em São Paulo, na penúltima semana do mês.

Alaíde Barbosa, CEO da Capri Venture, explica que o mercado em questão é extremamente promissor, mas ainda muito carente de inovação. Segundo um levantamento da Abinpet, o segmento cresce todos os anos e, mesmo durante a pandemia, alcançou em 2021 o faturamento de R$ 51 bilhões. “Sabemos também que esse número pode ser muito maior, pois diversos itens de consumo no mercado pet são direcionados para outro setor e não entram na conta. Como exemplo, podemos citar remédios e exames, que são utilizados em pets, mas contabilizados como demandas humanas”, explica.

A expectativa da Capri é atrair mais de mil associados ainda em 2022 e alcançar milhares nos primeiros anos, gerando a possibilidade de ampliar o portfólio de startups. O intuito é movimentar o mercado e atrair ganhos rápidos com múltiplos altos de retorno sobre investimento. 

Geralmente, os investidores-anjo são empreendedores, executivos e empresários, que já estiveram diretamente ligados ao ecossistema de startups ou já trilharam carreiras de sucesso. Esse conhecimento, somado ao aporte financeiro, pode potencializar os primeiros passos de uma startup. Afinal, é possível conduzir a companhia de forma mais assertiva, evitando que grandes projetos acabem antes mesmo de chegarem ao seed.

Além dos aportes nas startups, a Pet Angels proporciona um espaço para a troca de conhecimento, com cursos e multiplicação de aprendizados entre os elementos da cadeia. A iniciativa cria uma comunidade de petlovers fortalecida pela permuta de experiência e ainda envolve diversas vantagens para os associados.

Os primeiros parceiros a aderirem ao clube vão receber o título de sócio-fundador. Além disso, essas empresas terão participação ativa nas tomadas de decisões e na definição da tese e de estatutos na primeira fase de implantação. O ecossistema tem como principal característica ser colaborativo e ao mesmo tempo fechado por relação de indicação, com ações e eventos exclusivos para o pool de associados.

 “Smart money é nosso diferencial e um dos grandes benefícios tanto para a startup como para os investidores. Acreditamos muito na troca de conhecimento entre os próprios parceiros e nos estudos também. Teremos diversos cursos com foco em startup e no segmento pet, e isso inclui nossos associados. As capacitações envolverão desde aulas de aperfeiçoamento até curso de pós-graduação lato sensu de instituição de ensino superior credenciada pelo MEC que já é nossa parceira”, acrescenta Alaíde.

Tags