Page

Category startup

O projeto brasileiro Geekie, aprendizagem para todos, entre os finalistas dos Prêmios WISE 2016

O projeto brasileiro Geekie, aprendizagem para todos, da empresa Geeky, foi selecionado como um dos quinze finalistas dos Prêmios WISE 2016. Lançados pela Fundação do Qatar em 2009, sob a liderança de sua presidenta, Sua Alteza Sheikha Moza bint Nasser, os Prêmios WISE identificam e promovem as abordagens mais inovadoras e eficazes para dar resposta aos desafios da educação global, e estão criando uma rede de agentes de mudança que inspiram outros em qualquer parte do mundo.

“Nos enche de orgulho ser finalistas em um prêmio de educação que atrai a atenção mundial. Ajuda a estabelecer a inovação como um elemento chave para a democratização da educação. E mostra também que é possível atingir novas metas inclusivamente fora dos centros de alta tecnologia. A transformação da educação está ao nosso alcance como sociedade, e este prêmio reúne e inspira aqueles que estiveram trabalhando para a mudança”, assinalou Cláudio Sassaki, cofundador e CEO da Geeky.

Acreditando que dois estudantes não aprendem do mesmo jeito, a empresa de São Paulo, Geeky, lançou o projeto Geekie, aprendizagem para todos, que oferece soluções educativas personalizadas utilizando a tecnologia. Concretamente desenvolveu uma plataforma tecnológica que integra três soluções. Uma primeira, a Geekie Lab, que identifica as necessidades educativas de cada aluno e cria um plano de estudo personalizado de acordo a seu ritmo de aprendizagem, e a suas debilidades e fortalezas em determinadas matérias; uma segunda, a Geekie Test, que se utiliza para conhecer o rendimento dos alunos em diferentes âmbitos: escola primária, educação superior, concursos e provas de idiomas, entre outros; e por último a Geekie Games, que lhes ajuda a preparar para o vestibular.

Os estudantes que utilizam estas soluções melhoraram 30 por cento seus resultados em um período de dois meses. Mais de 20.000 escolas do Brasil utilizam estas soluções e graças a elas mais de cinco milhões de estudantes melhoraram seu rendimento.

Selecionados por um Comitê de especialistas internacionais em educação, os quinze finalistas dos Prêmios WISE 2016 oferecem soluções criativas para o acesso, a qualidade da educação, o ensino de ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM em inglês) e competências empresariais. Estes projetos abordam uma grande variedade de temas, que constituem desafios comuns da comunidade global.

Os membros do Comitê são Kamel Braham, líder do Programa de Desenvolvimento Humano do Banco Mundial para o Magreb; o Dr. Rajika Bhandari, diretor do Centro para o IIE Mobilidade Acadêmica de Investigação, E.U.A.; o Dr. Joyce Akumaa Dongotey-Padi, diretor executivo da Fundação Mama Zimbi (Gana), que ganhou os Prêmios WISE 2009; Adel Boseli, chefe do Departamento de incubadora de empresas do Qatar Centro; a Dra. Rana Dajani, fundadora e diretora do We love reading, professora associada da Universidade Hachemita da Jordânia e ganhadora dos Prêmios WISE em 2014; Sara de Freitas, vice-reitora de Aprendizagem e Ensino, Universidade de Murdoch, Reino Unido; Jiang Xueqin, diretor adjunto da Escola Internacional de Tsinghua, China; Sheetal Mehta, administradora e diretora executiva do K. C. Mahindra Education Trust (KCMET); Anna Penido, diretora do Instituto Inspirare, Brasil; Gabriel Sánchez Zinny, diretor do Instituto Nacional de Educação Tecnológica, Argentina; e Florence Tobo Lobé, fundadora e presidenta da Fundação Rubisadt nos Camarões.

A Dra. Tobo Lobé falou de sua experiência dentro do Comitê: “Me sinto honrada por ter tido a oportunidade de avaliar vários projetos que fomentam a paz, o bem-estar e o crescimento das comunidades em todo o mundo. Os Prêmios WISE são uma maneira excelente de elaborar estratégias que cheguem a mais beneficiários e melhorem as condições de vida no mundo”.

Os projetos finalistas dos Prêmios WISE 2016 foram selecionados considerando vários critérios que avaliam a inovação e o impacto positivo nas comunidades onde se realizam, bem como o potencial de ser reproduzido em outros contextos e regiões devido a sua força inspiradora. No próximo mês de setembro o Júri elegerá os seis vencedores desta edição que, além de receber 20.000 dólares USA, permitirá a cada um desses projetos uma difusão mundial e a possibilidade de partilhar sua experiência com outras organizações que tenham áreas de interesse comum.

Sobre os Prêmios WISE

Anualmente, os Prêmios WISE reconhecem e promovem seis projetos inovadores que oferecem soluções aos grandes desafios mundiais da educação. Desde 2009, os WISE receberam mais de 2.800 solicitações de mais de 151 países. Quarenta e dois projetos de todo o mundo, de diferentes temas, foram reconhecidos por seu caráter inovador, sua escalabilidade e pelo impacto positivo que tiveram na sociedade. Os seis projetos ganhadores serão conhecidos em setembro de 2016.

Sobre a Cimeira Mundial da Inovação para a Educação (WISE)

A Fundação Qatar, sob a liderança de sua presidenta, Sua Alteza a Sheika Moza bint Nasser, estabeleceu a Cimeira Mundial para a Inovação na Educação (WISE em inglês) em 2009.

A WISE é uma plataforma internacional e multissetorial para o pensamento criativo, o debate e a ação conjunta que se consolidou como referência mundial em novas abordagens educativas. A Fundação Qatar, como prova de sua aposta pela economia do conhecimento, quer através da WISE construir o futuro da educação apostando na capacitação e colaboração.

Tags, , , , ,

Vencedora do programa Pitch Gov SP, GetNinjas divulgará serviços profissionais do Fundo Social do Governo de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo assina nesta quarta-feira, 4 de maio, convênio com a startup GetNinjas, a maior plataforma de contratações de serviços do país, para que os alunos dos cursos do Programa Escola de Qualificação Profissional, do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo – FUSSESP, divulguem seus serviços na plataforma virtual de oportunidades da empresa. Após a formação, o aluno terá acesso gratuito durante 6 meses na promoção e na intermediação dos serviços prestados. Nos primeiros 45 dias, cerca de 200 alunos já poderão se cadastrar na plataforma.

A parceria é resultado do Programa Pitch Gov SP, realizado em novembro do último ano, que desafiou novas empresas a pensar soluções para os desafios da administração pública, com 12 selecionadas em quatro áreas. A proposta da GetNinjas se enquadrou na categoria Facilidades ao Cidadão e beneficiará os cursos das Escolas da Moda, Beleza e Construção Civil, oferecidos gratuitamente pelo Governo do Estado.

O convênio entre a GetNinjas e o Governo do Estado facilita tanto o acesso da população aos serviços especializados prestados pelos profissionais formados pelo programa da FUSSESP, quanto a inserção dos alunos no mercado de trabalho. Ao final dos seis meses, a startup entregará um balanço com as informações das oportunidades que cada usuário recebeu ao longo do período teste. Dessa forma, o Fundo de Solidariedade poderá aprimorar seus cursos com base na avaliação dos resultados, pois o governo paulista está atento às soluções tecnológicas desenvolvidas para contribuir ou resolver os diversos problemas e necessidades da sociedade e a GetNinjas tem interesse em difundir soluções para questões de interesse público, para melhorar a vida do cidadão.

Tags, , ,

Aplicativo garante autenticidade de fotos de celular

d7903ae4-c610-4bb2-b1fa-1fc6a05e1648

A manipulação de imagens tornou-se uma atividade simples que leva apenas alguns toques em um display para acontecer. Para prevenir que fotos fantasiosas e falsas se passem por autênticas, a empresa amazonense PicTrust criou um aplicativo para garantir que o clique seja o mais verdadeiro possível.

A equipe se formou há cerca de um ano. Cinco jovens – três desenvolvedores, um designer e um diretor – trabalham na startup. O aplicativo procura alcançar empresas como seguradoras, bancos, cartórios, órgãos de fiscalização entre outros.

O gerente de produto da empresa, Vitor Vieira, explicou que o aplicativo construído garante segurança total da autenticidade da imagem do início ao fim do processo.

“Qualquer pessoa pode tirar uma foto com ele e nós asseguramos que a foto não foi manipulada. No momento do clique, coletamos algumas informações, como data, horário, local e autor, que comprovam que a imagem não foi manipulada de forma alguma”, explicou. Além disso, o aplicativo gera um selo de segurança criado para cada foto clicada por meio da ferramenta.

A empresa está associada à aceleradora de Startups FabriQ. Segundo Vieira, a parceria é essencial para que o projeto continue no caminho que gerará lucro em breve. “Uma das várias vantagens é que contamos com assessoria jurídica e isso facilita muito a abertura de empresa e outras burocracias”, contou.

Tags, , , , , , ,

Startup do Porto Digital conecta usuários com informações sobre pets

Amantes de cachorros ganharam um aplicativo para Android que pretende reunir dados sobre animais e serviços relacionados a eles. O Cãopido é uma solução que incentiva a interação entre os donos, além de ter um sistema de recompensas para seus usuários. A empresa é uma das incubadas do Porto Digital, parque tecnológico do Recife, considerado um dos mais importantes habitats de inovação do Brasil.

A Cãopido foi criada pelo veterinário e empreendedor Aldo Ferreira, que inicialmente pensou em um app para facilitar o relacionamento entre cães para passear, reproduzir e brincar, mas na incubação ele percebeu que poderia expandir os serviços oferecidos. Além de promover o match entre os cães, o serviço também agrega busca de pet shops, clínicas e hospitais veterinários, utilizando geolocalização. Com o detalhamento das informações sobre o cachorro, é possível encontrar promoções e produtos específicos para raça, idade, sexo e tamanho do animal.

Para premiar os proprietários de cães mais assíduos no app, o Cãopido oferece uma moeda virtual a CoinPido. Cada atividade dentro do sistema permite uma pontuação, que pode ser trocada por descontos e brindes em estabelecimentos conveniados. As interações com outros usuários garantem maior distribuição dos prêmios, tanto que há intenção de que em uma próxima atualização seja inserido um chat.

Francisco Saboya, presidente do Porto Digital, destaque que o Cãopido foi uma das startups finalistas do Inovativa Brasil, em 2015. “O programa permite que empresas inovadoras na área de TI participem de cursos e ciclos de aceleração. Sem dúvida isso impulsiona as atividades da empresa, que têm contato com mentores nacionais e internacionais”, completa.

Tags, , , , , ,

Startup promete revolucionar a propaganda médica no país

Estamos numa era de mudanças cada vez mais rápidas e a medicina, combinada à tecnologia da informação, não para de evoluir, apresentando novidades praticamente todos os dias. Não há um mês em que não surja um novo aplicativo para facilitar a vida de médicos e pacientes: são ferramentas que oferecem controle de indicadores e evolução de tratamentos, bulas e consultas de medicamentos pela web, além de ferramentas para a gestão de clínicas e consultórios para todos os gostos. Tudo na palma da mão. Só que um segmento dentro da área da saúde permanece ainda pouco inovador: a atividade de propaganda médica.

Foi pensando nisso que três empreendedores cariocas resolveram criar um aplicativo capaz de trazer otimização de tempo para o médico, da mesma forma que acesso facilitado a especialistas de todas as regiões do país para os laboratórios.

Daniel Araujo, Silvio Balestieri e Thiago Araujo se uniram para criar a Lab in Hands (www.labinhands.com.br), uma startup focada em desenvolver soluções inovadoras para a indústria farmacêutica. O aplicativo Lab in Hands une recursos de e-commerce e propaganda médica em uma interface amigável e customizada, que promete encurtar a distância entre P&D e a prescrição, levando o que há de mais moderno a respeito de novos medicamentos, além de estudos científicos, em primeira mão, diretamente aos smartphones e tablets dos médicos de todo o país.

– O médico pode solicitar qualquer amostra que desejar apenas com um toque, dentro próprio aplicativo, sem ter que esperar a visita de um representante, ou ligar para o laboratório. E, o melhor de tudo: sem qualquer custo para o médico, que passa a poder conhecer todos os medicamentos de cada laboratório, incluindo bulas e estudos sobre os princípios, além de poder solicitar as amostras na quantidade e no momento em que for mais conveniente para ele.”, explica Daniel Araujo, um dos sócios da Lab in Hands.

Como o tempo para o médico é uma prioridade, o desenvolvimento do app priorizou a experiência do usuário. Com uma navegação simples, rápida e intuitiva, o acesso às informações foi facilitado ao máximo. Por exemplo: caso o especialista não consiga se lembrar do nome de um medicamento, estes aparecem em lista e podem ser encontrados também por especialidade e classe – Cardiologia > Anti-hipertensivo > Nome do medicamento.

A função que tem mais chamado a atenção, contudo, é a de solicitação de amostras. Com poucos toques, o médico escolhe que medicamentos receber, quantidade e tipo de apresentação, visualiza a solicitação, verifica o endereço de entrega e, ao fechar o pedido, recebe um código automático, com data de previsão de entrega. O Lab in Hands conta ainda com área de vídeos sobre os medicamentos, em alta resolução, desenvolvidos pelos próprios laboratórios.

Oriundo do segmento farmacêutico, onde atuou por 10 anos, Daniel afirma que ter a amostra à mão facilita em muito a prescrição, mas ressalta que o principal benefício do novo aplicativo é o fato de este levar o acesso a medicamentos modernos às áreas mais remotas do país, regiões em que os laboratórios não costumam possuir representantes.

De acordo com o empreendedor, o site vem registrando um crescimento impressionante desde a data em que entrou no ar, há quatro meses. De fevereiro a março, o aumento de visualizações foi de 250%. “Temos recebido solicitações de diversas clínicas, hospitais, laboratórios e médicos no Brasil e fora dele”, comemora Daniel, e por conta do sucesso, a expectativa da Lab in Hands para o segundo semestre de 2016 é chegar a 10.000 médicos no Brasil utilizando a plataforma diariamente.

Tags, , , , ,

A “revolução maker” chega à educação

Dentre tantas novidades para tornar o aprendizado mais lúdico e interativo, vem despontando no Brasil uma nova tendência educacional: o uso das impressoras 3D e a construção de “espaços makers” nas escolas – os também chamados “Fab Labs” (laboratórios colaborativos de fabricação digital). Segundo estudo da Jupiter Research, estima-se que, em 2018, a popularização dessas ferramentas ultrapasse 1 milhão de usuários no mundo.

Esta proposta inovadora, inspirada no “movimento maker” – que tem como base a cultura do “faça você mesmo e aprenda” –, pressupõe que qualquer pessoa pode construir, modificar e fabricar de tudo com as próprias mãos. Na “educação maker”, por meio da prototipagem, por exemplo, o aluno idealiza o que quer projetar, faz a impressão, corrige uma peça que não se encaixa e vê a sua ideia concretizada.

“O modelo de aula ‘tradicional’ não atrai mais os alunos. A metodologia do 3D, que está pautada no conceito de tecnologia, diversão e aprendizado, engaja e promove uma nova interação professor-aluno, em que os estudantes tornam-se os protagonistas da aprendizagem”, observa André Skortzaru, cofundador da 3D Criar, uma start-up brasileira que tem a missão de massificar o uso da impressão 3D e Fabricação Digital em prol da qualidade do ensino.

Ao invés de palitos, argila ou massinha para exemplificar assuntos em sala de aula, os professores ganham novos recursos e aderem à fabricação digital. Com a modelagem e impressão 3D, é possível criar, de forma lúdica, objetos de aprendizagem com diferentes tamanhos e geometrias, das mais simples até as mais complexas. Difundido no Brasil nos últimos anos, esse recurso tecnológico já está presente em escolas que primam pela autonomia, criatividade e espírito colaborativo dos seus alunos.

Por meio dos protótipos tridimensionais, professores e alunos conseguem sair da teoria das disciplinas ao “materializar as aulas”. Imagine que um professor de biologia recorra a um protótipo minucioso feito por seus próprios alunos em sala de aula, para explicar as funcionalidades do corpo humano, que é tão rico em detalhes? Ou que, para entender como as pirâmides Maias foram construídas, os estudantes produzam uma maquete que retrate com fidelidade as estruturas físicas daquele lugar e aprendam trigonometria? Ou, ainda, para estudar matemática e física simultaneamente, os jovens tenham que elaborar um protótipo de um carrinho tridimensional? Graças ao avanço da tecnologia na educação, isso já é uma realidade!

“O contato que o aluno tem hoje com o 3D pode ser decisivo para algumas profissões como engenharia, design, arquitetura e gerenciamento de projetos; e, em outras em que esse recurso não pode ser aplicado essencialmente, esse manuseio ainda no período escolar também se faz importante, uma vez que estimula a criatividade, o raciocínio lógico, a divisão de tarefas, a interdisciplinaridade, o espírito crítico, entre outras competências exigidas dos alunos no século 21 e necessárias para o mercado de trabalho. Os jovens estão cada dia mais tornando-se líderes do seu processo de aprendizagem, o que seguramente fará com que estejam preparados para profissões que nem sabemos que existirão no futuro”, aponta Rafael Lopes, um dos idealizadores e responsável pelo núcleo digital do SmartLab – uma plataforma integradora de conteúdos educacionais que, recentemente, incorporou em sua solução o “espaço maker”.

Espaço maker e design thinking

O ambiente maker promove uma aprendizagem mais interativa, a partir do momento em que os docentes estimulam seus alunos a se envolverem e compartilharem, em grupos, as inúmeras possibilidades de objetos que podem ser feitos com o 3D. Essa metodologia de abordagem de problemas que visa encontrar uma solução coletiva satisfatória chama-se “Design Thinking”, e na educação esse método vem ganhando muitos adeptos, pois incentiva alunos ao processo de criação que envolve erros e acertos.

Os benefícios da prototipagem na educação são inúmeros: aulas mais engajadoras e criativas, onde todos participam e sugerem; alunos mais preparados para o mercado de trabalho – uma vez que estão expostos às mesmas tecnologias de ponta que eles irão encontrar em suas carreiras -, dentre outros ganhos.

Com base nessa realidade, gestores das instituições de ensino estão considerando a adoção dessas tecnologias para estimular o trabalho em equipe, o pensamento crítico, a criatividade e os conceitos inerentes ao design thinking nos alunos. “Cada vez mais, a comunidade escolar percebe os ganhos educacionais da prototipagem e impressão 3D, que vai além da ludicidade. Com um custo acessível e fácil de manusear, fica evidente a contribuição dessa tecnologia para o desenvolvimento de habilidades e melhorias no processo de aprendizado dos alunos”, conclui André Skortzaru.

Tags, , , , , ,

Call Tracking: o sucesso da análise de dados da web chega a campanhas por telefone

A importância da análise de dados em campanhas comerciais na internet já é consagrada com o uso de ferramentas como o Google Analytics. Mas, até bem pouco tempo, anúncios que direcionavam para números de telefone não contavam com informações precisas sobre o retorno gerado pelo investimento. Desta necessidade, surgiu uma nova tendência mundial: o call tracking. A novidade otimiza investimento em mídia e aumenta a conversão em vendas com recursos que permitem gravar ligações, melhorar o atendimento aos clientes e recuperar ligações perdidas.

De olho em novas soluções para as áreas de vendas, marketing e publicidade, três empresários paranaenses, sócios da Vinder, especializada na aplicação de tecnologia para força de vendas, lançaram a startup PhoneTrack, que transforma dados em informação valiosa para tomada de decisão e de diagnósticos determinantes para o equilíbrio e crescimento das empresas. Acessível de um computador, tablet ou smartphone, a solução permite mensurar e rastrear as ligações através da plataforma em qualquer lugar ou mídia em que uma empresa queira divulgar.

Um software de call tracking permite criar e controlar um número de telefone diferente para cada campanha. Isto significa que, se os anúncios estão no Google, no Facebook ou em um jornal ou revista local, você vai ser capaz de dizer qual cliente vem de cada anúncio – mesmo se ele não clicar no link em casos de campanhas na internet. Você pode criar instantaneamente números locais ou toll-free, virtualmente, que serão encaminhados através do software antes de alcançar o telephone que vai attender as ligações. O software irá gravar automaticamente quais os números estão recebendo o maior número de chamadas, e fornecerá a localização das ligações.

Otimização da verba de mídia

As ligações recebidas são identificadas e a mídia de origem é rastreada, propiciando a análise dos meios de comunicação que apresentam os melhores resultados. Dessa forma, é possível otimizar a verba do marketing e potencializar campanhas.

Acompanhamento da equipe de vendas

Todas as chamadas recebidas são gravadas e ficam disponíveis para análise dos gestores por tempo indeterminado, proporcionando o monitoramento e aprimoramento do atendimento telefônico da equipe comercial.

Recuperação de leads perdidos

O PhoneTrack identifica e armazena dados de chamadas perdidas. Com as informações do cliente e do produto de interesse em mãos, o atendimento pode retornar a ligação e recuperar a venda.

Entre outras funcionalidades estão:

– Indicadores de consume em tempo real;
– Monitoramento de problemas no sistema de telefonia da empresa;
– Análise do tempo médio de resposta da equipe de vendas;
– Visualização por grupos, lojas e campanhas;
– Saber qual loja/número de telefone tem o melhor ROI em cada campanha;
– Identificação de picos de consumo;
– Ligações podem mostrar falhas no atendimento da equipe

Fúlvio Kaminski Massaro afirma que o PhoneTrack auxilia as pessoas e empresas a melhorar ações de marketing. “O feedback do cliente é importante e o rastreamento de chamadas é o caminho perfeito para esse resultado. A solução entrega, utilizando vários recursos , a origem da ligação, o que o cliente está falando da empresa e como o time de atendimento está atuando. Nenhuma empresa faz isso no Brasil da maneira que fazemos”, garante um dos sócios da Vinder.

Fúlvio também ressalta que, por se tratar de uma inovação, a venda desse serviço é totalmente consultiva. “Precisamos entender todo o processo dos nossos clientes e direcionar todo o planejamento de call tracking e ainda acompanhar de perto toda a operação”, completa.

Márcio Pacheco Jr. lembra que o PhoneTrack atende completamente a situação atual do mercado, onde a otimização dos investimentos em mídia e o aumento da conversão de vendas são questões prioritárias para qualquer gestor. “Em momentos de crise, o mercado busca se renovar e otimizar os processos, e a melhoria do atendimento telefônico comercial é essencial para compensar essa desaceleração”.

Márcio Conceição alerta que, para obter um resultado diferente, é necessário fazer algo diferente. “A Vinder entrega uma nova solução com foco na otimização de campanhas de marketing, vendas e atendimento ao cliente através de uma solução inovadora e com recursos tecnológicos avançados. O PhoneTrack foi concebido utilizando-se infraestrutura e tecnologias da IBM Softlayer e Amazon AWS, o que nos permite empregar o que há de mais moderno em recursos computacionais, entregando ferramentas extremamente robustas e fáceis de usar aos nossos clientes”, afirma.

Uma solução como o PhoneTrack garante maior aproveitamento de leads gerados a partir das ligações feitas por consumidores para as empresas. Mesmo em um mundo cada vez mais digital, muitas atividades empresariais ainda fecham uma parcela considerável das vendas em contatos telefônicos. É o caso de hotéis, concessionárias de veículos, imobiliárias, prestadores de serviços. Em alguns casos, o proprietário do negócio tem receio de divulgar números virtuais em seus anúncios em vez de fornecer o número principal da empresa. Mas a possibilidade de rastrear, quantificar e qualificar as ligações recebidas, aumentar o retorno sobre o investimento em cada campanha e ainda poder gerenciar melhor a equipe são ativos que agregam muito valor ao negócio.

Empresas que já utilizam o PhoneTrack confirmam a eficiência da ferramenta. Marcelo Doratiotto, gerente de marketing digital da JAC Motors Brasil afirma que “a solução de call tracking, PhoneTrack, se mostrou um instrumento importante dentro da nossa estratégia de comunicação. Destaque para o atendimento personalizado e extremamente ágil.”

Para Péricles Cordova, coordenador web da Brisa Propaganda, do Grupo Servopa, “houve um avanço na otimização dos investimentos em mídia da companhia usando a solução PhoneTrack. Hoje, mensuramos as ligações de todos os canais de mídia do grupo em Curitiba. Sem dúvida uma ferramenta essencial para qualquer ramo do mercado.”

Ivan Santos, diretor de criação da Linking Propaganda se surpreendeu com o PhoneTrack: “ele trouxe uma nova visão aos nossos negócios com a sua capacidade de mensuração. Com o PhoneTrack, podemos direcionar a verba dos nossos clientes para trazer resultados mais rentáveis.”

Hermes Schincariol Junior, superintendente do Grupo Vigorito, destaca a rapidez com que os primeiros resultados apareceram: “com a solução PhoneTrack, nosso time de marketing e vendas está acompanhando de perto toda a eficiência das mídias tradicionais e digitais. Em 30 dias, já entendemos e ajustamos o padrão de atendimento telefônico do grupo.”

Tags, , , , , , , , , , , ,

Como criar uma startup? Série de vídeos do Valor Agregado apresenta dicas.

Você sabe todos os passos para alcançar sucesso na criação de uma startup?

Em uma série de vídeos, Sergio Mainetti Jr, presidente do Parque do Software de Curitiba e sócio da Visionnaire Informática, vai falar sobre o que é uma startup, qual o perfil do empreendedor, Vale do Silício e muito mais.

Vale a pena conferir essa série.

Como criar uma startup – Parte 2 – O modelo do Y Combinator

Como criar uma startup – Parte 3 – As características de uma boa Startup

Como criar uma startup – Parte 4 – A importância do time

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=3A0SPpRZXeU[/embedyt]

CComo criar ums startup – Parte 5 – Versatilidade e comprometimento

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=_uwwVT-XYaM[/embedyt]

Como criar uma startup – Parte 6 – Capacidade de execução

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=Cc9Rj9-CRSU[/embedyt]

Tags, , ,

Programa Grants4Apps da Bayer abre inscrições no Brasil para aceleração de startups com projetos digitais aplicados à saúde

Startups de todo o país já podem se inscrever para nova rodada do processo seletivo do Programa Grants4Apps da Bayer. Interessados têm até o dia 31 de maio para inscreverem seus projetos digitais que contribuam para melhorias na área de saúde. Nesta edição, os esforços estão direcionados aos projetos relacionados às áreas de Saúde Feminina, Cardiologia, Oftalmologia, Hematologia, Oncologia e Radiologia.

“Estamos à procura de startups que desenvolvam soluções para determinadas áreas de saúde da Bayer ou, ainda, que tenham iniciativas focadas em projetos que suportem a prevenção de doenças, aderência ao tratamento pelos pacientes, testes clínicos, awareness ou gerenciamento de condições clínicas. As soluções podem ser mobile apps ou serviços, wearables, software ou hardware. Nós não limitamos a tecnologia.”, ressalta Patrick Fenzl, IT Business Intelligence & Analytics da Bayer Brasil.

Os candidatos precisam ter acima de 18 anos de idade, domínio da língua inglesa e a composição da equipe requer três membros, no mínimo.

“As opções são inúmeras, mas o ponto em comum dessa iniciativa global da Bayer é a paixão pela inovação. Somos uma empresa focada em Ciências da Vida e o fomento à educação e inovação fazem parte do DNA da Bayer”, acrescenta Theo van der Loo, presidente do grupo Bayer no Brasil.

O contrato do programa será assinado somente com pessoas jurídicas, ou seja, candidatos que possuam um registro da razão social da empresa, independente do país.

“Os principais integrantes das startups selecionadas ficarão nas instalações da Bayer em Berlim de agosto a dezembro de 2016 para acelerar o desenvolvimento de seus projetos”, explica van der Loo.

A Bayer oferece uma série de benefícios para os cinco times selecionados: aporte financeiro de 50.000 euros para cada startup durante toda a estadia, coaching e treinamento intensivo com especialistas no assunto, mentoria com altos executivos da Bayer, além do acesso a uma ampla gama de contatos profissionais.

Camila Navarro, IT Digital and Innovation Manager da Bayer Brasil, vislumbra um cenário otimista para o País: “Neste ano, a subsidiária brasileira da Bayer está apostando fortemente em um mercado que já é considerado um celeiro de startups. O programa busca tecnologias e processos que proporcionem melhorias na área de saúde e essa pode ser uma chance incrível para muitos empreendedores digitais brasileiros”.

A Bayer tem investido em tecnologias de ponta para entregar mais e melhor a missão da Companhia, no compromisso conjunto a todos os colaboradores, que é fazer “Ciência para uma Vida Melhor”. Agora, os esforços estão direcionados em explorar positivamente a revolução digital a fim de fortalecer sua liderança no negócio de Ciências da Vida.

A transformação digital é mais um dos passos para que a Bayer avance e inove para atender às atuais necessidades da sociedade. O maior desafio agora é integrar e alinhar as suas capacidades de forma proativa, para agregar valor à qualidade de vida das pessoas.

Para participar, os interessados devem preencher o formulário no site www.grants4apps.com/accelerator.

Mais informações sobre o programa e o processo de inscrição estão em https://www.grants4apps.com/accelerator/#/faq e no twitter: @grants4apps.

Tags, , , , , , , , , , , ,

Cantor sertanejo Mariano, da dupla com Munhoz, lança Startup em São Paulo

view.aspx

O sertanejo Mariano lançou na noite de ontem (06), em São Paulo/SP, um projeto diferente do que está acostumado, bem longe dos palcos. Sempre ligado as inovações do mercado, Mariano resolveu investir na área da tecnologia e, junto com seu irmão e 2 sócios, desenvolveu um aplicativo chamado Diaríssima, que faz a conexão entre o prestador de serviço e o empregador, de forma gratuita. A ideia surgiu de uma conversa entre amigos sobre a necessidade de contratar uma diarista e não saber por onde começar “Vimos que tem aplicativo pra tudo: pedir pizza, marcar hora no salão de cabeleireiro, pedir taxi.. e porque não ter um aplicativo para contratar uma diarista?”, diz Mariano.

Para fazer parte do aplicativo, o prestador de serviço passa por uma seleção e diversos workshops com dicas adaptadas do meio hoteleiro para o doméstico, como: economizar produtos de limpeza, manuseá-los corretamente para não ocasionar nenhum acidente, cuidados pessoais, entre outras. A cada curso/workshop, o prestador ganha uma medalha que fica visível para todos em seu perfil, isso facilita para o empregador ver o quanto a pessoa já se qualificou. Além disso, no perfil de cada prestador tem seu nome, foto, serviços que presta, principais atividades e experiências profissionais.

Press Release do Diaríssima: startup investida pelo cantor sertanejo Ricardo Mariano

O Diaríssima é uma plataforma que conecta empreendedores individuais que buscam prestar serviços domésticos e contratantes através de confiança e capacitação. Somos uma alternativa ao modelo atual de agenciamento que não respeita a individualidade e particularidades dos profissionais, onde os valores de suas diárias são definidos pelos intermediadores, os contratantes não são avaliados e os profissionais não tem estímulo para capacitar-se e crescer, pois não são reconhecidos.

No Diaríssima o contratante não escolhe um prestador simplesmente baseado em seu horário livre, mas escolhe baseado nas suas avaliações, qualificações, cursos realizados e habilidades. Por outro lado, o prestador de serviço quando recebe um trabalho novo para realizar, também pode verificar o histórico do contratante e decidir se deseja ou não aceitar o trabalho.

Através de parcerias com instituições de educação profissional entre elas o Senac São Paulo, trabalhamos para realização da capacitação dos profissionais e seu reconhecimento na plataforma. Estimulamos assim que os profissionais sejam também valorizados financeiramente.

Nossa missão é realizar uma inovação radical nesse mercado, oferecendo uma solução simples de contratação via aplicativo para ambos os lados, assim como levar o modelo de negócio para o prestador de serviço e não para o intermediário.

Alguns dos investidores desta iniciativa são o Ricardo Mariano, da dupla sertaneja Munhoz & Mariano, e a EOKOE Startup Studio.

Diferenciais do Diaríssima

– Não há mensalidade! Não há taxa de contratação! As partes envolvidas, contratados ou contratantes podem acessar e utilizar gratuitamente a plataforma para identificar oportunidades de prestação e contratação de serviços a partir de informações qualificada sobre cada um.

– Negociação direta de preços — A plataforma promove o empoderamento das partes, portanto, embora registre e demonstre as médias regionais de valores de diárias para fins de orientação dos contratantes, os valores contratados são de livre negociação e não sofrem reduções por comissionamento.

– Reconhecimento! A plataforma oferece informações sobre os cursos que os profissionais realizaram através de medalhas, assim como suas habilidades.

– Avaliação mútua – Avaliação não é apenas do prestador de serviço, mas é também de quem contrata. Em muitos casos isto influencia na boa relação e mitiga diversos problemas. As diaríssimas antes de aceitar um serviço, também avaliam quem está o contratando baseado no seu histórico com outros prestadores.

– Promo da capacitação como elemento de promoção de negócios, promove a capacitação dos profissionais prestadores de serviço, através da oferta de cursos gratuitos ou com preços acessíveis, obtidos a partir de convênios com entidades de renome e com abrangência nacional bem como empresas de capacitação profissional.

Tags, , ,

Startups: especialista aponta dicas para escolha do investidor ideal

O desafio de criar uma startup não é uma tarefa fácil. Além de ter uma ideia inovadora que possa trazer rentabilidade no futuro, uma das maiores barreiras para qualquer empreendedor é a falta de recursos financeiros durante os primeiros estágios do negócio. Para superar as dificuldades iniciais com maior solidez, a busca pelo aporte de um investidor torna-se o objetivo principal dos fundadores.

Allan Costa, ex-diretor superintendente do Sebrae/PR, e atualmente um dos principais palestrantes e investidores-anjo do País, alerta, no entanto, que o processo de captação não pode ser uma via de mão única, no qual somente os investidores avaliam os empreendedores. “Também é preciso que o empresário consulte o histórico do investidor ou do grupo de investidores com o qual esteja negociando. Como o investimento em startups se tornou uma espécie de febre, o mercado acaba absorvendo um número considerável de amadores, curiosos e, até mesmo, de pessoas mal-intencionadas”, argumenta.

Confira as principais dicas do especialista para a escolha do investidor ideal:

Verifique o histórico

Antes mesmo de realizar o pitch, faça uma pesquisa do perfil dos investidores, coletando portfólio, conjunto de competências que pode aportar ao negócio, casos de sucesso, entre outros pontos. Por meio dessa busca, o empreendedor certamente terá uma boa base de informações sobre a competência e idoneidade do grupo de investidores.

Não aceite propostas indecorosas

Obviamente, investimento não é caridade. Mas é muito mais comum do que possa parecer, encontrar investidores que literalmente tentam se apossar de projeto inovadores em estágios iniciais, que dependem de recursos financeiros para fazer seus negócios decolarem. Propostas que pedem 40%, 50%, até 60% da startup em troca de um investimento muito menor do que seria o razoável, jamais podem ser levadas à sério.

Pesquise o background

Antes de fechar o contrato, os empreendedores devem ficar atentos também com o que o mercado chama de Smart Money. Tão importante quanto o dinheiro em si, é o que o investidor vai trazer para a empresa em termos de recursos intangíveis, como conhecimento do mercado de atuação, mentoria, rede de relacionamentos para facilitar contatos, a abertura de portas, entre outros pontos. Contar com um investidor que não está familiarizado com a dinâmica do mercado de startups e apenas conhece investimentos mais “tradicionais”, ao invés de ajudar, pode representar um transtorno. Com isso, o empresário pode acabar preso a uma teia de cobranças incompatível com o desenvolvimento de uma startup que, não raro, acaba por inviabilizar o negócio.

Regras de comunicação

Outro ponto de preocupação dos empreendedores é a forma de reporte a ser utilizada. A recomendação é fugir de grupos de investidores que não determinam claramente como será a interface do grupo com a startup e quem será responsável pelos contatos e acompanhamento. Tudo que um líder não precisa nessa fase do empreendimento, em que ele tem uma infinidade de ações para fazer a empresa crescer, é de um grupo de dez ou quinze pessoas ligando a toda hora e de forma indiscriminada no seu telefone celular para saber notícias do negócio. O empreendedor precisa de espaço para trabalhar, por isso a definição quanto a esse ponto também é muito importante.

Tags, , , ,

Stoodi lança plano de estudos inteligente e monitorias ao vivo para estudantes

O Stoodi, startup de educação a distância, está lançando duas novas funcionalidades na plataforma que tem o objetivo de organizar e facilitar os estudos dos usuários, que estão em fase pré-vestibular ou ano de prestar o ENEM.

Uma das grandes dificuldades dos alunos é manter uma rotina organizada de matérias e, muita vezes, eles não sabem por onde começar. Estruturado por Daniel Liebert, um dos sócios-fundadores e quem cuida da pedagogia do Stoodi, o plano de estudos é basicamente um calendário com cronograma diário de estudos, em que cada dia possui uma lista de tarefas a serem executadas.

As tarefas podem ser videoaulas, exercícios de fixação e redações que estão ordenadas de uma forma de aprendizado lógico que acompanhe o desenvolvimento do aluno. Sendo que uma aula é pré-requisito para as aulas seguintes.O plano de estudos possui a programação completa desde fevereiro e tem término antes do ENEM, em intervalos regulares de acordo com cada matéria.

Outra novidade da plataforma são as monitorias ao vivo, que são aulas transmitidas por streaming, que qualquer pessoa pode assistir, basta possuir um cadastro no Stoodi. Os estudantes têm acesso a um calendário em que ele pode ver a agenda das monitorias com horário, matéria e tema. Para os assinantes, dúvidas podem ser enviadas e as mais votadas, são respondidas ao vivo pelos professores.

Tags, ,