Casa Firjan vai premiar teses e dissertações sobre o futuro do trabalho e reinvenção das empresas

Casa Firjan vai premiar teses e dissertações sobre o futuro do trabalho e reinvenção das empresas

A Casa Firjan vai premiar pesquisas de mestrado e doutorado que discutam o futuro do trabalho e a reinvenção das empresas. As inscrições para o edital estão abertas até o dia 8 de setembro com prêmios que variam entre R$ 2 mil e R$ 20 mil. O Prêmio Casa Firjan vai contemplar tanto os pesquisadores como os orientadores de quatro dissertações de mestrado e quatro teses de doutorado apresentadas e defendidas, nos últimos três anos, em instituições de ensino no estado do Rio. A relação dos vencedores será divulgada no dia 23 de outubro.

O tema “O Futuro do trabalho” contempla pesquisas sobre mudanças estruturais e novas concepções do emprego e do trabalho, desenvolvimento de estratégias dentro ou fora de empresas, políticas públicas, investigações sobre habilidades e competências, e propostas ligadas à educação para o trabalho que possam contribuir para o entendimento e avanço da questão.

“Vamos priorizar pesquisas relacionadas a cenários futuros do emprego e trabalho em detrimento de estudos que abordem uma visão atual ou do passado sobre essa temática”, explica Julia Zardo, que está à frente do programa “Pensamento” da Casa Firjan.

Já a categoria “A reinvenção das empresas: estratégias de inovação” abrange pesquisas que apresentem abordagens e contribuições relevantes sobre o desafio constante de inovação e reinvenção das empresas e sobre como as empresas e as organizações podem se preparar, em termos estratégicos, para um futuro de transformações cada vez mais rápidas.

“A ideia é conhecer pesquisas referentes às práticas inovadoras que vêm sendo realizadas em empresas internacionais e brasileiras e que poderiam ser adaptadas à realidade do nosso estado. O objetivo é compreender os processos de transformação das empresas no contexto da nova economia com trabalhos acadêmicos que possam contemplar elementos relacionados ao ambiente, às redes de parceiros e às cadeias nas quais as empresas estão envolvidas”, explica Zardo.

O objetivo do concurso é a geração de debate e a construção de propostas no caminho de desenvolvimento e da transformação para o futuro. O prêmio integra o programa “Pensamento”, que provoca o diálogo e a troca com diferentes públicos e ecossistemas sobre os principais temas da Casa Firjan: o futuro do trabalho, a reinvenção das empresas e o novo papel da representação empresarial.

Casa Firjan, um legado para o Rio

Inaugurada em agosto de 2018, a Casa Firjan é um hub de inovação e empreendedorismo dedicado a criar propostas e soluções para os desafios da nova economia em uma sociedade em constante transformação. Aberta e gratuita à visitação, integra uma programação diversa que contempla debates, oficinas, cursos, atividades educativas e culturais.

Em um terreno de 10 mil m², na rua Guilhermina Guinle, em Botafogo, a Casa Firjan abriga um prédio de inovação, de arquitetura contemporânea e premiada, e um patrimônio histórico restaurado, que inclui uma casa principal e duas casas geminadas construídas no início do século XX.

Comments are closed