Page

Author admin

Decisão da eleição nos EUA alcança marca de 75 milhões de Tweets no mundo

A votação e a apuração das urnas nos Estados Unidos movimentaram o Twitter em todo o mundo nos últimos dois dias. Entre a 0h de ontem (8) e as 3h de hoje (9) pelo horário de Nova York (ou 6h da manhã no horário de Brasília), foram contabilizados 75 milhões de Tweets sobre o assunto.

Na manhã de hoje, Donald Trump (@realDonaldTrump) atualizou seu perfil no Twitter, identificando-se como presidente eleito dos Estados Unidos, e publicou seu primeiro Tweet com este novo status. Além disso, Hillary Clinton (@HillaryClinton) Tweetou ontem à noite um agradecimento aos seus apoiadores, que se tornou o segundo Tweet da candidata com o maior número de Retweets.

unnamed-77

Tags, , , , , ,

ABStartups recebeu 6500 pessoas no CASE 2016

A Associação Brasileira de Startups, entidade que representa as startups brasileiras, promoveu nos dias 7 e 8 de novembro, a terceira edição do CASE – Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo. Consolidado como o maior evento do setor na América Latina, o CASE 2016 reuniu 6500 pessoas no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo. Os empreendedores presentes tiveram a oportunidade de ampliar o conhecimento, compartilhar ideias e fazer muito networking.

O evento recebeu mais de 50 palestrantes nacionais e internacionais, que foram divididos em quatro grandes blocos temáticos: Gestão de Produtos, Vendas, Internacionalização e Investimento. Os temas foram escolhidos depois de uma pesquisa da ABStartups para entender quais eram os assuntos que mais interessavam e causavam dúvidas aos empreendedores.

Logo após a abertura oficial, Marcio von Muhlen, do Dropbox, iniciou a sequência de apresentações sobre gestão de produtos. Utilizando cases da próprio empresa, Marcio deu algumas dicas de como uma startup deve lidar com seu produto. No fim da manhã, Gabriela Rojas, do Nubank, explicou quais foram as estratégias da empresa para escalar o cartão de crédito sem anuidade, que já recebeu mais de 4 milhões de pedidos para cadastro.

Para falar sobre vendas, JD Peterson, do Trello, mostrou como a startup utilizou técnicas de vendas para passar de 4 para 17 milhões de usuários em apenas dois anos. Logo em seguida, Neil Patel, uma das maiores referências mundiais em marketing digital, explicou como as startups podem aumentar a audiência de seus canais digitais e transformar o público em cliente. Na sequência, temas como inside sales, vendas complexas e o papel do vendedor também foram discutidos na plenária.

O segundo dia do CASE 2016 se iniciou com uma série de apresentações sobre internacionalização. Fabrício Bloisi, da Movile, contou como sua empresa saiu de um pequeno escritório em Campinas e se tornou um grande player global, com presença na China, EUA e América Latina. Pouco depois, Chris O’Neil, da Evernote também compartilhou a trajetória da startup e como a empresa trabalha com a internacionalização de seu produto.

O último bloco temático do evento foi sobre investimentos. Max Oliveira, da MaxMilhas, abriu as apresentações explicando as vantagens e dificuldades de utilizar o bootstrapping para crescer. Próximo ao encerramento do evento, Pedro Sorrentino, da FundersClub, deu dicas aos empreendedores de como conseguir investimentos no mercado norte-americano.

O evento se encerrou com o Startup Awards, premiação que elegeu os principais agentes do ecossistema de startups divididos em 12 categorias. Os vencedores deste ano foram InovAtiva (melhor aceleradora), Dialetto (melhor assessoria de imprensa), Natalie Witte (melhor assessoria jurídica), Google Campus (melhor coworking), Méliuz (melhor equipe fundadora), Monashees (melhor fundo de investimento), Camila Farani (investidor anjo), Startup SC (melhor comunidade de startups), Rafael Assunção(melhor mentor), Revista Exame (melhor reportagem sobre startups), UFSC (melhor universidade para empreendedores) e Méliuz (startup do ano).

Além de toda programação na plenária principal, esse ano o CASE teve também uma área adicional de conteúdo. No “Palco Hack”, assuntos como Agtechs, marketing, comunicação, fintechs, educação, aceleração e outros temas foram debatidos por especialistas de cada segmento.

“Pelo terceiro ano consecutivo, o CASE 2016 foi um grande sucesso. Assim como as startups, nós também estamos crescendo em ritmo acelerado e queremos quebrar ainda mais barreiras nos próximos anos. O ecossistema de startups precisa de eventos como esse, com muito compartilhamento de ideias, networking e aprendizados. Tenho certeza que quem participou do CASE saiu com novas ideias, novos contatos e uma motivação maior para impulsionar sua startup”, finaliza Rafael Ribeiro, Gerente Executivo da ABStartups.

Tags, ,

Love Mondays revela 10 empresas onde você pode ter uma carreira internacional

Uma experiência internacional contribui para o desenvolvimento profissional e, muitas vezes, é o diferencial para impulsionar a carreira. Para as empresas, a formação de equipes multidisciplinares e multiculturais colabora para o entendimento de um mercado cada vez mais globalizado.

O Love Mondays, plataforma onde funcionários avaliam as empresas em que trabalham, levantou as 10 empresas mais elogiadas pelos profissionais, por terem oportunidades internacionais. O levantamento mostra que as empresas vêm de diversos setores incluindo Consultoria (PwC, EY, KPMG, Accenture), Tecnologia e Comunicações (IBM, Telefônica), Manufatura Industrial (Bosch e Fiat Chrysler Automobiles), Bens de Consumo (Philip Morris) e Serviços Financeiros (Santander).

“Para os profissionais, uma oportunidade internacional ajuda a aprimorar talentos e desenvolver novas habilidades” diz Luciana Caletti. “O enriquecimento multicultural pode ser o diferencial para superar momentos de desafios e se destacar no mercado”, finaliza a CEO.

Veja abaixo as empresas que investem em oportunidades internacionais para seus profissionais, ordenado pelo satisfação geral dos seus funcionários:

Philip Morris Brasil
Satisfação geral dos funcionários: 3,9
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-philip-morris-brasil
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Exposição internacional, crescimento na carreira e bons planos de benefícios e salario.

Santander
Satisfação geral dos funcionários: 3,8
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-santander/avaliacoes
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Programas de oportunidades internacionais, desenvolvimento profissional, salário e benefícios.

PwC
Satisfação geral dos funcionários: 3,7
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-pricewaterhousecoopers-pwc/avaliacoes
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: plano de carreira internacional, trabalho em equipe, desenvolvimento profissional

Telefônica Brasil (Vivo)
Satisfação geral dos funcionários: 3,7
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-telefonica-brasil-vivo
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Plano de carreira, programa de oportunidades internacionais, benefícios.

KPMG
Satisfação geral dos funcionários: 3,5
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-kpmg
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Projetos com grandes clientes, meritocracia implementada e oportunidade de carreira internacional.

EY (Ernst & Young)
Satisfação geral dos funcionários: 3,4
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-ey-ernst-and-young
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Experiência internacional, cultura empreendedora e crescimento rápido.

IBM
Satisfação geral dos funcionários: 3,4
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-ibm/avaliacoes
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Oportunidade de carreira internacional, flexibilidade, ambiente de trabalho.

Accenture
Satisfação geral dos funcionários: 3,4
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-accenture/avaliacoes
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Benefícios, ambiente de trabalho, oportunidade de carreira internacional

Bosch
Satisfação geral dos funcionários: 3,4
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-bosch
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Respeito ao funcionário, experiência internacional e oportunidade de aprendizado.

Fiat Chrysler Automobiles (FCA)
Satisfação geral dos funcionários: 3,4
https://www.lovemondays.com.br/trabalhar-na-fiat-chrysler-automobiles-fca
3 pontos positivos mencionados pelos colaboradores: Carreira internacional, incentivo a produtividade, clima de trabalho.

Tags, , ,

Construção 4.0 – a realidade da automatização para reduzir custos nos canteiros de obras

Nos últimos anos as construtoras brasileiras se adequaram rapidamente às tecnologias oferecidas para controle e que podem melhorar o desempenho nos processos que envolvem o setor de construção civil. A automatização de canteiros de obras e gerenciamento de fornecedores da construção, por aplicativo WEB, é realidade no setor. Ela proporciona a melhoria da comunicação, no controle de projetos e da qualidade, e, também, traz benefícios para empreiteiros.

Um dos desafios do setor é controlar todas as atividades existentes num canteiro de obras e prever as necessidades, já que as principais diferenças estão concentradas nas questões de prioridade e importância e que pode inclusive gerar economia de investimentos. “Nos últimos anos, as construtoras passaram a contar com uma série de tecnologias que melhoram o desempenho dos processos, ligado tanto às questões de automatização por meio de máquinas e equipamentos, softwares que possibilitam os processos da empresa se alinhar ao financeiro, softwares de desenvolvimento do produto e para o alinhamento com o Cliente, assim como softwares de mobilidade” – explica Ana Cecília Ribeiro, especialista em TI para Engenharia e Arquitetura do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações. Ana afirma que o grande desafio é desenvolver produtos que atendam a necessidade dos canteiros e que tenham um custo-benefício compatível com as expectativas das construtoras. Pensando nisso, com a automatização pode-se controlar a gestão de projetos, inspeção de obra, segurança no trabalho, qualidade do serviço, resíduos, fornecedores até a entrega efetiva da unidade ao comprador.

Ainda sobre o Sistema criado pelo CTE, Ana esclarece que ele permite o controle total da obra com uma conexão de comunicação eficaz com os coordenadores de projetos – “o sistema está implantado em mais de 800 empresas e possui aproximadamente 50 mil usuários ativos. Temos clientes em todos os estados do Brasil, assim como no Chile e em Portugal”. Além disso, é utilizado, também, por usuários nos Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Portugal, Canadá, África do Sul, Angola, Austrália, China, Argentina, Chile e México.

Todos os sistemas são plataforma SaaS – Software as a Service, o que significa que o software é comercializado como serviço que é disponibilizado por meio de aluguel mensal. Neste pacote está incluso o aluguel assim como as respectivas atualizações, a implantação e treinamento, a infraestrutura, suporte e backup.

Tags, , , , , ,

Ferramenta web viabiliza gestão de equipamentos locados

13a8599a-1631-4ad8-a18b-1b4c13e580d3

Na construção civil, diferentes componentes fazem parte do sucesso e qualidade da obra. Todos eles regidos pelo bom gerenciamento da obra, que envolve a administração, cumprimento de cronograma e da previsão financeira, além da gestão de diferentes especialidades de profissionais.

Ao longo dos anos, surgem ferramentas que tendem a facilitar alguns processos da gestão do canteiro, principalmente com investimentos em tecnologia por parte do executor e também dos fornecedores. A exemplo disso existe o SH Online, ferramenta já conhecida entre os clientes da SH, locadora de fôrmas, andaimes e escoramentos para construção.

O SH Online é um sistema web que tem facilitado a gestão de equipamentos locados desde 2010. Por meio de um login e senha, o cliente da SH pode acompanhar e consultar informações referentes ao seu contrato como, faturas, notas fiscais, projetos e relatórios de visita. Ou seja, trata-se de um ambiente que reúne todas as informações importantes relacionadas ao serviço locado.

Ferramenta exclusiva da SH, o SH Online agora é totalmente responsivo, podendo ser acessado por meio de smartphones e tablets. Além disso, os clientes contam com um novo ambiente de upload de conteúdos como, manuais, catálogo de equipamentos e vídeos.

Luis Flávio Machado, Gerente de TI da SH e responsável pelo desenvolvimento do projeto, conta que o principal objetivo da ferramenta é deixar ao alcance dos clientes as informações relevantes no dia a dia. “A ideia que motivou a reformulação do SH Online foi a de que o maior número possível de clientes utilizasse o recurso. Pensando nisso, tornamos o SH Online mais funcional, ou seja, com novas funcionalidades, layout mais amigável e claro, apto a ser manuseado em dispositivos móveis”, explica. O novo SH Online permite também que os clientes avaliem os serviços da SH a qualquer hora por meio de uma breve pesquisa de satisfação.

Tags, , , ,

Universidade digital: tendências para a infraestrutura conectada

Por Hilmar Becker

Com a popularização da educação a distância e o uso em larga escala da conectividade em locais públicos, a mobilidade tornou-se essencial também para as instituições de ensino superior, trazendo novos desafios para os departamentos de tecnologia da informação das universidades. Conheça tendências que vemos em instituições de todos os tamanhos, em vários países, e as estratégias de infraestrutura que elas estão adotando para atender às novas demandas.

Adoção acelerada do conhecimento digital

Os docentes, que haviam ficado com um pé atrás com as novas tecnologias, já notaram que esse é um processo sem volta e buscam proficiência nas ferramentas modernas de aprendizagem, desde streaming de vídeo até aplicativos de teste online, aumentando a demanda por banda larga. Frequentemente, as necessidades de desempenho e capacidade da rede do campus vão muito além daquilo que muitos departamentos de TI haviam antecipado poucos anos atrás.

Conferências e eventos

Agora, menos instalações educacionais ficam vazias durante períodos sem aulas, como férias acadêmicas, à medida que muitas instituições aproveitam suas salas para gerar receita. Naturalmente, o fornecimento de conectividade móvel é crucial para o sucesso dessas iniciativas, particularmente no atendimento de clientes corporativos.

Alunos online, o tempo todo

Para atrair e manter os alunos produtivos, várias instituições com alojamentos para estudantes já estão conscientes da crescente demanda por conectividade. Equipamentos de streaming de vídeo, como Apple TV e Chromecast, já são tão comuns quanto consoles de videogames, dispositivos para áudio via wi-fi, smartphones, tablets e laptops. Com os wearables (dispositivos “vestíveis”, como relógios e pulseiras inteligentes) também entrando no páreo, a média de equipamentos conectados por pessoa já chega a cinco ou mais em muitas universidades.

De olho na alta densidade

Na mesma velocidade que as instituições de ensino superior completaram projetos de cobertura de suas instalações com wi-fi, o paradigma tem se deslocado para uma sobrecarga na densidade de dispositivos. Por conta disso, a distribuição para atender à alta densidade de conexões à rede está migrando de projetos limitados a grandes auditórios para qualquer área onde múltiplos indivíduos se aglomeram para conviver e aprender, uma realidade mais comum.

Soluções de infraestrutura para atender à disparada das exigências

Em virtude das exigências crescentes de conectividade no campus, as instituições de ensino superior estão respondendo com investimentos em uma infraestrutura de rede mais robusta e gerenciável. Essas atividades incluem:

Padrão wi-fi em 802.11ac – Os sistemas que utilizam o padrão de rede sem fio IEEE 802.11ac já oferecem experiências de conexão similares às obtidas em instalações com fio, merecendo o rótulo de “Gigabit Wi-Fi”. A primeira geração de pontos de acesso 802.11ac, denominada Wave 1, melhora as velocidades sem fio em cerca de 3 vezes, em relação ao padrão 801.11n anterior – fornecendo taxas de dados de até 1,3 Gbps. As soluções apropriadas para o ensino superior incluem recursos que permitem aos instrutores controlar o acesso a dispositivos conectados, tais como projetores e monitores compartilhados.

Surfando na Wave 2 – Como estratégia para proteger o investimento, algumas universidades já estão de olho na próxima geração de pontos de acesso 802.11ac, conhecida como Wave 2. Ao inicialmente aumentar as velocidades do wi-fi para até 1,7 Gbps, 30% maiores do que as propiciadas pela Wave 1, essa segunda onda poderá oferecer índices de 3,4 Gbps para dados.

Switches multigigabit – Ter todos os benefícios da Gigabit Wi-Fi exige uma engenharia apropriada, dos pontos de acesso até o data center. Isso pode significar uma atualização para switches multigigabit, que podem automaticamente detectar e fornecer a conexão apropriada, como 1, 2.5, 5 ou até 10 GigE. O mais importante é que os switches multigigabit possibilitam a implantação de pontos de acesso Wave 2 por meio dos atuais cabos de rede Cat 5e/Cat 6 – o que é uma economia. Portanto, é apropriado considerar esses novos switches multigigabit durante a próxima atualização da infraestrutura.

Ferramentas modernas de otimização de wi-fi e gestão de acesso – A combinação de mais dispositivos dos clientes e mais pontos de acesso para servi-los exige ferramentas robustas para efetivamente otimizar a rede e administrar a gestão. As ferramentas modernas até oferecem suporte de multivendedores para possibilitar a administração unificada de redes com e sem fio.

Abordagens para a implantação de acordo com o orçamento – Embora alguns departamentos de TI de instituições de ensino já estejam familiarizados com implementações de tecnologias por fases, uma abordagem por camadas também pode ser uma boa opção. De forma resumida, o sistema por camadas combina o tipo de demanda com os pontos de acesso correspondentes. Por exemplo, os pontos de acesso tipo Wave 1 poderão ser apropriados para os escritórios administrativos, que têm densidade menor. Já os pontos de acesso Wave 2 são mais adequados para áreas de alta densidade, como auditórios.

Independentemente da situação específica da instituição de ensino, estamos num momento promissor para a questão da conectividade móvel. Com opções melhores de infraestrutura, as instituições de ensino superior devem oferecer a seus alunos e professores uma experiência de conectividade cada vez melhor. Não poder confiar no Wi-Fi é coisa do passado!

Hilmar Becker, Country Manager da Aruba no Brasil.

Tags, , ,

ClickSoftware é líder pela quinta vez no Quadrante Mágico do Gartner

image002-5

A ClickSoftware, líder no fornecimento de soluções de gerenciamento de serviços em campo, anuncia que foi posicionada entre os Líderes do Quadrante Mágico do Gartner 2016 em Gestão de Serviços em Campo. Este é o quinto ano consecutivo que a ClickSoftware é posicionada como líder, com base nos critérios do Gartner, que incluem capacidade de execução e integralidade de visão.

“Serviços em campo são uma importante fonte de diferenciação, pois proporcionam uma experiência superior ao cliente. Acreditamos que nossa posição no Quadrante Mágico deste ano é o resultado de nossa dedicação inabalável à redefinição do engajamento no serviço em campo”, disse Tom Heiser, CEO da ClickSoftware. “Trabalhamos com nossos clientes para construir as soluções mais eficazes e avançadas para enfrentar seus desafios mais difíceis, ao mesmo tempo em que os posicionamos à frente da concorrência e proporcionamos um valor mensurável para os seus próprios clientes”.

A ClickSoftware está comprometida em ser a empresa de gerenciamento de serviços em campo mais inovadora do setor, oferecendo soluções e experiências que aceleram o retorno de investimento dos clientes, além de suporte in loco para todas as organizações de serviços, de todos os portes. Em dezembro de 2015, a empresa lançou o Click Field Service Edge, uma plataforma de gerenciamento de força de trabalho em campo, baseada na nuvem, projetada para atender às necessidades dos maiores e mais exigentes prestadores de serviços em campo.

Para ter acesso ao relatório completo do quadrante mágico do Gartner para a Gestão de Serviço em Campo de 2016, visite: http://www.clicksoftware.com/gartner-magic-quadrant-field-service-campaign-2016

Tags, , ,

Peixe Urbano fatura prêmio de melhor E-commerce Local no Prêmio ReclameAqui

O Peixe Urbano, maior plataforma de ofertas locais do Brasil, conquista pela quarta vez o Prêmio Época ReclameAqui, concedido às melhores empresas para o consumidor. Passaram pela avaliação do ReclameAqui e pelos critérios do Regulamento do Prêmio mais de 120 mil empresas cadastradas no site. A etapa final contou com a participação de 600 empresas, que elegeram suas preferidas em 85 categorias.

Eleita pela quarta vez a melhor empresa para o consumidor na categoria “E-Commerce Local”, o Peixe Urbano conta com 100% de reclamações atendidas e índice de resolução superior aos 87% no site ReclameAqui durante os últimos 6 meses. Esse resultado confere à empresa a avaliação de “Ótima” junto ao maior site brasileiro de relacionamento entre as empresas e seus clientes.

“Para nós, vencer o prêmio pela quarta vez como a melhor empresa para nossos usuários na categoria “E-commerce Local” nos dá muito orgulho, pois a satisfação de nossos clientes é uma das nossas principais missões e esse esforço é fruto de muito trabalho e de uma grande preocupação do Peixe Urbano ao longo de todos esses anos”, diz Ana Paula Cohen, Gerente de Relacionamento do Peixe Urbano.

Criado em 2011, o ReclameAqui conta com mais 15 milhões de usuários e mais de 120 mil empresas cadastradas e se tornou referência na avaliação do atendimento ao consumidor do Brasil. Diariamente, mais de 600 mil pessoas acessam o site do ReclameAqui para pesquisar a reputação de empresas e de serviços públicos, criando um grande ecossistema de avaliação dos atendimentos aos consumidores nos mais diversos setores da economia.

Tags, , , , ,

Estádio nos EUA ganha conexão wi-fi de última geração que permite conectar até 75 mil torcedores simultaneamente

A Aruba, empresa da Hewlett Packard Enterprise (NYSE: HPE), anuncia que o time de futebol americano Carolina Panthers instalou uma nova rede wi-fi gigabit da Aruba, com capacidade para fornecer a até 75 mil torcedores (capacidade do estádio) uma experiência aprimorada de conexão e modernizar as operações dos estabelecimentos comerciais que trabalham no local.

Como os torcedores trazem cada vez mais dispositivos móveis para o Bank of America Stadium, localizado na Carolina do Norte (EUA), a organização do Panthers reconheceu que sua rede precisava ser renovada. “Nossa estrutura anterior não atendia às necessidades dos torcedores nem aos nossos requisitos de densidade”, explica James Hammond, Diretor de TI do Carolina Panthers. “Sabemos que a experiência no estádio deve ir além da comodidade de assistir aos jogos em casa para que os torcedores continuem vindo aos jogos. Estava claro que precisávamos de uma modernização na infraestrutura para fornecer o tipo de experiência de conexão no estádio que os torcedores esperam.”

Hammond observou que havia vendedores no estádio que usavam a rede e eles também precisavam de maior cobertura da rede wi-fi e maior largura de banda. Seguindo o seu lema “Comprometidos com a excelência”, os Panthers desenvolveram um plano de modernização de três fases. A primeira etapa foi concluída fora da época dos jogos, quando os Panthers reconstruíram seu sistema DAS para fornecer uma cobertura melhor para celulares no estádio.

A segunda parte foi a modernização da rede wi-fi, quando os Panthers avaliaram soluções das empresas Ruckus, Cisco e Extreme antes de escolherem a solução da Aruba. Trabalhando com seu parceiro AmpThink na instalação da solução, os Panthers colocaram mais de 1.220 pontos de acesso Aruba 802.11ac em uma instalação sob os assentos testada em estádios, além dos Controladores de Mobilidade Aruba.

Eles também adotaram o gerenciamento de rede AirWave para otimizar o desempenho da rede e rapidamente resolver problemas de conectividade, além do ClearPass Policy Manager, para autenticação segura e provisionamento automatizado dos dispositivos móveis. O ClearPass fornece a conformidade PCI exigida pelos vendedores que operam no estádio e seus vários dispositivos móveis de PoS e IoT.

Os três primeiros jogos em casa desta temporada já mostraram os benefícios da plataforma Mobile First da Aruba. Mais de 20.000 usuários/dispositivos únicos por jogo se conectam à rede, com o tráfego atingindo o pico de mais de 3 Gbps, com capacidade adicional para ultrapassar 20 Gbps.

Com a nova rede instalada, os Panthers podem atender às crescentes demandas dos seus torcedores, fornecer rede wi-fi segura e confiável aos vendedores que trabalham no estádio e ter a base necessária para seguir para a terceira fase do plano de modernização da rede.

Os Panthers atualizarão seu aplicativo móvel com novos recursos, com a adoção da solução de engajamento móvel da Aruba com beacons Aruba para fornecer serviços no estádio e criar novas oportunidades de geração de receita. Com os beacons instalados, o aplicativo móvel enviará notificações de proximidade para localizar rapidamente a lanchonete e os banheiros mais próximos, além de outros serviços do estádio.

Para saber mais sobre as melhoras práticas em ambientes de alta densidade, como o Bank of America Stadium, faça o download do guia Aruba Very High Density Validated Reference Design.

Tags, , , ,

Inscrições para obter o selo Black Friday Legal 2016 terminam no próximo dia 18

Terminam dia 18 de novembro as inscrições para o Black Friday Legal 2016, programa da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) criado para dar credibilidade à Black Friday e às lojas participantes e contribuir para a criação de um ambiente de confiança no comércio eletrônico durante o período promocional.

Para participar, a loja deve:

– Associar-se ao Movimento e-MPE, iniciativa criada pela camara-e.net para reduzir a mortalidade dos pequenos negócios do comércio eletrônico, por meio da difusão de conhecimento estratégico sobre o setor e da promoção de benefícios

– Inscrever-se no site da campanha: http://blackfridaylegal2016.com.br/registro

– Aceitar o Termo e Condição de Uso do Black Friday Legal

– Passar na análise cadastral que a equipe da camara-e.net faz

A análise cadastral avalia, entre outros itens, a situação da empresa junto à Receita Federal e o cumprimento do Decreto do Comércio Eletrônico, que estabelece que o site deve informar, em local visível, CNPJ, razão social e formas de contato físico e eletrônico (endereço completo e meios de contato, como telefone, e-mail, chat ou SAC). A equipe da camara-e.net também verifica se a empresa está citada pelo Procon na lista de lojas a serem evitadas.

Tags, , ,

Cabify concede amanhã FreeDay para novos usuários em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte

source

A Cabify (www.cabify.com), empresa espanhola que oferece soluções inteligentes de mobilidade urbana, promove uma ação de FreeDay, quando as corridas são gratuitas até um determinado valor, para todos os novos usuários ou usuários que nunca inseriram um voucher no aplicativo, no dia 9 de novembro. A campanha marca o início de ativações em algumas das cidades de atuação da plataforma: São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, como meio de incentivar que as pessoas conheçam e adotem uma nova forma de se deslocar nas cidades. Para ter acesso a essa promoção, basta que a pessoa baixe o aplicativo, tanto no Google Play quanto na Apple Store, insira dados de cadastro e pagamento e, na área de promoções, use o código SOUCABIFY, válido das 6h às 22h, com desconto máximo de até R$20, em até 3 viagens. Na quinta-feira, dia 10 de novembro, todos os usuários poderão utilizar o código SOUDESCOBERTA, que oferecerá até cinco viagens com 25% de desconto, até R$20 – válida de 10 a 14 de novembro, às 22h. “Nosso intuito como negócio é incentivar a forma como as pessoas lidam com a mobilidade urbana, fazendo com que elas percebam que o uso combinado de modais, como transporte público, aplicativo de motorista particular, bicicleta, entre outros, é uma forma muito mais efetiva e inteligente de se deslocar pela cidade”, afirma Daniel Bedoya, diretor Geral da Cabify no Brasil.

É a primeira campanha mais robusta do ponto de vista de ações conjuntas, nacionais e por um longo período que tem como objetivo de incentivar as pessoas a experimentarem não só o serviço em si, mas sim a explorarem e conhecerem melhor suas cidades. Com o mote “Somos um canal de descoberta, somos uma fonte de experiências, somos um lugar de novidades… somos parte de sua vida, SOMOS VOCÊ!” a campanha está em consonância com DNA da Cabify no mundo ao incentivar uma nova forma de mobilidade urbana. “Temos grande orgulho do que construímos até agora aqui no Brasil, o mercado com um dos maiores potenciais de crescimento na América Latina, tanto que acreditamos dobrar nossa operação em um mês de ações como estas” completa o executivo.

Tags, , , , , ,

iPhone 7 pode custar até 12% mais barato na pré-venda

Comprar o novo iPhone 7 durante a pré-venda pode ser um bom negócio para os consumidores. O preço oficial de lançamento do novo smartphone da Apple varia de R$ 3.499,00, para o modelo com 32 GB, até R$ 4.899,00, preço do iPhone 7 plus de 256 GB. Mas, apesar do valor fixado na tabela de lançamento, é possível conseguir economizar até 12% na compra antecipada do aparelho.

Para ajudar os “applemaniacos” a economizar na hora da compra, o Cuponomia, site de cupons de descontos online, reuniu as principais ofertas da pré-venda do iPhone 7 com descontos para pagamento à vista. Confira!

Desconto de 12%

A Saraiva oferece desconto de 12% para compras realizadas com o Cartão Saraiva e pagamento à vista. Os usuários do cartão também conseguem parcelar a compra em até 12 vezes, sem juros. Confira aqui

A loja do Walmart também deu início à pré-venda do Iphone 7 e oferece 12% de desconto para pagamento à vista no boleto. O modelo de 32 GB sai a partir de 3.079,12 no site da oferta. Há poucos modelos disponíveis para a pré-venda no site.

Desconto de 10%

No Submarino é possível adquirir o iPhone 7 com 10% de desconto no pagamento à vista, no boleto ou cartão. O modelo com 32 GB de R$ 3.499,00 sai por R$ R$ 3.149,10. Confira aqui.

O Pontofrio oferece frete grátis para a entrega do iPhone 7 nas principais capitais brasileiras e 10% de desconto para pagamento à vista de qualquer modelo do site. Confira aqui.

A Fast Shop também oferece um desconto especial para pagamento à vista do aparelho no Fast Club Cuponomia. O modelo com 32 GB de R$ 3.499,00 (preço de tabela) cai para R$ 3.111,99.

A pré-venda do iPhone 7 vai até o dia 11 de novembro, data do lançamento oficial do smartphone da Apple no Brasil.

*Os produtos estão sujeitos à disponibilidade do estoque nas lojas e os preços podem ser alterados sem o aviso prévio dos anunciantes.

Tags, ,

Distribuidores de energia defendem mudanças profundas para retomada do crescimento

Seminário debate o setor de distribuição de energia. Foto: Roberto Gilliard

Seminário debate o setor de distribuição de energia. Foto: Roberto Gilliard

Interessadas em serem participantes ativas do processo de retomada do crescimento econômico, as concessionárias brasileiras de distribuição de energia defendem uma mudança profunda no setor, voltada para recuperar a capacidade de investimento e de um ambiente de negócios com segurança jurídica. Com a mudança na agenda econômica, focada atualmente em cortar os gastos excessivos da máquina estatal e resgatar espaço para os investidores, as distribuidoras esperam do atual governo federal sinais claros para a tomar decisões que possam impactar na recuperação do crescimento no país.

“O setor de distribuição vai passar por grandes mudanças, com atuação descentralizada e inteligente. As empresas precisam se preparar para isso e ter saúde financeira para investir. Temos que ter um ambiente que permita a sustentabilidade do negócio. É preciso um ambiente regulatório sintonizado com os novos tempos, mais estável e sustentável”, afirmou o executivo Nelson Fonseca Leite, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE), entidade organizadora da 22ª. Edição do SENDI (Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica). Considerado o principal evento do setor na América Latina, o Seminário está sendo realizado este ano no Paraná, no Expotrade de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O setor de energia passa por dificuldades desde 2013, quando uma série de fatores, como a seca, crise econômica e uma política fracassada de subsídio no preço da tarifa resultaram em endividamento das distribuidoras de energia e tarifa alta para o consumidor. Os distribuidores pedem incentivos à modernização e expansão de rede, marco regulatório claro para atuar e maior autonomia e participação do setor para a tomada de decisões envolvendo a cadeia energética.

As distribuidoras de energia estão com uma dívida líquida acumulada de R$ 3,8 bilhões, resultado da crise que o setor vem enfrentando desde 2014, quando o governo federal cortou subsídios (por falta de condições de mantê-los diante da crise econômica) que ajudavam a compor a tarifa final paga pelo consumidor. Resultado: os reajustes de energia em 2015 ficaram entre 5% a 28%, dependendo da região do país. O ministro das Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, afirmou no Seminário que, em quase seis meses de gestão, conseguiu desencadear uma série de ações que vão resultar numa maior segurança na tomada de decisões, com reflexos positivos para o setor. A ação principal foi resgatar o papel que cada órgão governamental desempenha na adoção das políticas públicas para o setor.

“Havia um emaranhado grande nos papéis dos órgãos de governo e suas atribuições. Era uma disputa de espaço onde se confundia o que era papel do governo, da agência reguladora e de outros setores envolvidos da área de geração, transmissão e distribuição. Procuramos estabelecer uma nova dinâmica de relacionamento. Parece apenas palavrório, mas para quem investe no setor elétrico, este ambiente de harmonia gera tranquilidade na tomada de decisões”, afirmou o ministro. O presidente da ANEEL, Romeu Ruffino, concordou com pontos de vista apresentados pelos representantes do setor de distribuição. Segundo ele, como o mercado tem características de receber investimentos de longa duração, os temas expostos para melhorar o setor são temas constantes de debates em todas as instâncias de governo e na própria agência reguladora. Ruffino espera que a atualização do marco regulatório das agências por parte do Congresso resulte em uma autonomia de atuação dos órgãos fiscalizadores como a ANEEL, responsável pelo monitoramento das ações de toda a cadeia energética.

A presidente do Grupo Neoenergia, Solange Ribeiro, declarou ter ficado muito otimista diante das manifestações expostas no debate pelos três convidados. Para ela, as declarações das autoridades mostram que há um compromisso claro de mudanças para garantir a normalização de um ambiente de negócios que é vital para a recuperação econômica do país. Promovido pela ABRADEE, com a coordenação da Copel, o XXII SENDI (Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica) acontece até 10 de novembro.

Tags, , , , , , ,

Hive lança game Pooks em parceria com a Oktagon no Brasil e nos Estados Unidos

unnamed-76

Existem formatos de games que sempre farão sucesso. Os de estilo puzzle, os famosos quebra-cabeças, estão entre os preferidos da maioria dos jogadores. Pooks 2048: Uma Escola de Magia, idealizado pela Hive Marketing Technology e desenvolvido pela Oktagon foi lançado há dois meses e comprova essa preferência ao atingir mais de 120 mil novos usuários ativos por mês.

Em Pooks, o jogador encontra um cenário diferente da maioria dos demais jogos do gênero. Nele, é possível viajar por um mundo mágico, bem parecido com os dos contos de fada, permitindo pessoas brincarem de alquimistas no quebra-cabeças. São diferentes fases, com diversos obstáculos e desafios crescentes, ganha quem combinar mais porções, sendo possível ainda realizar tarefas como ativar runas e completar livros cheios de magia.

“Pooks é uma releitura de um tradicional sucesso do mundo dos games. Ele combina a progressão de fases, muito bem aceita entre os jogadores, com tema rico e cativante. Os mecanismos são fáceis e intuitivos de manipular por quaisquer perfis de jogadores. Outro ponto interessante é que as dificuldades do jogo são graduais, fazendo com que o público descubra as diversas formas de jogar”, explica Mitikazu Lisboa, CEO da Hive.

O game está disponível apenas para download no Android e segue o modelo free-to-play, podendo ser baixado e jogado sem nenhum tipo de cobrança. Pooks já foi baixado por mais de 200 mil pessoas no Brasil e nos Estados Unidos. Entre os próximos passos para o jogo estão o lançamento de novas fases e da versão competitiva multiplayer.

Tags, , ,

Por desconto agressivo, consumidor pode pagar à vista na Black Friday, diz pesquisa Mercado Livre

Além de apontar que a sua maior preferência é o preço baixo, o consumidor brasileiro afirma que pode até pagar à vista na Black Friday deste ano se receber um desconto extra para isso (cupons de desconto, por exemplo). É o que indica pesquisa feita pela Bonus Quest a pedido do Mercado Livre com 1115 consumidores que realizaram compras na Black Friday do ano passado. Comparando a opção de pagamento à vista com desconto com a de parcelamento, a preferência pela primeira opção é de 64% contra 36%.

No ano passado, metade dos respondentes (52%) fez compras em um único site durante a promoção; a outra metade (48%) comprou em dois ou mais sites, ou seja, pesquisou antes de finalizar a compra. Os itens mais comprados no ano passado foram celulares e telefones (33%); itens de Informática (22%); e de Moda e Eletrodomésticos (19%); seguidos por equipamentos de áudio e vídeo (14%). O gasto médio na promoção foi de R$ 611, tendo o cartão de crédito como o principal meio de pagamento (72% finalizaram suas compras por este meio). Os outros 23% preferiram pagar via boleto bancário.

“Os resultados comprovam que o consumidor está mais consciente e exigente. O brasileiro entende a importância de comparar os preços em diversas lojas online e está se preparando para um possível pagamento à vista caso a promoção seja agressiva, escapando do endividamento”, afirma Leandro Soares, diretor de Marketplace do Mercado Livre.

Tags, , , ,

FH está entre as melhores companhias na área de gestão tributária, tributos diretos e indiretos

A FH, empresa de tecnologia especializada em processos de negócios e software, foi finalista em três categorias do Prêmio CONFEB 2016, conquistando a 3ª posição nas categorias Sistema de Gestão Tributária e Tributos Diretos e a 2ª colocação na categoria Sistema de Tributos Indiretos. “Ao ocupar o ranking em três categorias, a FH comprova a sua expertise e eficiência em atender as demandas do Fisco e diretrizes do SPED, utilizando as melhores práticas tecnológicas do mundo SAP. Esse é apenas um dos reflexos que o Compliance Contábil Fiscal pode promover nas organizações”, afirma o Gerente da Unidade GUEPARDO, Sérgio Oliveira.

Em relação ao diferencial das soluções e produtos desenvolvidos pela FH, Oliveira completa: “esse reconhecimento demonstra não só a abrangência dos produtos e serviços oferecidos pela companhia na área fiscal, mas também o quão completas são as nossas soluções, uma vez que disputamos com empresas que possuem foco específico em segmentos como tributos diretos, indiretos ou gestão de obrigações. Só com um alto nível de investimento em produtos, serviços e capacitação, é possível se manter competitivo no mercado, garantindo aos clientes uma solução completa e integrada em todas as frentes fiscais e tributárias”.

Considerando produtos, serviços, manutenção, outsourcing e consultoria tributária, em 2015 a área fiscal/tributária da FH representou 35% do faturamento da companhia.

Em sua 1ª edição, o Prêmio CONFEB, realizado no dia 26 de outubro, teve como objetivo reconhecer e valorizar os melhores profissionais, projetos e fornecedores do mercado na área tributária do Brasil. O CONFEB é a maior escola de negócios focada na área fiscal, contábil e tributária do país.

GUEPARDO potencializa a entrega das obrigações fiscais

O GUEPARDO é a primeira solução fiscal brasileira a ser certificada pela SAP, e, em conjunto com o TDF, potencializa a entrega das obrigações fiscais. Segundo Oliveira, conforme o número de obrigações aumenta, a Solução Fiscal GUEPARDO evolui ao proporcionar mais agilidade e segurança nas entregas feitas ao Fisco. “O mercado tributário é dinâmico e as penalidades são tão severas que, em alguns casos, pode resultar na falência da empresa. Por isso, nossa expertise tributária e tecnológica oferece aos nossos clientes o que há de mais inovador no mundo SAP”, diz o gerente.

Com o software, é possível ter uma visão detalhada das entregas dos tributos, com processos homogêneos, sem dados duplicados e com consistência nas informações. Ele também preserva a memória de cálculo dos arquivos entregues ao Fisco, o que contribui com a estabilidade dos dados.

Tags, , , , , , , ,

TruckPad é vencedor do Prêmio Frotas e Fretes verdes

O TruckPad, aplicativo que conecta o caminhoneiro à carga, é um dos ganhadores do Prêmio Frotas e Fretes Verdes. No dia 23 de novembro, serão premiados os profissionais e empresas com as melhores iniciativas sustentáveis e inovadoras para o segmento de transporte e logística no Brasil em 2016.

Realizado pelo Instituto Besc de Humanidades e Cidadania, o prêmio é dividido em quatro categorias, sendo: Comunicador Social, Executivo Destaque, Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto e Pesquisador Individual, com a finalidade de destacar e reconhecer as empresas e pessoas que atuam em benefício do setor de transporte e logística no país. O Carlos Alberto Mira, CEO e fundador do TruckPad, foi indicado na categoria Executivo Destaque.

“É muito gratificante ser o vencedor de um dos prêmios mais importantes para o segmento de logística no Brasil. O TruckPad está em constante evolução para oferecer as melhores experiências ao caminhoneiro e ser considerado uma empresa inovadora e que consegue trazer resultados práticos para um meio ambiente melhor só prova que estamos no caminho certo”, comenta Carlos Mira, CEO do TruckPad.

A votação foi encerrada no dia 30 de outubro com mais de mil votos. A premiação será realizada no dia 23/11 às 9h no Hotel Intercontinental, São Paulo.

V Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes

Para mais informações e inscrições: http://www.frotasefretesverdes.com.br
Data: 23 e 24 de novembro de 2016

Local: Hotel Intercontinental, Alameda Santos nº 1.123, Jardim Paulista, São Paulo-SP.

Tags, , , , , ,

Bancos Conectados: o futuro das instituições financeiras – Por Ricardo Munhoz

Muitos bancos já utilizam ou experimentam tecnologias inteligentes, oferecendo serviços cada vez mais exclusivos, rápidos e eficientes. Montar uma estratégia digital faz com que o banco torne-se cada vez mais competitivo no mercado diante dos seus concorrentes, além de fidelizar as novas gerações e acompanhar o processo de transição dos que não estão acostumados com o universo digital.

A criação de um Banco Conectado, que segue ganhando força nos mercados pela proposta de integrar todas as áreas, deve sempre começar pela estratégia prioritária, seja ela a receita, uma redução de custos ou uma inovação imprescindível ao mercado. Abaixo, listei seis pontos de partida que podem ajudar a iniciar rapidamente a jornada das instituições financeiras para o modelo operacional de Banco Conectado:

Relações melhores e mais proveitosas

Integrar os clientes de modo a aprimorar a lucratividade e encorajar a lealdade com ofertas abrangentes, definição de preços em tempo real e produtos dinâmicos.

Melhor experiência do cliente

Engajar os clientes por meio de interações personalizadas da próxima geração e permitir que gerenciem seus assuntos financeiros como quiserem.

Aumento da eficiência dos processos

Criar com rapidez a melhor relação custo/benefício, permitindo inovação em escala industrial, novas plataformas e operações baseadas em indicadores de desempenho.

Adoção de novas tecnologias

Reduzir o custo de TI com tecnologia sob demanda, agilizando a comercialização de novos produtos e utilizando melhor a lógica analítica de Big Data.

Entrada de novos parceiros

Incorporar serviços bancários em bens de consumo e integrar ofertas com varejistas, empresas automotivas ou fornecedores.

Foco na segurança cibernética

Investir em sistemas de segurança que permitam aumentar a confiabilidade e liberdade dos clientes, evitando situações de fraudes e que coloquem em risco os dados dos consumidores.

Estes são apenas exemplos de pontos de partida potenciais para a jornada de transformação de um banco. O que está claro é que ficar parado não é mais uma opção. Não há encruzilhadas nem direções alternativas a considerar.

Escolhendo o ponto de partida com base nas prioridades, é possível edificar uma instituição bancária de sucesso sobre um ecossistema de parceiros e clientes altamente rentável. O objetivo deve ser o mesmo dos grandes bancos: ter um modelo de negócios voltados para o cliente, colocando o banco na liderança em termos de envolvimento, rentabilidade, competitividade e eficiência.

É essencial saber por onde começar e o Banco Conectado oferece o vínculo decisivo, proporcionando a transformação operacional necessária para isso. Essa mudança tem tudo a ver com o lugar que a organização quer ocupar no mercado. Está relacionada, ainda, à manutenção da posição de relevância por meio da escolha de tecnologias que alinhem o banco a seus clientes e parceiros e à regulamentação. Também impacta no modo de se diferenciar no aspecto digital – escolhendo o papel que deve representar e como a marca será conhecida em uma era voltada para o cliente.

Ricardo Munhoz, diretor de Mercados da Atos América do Sul

Tags, , , ,