Page admin, Autor em Valor Agregado - Página 601 de 15491

Author admin

Contratação temporária teve aumento de 17% em 2021 em comparação ao ano anterior

De acordo com os dados da Employer, no total, foram registradas mais de 2,4 milhões de admissões temporárias no ano passado, frente a mais de 2 milhões em 2020

As contratações temporárias apresentaram expansão em 2021 na comparação com o ano anterior. No total, foram registradas mais de 2,4 milhões de admissões temporárias no ano passado, frente a mais de 2 milhões em 2020. Um aumento de cerca de 17%. Os números foram divulgados pela Employer, uma das maiores empresas de RH do país.

Essa modalidade de contratação se tornou um caminho natural para que muitas pessoas deixem o desemprego e retornem ao mercado de trabalho. Vale ressaltar que são muitas as vagas que oferecem oportunidade de efetivação, além disso, é uma alternativa benéfica que favorece tanto empresas quanto trabalhadores.

A mudança repentina na convivência presencial causada pela pandemia e a instabilidade econômica durante todo o período, fez com que muitas empresas reduzissem o quadro de colaboradores efetivos, trazendo insegurança na gestão do quadro de trabalhadores e de toda cadeia produtiva. Devido a esse panorama e às mudanças de hábitos dos consumidores, as contratações temporárias foram à saída inteligente para as empresas manterem a competitividade em momentos de maior demanda. Além da flexibilidade na gestão das equipes com segurança jurídica, otimização de recursos financeiros e garantia aos direitos dos trabalhadores.

Para a Páscoa, por exemplo, há expectativa é que ocorram mais de 14 mil contratações temporárias, segundo a Associação Brasileira do Trabalho Temporário — ASSERTTEM. A segurança jurídica e a velocidade da contratação de temporários favorecem as empresas, em momentos de datas comemorativas, como dia das mães, namorados, Black Friday, Natal, entre outros, pois a modalidade de contratação é uma alternativa para a retomada de movimentação presencial no comércio e no aquecimento da produção em períodos específicos do ano.

“As empresas e candidatos perceberam que essa é uma forma de contratação que dá certo. Por isso, espera-se que o total de vagas também cresça ao longo de 2022, assim como o índice de efetivação. Principalmente, pelo retorno gradual das pessoas às ruas, o que se reverte em mais movimento no comércio, lazer e turismo, um maior aquecimento da economia”, explica a diretora de serviços da Employer RH, Vânia Montenegro.

Direitos assegurados por lei

Ao ingressar em uma empresa como temporário, o trabalhador tem os seus direitos assegurados por lei, como pagamento de horas extras, descanso semanal remunerado, 13º salário e férias proporcionais ao período trabalhado, além de anotação em carteira. Ele recebe 8% dos seus proventos a título de FGTS e o período como temporário conta como contribuição para a aposentadoria.

“O temporário tem os seus benefícios garantido por lei. É, porém, uma forma mais rápida de contratação e supre as demandas emergenciais das organizações. Depois do encerramento do contrato, o trabalhador ainda tem a oportunidade de ser efetivado, caso tenha cumprido bem as suas atividades”, ressalta Vânia.

De acordo com a legislação, o trabalhador temporário pode ser contratado por até 180 dias, com possibilidade de prorrogação por até mais 90 dias. A efetivação pode acontecer a qualquer momento desse período.