Page

Author admin

Nasdaq BWise reúne executivos para discutir as tendências da Governança, Risco e Compliance (GRC)

Riscos financeiros, reputacionais e operacionais são alguns dos desafios que os executivos precisam gerir com precisão e tempestividade nas empresas, em especial os riscos de conformidade em que há grande necessidade de cumprimento de uma série de normas e regulamentações. Neste cenário, o modelo de atuação das iniciativas de Governança, Risco e Compliance tem se tornado cada vez mais central na busca por maior segurança sobre o atingimento dos objetivos organizacionais.

Para discutir os novas tendências do setor, a Nasdaq BWise – líder mundial em tecnologia para GRC – promove no dia 10 de abril o Summit “GRC Estratégico: Uma visão além da conformidade”, que contará com a presença de Howard Zev, Vice-presidente da companhia para as Américas.

Durante o evento, Howard dará sua visão sobre o futuro do GRC. Além dele, também estarão presentes líderes de diversos setores, incluindo B3, Porto Seguro, BNP Paribas Cardif, Banco Votorantim e M. Dias Branco, que terão seus casos de sucesso compartilhados.

“Atualmente, para que haja efetividade na gestão de Governança, Risco e Compliance é imprescindível contar com uma tecnologia inteligente para auxiliar as áreas de negócio na identificação dos riscos relevantes das organizações. Por isso, buscando evolução neste tema, queremos discutir sobre os desafios, trocar experiências e refletir sobre as inovações em Risk Analytics, Machine Learning e Inteligência Artificial”, diz Claudinei Elias, Managing Director da Nasdaq BWise no Brasil.

O Summit abordará temas de relevância para o mercado, tais como: casos de sucesso, modelos estruturais e as inovações do GRC Cognitivo, o uso de Data Analytics, sistemas regulatórios, compliance, cibersecurity, além de um painel especial com executivos globais para discutir inovações no setor.

Summit Nasdaq BWise

Data: 10/04/2018

Local: Casa Traffô – Rua Gomes de Carvalho, 560, São Paulo

Horário: 09h às 18h

Tags, , , , , , , , ,

Pitch Gov: ABStartups e Governo de São Paulo lançam manual para ajudar estados e prefeituras a implantar programa de parceria com startups

Na tarde desta terça-feira (03/04), a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) e o Governo do Estado de São Paulo lançaram um manual para auxiliar órgãos públicos do país a implantar o programa de parcerias com startups.

O anúncio foi feito pelo próprio Governador Geraldo Alckmin no Palácio dos Campos Elíseos, região central da cidade de São Paulo, durante a cerimônia de início das atividades do Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa, do Sebrae-SP.

O Pitch Gov é um programa de parcerias entre governo do Estado e startups para desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras para os desafios da gestão pública. O apoio da ABStartups ao Governo do Estado de São Paulo a surgiu em 2015, e hoje o programa já conta com duas edições de sucesso, com mais de 500 soluções inscritas e resultados com impacto direto na vida da população. O Poupinha, robô de atendimento virtual do Poupatempo que foi desenvolvido no âmbito do programa, já atende, em média, 18 mil pessoas por dia e já trocou cerca de 100 milhões de mensagens com os cidadãos. A novidade, agora, é que agentes públicos de todo o país poderão replicar a iniciativa de São Paulo, tendo a disposição documentos e ferramentas para executar um programa do tipo.

Para saber mais sobre o Pitch Gov – primeiro projeto desse tipo a ser criado no Brasil e um dos primeiros no mundo – clique aqui.

A cartilha explica todos os procedimentos necessários para criar um programa como o Pitch Gov SP. A partir de agora, qualquer gestor público que tiver interesse em desenvolver um projeto semelhante, terá acesso a um passo a passo detalhado de como implementá-lo. O manual reúne, por exemplo, modelos de documentos, fluxo de ação, plano de trabalho, legislação pertinente, dicas para a seleção de startups, entre outros pontos.

Para o diretor superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, além de difundir conhecimento, a cartilha é uma ótima oportunidade para outros órgãos públicos aproveitarem a experiência de São Paulo e iniciarem seus programas.

De acordo com o presidente da ABStartups, Amure Pinho o lançamento do manual possibilita gerar um impacto que seja escalável a nível nacional, que é uma das missões da associação. “Um ecossistema maduro tem como base a colaboração e a visão de longo prazo de todos. Faz parte da cultura das startups compartilhar os aprendizados, mas ver essa atitude do governo é incrível. O governo de São Paulo foi pioneiro em acreditar no impacto transformador das startups na sociedade e novamente, mostra um exemplo a ser seguido”, afirma.

Vale ressaltar que existem regras mínimas para que o programa possa usar o nome e a marca “Pitch Gov”, como:

• Possuir um edital de chamamento público que defina, claramente, critérios de avaliação e seleção, assim como os prazos de realização do programa;

• Estar em contato com a organização ou o líder do ecossistema empreendedor local;

• Contar com, ao menos, um parceiro de execução que possa trazer conhecimento sobre o ecossistema empreendedor e auxiliar no desenho e execução do programa.

>> O manual já está disponível para download. Para baixar,clique aqui.

Shopping JK Iguatemi cria vitrine interativa

Convidativo e integrado com a cidade de São Paulo, o Shopping JK Iguatemi lança a ação “Como você está hoje?”.

A partir do dia 4 de abril, o público que transitar próximo à vitrine do JK Iguatemi encontrará quatro balões infláveis em formato de emoji que, na medida em que o público passa e toca o sensor, acende fazendo com que as pessoas expressem suas emoções de acordo com o seu humor do dia.

A ideia é promover uma experiência interativa e sensorial para o público, de forma divertida. Faz parte do DNA do JK Iguatemi ser inspirador e promover experiências diferentes e inéditas para toda a família.

A vitrine ficará exposta até o dia 15 de abril.

How are you feeling today? – Vitrine Interativa

De 04/04/18 a 15/04/2018

Shopping JK Iguatemi

Avenida Presidente Juscelino Kubitchek, 2041 – Itaim Bibi, São Paulo

Tags, , , , , , , ,

Fintech promove empréstimos coletivos mais vantajosos que bancos

Democratizar e tornar mais justas as taxas de investimento e financiamento no mercado brasileiro: esse é o propósito da Kavod Lending, fintech de empréstimos coletivos (peer-to-peer lending). Seu diferencial, especialmente frente aos financiamentos bancários tradicionais, é oferecer taxas mais justas, informações confiáveis e garantias reais aos investidores.

Pela Kavod, qualquer pessoa física ou jurídica pode financiar diretamente pequenas e médias empresas que buscam capital para expandir seus negócios, gerir capital de giro ou trocar uma dívida mais cara por outra mais barata, por exemplo. “Não trabalhamos com empresas que estejam com problemas financeiros”, esclarece Fábio Neufeld, CEO e cofundador da Kavod Lending. “Para viabilizar o negócio, fazemos uma análise técnica de crédito das empresas: olhamos balanço, faturamento, endividamento, principais clientes e fornecedores, etc.”.

Na campanha online são disponibilizadas informações imprescindíveis para os investidores, como de que forma a empresa usará os recursos, seu saldo em caixa e em aplicações financeiras, por exemplo. Além disso, é dado acesso a um Relatório de Risco do Serasa, considerado um dos mais imparciais no ramo e referência no mercado. O retorno do investimento é em taxas pré-fixadas a partir de 1,10% ao mês.

Outro diferencial é que a Kavod Lending inclui garantias reais em 100% em suas operações. Essas garantias são dadas pelas empresas, que podem ser recebíveis de cartão de crédito, veículos ou imóveis – conforme a disponibilidade e nível de risco da empresa que busca o aporte. “Por isso o risco é mitigado em relação a outras plataformas do mercado. A rentabilidade é mais do que o dobro do que a oferecida pelos bancos, mas o investimento não é duas vezes mais arriscado”, explica Renato Douek, CMO e fundador.

Caso a empresa não pague o empréstimo, a Kavod Lending faz a cobrança em nome dos investidores e não cobra taxas extras por esse serviço. “Esse é nosso compromisso, pois o negócio deve ser bom para todos: a empresa tem que pagar menos pelo empréstimo e o investidor, ganhar mais com o aporte, evitando o prejuízo”, afirma Fábio.

Para as empresas, o negócio é mais vantajoso com a Kavod do que com bancos e corretoras tradicionais. O custo do financiamento é a partir de 1,1% ao mês e o prazo para pagamento é de até 24 meses. Toda a operação é aprovada, conforme as regras de crédito vigentes, tanto pela Kavod, quanto pela instituição financeira que formaliza a operação.

A fintech foi fundada em outubro de 2016 e selecionada pelo programa Startup Farm Ahead Visa de aceleração. Recebeu aporte de um investidor-anjo (CEO de um banco médio) e lançou sua primeira operação em agosto de 2017. Atuando com grande foco em franquias, já transacionou mais de R$ 2,5 milhões até hoje.

“Considerarmos que, com franquias, o risco é mais baixo para o investidor, já que o negócio é validado e estruturado pela franqueadora, cabendo ao franqueado, entre outras responsabilidades, ser um bom operador. Já realizamos captação de empréstimos coletivos para unidades da Subway, KFC, Sterna Café, Bar do Alemão e também para a FAPPES – Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior”, relata Fábio.

Tags, , , , , , , , ,

DRONESHOW: veja as novidades da 4ª edição

Segundo a consultoria PwC, o mercado global de drones pode chegar a 127 bilhões de dólares. Para chegar a este valor, a PwC usou como base de cálculo o valor dos serviços demandados pelas empresas e órgãos públicos que poderão ser substituídos, em um futuro muito próximo, pela tecnologia dos drones. Fomentando ainda mais esse mercado no Brasil e apresentando grandes novidades do setor, acontece em São Paulo a quarta edição da DroneShow, de 15 a 17 de maio, no Centro de Convenções Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 – Consolação). O evento, que contará em sua programação com seminários, cursos teóricos e práticos, painéis, além de exposição de produtos de última geração, já está com inscrições abertas e podem ser feitas no site www.droneshowla.com, pelo e-mail atendimento@mundogeo.com ou pelo WhatsApp (41) 99919-1357.

Os números de drones no Brasil são promissores. De acordo com mapeamento da DroneShow, existem mais de 700 empresas do setor espalhadas por todo o país. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) já tem registrados, até o início de 2018, mais de 34 mil drones e 1,8 mil empresas. Estimativas é que existam mais de 100 mil drones voando no Brasil, entre usos recreativos e profissionais. Com números tão positivos, a DroneShow, trará grandes novidades e contará com 42 expositores, 70 palestrantes e 30 atividades que devem reunir cerca de 4 mil participantes.

Promovido pela MundoGEO, a DroneShow é um dos maiores eventos de drones do mundo e reúne expositores nacionais e internacionais do segmento, fabricantes, importadores e prestadores de serviço. Em paralelo à feira acontecem cursos, seminários e debates sobre legislação, empreendedorismo, uso de drones na agricultura, inspeção de obras, segurança, filmagens profissionais, topografia e mapeamento. “Os três pilares inseparáveis de conteúdo da DroneShow são qualidade, segurança e rentabilidade. Atendemos no evento toda a cadeia produtiva do setor e os diversos tipos de contratantes de serviços de filmagens, engenharia, meio ambiente, gestão territorial, agronegócios, entre outros. Trata-se de um momento muito rico para o setor”, afirma Emerson Granemann, diretor geral do evento.

Confira alguns destaques da programação deste ano:

– Seminário sobre regulamentação e novos mercados dos drones;

– Curso prático de montagem de drones;

– Curso de agricultura com drones nos níveis básico e avançado;

– Seminário sobre drones para cadastro, mapeamento e topografia;

– Entre muitas outras atividades, como delivery com drones, indústria 4.0, Inteligência Artificial e Smart Cities.

5º Fórum Empresarial de Drones

Em 14 de maio, um dia antes do início da DroneShow, acontece o 5º Fórum Empresarial de Drones. O evento tem por intuito reunir fabricantes, importadores, prestadores de serviços e entidades reguladoras, como a ANAC, DECEA, ANATAL e Ministério da Defesa. Neste ano, o evento girará em torno de discussões sobre formação de pilotos, formulação de preços de serviços e como está o mercado de drones, um ano após a regulamentação no setor.

Alguns temas que serão trabalhados no Fórum:

– Qual é o perfil atualizado da cadeia produtiva do setor de drones no Brasil?

– Avaliação e o que precisa mudar após um ano da regulamentação do setor

– Quais as novidades concretas relacionadas a liberação de missões e do registro de empresas no Ministério da Defesa?

– Validação de dados captados por drones para mapeamento e topografia de precisão

Veja a programação completa da DroneShow em http://www.droneshowla.com/programacao-droneshow-2018/.

Inscrições

As inscrições para o evento já estão abertas. Para participar da DroneShow, basta acessar www.droneshowla.com e escolher os cursos e seminários que deseja. É possível adquirir ingressos somente para os três dias de feira, ou apenas para participação em um seminário, curso ou o 5º Fórum Empresarial de Drones. A compra de qualquer ingresso dá acesso ao espaço da feira.

Mais informações sobre a DroneShow: www.droneshowla.com ou atendimento@mundogeo.com ou (41) 3338-7778

Tags, , , , , , , ,

C&C Casa & Construção lança novo e-commerce e quer ser referência facilitadora do consumidor

Pioneira no comércio digital no segmento de home center no Brasil, a C&C Casa & Construção renova o seu site, apresentando um inovador formato de e-commerce. A proposta é oferecer ao cliente uma melhor experiência, com maior navegabilidade e usabilidade, além de sugerir soluções completas de compra para o usuário. A C&C Casa e Construção se posiciona, neste momento, como uma marca que oferece conteúdo relevante para o consumidor, trazendo informações e soluções que vão além do produto à venda.

A partir de agora, o novo site está no ar com uma exclusiva configuração, que prevê praticidade e eficiência, apoiadas por alta tecnologia e pesquisas com consumidores de comércio eletrônico. As mudanças foram feitas no layout e nas configurações, que tem como objetivo oferecer um site mais responsivo – versões para desktop e mobile, com menos cliques para efetivação da compra, melhor visibilidade dos produtos e, principalmente, maior praticidade na busca pelos itens, com filtros mais dinâmicos e segmentados.

O site oferece a aba C&C Orienta, com conteúdo proprietário e personalizado, com dicas, ideias, tendências e novidades sobre o mundo da construção e decoração, transformando a página em um grande canal de pesquisa e leitura e a possibilidade de compra dos melhores produtos e marcas do mercado. A empresa está investindo massivamente em conteúdo e SEO e quer se tornar referência na procura de soluções para a casa na busca online. Além disso, a marca dedica um espaço generoso para soluções DIY (Do It Yourself), trazendo empoderamento ao consumidor, ou seja, usando a tecnologia a favor da liberdade do usuário, que não depende de terceiros para executar pequenas reformas em casa.

Outro diferencial são os serviços oferecidos pela loja, que também são apresentados de forma automática quando o produto escolhido está diretamente relacionado, como instalação de piso, por exemplo. Também é possível agendar atendimento com vendedor e solicitação de orçamento via site. Este tipo de serviço on demand, personalizado, configura um diferencial entre as plataformas omni channel existentes no segmento.

O novo projeto traz a identidade visual da marca mais moderna e atrativa e investe massivamente em uma melhor categorização dos produtos, o que diminui consideravelmente possíveis erros de pesquisa de produtos no site. O menu suspenso, por exemplo, traz os principais destaques em cada categoria.

A grande novidade do site fica por conta do formato de “compra por ambiente”. Dessa forma, o cliente recebe mais conteúdo informativo e inspiracional para os produtos, podendo clicar diretamente nas fotos ambientadas para efetuar a compra ou obter mais informações sobre os produtos em destaque. E também a “vitrine por departamento”, onde consumidor navega pelos principais departamentos e visualiza os produtos destaques de cada categoria, sem sair da home inicial/principal.

Tags, , , , , , ,

ABES apoia Pesquisa sobre o “Panorama Legal das Startups”

Abrir uma empresa não é fácil. É preciso lembrar, além dos aspectos físicos como uma boa estrutura, os aspectos envolvendo obrigações jurídicas, por exemplo, estas últimas sendo uma das maiores “dores de cabeça” em todo tipo de negócio, incluindo as startups. Por conta disso, a ABES – Associação das Empresas Brasileiras de Software – anuncia o apoio à pesquisa “Panorama Legal das Startups”, do escritório Nogueira, Elias, Laskowski e Matias Advogados (NELM), que deve ouvir empreendedores e investidores, durante todo o mês de abril, e visa mapear as principais preocupações e dificuldades jurídicas que o empreendedor de inovação encontra em seu negócio.

Muitas vezes, esses aspectos jurídicos são deixados de lado, o que pode provocar consequências negativas na hora de se conseguir mais capital de investidores ou mesmo nos casos de fusão ou aquisição, por exemplo. “A pesquisa levará a um levantamento abrangente que permitirá que os atores do ecossistema conheçam quais aspectos não podem ser ignorados se quiserem garantir o sucesso de seus empreendimentos e investimentos”, afirma Eduardo Felipe Matias, sócio da área empresarial do NELM e coordenador do guia Empreendendo Direito: Aspectos Legais das Startups, publicação que também foi apoiada pela ABES.

A pesquisa Panorama Legal das Startups tem o intuito de entender qual a dimensão e quais os efeitos dessa realidade. O estudo conta com um questionário voltado para empreendedores e outro para investidores, ambos com 10 questões de múltipla escolha práticas e objetivas, cujas respostas não devem levar mais do que 5 minutos.

Para participar, basta acessar a seção “Pesquisa PLS” da página NELM Startups: www.startups.nelmadvogados.com, durante o mês de abril.

Segundo o escritório NELM, as respostas são confidenciais e só os resultados agregados e anônimos serão divulgados publicamente. Quem participar estará ajudando a melhorar a compreensão sobre os riscos e benefícios das atuais práticas jurídicas, contribuindo para o setor de inovação do Brasil.

“86% dos associados ABES são micro e pequenas empresas. Em 2017, o mercado de TI cresceu 4,5% e as startups fazem parte dessa evolução. Ações como esta do escritório NELM ajudam a fortalecer o nosso setor, apoiando as empresas que estão nascendo e trazendo mais segurança jurídica ao mercado”, comenta Francisco Camargo, presidente da ABES.

Pesquisa Panorama Legal das Startups

Público: Empreendedores e Investidores de startups

Prazo para participar: 30 de abril de 2018

Acesso:www.startups.nelmadvogados.com, durante o mês de abril.

Tags, , , , , , , ,

Sage: Andrea Corrêa Baptista é nova diretora de marketing na América Latina

A Sage, multinacional britânica de software de gestão, anuncia Andrea Corrêa Baptista como nova diretora de Field Marketing para América Latina com base no Brasil. A executiva, que possui mais de 20 anos de experiência profissional, irá liderar o desenvolvimento e implementação dos planos de marketing da empresa. Anteriormente, Andrea atuou em cargos de gestão em multinacionais como Hewlett Packard e Hitachi Data Systems. Ela é formada em marketing pelo Mackenzie, com MBA pela FIA (Fundação Instituto de Administração).

Tags, , , , , , ,

Worldpay mira no comércio eletrônico de drones e anuncia parceria com DJI

A Worldpay Inc., líder mundial em pagamentos globais, uniu-se à DJI, líder global na fabricação de drones, para ajudar a empresa a ampliar sua plataforma de eCommerce, com produtos disponíveis para consumidores em todo o mundo.

A expectativa é que o mercado mundial de drones movimente mais de US$ 11,2 bilhões até 20201 e continue a crescer em ritmo acelerado. Com o aumento do consumo em toda a Europa e em países como Austrália e Japão, a DJI escolheu a Worldpay como seu parceiro de comércio eletrônico. A experiência da empresa em pagamentos locais com cartão e seu histórico comprovado para aumentar as vendas on-line ajudarão a DJI a se conectar com clientes em diferentes partes do mundo, tornando seus produtos mais acessíveis para criadores, viajantes, fotógrafos e todos que usam tecnologia de drone para trabalhar.

Christina Zhang, tesoureira da DJI, afirma: “O mercado global de drones explodiu nos últimos anos, com os consumidores encontrando formas criativas de usar a tecnologia e trazendo novas perspetivas para a vida cotidiana. Este é um momento muito emocionante para a indústria. À medida que nossa tecnologia se torna mais fácil de usar, e a possibilidade de diversas aplicações pela indústria, queremos tornar nossos drones mais acessíveis para pessoas de todo o mundo, seja para trabalho ou para entretenimento. No futuro próximo, esperamos alcançar novos clientes na Europa e na Ásia-Pacífico, além de criar uma transação completa e segura para nossos clientes online com o suporte da solução de pagamento da Worldpay “.

Além dos serviços e cobertura de processamento de cartões disponíveis, a Worldpay também oferece suporte a uma variedade de métodos de pagamento alternativos, como o iDEAL na Holanda e o SOFORT na Alemanha, permitindo que os comerciantes aceitem mais pagamentos por meio dos métodos preferidos dos consumidores locais.

O fabricante de drones também se beneficiou da experiência antifraude da Worldpay. Devido ao alto valor do ticket de seus produtos, a DJI possui um alto padrão quando opta por ferramentas de detecção de fraude e proteção. A empresa de drones está usando a ferramenta de proteção contra fraude “Risk Guardian”, da Worldpay , para melhorar a segurança de seus clientes e fornecer uma experiência de compra online de qualidade elevada. Com isso, a DJI viu a taxa de fraude em vendas cair, enquanto suas taxas globais de aceitação de pagamento tiveram alta expressiva.

Segundo Juan D’Antiochia, General Manager da Worldpay para a América Latina, da Worldpay, Inc., “combater fraudadores on-line é uma preocupação primordial para os fabricantes de eletrônicos, especialmente quando se trata de tecnologias de ponta, como os drones. O desafio para o crescimento das empresas consiste em equilibrar as vendas de alto volume com a capacidade de garantir aos compradores um serviço seguro e confiável. A Worldpay tem ajudado milhares de empresas em todo o mundo a alcançar esse equilíbrio, e as melhorias do DJI até o momento provam a importância de uma abordagem de fraude estratégica para a expansão bem-sucedida de uma organização”.

1Pesquisa Gartner

Tags, , , , , , , , , ,

Aivo Brasil anuncia novo Country Manager

A Aivo, especialista no desenvolvimento de softwares com Inteligência Artificial para o atendimento ao cliente, anuncia a contratação de Oliver Sanchez como novo Country Manager Brasil. O profissional inicia suas atividades atuando no escritório da empresa em São Paulo, enquanto Bruno Dalla Fina deixa o País e passa a atuar como Head of Expansion na Aivo Europa.

Oliver é um executivo com mais de 18 anos de experiência em soluções de CRM, ERP, EPM, HCM, e-commerce e BI, tendo passado por empresas que são referências de mercado no Brasil, EUA e América Latina, como Oracle, Belltech, Plusoft, Primus e Diveo, companhias onde desenvolveu suas capacidades técnicas e comerciais.

“Estou muito empolgado com a oportunidade de fazer parte do time da Aivo. É um grande desafio, seguindo em direção a evolução pessoal e profissional”, afirma Sanchez, que visa aliar experiências de funções anteriores e levar isto para o universo da nova empresa. “Vou aumentar o número de clientes da Aivo Brasil e capilarizar as soluções, mostrando que os projetos da empresa são de fácil implantação e ajudam a solucionar as dúvidas e problemas do cliente logo no primeiro contato”, finaliza o executivo.

Tags, , , , , , ,

IBM anuncia Arrow e Westcon como novos distribuidores no Brasil

Como parte da estratégia de expansão de seu ecossistema de vendas no mercado nacional em 2018, a IBM anuncia dois novos distribuidores no país: a Arrow e a Westcon. A Arrow, uma das maiores distribuidoras de tecnologia IBM no mundo, irá oferecer soluções como Inteligência Artificial, Cloud, DataCenter, Hiperconvergência, IoT, Segurança e Infraestrutura. A Westcon, distribuidor global das mais importantes marcas em sistemas de TI para redes, data center, colaboração e segurança, chega para reforçar a capilaridade da IBM em todo o território nacional, especificamente na venda de soluções de segurança e desenvolvimento de novas revendas com foco nesse segmento.

Segurança é uma das áreas de maior demanda atualmente no mercado de TI. Segundo o último estudo “Custos de Violação de Dados 2017”, realizado pela IBM em parceria com o Instituto Ponemon, as violações de dados geraram um prejuízo de R$ 4,7 milhões para empresas brasileiras. Houve um aumento histórico no número de incidentes provocados e nos custos gerados em função dessa violação. Nesse cenário, a busca por soluções de inteligência em segurança são decisivas para evitar interrupções nos serviços prestados pela empresas e perda de dados.

As novas parcerias geram diversificação, ampliam o alcance da IBM no mercado brasileiro e reforçam a importância dos canais de distribuição para a estratégia da companhia. “Há novos formatos de empresas, novos tipos de contratos surgindo e é fundamental que nos adaptemos para atender a todas as necessidades. Há uma enorme oportunidade de negócio surgindo e a IBM está preparada para uma nova geração de parceiros comerciais que tendem a ser disruptivos”, conta a diretora de canais da IBM Brasil, Marcela Vairo.

“Com esta aliança, nos consolidamos como um grande distribuidor de soluções de TI com foco em megatêndencias no Brasil, com oferta consistente e integrada para as revendas, que terão mais possibilidades de negociação para atender os clientes finais em suas demandas. Assim, iremos juntos participar de forma ativa no mercado com expertise e classe mundial de negócios e atendimento”, afirma a Vice-Presidente e General Manager da Arrow, Fany Lupion.

“A Westcon é referência no mercado por sua especialização em segurança. Temos comprovada experiência nessa área, tanto no Brasil como internacionalmente, apoiando os canais de venda para desenvolvimento de mercado e efetivação de negócios. Os produtos da IBM serão de enorme relevância para oferecermos soluções ainda mais completas a um segmento que, além de essencial para a proteção do dia a dia das empresas, proporciona neste momento novas oportunidades, com a disseminação do modelo de serviços gerenciados e integração a marketplaces de venda online ”, explica o diretor geral da Westcon-Comstor no Brasil, Humberto Menezes.

As duas empresas complementam o ecossistema de canais da IBM ao lado da Ingram Micro e TechData, que já tem um modelo de negócios consolidado com a IBM e também estão desenvolvendo novos modelos de parcerias no mercado, como por exemplo, a venda de soluções em cloud por marketplace. Ambas empresas distribuem todo o portfólio da IBM e já mantém relacionamento com mais de 500 canais especializados.

Tags, , , , , , , , , , , ,

Startup que combate drones criminosos é selecionada pelo BrinksUp!

A Drone Control, spin off brasileira que desenvolve sistemas de proteção contra drones não autorizados, é uma das quatro startups selecionadas para participar do programa de aceleração BrinksUp! Cada uma receberá R$ 160 mil e passará por uma etapa de coaching durante quatro meses, com mentoria de executivos da Brink’s, líder mundial em logística segura e segurança, e consultoria dos gestores da Liga Ventures, aceleradora focada em gerar negócios entre startups e grandes corporações.
A iniciativa da Brink’s tem como objetivo fomentar ideias inovadoras de produtos e serviços relacionados com as áreas de segurança, transporte e logística, varejo, meios de pagamento e moedas, produtividade e inteligência, além de se preparar para os novos desafios do mercado.

Hacker do espaço – O modelo de negócio inovador da Drone Control apresenta o conceito inédito de proteção do espaço aéreo como serviço (APaaS). Diversas técnicas de inteligência espectral são utilizadas para tal, desde a simples detecção até o spoofing – processo similar ao que hackers utilizam para “sequestrar” drones e assumir o controle da aeronave.

Ao detectar a aproximação de um drone, o sistema identifica os códigos de comunicação entre o controle remoto e a aeronave, e passa a utiliza-los de maneira mais eficiente, assumindo o controle do drone ou somente bloqueando sua trajetória para que este não entre na área protegida.

“São tecnologias que podem ser úteis para dar proteção de aeroportos, condomínios e plantas industriais, ou auxiliar na segurança de eventos, resorts e hotéis”, exemplifica Eduardo Neger, diretor de Engenharia da Neger Telecom, empresa de base tecnológica que deu origem a spin off Drone Control. “Nosso objetivo é aplicar essa tecnologia inovadora em um modelo de negócio diferenciado para o mercado de segurança privada”, destaca.

O sistema surgiu como evolução incremental das técnicas de bloqueio de sinais de radiocomunicações desenvolvidas pela empresa, que em janeiro de 2016 foi a primeira no Brasil a certificar junto à ANATEL um sistema de proteção contra veículos aéreos remotamente pilotados. Em busca de novas tecnologias disruptivas, realizou investimento em pesquisa por meio de parceria entre a Unicamp e a Neger Telecom, cooperação que já rendeu destaque em publicações científicas internacionais e até um pedido de patente conjunta. “Ao constatarmos que a tecnologia tinha potencial para abrir um novo mercado, decidimos criar a spin off”, conta Neger, acrescentado que a startup será operada e gerida como um negócio independente da empresa-mãe.

Tags, , , , , , , , ,