Page

Author admin

Você sabe calcular corretamente o preço que coloca em seus produtos?

Por Vinicius Guimarães

Sabe dizer se, neste exato momento, o preço dos seus produtos está correto? Pense bem: eles cobrem os custos de aquisição, de movimentação e distribuição, bem como os encargos e ainda garantem uma margem de lucro? Para chegar a esse valor, é necessário, antes, entender o conceito que ajuda a formar o preço de venda, ou seja, o markup.

O markup é usado para a formação do preço de venda, sempre aplicado sobre o custo dos produtos. Basicamente, depois de identificar o custo da unidade, soma-se uma margem de lucro. Nessa conta, é preciso lembrar de incluir as despesas, os impostos e todos os demais encargos que incidem na venda.

O índice pode ser usado para definir os preços dos produtos de forma individual ou genérica, dependendo das necessidades e estratégias do negócio. É o caso de alguns itens que têm valor mais baixo (com o lucro menor) para garantir um volume de vendas maior e aumentar a competitividade. Por outro lado, existem mercadorias que podem permitir uma margem de lucro maior e, consequentemente, um valor mais elevado.

Não é possível determinar o índice ideal de markup, visto que ele varia entre os mercados em que as empresas atuam, podendo oscilar até mesmo de negócio para negócio. Para encontrá-lo é preciso relacionar as despesas fixas e variáveis, os custos operacionais, impostos, encargos e qualquer outro gasto da organização com as atividades. Dependendo do lucro esperado, é possível encontrar mais de um markup para o mesmo item.

Independentemente do ramo de atuação e dos produtos e serviços oferecidos, a lógica é uma só: o preço passado para os clientes deve cobrir os gastos e ainda proporcionar lucro. Mas, apesar disso ser do conhecimento de muitos gestores, a falta de planejamento e definição de estratégias podem significar perda da lucratividade ou, até mesmo, em casos mais extremos, gerar prejuízos financeiros. Isso quer dizer que não basta apenas levantar os custos e definir o lucro. Também é preciso identificar o público, conhecer a percepção de valor (que é diferente de preço) que os consumidores têm dos produtos, bem como analisar o volume de vendas e o market share.

Além da importância geral para os resultados, vale lembrar que a precificação também está intimamente relacionada aos clientes, sendo um dos principais aspectos considerados na decisão de compra. Esse fator se torna ainda mais relevante quando o nicho é bastante competitivo, com vários concorrentes.

Nesse contexto, para cobrar mais caro, é preciso apresentar algum valor que agregue um diferencial — e ainda se certificar que ele é compatível com o público. Por outro lado, preços muito baixos podem gerar prejuízos, por não cobrirem todos os custos relacionados à venda.

Entender o markup é a melhor forma de conseguir precificar as mercadorias e garantir um bom retorno financeiro com as vendas, assim como aplicar um preço justo para os clientes, o que torna ainda mais sadia a competitividade do negócio.

Vinicius Guimarães é coordenador de marketing e inside sales da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb

Tags, , , , , ,

Open Banking – Um checklist para preparar seu banco

Por Ricardo Taveira

O que parecia uma realidade distante vem se aproximando, rapidamente, do nosso mercado. O Open Banking—a possibilidade de se acessar os serviços de um banco por meio de qualquer sistema que o usuário escolha—avança em passos largos no Brasil.

Vários bancos, desde atores tradicionais de atacado até os maiores de varejo, já anunciaram publicamente iniciativas com APIs e colaborações com fintechs. Outra dezena, dos mais variados tipos, trabalha furiosamente em projetos ainda não-anunciados.

Se em 2006 o Banco Central já atuava na “abertura” do sistema bancário com a resolução 3.401/06, que obrigou a portabilidade de cadastro bancário, a mais recente resolução 4.649/18, que obriga os bancos à fornecerem débito em conta para Instituições de Pagamento, mostra que nosso Banco Central atuará mais energicamente na promoção da competitividade do sistema financeiro.

Seja por inevitabilidade regulatória ou arrojada estratégia comercial, como saber se seu banco está preparado para esta nova realidade? Baseado nas experiências mais recentes de diversos bancos e parceiros de tecnologia da Quanto, seguem os principais critérios para avaliação antes de definir sua estratégia de Open Banking:

Processos: muito além da transformação digital

Condição necessária para criar e capturar valor com Open Banking é já ter passado por uma extensa transformação digital dos processos internos do banco ou instituição financeira (“IF”). A preparação para o Open Banking começa por um processo de abertura de conta ou contratação de produtos 100% online e digital. Mas se enganam aqueles que acreditam que isso seja suficiente: o mundo do Open Banking se distingue pela possibilidade de o cliente utilizar estas funções a partir de sites e aplicativos de terceiros. Só assim uma IF conseguirá aproveitar, ao máximo, o open banking para distribuir seus produtos para terceiros.

Isso também significa que nem sempre o canal de atendimento será o aplicativo do banco, podendo gerar confusão para o cliente na falta de processos claros. Basta perguntar para um colega egresso do mundo das operadoras de celular para escutar histórias sobre o hábito de alguns consumidores entrarem com reclamações no PROCON simultaneamente contra a operadora, na tentativa de que alguém resolva seu problema. A IF precisa se antecipar e definir claramente processos e limites para parceiros e clientes.

Tecnologia: “plataformas” e plataformas de APIs

Boa parte dos bancos já possuem APIs de consumo interno. A exposição destas APIs para o mundo externo já é um primeiro passo importante para construir um “open bank”. Em um ambiente em que bancos, parceiros e clientes possuem necessidades diferentes para aproveitar ao máximo o open banking, na prática essas “plataformas” quase sempre solucionam o problema do banco, em geral ajudam o desenvolvedor, mas quase nunca auxiliam o consumidor final.

Integrações “um-para-um”—entre um banco do segmento agrícola e uma fintech de câmbio, por exemplo—sem dúvida ampliam o leque de escolhas do cliente. Mas a diferença de uma ferramenta para viabilizar parcerias e uma ferramenta pluripotente, que transforma o banco em uma plataforma exponencial necessita a participação do banco em um ecossistema que trabalha para o cliente. O futuro pertence àqueles que entendem (e aceitam) que em nosso exemplo acima, a escolha da fintech utilizada para o câmbio será do cliente e não do banco. E plataforma de APIs do banco precisa estar preparada para conectar de maneira segura, acessível e de maneira totalmente “self-service” para o desenvolvedor e o cliente também, baseado na escolha destes atores, e não do próprio banco.

Até mais importante do que a escolha de provedor ou tecnologia da API, o modelo de uso da sua API—se é self-service ou não, se possui aderência à uma plataforma que agrega vários provedores—é o fator crítico de sucesso de uma estratégia de open banking. Basta lembrar o que aconteceu com a RIM—fabricante do Blackberry—em face de uma plataforma aberta como o Android para ver o risco da história se repetir com a escolha de uma estratégia “fechada”.

Cultura: confiança e serenidade em meio a tempestade

Após décadas de construção do “supermercado financeiro” e a dominância de termos como “share-of-wallet”, o Open Banking colocará em cheque anos de trabalho em alguns departamentos de produto. Alguns destes irão potencializar sua distribuição através de novas plataformas e novos produtos dos mais variados nichos. Enquanto isso, outros que sobreviveram somente pelas vantagens do “protecionismo” ou subsídio interno serão expostos à concorrência global. Gestores serão forçados a reavaliar suas estratégias continuamente, tomando decisões difíceis sobre onde alocar esforços, recursos e talentos.

Enquanto isso, do lado operacional, novos desafios de segurança, autenticação e de privacidade de dados trarão um novo vocabulário para os departamentos de compliance, jurídico e segurança da informação. E ao contrário do seu papel tradicional de avaliação e consentimento, mais do que somente fornecer o “de acordo”, estas áreas estarão na linha de frente não só da execução, mas também da criação de estratégias verdadeiramente “abertas” de Open Banking.

Uma autorreflexão individual e coletiva

Com decisões, execução e resultados medidos em dias e não meses, a IF e seus colaboradores precisarão de bastante serenidade diante de novos concorrentes, novos modelos de negócio e uma constante evolução em que o concorrente de ontem é o parceiro de hoje e ninguém sabe o amanhã. E talvez a melhor avaliação sobre se o seu banco está preparado para este acelerado novo mundo—com riscos e oportunidades igualmente exponenciais—seja a resposta do gestor a uma única pergunta:

Seus processos, tecnologia e cultura trabalham juntos para minimizar o downside ou maximizar o upside da sua estratégia? Se o seu foco é em capturar ao máximo o valor gerado por novas oportunidades, bem-vindo ao Open Banking. Este novo mundo foi feito para você.

Ricardo Taveira é CEO da Quanto

Tags, , , ,

Cognizant apresenta portfólio de soluções no Ciab FEBRABAN 2018

A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, com mais de 20 anos de atuação, participa do Ciab FEBRABAN 2018, um dos principais congressos de tecnologia do setor financeiro da América Latina, que será realizado de 12 a 14 de junho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Neste ano, o tema do encontro é “Inteligência Exponencial”, com debates sobre tecnologias como inteligência artificial, machine learning, blockchain e internet das coisas, que implicam constantes alterações no comportamento social, e seus impactos nos negócios.

Durante o congresso, a Cognizant vai apresentar seu portfólio de soluções disruptivas, que contribuem para a transformação dos modelos de negócios e da arquitetura de processos das organizações. “O Ciab FEBRABAN é o evento mais importante do setor para a América Latina, e nosso objetivo é auxiliar de forma consultiva o segmento financeiro na transformação digital, além de consolidar nossa participação no mercado nacional”, afirma Claudio Martins, diretor de Bancos, Serviços Financeiros e Seguros da Cognizant Brasil.

Entre as soluções, os destaques são: automação de processos com uso de inteligência artificial (AI); tecnologias de análise preditiva; automação; e demonstração de ferramenta de reconhecimento facial. “Nossas soluções são desenvolvidas especialmente para transformar os negócios de forma ágil e eficiente, estimular a inovação e proporcionar eficiência operacional e redução de custos para os bancos”, conclui o executivo.

O futuro do trabalho pelo olhar de Ben Pring

O especialista Ben Pring, diretor do Centro para o Futuro do Trabalho da Cognizant, é um dos palestrantes da programação. O futuro do trabalho diante de um cenário de transformação digital e inovações tecnológicas é o tema de sua palestra. O executivo é coautor de livros premiados como: What To Do When Machines Do Everything (2017) e How the Digital Lives of People, Things, and Organizations are Changing the Rules of Business (2014). Pring ingressou na Cognizant, onde por 15 anos pesquisou e assessorou áreas como cloud computing e global sourcing. Anteriormente, trabalhou para várias empresas de consultoria, incluindo a Coopers & Lybrand. Na Cognizant, seu foco é pesquisar e analisar como os clientes podem alavancar as novas e poderosas oportunidades que estão sendo criadas. Pring é formado em Filosofia pela Universidade de Manchester, no Reino Unido.

Ciab Febraban
Data: de 12 a 14 de junho de 2018.
Horário: das 10h às 19h.
Local: Expo Transamérica.
Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro – São Paulo, SP.
Para mais informações, acesse: www.ciab.org.br/.

Tags, , ,

O que os pequenos e médios e-commerces devem considerar na hora de escolher soluções de pagamento

O e-commerce brasileiro deve crescer, em média, 11% ao ano até 2019, segundo projeção da Bain & Company. E, de acordo com último levantamento da Fecomércio (2015), nosso comércio virtual é, em sua maioria, composto por lojas de pequeno e médio porte, somando, aproximadamente 40 mil lojas virtuais de bens de consumo. Quem deseja ingressar no setor ou quem já está nele sempre se depara com uma questão importante: como escolher a solução de pagamento.

Para a Braspag, empresa do grupo Cielo e líder em soluções para e-commerce na América Latina, há alguns pontos que devem ser observados para realizar a escolha. São eles:

1) Não escolher a solução de pagamento apenas pelo valor da taxa. É preciso levar em conta o perfil da loja virtual, tipo de consumidor, ticket médio e condições da operação e confrontar com os benefícios oferecidos por cada fornecedor e as necessidades do lojista.

2) Observar o perfil do consumidor. Se o público-alvo da loja costuma escolher um mesmo meio de pagamento, vale a pena investir primeiro em serviços que atendam bem a este perfil para começar. É importante ter em mente que quanto mais opções de pagamento, não necessariamente maior será o número de clientes. Opções demais podem tornar a experiência de check-out mais confusa, o que reduzirá sua conversão.

3) Procurar um parceiro que entenda as necessidades do negócio e proponha soluções simples e inovadoras. É preciso ter em mente que é este serviço que responsável pela entrada de dinheiro no seu fluxo de caixa.

4) Avaliar a possibilidade de contratar serviços integrados. Soluções antifraude e de conciliação são fundamentais para garantir a segurança.

das transações e a organização financeira da operação. Sendo assim, observe se os serviços oferecidos neste sentido atendem às reais necessidades do negócio e se você possui equipe para acompanhar estes processos de acordo com a demanda. Se a loja está começando, muitas vezes vale contratar uma solução que englobe todos estes serviços. Mas quando o fluxo de compras cresce – o que consequentemente irá requerer aumento da equipe – investir numa integração mais robusta que ofereça relatórios gerenciais e checkout mais transparente será uma boa pedida.

“O e-commerce tem sido uma boa aposta para quem deseja criar seu próprio negócio, mesmo com baixo investimento. O setor tem grande potencial de crescimento, especialmente para mercados de nicho. Por isso, investir em soluções adequadas de pagamento e ter um parceiro de confiança é fundamental”, afirma Rogério Signorini, diretor geral da Braspag.

Tags, , ,

Bossa Nova investe na SmartHint

A Bossa Nova Investimentos, maior investidora de venture capital brasileira em número de startups, que atualmente possui 340 empresas em seu portfólio, continua a todo o vapor selecionando empresas para fomentar. A escolhida da vez é a SmartHint, startup curitibana que atua com foco em aumentar a taxa de conversão no varejo de pequeno e médio porte.

Presente em cinco países da América do Sul, a SmartHint é um sistema SaaS (Software as a Service) de recomendação inteligente de produtos e retenção de clientes.

Segundo João Kepler, partner da Bossa Nova Investimentos, a expectativa da empresa e chegar ao final de 2018 com 450 startups investidas. “Temos muito interesse em auxiliar empesas que estão ampliando os horizontes para novos mercados e assim contribuindo para o ecossistema”, explica.

No Brasil é frequente uma pessoa entrar em uma loja virtual procurar por um produto desejado, não encontrar e sair do site sem comprar nada. Os números mostram a realidade desse fato, a baixa taxa de conversão de vendas pelo e-commerce chega a 1,65% ou seja, para cada 1.000 visitas apenas 16 pedidos são realizados.

Criada em 2017, a SmartHint foi objetivada para ser uma solução de aumento de vendas para o comércio eletrônico. Através de vitrines inteligentes os produtos possivelmente desejados pelo cliente são recomendados na tela como um incentivo para que ele faça a compra.

O uso do sistema de inteligência artificial facilita o trabalho do lojista, pois a vitrine funciona de forma autônoma e automática aplicada de acordo com o perfil de navegação do consumidor dentro da loja virtual.

Além disso, para ser realmente inteligente, o sistema manipula as vitrines para se adequar ao público de cada lojista, por exemplo, algumas vendem produtos com maior valor agregado enquanto outras destacam o preço.

A ferramenta é um pacote de assinatura mensal recorrente e permite que o lojista ative o serviço no momento que desejar com apenas 1Click, sem ajuda de um programador.

O varejista tem como testar por sete dias grátis para conhecer a ferramenta e acompanhar os primeiros resultados antes de fazer a adesão ao plano recomendado para a loja.

Nos primeiros quatro meses do ano de 2018 a startup faturou 3 vezes mais do que o ano inteiro de 2017 e já conquistou 3.500 lojas ativas, esse crescimento aumenta em média 20% ao mês com uma previsão de alcançar 10.000 lojas virtuais ativas até o final do ano.

Tags, ,

28ª edição do CIAB FEBRABAN reúne mais de 140 expositores para apresentar e debater as tecnologias mais inovadoras para o setor financeiro

A 28ª edição do CIAB FEBRABAN – Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras – será realizada entre os dias 12 e 14 de junho, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. O maior e principal evento de tecnologia para o setor financeiro da América Latina contará com uma área de exposição de 36 mil m² e reunirá mais de 160 expositores, 47 patrocinadores e mais de 300 palestrantes que debaterão e apresentarão as mais importantes tecnologias e inovações do setor.

Neste ano, Inteligência Exponencial será o assunto central que norteará todo o conteúdo do evento. A ideia do tema é debater a dimensão exponencial da inteligência aplicada no volume de dados cada vez maior gerado pela humanidade.

Dentre as discussões, serão abordados temas como o desenvolvimento de tecnologias como inteligência artificial, machine learning, blockchain, open banking e internet das coisas (IoT) implicam em constantes alterações no comportamento social, e como tais alterações podem rapidamente criar ou destruir negócios.

Na ocasião, os mais de 20 mil visitantes previstos terão a oportunidade de conhecer lançamentos focados em internet das coisas, análises de dados, segurança, uso da “nuvem” (cloud computing), biometria, blockchain, inteligência artificial, entre outros, que são essenciais para apoiar a crescente evolução tecnológica do setor, como foi confirmado recentemente pela Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2017. Segundo dados do estudo, os investimentos e despesas em tecnologia no Brasil pelo setor financeiro em 2017 somaram R$ 19,5 bilhões, um aumento de 5% em relação ao ano anterior, o que demonstra o grande interesse das instituições financeiras em novas tecnologias. Quando comparado a outros setores, o segmento financeiro compartilha a liderança dos investimentos em tecnologia com o governo, que, historicamente, é o setor de mercado que mais investe nessa área.

Assim como nos anos anteriores, um dos destaques do evento será o CIAB Fintech Day, um dia dedicado a debater inovações no setor e incentivar negócios entre bancos e startups de serviços financeiros e que, pela primeira vez, terá a participação de insurtechs. A FEBRABAN também promoverá a segunda edição do Hackathon CIAB FEBRABAN. A ação, que será realizada entre os dias 9 e 10 de junho, antes da abertura oficial do CIAB, tem como objetivo incentivar empreendedores a desenvolverem novas soluções para superar os desafios do mercado bancário brasileiro.

Durante os três dias de evento, mais de 140 expositores apresentarão produtos e soluções inovadoras em tecnologia para o mercado financeiro.

Confira a seguir algumas delas:

Accenture
Área de atuação: Serviços e Soluções em negócios, consultoria, tecnologia e operações
Durante o CIAB, a Accenture terá um espaço dedicado à demonstração de novas tecnologias, com apresentações sobre o estudo Tech Vision, utilizando Realidade Aumentada; um desenho da Jornada dos Meios de Pagamento; e uma demonstração com a tecnologia Blockchain. Além disso, apresentará os resultados de estudos como o Banking Technology Vision 2018, que levanta as tendências para o setor, e a análise da tendência de open banking. Executivos da Accenture participarão de apresentações sobre bancos digitais, fintechs, e segurança no mercado financeiro.

Amazon Web Services (AWS)
Área de atuação: Serviços em Nuvem
A AWS apresentará suas soluções em nuvem para inteligência artificial, big data, soluções analíticas que habilitam inovação e ganhos de produtividade para instituições financeiras, além de soluções para internet das coisas (IoT) e open banking. Essas tecnologias permitem criar rapidamente recursos conforme necessidade, implementando centenas, ou até milhares, de servidores em minutos; economia de custos, por pagar pelos recursos de TI à medida que os consomem; elasticidade, que permite contratar apenas a quantidade de recursos necessária e que pode ser aumentada ou diminuída instantaneamente de acordo com a demanda; amplitude de funcionalidade; e implementação global em minutos.

Atos
Área de atuação: Soluções em TI
A Atos apresentará no CIAB a Finlab, plataforma para hospedagem e integração de fintechs; a Machine Learning Accelerator, uma solução e serviço para acelerar a adoção de Bots (chat e voz) nos processos de atendimento; e a Solução de Atendimento. Ao integrar em uma oferta as soluções de Contact Center Minichannel, Bots de chat e voz, CRM, micro segmentação de clientes, BPM e dashboarding, a empresa oferece uma variedade de atendimento integrado de ponta a ponta. Já a Atos MLA agiliza os processos de treinamento de bots e aprendizado de máquina.

B3
Área de atuação: Soluções em Tecnologia
As soluções apresentadas pela B3 serão: o UP2DATA, um serviço de fornecimento de dados de fechamento e de referência dos mercados; a Datawise, que consolida dados dos mercados e organiza em forma de painéis interativos (dashboards); Infohub, um serviço de mensageria entre instituições que operam no mercado de balcão; e o Sistema Nacional de Gravames (SNG), uma base privada que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito, impedindo que o processo de financiamentos seja suscetível a fraudes sistêmicas.

Brink’s
Área de atuação: Segurança, transporte de valores e logística
A Brink’s apresentará no CIAB soluções que unem gestão, outsourcing e prevenção a fraudes. Uma delas é a CORBAN, solução para arrecadação de tributos e títulos. Também irão expor o Managed Services, solução de gestão total de ATMs e agências bancárias através de Business Process Outsourcing (BPO), incluindo gerenciamento operacional e de risco. Por fim, levarão ao evento a Simility, uma plataforma de prevenção a fraudes que atua em todos os tipos de fraude do sistema financeiro e também no controle de políticas de compliance e PLD, gerando um Data Lake unificado e acessível para toda a organização.

CA Technologies
Área de atuação: Softwares
A CA Technologies apresentará durante o CIAB Febraban o CA Digital Bank, uma plataforma que atua de forma modular e integrada. Este pacote é composto por soluções como CA Advance Authentication, que protege aplicativos móveis com autenticação em dois fatores e autenticação contextual com base em riscos; o CA Mobile API Gateway, que fornece serviços de acesso móvel, inclusão de certificado, login social, bloqueio de sessão por impressão digital e login por proximidade de dispositivos. E, por último, o Software Developer Kit do Report Application Server Mobile, que simplifica a experiência do desenvolvedor por meio de um único kit com segurança em um aplicativo móvel.

CAPCO
Área de atuação: Consultoria em serviços financeiros e digitais
A Capco vai levar para a 28ª edição do CIAB seus serviços de consultoria e serviços digitais. A empresa ajuda a instituição financeira a se transformar de dentro para fora, criando novas maneiras de negócios e amparando clientes a alcançar novas audiências. Com fintechs parceiras, a companhia trabalha lado a lado com clientes que desejam dominar esse mercado. Os serviços da empresa possibilitam a expansão da forma como empresas abordam produtos digitais.

Capgemini
Área de atuação: Consultoria e serviços em TI
Durante o evento, a Capgemini apresentará estudos sobre os mercados financeiro e de seguros, além de palestras com executivos da companhia que vão do uso da plataforma de desenvolvimento Agile até modelos de Open Banking e os desafios da transformação digital nos bancos públicos. A empresa também mostrará suas soluções para bancos, seguradoras, financeiras, fintechs e insurtechs, que visam a melhor experiência de clientes e de clientes dos clientes independente dos meios de contato e de interação.

Cata Company
Área de atuação: Internet das Coisas
As soluções a serem apresentadas pela Cata Company no evento são: o Cata Moeda, série de equipamentos conectados para resolver o problema da falta de troco no dia-a-dia; o Cofre inteligente, cofres conectados à “nuvem” que viabilizam operações de depósitos e controle de roubos internos; e o Super Armário, equipamento que viabiliza a destruição controlada do dinheiro nos casos de ataque a carros fortes, bases de segurança e custódia de bancos, e empresas de transporte de valores.

Certisign
Área de atuação: Identificação digital e segurança
A Certisign possui soluções para a identificação de pessoas e aplicações web, desde certificação digital até biometria. Para suportar e garantir a gestão de identidades e documentos, a empresa utiliza uma plataforma flexível, customizável, ou integrada aos sistemas já existentes. Ao eliminar processos manuais, assinar eletronicamente e eliminar a impressão de documentos, promovem ganhos em automação, agilidade, economia e segurança, com validade jurídica. Além de inovações como Blockchain, a Certisign atua com parcerias governamentais para agregar alto valor às soluções.

Cielo
Área de atuação: Meios de pagamento
A Cielo levará ao evento o Bar LIO, onde promoverá uma série de ativações com a Cielo LIO, primeiro smart terminal do mercado brasileiro. A máquina gera relatórios de vendas por turno, faz a conciliação simplificada e permite a integração ao software de emissão de nota fiscal e CPF. Por meio da Cielo Store, o cliente encontra aplicativos que aprimoram a gestão, controle e consulta de estoque, a experiência de venda, com a criação de vitrine virtual, consulta de disponibilidade de produtos e automação comercial. Ela vem com leitor de QRCode e código de barras, impressora e aplicativos para gerenciamento de negócios, entre eles de gestão de estoque e controle de caixa.

Cisco
Área de atuação: Tecnologia/Telecomunicações
A Cisco estará presente no CIAB demonstrando como é a experiência do cliente nos pontos de venda e a transformação na vida do colaborador, através de soluções de redes intuitivas e colaboração. Serão apresentadas novidades na área de segurança, para identificar e bloquear ameaças com eficiência; e nas áreas de multicloud e datacenter. A empresa também apoiará o Hackathon CIAB 2018 com soluções de Segurança e Webex para desenvolvedores. Outro ponto de destaque serão os quadros touch screen colaborativos WebexBoard.

Cognizant
Área de atuação: Consultoria em tecnologia
Durante o evento, a Cognizant vai apresentar sua solução de reconhecimento facial, chamada de Face Recognition. Além disso, os profissionais da empresa estarão disponíveis para falar sobre o portfólio de soluções voltado para o setor financeiro, como automação de processos com uso de inteligência artificial (AI) e tecnologias de análise preditivas. As soluções da Cognizant são desenvolvidas para transformar negócios de forma ágil, estimular a inovação e proporcionar eficiência operacional e redução de custos para os bancos.

Credify
Área de atuação: DataBase, Marketing Services & Business Intelligence
As soluções que a Credify levará ao evento visam otimizar a prospecção e relacionamento com clientes, auxiliar a cobrança de pagamentos e fidelizar os consumidores. A empresa automatiza os processos empresariais, validando as informações cadastrais a fim de garantir a segurança das transações comerciais, além de realizar o cruzamento de dados para a identificação do perfil dos clientes B2B e B2C, de modo a antecipar suas necessidades de crédito e/ou tendências de consumo.

Cylance
Área de atuação: Segurança da informação
A Cylance apresentará o CylanceProtect, o CylanceOptics e sua divisão de serviços de segurança baseada em Inteligência Artificial. O CylancePROTECT oferece um conjunto de painéis e relatórios interativos e permite aos usuários manter uma atenção de segurança constante. Já o CylanceOPTICS fornece suporte para endpoints com Microsoft Windows e servidores e endpoints do MacOS, para organizações manterem a atenção da situação e agirem em todo o seu ambiente com uma única solução.

DATAKINETICS
Área de atuação: Finanças e seguros
A empresa apresentará o tableBASE, um acelerador de acesso a dados que utiliza e gerencia tabelas para ambiente mainframe e uso em aplicativos corporativos. Também levarão ao evento a Replicação multiplataforma, que oferece soluções como replicação de dados, aprimoramento de captura de dados alterados para ETL e integração de aplicativos; e o PACE (Engajamento Automatizado Personalizado pelo Cliente), um componente para envolvimento omnichannel – CRM, sistema de automação de marketing que cria e mantém Perfis de Usuário Único abrangentes; cria e gerencia ofertas através de modelagem preditiva.

ddCom Systems
Área de atuação: Soluções de TI
A ddCom Systems disponibiliza uma linha completa de soluções para otimizar os recursos tecnológicos corporativos e obter ganhos operacionais significativos. Soluções totalmente integradas, que oferecem visibilidade sobre as atividades realizadas pelas equipes, permitindo que aspectos latentes do call center e do help desk possam ser monitorados, medidos, analisados, aperfeiçoados e auditados. Entre as soluções, é possível fazer a autenticação do cliente e a biometria por voz, além de detecção de fraude, também por “impressões vocais”.

Dell EMC
Área de atuação: Serviços de TI
A Dell EMC realizará demonstrações tecnológicas no CIAB, com destaque para as soluções de TI voltadas para ajudar as empresas a se preparem para a Transformação Digital dos Negócios, com tecnologias para modernização do data center, processos automatizados de TI, sistemas de storage escaláveis, infraestrutura convergente, hiperconvergente e proteção de dados. A empresa conta com recursos de desenvolvimento estratégico, consultoria, implementação e suporte, permitindo que as instituições adaptem suas operações para atender demandas dos consumidores e se mantenham competitivas.

Diebold Nixdorf
Área de atuação: Serviços, Software e Hardware
A DN levará o conceito de Customer Centric que coloca o usuário no centro da jornada, independentemente do canal. A plataforma Vynamic integra os mundos digitais e físicos do dinheiro, criando experiência de comércio conectado. Em destaque, mostrarão o Self-Checkout eXpress conectado ao reciclador CS6010, que permite que as operações aceitem pagamentos em dinheiro ou cartão de crédito e débito, além da possibilidade de realizar saques. Além disso, a plataforma SERVCore Digital que conecta os canais físicos aos digitais, criando uma experiência uniforme em todos os pontos de contato entre a instituição financeira e o cliente.

DXC Technology
Área de atuação: Tecnologia/Segurança/Finanças
A DXC apresentará suas soluções, com destaque para o DXC Clap (Blockchain) e o DXC Bionix. O DXC Clap é uma plataforma que pode se conectar a redes open source CORDA já existentes ou criar novas, ela conta com aprendizado modular com experiência de gamificação, que pode ser individualizada ou em grupo. Além de uma ampla biblioteca de definições de APIs para criar protótipos e incluir em cenários reais, incluindo Open Banking. O Bionix, por sua vez, é um modelo de fornecimento de serviços de automação inteligente. Já o DXC Bionix utiliza analytics, inteligência artificial e recursos de automação para trazer melhores insights, agilidade e eficiência.

Embratel
Área de atuação: Telecomunicações
A Embratel anunciará no CIAB um portfólio completo de Soluções Digitais que atende amplamente o segmento financeiro, especialmente em segurança, Nuvem, Data Center e TI. Além disso, participará de diversos painéis. A Embratel lançará três importantes soluções: o Connect Cloud, um serviço de Nuvem baseado em Software Defined Network (SDN) e na plataforma Openstack, tecnologias que garantem autonomia para as empresas administrarem seus ambientes Cloud; o Omnichannel Embratel, que busca fornecer excelência no atendimento aos clientes por meio de uma central inteligente de atendimento ao cliente, em Nuvem, que conecta múltiplos canais de relacionamento, como serviços de voz, e-mail, chat de texto e formulários da web, ideal para o segmento financeiro, que realiza e recebe milhões de ligações diárias nos call centers; e a solução de Análise de Vulnerabilidade e Teste de Intrusão identifica, que classifica e analisa as brechas de segurança nos sistemas dos clientes.

Ernst REINER GmbH & Co. KG
Área de atuação: Scanners
No CIAB, a REINER apresentará o Self-Service Scanner RS980, um scanner modular RS 980 que permite a digitalização de vouchers pequenos e até de tamanho carta na área de autoatendimento. A solução puxa os documentos completamente antes de digitalizá-los, permitindo um processamento seguro que não pode ser influenciado. O reconhecimento automático de tamanho e a correção de inclinação revisa os documentos e garante a reprodução correta e alinhada de todos os tamanhos de imagem, mesmo em frente e verso.

E-VAL Tecnologia em Informática LTDA.
Área de atuação: Segurança da informação
Nesse CIAB destaca-se a solução EKM (Enterprise Key Management) da E-VAL, para gerenciamento de chaves criptográficas e proteção de dados sensíveis, em parceria com a Gemalto. A EKM, ajuda as organizações a protegerem os dados com criptografia. Em um cenário em que os dados do usuário como agência, conta e senha tenham vazado na internet, se essas informações estiverem protegidas pela solução, as mesmas não terão valor algum para quem roubar/vazar, pois só poderão ser interpretadas pela empresa que detêm as chaves de acesso protegidas pela solução. O recurso evita que uma pessoa mal-intencionada utilize essas informações para roubar dinheiro de uma conta.

Everis
Área de atuação: Consultoria
A Everis traz ao CIAB diversas soluções: o Phygital é um conceito de criação de experiências em ambientes físicos, como mapeamento e rastreamento, com reconhecimento facial, análise de fluxo de pessoas, reconhecimentos de gestos, análises de sentimentos, etc; o Cognitive Contact Center utiliza a inteligência artificial e o reconhecimento de voz para melhorar a experiência do cliente dos bancos por meio de chatbots; e o X-Reality Corner, em que os clientes terão facilidade para entender as suas contas. As ações poderão ser realizadas com Realidade Aumentada e um assistente virtual ou com interação por meio de games em Realidade Aumentada, para identificar o perfil do cliente e a apoiar sua educação financeira.

EY (Ernst & Young)
Área de atuação: Consultoria
Mais do que apresentar soluções, os líderes da área de Serviços Financeiros da EY podem trazer uma visão bastante rica sobre os desafios da transformação digital na indústria financeira e de seguros. As fintechs miram na indústria financeira com diferenciais e alternativas aos produtos e serviços financeiros tradicionais, operando com o objetivo de trazer mais transparência, capacidade digital e personalização para o usuário final. Para enfrentar este desafio, as empresas de serviços financeiros devem atuar de forma disruptiva ou correr o risco de perder participação de mercado.

Fiserv
Área de atuação: Tecnologia para bancos
A Fiserv vai levar ao evento o portfólio completo de produtos, como o DigitalAccess, solução de gerenciamento de controle de cartões para Android e IOS adaptável para múltiplos aparelhos; e Vasco, um módulo de autenticação que gera uma camada dupla de segurança para o acesso de contas. Outros destaques são o AML Risk & Payment Fraud Manager, uma plataforma que trabalha em tempo real para evitar que transações sejam feitas sem rastreamento; e o Frontier Reconciliation, solução de reconciliação e certificação de balancete automatizada, que ajuda empresas a cumprir relatórios normativos locais e reduz risco de erros manuais.

FullFace
Área de atuação: Reconhecimento facial
A FullFace criou um sistema de reconhecimento facial que se integra a hardwares e softwares facilitando processos de autenticação biométrica facial web e mobile. A tecnologia garante precisão no reconhecimento biométrico individual a partir de 1024 pontos da face em menos de um segundo. O código gerado a partir da leitura de 1024 pontos da face possui cerca de 16 mil dígitos e impossibilita a cópia dos dados, criando um CPF facial. A identificação é transferida ao banco de dados e pode ser acessada com aplicações locais ou remotamente, via nuvem. O sistema de reconhecimento facial é capaz de diferenciar gêmeos idênticos, identificar gênero, idade e estado de humor.

GFT
Área de atuação: Tecnologia da informação
A GFT apresentará uma área de negócios especializada no desenvolvimento de soluções bancárias – “Exponential Banking”, que investe na transformação digital das Instituições Financeiras em três níveis: negócios, tecnologia e organização. Além disso, será apresentada no CIAB a colaboração entre GFT e a Amazon Web Services (AWS) na implementação de produtos e serviços de nuvem para o mercado de serviços financeiros. As empresas oferecerão um App personalizado para o CIAB, para que os participantes do evento encontrem informações sobre palestras, conteúdos relevantes, além de concorrer a prêmios especiais por meio de sorteio.

Grupo eSales
Área de atuação: Tecnologia/Software
A eSales apresentará no CIAB o Interbancos Office Banking, uma solução que permite que clientes empresariais gerenciem suas atividades financeiras numa plataforma web, pronta para uso, segura e que atende ao alto nível de qualidade e tecnologia exigida pelo setor bancário. Por ser uma ferramenta web (SaaS ou on-premise), problemas técnicos de atualizações, acesso e disponibilidade são eliminados, além de uma significativa otimização de recursos de suporte. A usabilidade da plataforma garante uma experiência positiva ao usuário, oferecendo processos intuitivos e fáceis.

Grupo New Space
Área de atuação: Serviços de TI, meios de pagamento e consultoria
O Grupo New Space apresentará como destaque o Fraud Monitor, uma solução de prevenção a fraudes com uso de inteligência e contra inteligência cibernética para cartões de crédito e de débito, credenciais de acesso (logins), dados pessoais (CPF, e-mails, etc.) e antiphishing para websites; e as Esteiras Digitais de crédito e abertura de contas. Além desses destaques, a empresa mostrará soluções para Meios de Pagamento, Analytics (com o produto Orion), soluções para ambientes de Mainframe, serviços de Sala Cofre e soluções voltadas para o RH, oferecendo a gestão documental dos colabores e o produto voltado ao mercado de Consórcio.

HID GLOBAL (HID BIOMETRICS)
Área de atuação: Biometria
A HID Global apresentará os sensores de autenticação biométrica Lumidigm®, que trazem tecnologia de imagem multiespectral a qualquer aplicativo de identidade. Os sensores são usados para verificar a autenticidade de clientes bancários em caixas eletrônicos, proteger fronteiras internacionais com tráfego intenso e prevenir fraudes de ingressos em locais de entretenimento. A empresa também levará soluções de impressão de credenciais, impressoras com recursos que garantem segurança para emitir credenciais – desde crachá de funcionário até cartões de banco e identidades governamentais. A tecnologia conta com Emissão Instantânea, que permite que o cliente receba seu cartão de banco ou de crédito na própria agência, no momento da contratação do serviço ou abertura da conta.

Huawei
Área de atuação: Serviços de TI
Na 28ª edição do CIAB FEBRABAN, a Huawei apresentará soluções de Internet das Coisas e Nuvem para segurança bancária. Na área de Internet das Coisas, abordarão temas sobre como a transferência de garantias entre compradores e vendedores são a chave para controle de risco e como as soluções ajudam a indústria financeira. As tecnologias de Nuvem, por sua vez, são confiáveis e seguras para o segmento financeiro. A empresa mostrará como construir sistemas de Nuvem para finanças e como cumprir com a segurança e confiabilidade de maneira econômica e ágil.

IBM
Área de atuação: Serviços de TI
A IBM levará ao CIAB o Watson, uma plataforma de inteligência artificial da IBM na nuvem para negócios. A plataforma aprende continuamente, ganhando valor e conhecimento ao longo do tempo e a partir das suas interações com os usuários, compreendendo a linguagem natural e sendo capaz de raciocinar. Outra solução da empresa é a Computação Quântica, que poderá aumentar a velocidade da computação tradicional e mudar o desenvolvimento de computadores. Por fim, a Cloud Híbrida, preparada para a Inteligência Artificial e construída para os dados e aplicações empresariais, capaz de trabalhar com diferentes modelos de adoção e cargas de trabalho em uma abordagem híbrida e multi-cloud, que atende projetos de sistemas legados e também nativos na nuvem.

Ilegra
Área de atuação: Negócios e Tecnologia
A Ilegra levará como carro-chefe para o CIAB a expertise para dar agilidade às estratégias de transformação digital das instituições financeiras, deixando-as preparadas para um mercado altamente dinâmico. Por meio de um robô de atendimento no estande, os visitantes poderão testar o grau de inovação das empresas nas quais trabalham, bem como poderão verificar o quanto estão por dentro do assunto fintechs. A empresa levará, ainda, uma experiência tecnológica que explora o Reconhecimento Facial como forma de validação de transações que se passam em um cenário lúdico, onde o visitante poderá, por exemplo, investir em sonhos e transferir felicidade.

Indra
Área de atuação: Tecnologia e Transformação digital
A Indra apresentará o ITECBAN Core Banking, uma plataforma que responde ao desafio de renovação do core bancário das instituições financeiras e a vistoria digital, e um aplicativo que oferece às seguradoras a possibilidade de fazer um vídeo entre o segurado e o contact center, ajudando na prevenção de fraudes. Além disso, terá uma palestra sobre robotização de processos, com objetivo de mostrar a otimização de processos usando uma estrutura digital, além de simplificar a operação e integrar diferentes sistemas e tecnologias.

Infosolo Informática S.A.
Área de atuação: Tecnologia da informação
A Infosolo apresentará produtos como o Sistema Integrado de Registro Eletrônico de Contrato (SIREC) para criar, monitorar, administrar ou cancelar os registros de contratos de financiamento de veículos feitos de forma eletrônica. O sistema é integrado ao DETRAN e Instituições Financeiras e reduz fraudes em cláusulas de contratos de financiamento de veículos. Também mostrarão o DETRAN CLOUD, que fomenta a contratação de serviços com maior foco em alta disponibilidade, atualização tempestiva de regulamentações e padronização. Por fim, o Refintech, um facilitador que permite que qualquer cidadão possa pagar os seus débitos com a União e Detrans, por meio do uso do cartão de crédito com tecnologia Blockchain.

IWG/Spaces e Regus
Área de atuação: Soluções de outsourcing e serviços de escritório
No CIAB, a Regus apresentará o seu pacote de soluções para serviços de escritório: escritórios mobiliados, espaços de trabalho personalizados para alugar; Coworking, escritórios compartilhados em qualquer uma das localidades da empresa no mundo; Virtual Office, escritórios virtuais que incluem serviços de atendimento de ligações e gestão de correspondência, além de um endereço comercial profissional em um centro de negócios da Regus; e o Plano de contingência, solução que dá ao cliente um escritório completo para ser usado imediatamente quando algum incidente tornar a sua área de escritório inacessível.

JCM Global
Área de atuação: Banking
A JCM apresentará soluções de validação de notas como o RDM (Retail Deposit Module), o iVIZION LD, o DBV 400 e DBV 500 e o MRX BNF. O RDM é um sistema de validação de notas de alta velocidade e margem curta para garantir depósitos financeiros inteligentes e seguros. O iVIZION LD é um validador que captura toda a imagem da nota, frente e verso. As séries de validadores DBV 400 e 500 possuem um design robusto, tecnologia de última geração e sensores de alta precisão para 6 comprimentos de onda diferentes. O MRX BNF é uma solução escalável para alimentação e reciclagem de notas com pacotes de sensores avançados que aceitam várias moedas simultaneamente.

Logicalis
Área de atuação: Soluções em TI
Durante o CIAB, a Logicalis apresentará uma solução de vídeo analytics, que permite o reconhecimento facial de clientes, assim como o monitoramento em tempo real da experiência deles nas agências, com foco em melhorar a experiência dos clientes nas agências físicas. Soluções de Inteligência Artificial e atendimento digital baseadas em chatbots, que permitem um atendimento ágil e personalizado para venda de seguro e abertura de sinistro. Por fim, a GoCloud, destinada à migração para um modelo de cloud híbrida, contemplando desde os serviços de cloud assessment, deploy & integration até o gerenciamento e monitoramento de todas as soluções relacionadas, bem como segurança para soluções em nuvem.

MATERA
Área de atuação: Tecnologia para mercado financeiro
A Matera apresentará no evento a venda de produtos via Realidade Aumentada e pagamento móvel off-line, que permite ao cliente fazer a compra sem precisar ver o produto na prateleira e sem precisar estar conectado à internet ou ter pacote de dados. A solução envia o dinheiro da conta do cliente direto para a conta do estabelecimento. A empresa também levará ao CIAB uma solução de saques bancários por meio de QRCode, que permitirá que o visitante do estande retire dinheiro em uma máquina de saque usando apenas um QRCode em seu celular.

Murex
Área de atuação: Tecnologia de Informação
A Murex fornece soluções de tecnologia financeira de ativos cruzados para empresas do mercado de capitais. A empresa levará ao CIAB FEBRABAN 2018 sua plataforma multifuncional, a MX.3, que auxilia operações de trading, tesouraria, operações de risco e pós-negociação, permitindo que os clientes atendam melhor aos requisitos regulamentares, gerenciem riscos em toda a empresa e controlem os custos de TI.

Namirial
Área de atuação: Tecnologia da Informação/Software
A Namirial mostrará a combinação de soluções LiveID & eSignAnyWhere, que proporcionam às organizações uma vantagem competitiva em mercados rápidos e ajudam a evitar sanções por ausência de ‘compliance’. A solução combinada atende a todos os requisitos de integração de clientes, incluindo as regulamentações Anti Money Laundering (AML) e Know Your Customer (KYC), que afetam bancos, seguros e fornecedores de serviços financeiros e de telecomunicações. Essa tecnologia permite assinar documentos eletrônicos legalmente vinculativos e compatíveis com os regulamentos que regem os serviços de confiança. O eSignAnywhere também oferece suporte para a casos que exigem a integração de certificados digitais qualificados por provedores de serviços de confiança credenciados.

Nanopay
Área de atuação: Finanças, meios de pagamento e Fintech
Durante o CIAB, a Nanopay apresentará a plataforma Digital Cash que pretende abrir o caminho para um futuro sem cédulas ou moedas. A plataforma, inédita no Brasil, usa tecnologia própria (em oposição à tecnologia bitcoin ou blockchain) para trocar dinheiro com mensagens de pagamento protegidas criptograficamente, que movem valor de um usuário para outro com segurança. Essa tecnologia foi construída tendo em mente a escalabilidade, tendo a capacidade de processar 30.000 transações por segundo, com margem de custo por transação próxima a zero.

NCR Corporation
Área de atuação: Tecnologia para o mercado financeiro
A NCR apresentará seu switch de gestão de pagamentos, soluções de software para segurança das transações, seus terminais inteligentes de autoatendimento e tecnologias para a administração do dinheiro nestes terminais. O switch de gestão de pagamentos monitora, orquestra e protege transações financeiras em quaisquer dispositivos (celular, terminais de autoatendimento, digital wallet, etc.). Com machine learning, análise probabilística e antecipação de fraudes, o switch pode ser customizado para bancos tradicionais, digitais, e-commerce, market place, etc. Outra solução é a tecnologia para o gerenciamento do fluxo de dinheiro, para uso nos terminais de autoatendimento, integrada à uma tecnologia capaz de reconhecer cédulas e identificar notas verdadeiras e falsas, que também permite que o dinheiro de depósitos seja reaproveitado para saques.

Netseg
Área de atuação: Negócios em Segurança Eletrônica
Durante a 28ª edição do CIAB FEBRABAN, a Netseg, um portal de negócios em segurança eletrônica, apresentará suas Soluções Integradas de Tecnologia em Segurança Eletrônica. No estande, a empresa irá simular uma Agência Bancária em total funcionamento, com alta tecnologia, demonstrada através das soluções.

Newgen Software Inc.
Área de atuação: Tecnologia da Informação/Software
As soluções da Newgen oferecem uma Plataforma Unificada Configurável baseada em seus produtos (Gerenciamento de Processos de Negócios (BPM), Gerenciamento de Conteúdo Corporativo (ECM), Gerenciamento de Comunicação do Cliente (CCM) para atender ao banco e ao consumidor. Essas soluções ajudam os bancos e instituições financeiras a agilizar seus processos de abertura de contas, de empréstimos, financiamento comercial, pagamentos, ‘compliance’ e relatórios.

Norky Indústria de Produtos Elétricos LTDA ME.
Área de atuação: Automação comercial e bancária
A Norky participará do CIAB com modernos e compactos equipamentos para o processamento de numerários (cédulas e moedas) como contadoras, validadoras e classificadoras de cédulas (validação e identificação com 100% de precisão). São soluções de alto desempenho com o menor custo benefício, preparadas para moedas de vários países. Os produtos otimizam e reduzem diretamente os custos operacionais de tesouraria ou back-office. Os novos modelos lançados são o SB11 para validação de cédulas e o modelo 2385 Mix para processamento de moedas.

Orbistec
Área de atuação: Inteligência Artificial, ciência e tecnologia
A Orbistec leva ao CIAB o JFP – modelo de localização de pontos de atendimento baseado em Inteligência Artificial; o Delphos – ferramenta de previsão de resultados baseada em análises estatísticas, capaz de prever resultados, perceber inconsistências e tratar sazonalidade; o OrbisTalk – ferramenta de análise textual de notícias e redes sociais, capaz de medir impacto, difusão e opinião sobre marcas e produtos; e o SMI – sistema que detecta comportamentos irregulares, funcionando como ferramenta de conhecimento operacional.

Panini
Área de atuação: Comércio de equipamentos e periféricos
Quem visitar o estande da Panini nessa edição do CIAB FEBRABAN poderá conferir as soluções da empresa como o Vision X, o Vision Next, o Mi:deal e o Avantor. Todos os produtos e soluções da empresa são focados na transação digital do cheque, com configurações escalonáveis e opções em mobilidade. Para o cliente final, os grandes fatores decisivos dessas soluções são a rapidez e a segurança na transação digital de cheques.

Perto S A
Área de atuação: Automação Bancária
A empresa apresentará recursos digitais como ATMs (soluções de gestão de numerário), POS (sistema de gestão de atendimento e previsão de numerário), sistema de monitoramento de equipamentos e outsourcing (solução completa para estacionamentos). As soluções da Perto contam com uma linha de opções de terminais que podem utilizar diversos tipos de módulos, como por exemplo: dispensador de cédulas, depositário de envelopes, impressora de recibos, leitor de código de barras, leitor de cartões, NFC, biometria, aceitador de cédulas e moedas, reciclador de cédulas e moedas, scanner de cheques e dispensador de folhas de cheque.

Prosegur
Área de atuação: Logística de valores
A Prosegur vai apresentar aos visitantes do CIAB a “Conciliação Segura Prosegur”. A solução garante o controle e a gestão sobre as transações e vendas realizadas pelo cliente, seja por meios de pagamento eletrônicos (cartões de débito e crédito), vouchers ou dinheiro. Com acesso via website e aplicativo da Prosegur, o serviço de conciliação permite reunir todas as informações sobre as transações efetuadas. Além da gestão sobre débito e crédito, a nova função é o controle sobre pagamentos em dinheiro. Por meio do Caixa Fácil, um cofre inteligente que permite guardar e transferir o dinheiro em segurança, o cliente pode ficar tranquilo sobre a contabilidade de sua receita em espécie.

Qlik
Área de atuação: Business Intelligence
Os softwares da Qlik foram projetados para capacitar as pessoas em uma organização a analisarem seus dados, independentemente do perfil profissional. A plataforma de análise oferece suporte a casos de uso de BI, desde análises integradas, guiadas e self-service, até aplicativos personalizados. O mecanismo associativo permite que dados sejam explorados em qualquer direção, a partir de qualquer dispositivo. O mecanismo associativo da Qlik indexa todas as relações possíveis em dados para obter insights imediatos e explorá-los em qualquer direção que a intuição mandar. Ao contrário das ferramentas baseadas em consulta, não há dados pré-agregados e consultas predefinidas.

Red Hat
Área de atuação: Tecnologia da Informação
O destaque da Red Hat para a 28ª edição do CIAB FEBRABAN é o OpenShift, uma plataforma de orquestração de containers que está integrada com todo o portfólio Red Hat Middleware e com a infraestrutura de cloud Red Hat. A proposta é trazer ao cliente uma infraestrutura moderna, ágil, auto-escalável e sem “lock-in” comum nas Fintechs.

Reply do Brasil
Área de atuação: Consultoria, Integração de Sistemas e Serviços Digitais
A Reply vai levar ao CIAB o Open Shift – Arquitetura de Microserviços com integração Deploy contínua, permitindo processos de integração contínuos, escalabilidade, open source, provisionamento automático de ambientes. Além disso, serão apresentadas as soluções: Chat Bot, Assistente virtual; Serviços Cognitivos, serviços de Inteligência Artificial; IPA, Inteligência de automação de processos administrativos, que auxiliam na aceleração dos processos de automação nas áreas menos manuais, otimizando tempo.

Resource IT
Área de atuação: Integradora de TI
A Resource IT apresentará sua solução de RPA (Robotic Process Automation). A oferta consiste em um robô virtual que executa operações de atendimento levando maior agilidade e assertividade nas tomadas de decisões para o setor financeiro. No estande da empresa será apresentado com destaque, em um totem interativo, a solução de RPA BringTo, para que os visitantes possam utilizar e comparar os serviços realizados manualmente e por meio da máquina. Também serão destacadas as soluções SMP, Agile, Big Data e SAP.

RTM – Rede de Telecomunicações para o Mercado
Área de atuação: Telecomunicações e tecnologia para o mercado financeiro
Os destaques da empresa serão o RTM TRADE SOLUTION – plataforma integrada de comunicação e colaboração para Mesas de Operações Financeiras e Centros de Decisão, via Cloud, em rede privada, eficiente para o gerenciamento de múltiplas chamadas de voz simultâneas e sistema de gravação integrado; e o RTM HUB – solução que realiza a recepção, transformação, envio, acompanhamento do processamento e retorno de arquivos com as ordens de liquidação das operações de cartão de débito, crédito e antecipação de recebíveis.

Salesforce
Área de atuação: Tecnologia
A empresa apresentará durante o CIAB FEBRABAN o Salesforce Financial Services Cloud, solução que permite aos consultores proverem uma orientação mais inteligente aos clientes, com base nas metas e fases de cada investidor. A empresa também realizará demos e apresentações em seu estande sobre automação de vendas, atendimento ao cliente, marketing digital e inteligência artificial para CRM.

SAP Brasil
Área de atuação: Softwares de gestão empresarial
A SAP apresentará o SAP Leonardo, que integra novas tecnologias ao SAP Cloud Platform e oferece serviços de design thinking para acelerar a transformação digital das organizações; o SAP Analytics Cloud, solução de análise, planejamento e previsão em ambiente colaborativo e integrado na nuvem; o SAP Cloud Platform, plataforma como serviço (PaaS) empresarial que oferece recursos de desenvolvimento de aplicativos; o SAP Hybris, portfólio CRM que reúne marketing, vendas, comércio, atendimento ao cliente e mídias sociais; e o SAP Signature Management by DocuSign, que permite que pessoas dentro e fora das organizações acessem, assinem e enviem eletronicamente documentos de qualquer lugar, a qualquer momento e em qualquer dispositivo.

SAS
Área de atuação: Tecnologia/Analytics
A empresa levará ao CIAB soluções antifraude, de riscos, gerenciamento de dados, customer intelligence e Analytics (incluindo Inteligência Artificial). As soluções do SAS destinam-se a oferecer ao mercado a capacidade de extrair insights relevantes e que ajudem as empresas na melhor tomada de decisões para o sucesso dos negócios. São soluções que atendem as mais diversas indústrias que hoje dependem da análise de dados para a melhor condução dos seus negócios, com destaque para o setor financeiro.

Scopus Soluções em TI
Área de atuação: Tecnologia da Informação e Comunicação
As soluções que serão apresentadas pela Scopus são: Processamento de linguagem natural, tecnologia que utiliza algoritmos de Inteligência Artificial para facilitar o uso do celular em transações financeiras, ela transforma em transação um comando de voz do usuário, ou um texto; Realidade Aumentada – a Scopus levará para seu estande, virtualmente, pessoas, carros e ambientes de um shopping center de São Paulo, uma das demonstrações permitirá o envio de mensagens personalizadas, em tempo real, a partir do estande para pessoas que estão no shopping procurando determinado produto; Controle de drones a distância, tecnologia de realidade aumentada usada para viabilizar o controle a distância (a partir do estande) do voo de pequenos drones a quilômetros de distância do Transamerica Expo Center; e Proteção digital IoT, solução voltada à proteção de cargas preciosas, pessoas e patrimônio, que funciona como antídoto contra blindagem eletrônica (jammer), utilizada geralmente por sequestradores de cargas e pessoas para bloquear o sinal do GPS do celular, impedindo sua localização.

SecureCircle
Área de atuação: Segurança da Informação
A solução SecureCircle protege arquivos sensíveis, cria um perímetro virtual seguro e garante que dados fiquem em estado criptografado seja em descanso, em trânsito ou em uso, mantendo o controle de forma centralizada independentemente do local em que estão armazenados. A SecureCircle resolve a má utilização, o roubo interno e as ameaças de violação de dados porque os arquivos sempre estão em modo criptografado e apenas dispositivos confiáveis podem acessar os arquivos protegidos, além de proteger qualquer trabalho derivado utilizando uma tecnologia de detecção de similaridade.

SONDA
Área de atuação: Tecnologia
A SONDA levará para o CIAB o conceito de avaliação de gaps para o crescimento exponencial do setor financeiro, ou seja, por meio de modelo consultivo, que envolve uma metodologia própria de análise para identificar lacunas nos processos dos clientes, a proposta é identificar as dores de negócio das empresas do setor e propor uma transformação que impacte na operação. As soluções expostas envolvem, principalmente, a experiência do usuário, a segurança digital e a conectividade, tudo embarcado num processo de transformação digital.

Stefanini
Área de atuação: Serviços em TI
A Stefanini levará para o CIAB a sua plataforma de inteligência cognitiva, com destaque para a implementação realizada na Caixa Econômica Federal, onde a assistente virtual foi batizada de AIXA. A ferramenta é capaz de interagir com usuários humanos e sistemas por meio de um conjunto crescente de interfaces de texto. As interações passam a seguir fluxos de conversas simples e naturais, permitindo a busca de informações de maneira dinâmica nos sistemas da CAIXA.

Supply Mídia Tecnologia e Serviços
Área de atuação: Aplicativos e conectividade para a área financeira
As soluções apresentadas pela Supply são: o Total Bank, gerenciador financeiro total; Total Card, conciliador de cartões completo; Total For, portal de fornecedores com antecipação de recebíveis automatizado; Debweb e Siscad, gerenciador inteligente de arrecadações, pagamentos e débitos automáticos. São aplicativos automáticos para manter e aumentar o crescimento de domicílios bancários e prover recursos financeiros aos clientes com antecipações de recebíveis com contratação automática, atuando no gerenciamento financeiro e processos de débito automático com recursos de inteligência para pagamentos e arrecadações.

SUSE
Área de atuação: Tecnologia da Informação
O SUSE Linux Enterprise Server é um sistema operacional para classe empresarial em ambientes físicos, virtuais ou em nuvem. A plataforma pode ser direcionada e otimizada a aplicativos SAP no Linux, validada e certificada pela SAP para todas as soluções SAP HANA, S/4HANA e SAP NetWeaver. O SUSE OpenStack Cloud é a nuvem privada open source para negócios corporativos, enquanto o SUSE Enterprise Storage, ferramenta de armazenamento de dados capacitada pela tecnologia Ceph, complementa a solução como os dois principais componentes de uma infraestrutura definida por software. Para o gerenciamento desta ou de qualquer infraestrutura de TI, o SUSE Manager entra como a principal ferramenta de código-fonte aberto para a metodologia DevOps.

Tata Consultancy Services (TCS)
Área de atuação: Serviços de TI e consultoria
A Tata Consultancy Services (TCS) oferece um portfólio de processos focados em seu core business, estruturas, e soluções que ajudam organizações a responder rapidamente às mudanças de mercado e se adaptarem a era do Business 4.0. As ofertas da empresa combinam aceleradores de soluções customizáveis com a expertise adquirida a partir do engajamento com bancos globais, instituições regulatórias e de desenvolvimento, bem como organizações financeiras diversificadas e especializadas.

Telemática Sistemas Inteligentes LTDA
Área de atuação: Soluções de identificação, controle de acesso e ponto
A Telemática apresentará durante a 28ª edição do CIAB FEBRABAN suas soluções de sistemas de identificação, controle de acesso e prevenção de furtos. As soluções funcionam de forma autônoma, sem necessariamente depender de um operador e apresentando um status em tempo real. As soluções garantirão ao cliente uma sensação de maior tranquilidade e proteção.

Temenos
Área de atuação: Software para bancos e finanças
A Temenos apresentará no CIAB as soluções: Temenos Digital Banking; Wealth Suite Robo Advisor; Retail Banking; Wealth Suite; Temenos Analytics; e a Temenos Financial Crime Mitigation. As soluções são modulares (podem ser implementadas em etapas, permitindo um tempo mais rápido para avaliar e reduzir riscos), possuem capacidade de atualização (os bancos sempre ficam à frente das tendências de mercado) e possuem grande abertura (os bancos podem tirar proveito da inovação e dos serviços de terceiros usando APIs).

TransUnion
Área de atuação: Tecnologia da informação
As soluções que a TransUnion levará ao CIAB são: o Analytics, que ajuda as instituições financeiras a compreenderem o comportamento de seus clientes em potencial, sejam pessoas físicas ou jurídicas, a partir de dados alternativos; Marketing Services, que melhora a jornada do consumidor desde a prospecção até a retenção com oferta de novos produtos e serviços, ou mesmo bonificação aos clientes; Crivo que facilita o onboarding de clientes por meio de regras de decisão, scorecards, acesso a mais de 600 fontes de dados e automação de inúmeros processos manuais; e Prevenção à Fraude, soluções para combater fraudes em todo o ciclo de transação e que ajudam empresas a identificarem falsas identidades antes do fechamento do negócio, em ambiente presencial ou virtual.

Unisys
Área de atuação: Tecnologia da Informação
Durante o CIAB, a Unisys estará com duas soluções de destaques: a plataforma Elevate™ by Unisys e o Stealth (identity)™. O Unisys Elevate™ é uma solução disruptiva e integrada que pode ser personalizada de acordo com as regulamentações e condições de cada mercado, desempenhando a função de centro de integração de muitas funcionalidades e soluções, em uma única plataforma. Incorpora um alto nível de segurança, com recursos integrados de biometria adaptável e análise de dados para identificar clientes, autenticar acesso e validar transações. Já os produtos de segurança Stealth garantem proteção adaptável por meio do uso da tecnologia de microssegmentação em empresas, protegendo usuários, dados, aplicações e sistemas contra ameaças cibernéticas. Mediante a criação de comunidades seguras, usuários e dispositivos autorizados conectados à Internet das Coisas são reunidos em segmentos criptografados criados pelo Stealth, camuflados contra invasores externos e protegidos contra as ameaças internas.

Vector ITC Group
Área de atuação: Tecnologia
O Vector ITC Group desenvolve projetos com tecnologias de Inteligência Artificial, Machine Learning, Blockchain, soluções mobile e de modernização digital. A Inteligência Artificial e as tecnologias cognitivas, por exemplo, são aplicadas no gerenciamento de relacionamentos com clientes, na autenticação de identidades e no controle de riscos. Soluções específicas para o setor bancário também fazem parte do portfólio do grupo. O Cash Light, uma nova arquitetura para caixas eletrônicos baseada em microserviços e o Cash4You, sistema de gestão de cédulas baseado em redes neurais, são duas de suas inovações mais importantes.

Visa
Área de atuação: Tecnologia em meios de pagamento
Entre os destaques, estão as experiências no estande da Visa, onde serão apresentados: uma geladeira que faz a leitura dos produtos e também compra o que estiver faltando; óculos de realidade virtual que simula a experiência contactless no transporte público, facilita e agiliza o processo de cobrança, entrada e saída do metrô; simulação de pagamentos com wearables (vestíveis: pulseiras, anel, celulares e relógio) em uma loja, além de um provador de roupas virtual; foto ao lado da mascote oficial da Copa, o Zabiwaka; e o Museu do ontem, uma miniexposição de objetos considerados do passado dos pagamentos. Além disso, haverá a participação de dois executivos da Visa em palestras sobre P2P e Cybersource.

Voxdata Technology
Área de atuação: Canais de atendimento
A solução de canais de atendimento da Voxdata foi construída especificamente para instituições financeiras, possui CRM integrado para o melhor engajamento do cliente final e autenticação multifatorial. Isso permite uma visão 360 do cliente trazendo segurança aos canais, reduzindo nativamente o risco transacional. A solução possui seus canais de atendimento altamente acoplados trazendo consigo as novas formas de atendimento. O CRM e autenticador multifatorial, presentes na solução, agregam valor ao negócio e segurança.

Wittel
Área de atuação: Contact center e conferências
Neste ano, a Wittel leva para o CIAB sua tecnologia para mesas de operação – o New Unigy, solução que combina todos os requisitos de segurança e compliance que o negócio exige, com o benefício da contratação em nuvem, com posições sob demanda e escaláveis. Os clientes passam a contar com soluções de conectividade em uma arquitetura de acesso unificado. O portfólio atende aos desafios mais exigentes de segurança, conformidade e produtividade enfrentados pelas instituições financeiras.

ZUP
Área de atuação: Transformação Digital, softwares e consultoria
A ZUP vai apresentar na 28ª edição do CIAB suas plataformas e consultorias que tornam o desafio da Transformação Digital mais simples no setor bancário. Através de plataformas, desenvolvimento de softwares e integração de sistemas, a empresa oferece soluções inovadoras e práticas para tornar o processo/desafio de Transformação Digital dentro de bancos e telecoms um processo mais simples e menos “doloroso”. Os produtos da ZUP são customizáveis de acordo com as necessidades do cliente.

Congresso CIAB FEBRABAN
Data: 12 a 14 de junho de 2018
Local: Ciab FEBRABAN – Transamérica Expo Center (Avenida Doutor Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro.

Tags,

WeWork Week convida São Paulo a sair do escritório

A WeWork Week levará a experiência WeWork para cinco dos lugares mais descolados de São Paulo. De 4 a 8 de junho, locais como a Apart Gallery, o bar Guarita, a cervejaria Goose Island, o wine bar Bardega e o multifuncional Edifício Tokyo recebem espaços pop-up que estimulam a criatividade e conexão entre as pessoas.

Além da transformação visual com o design característico da WeWork, esses hubs levarão uma verdadeira experiência a quem quer se conectar aos novos meios de se pensar o ambiente de trabalho: lugares que podem ser divertidos sem deixar de ser produtivos, cheios de inspiração e oportunidades de negócios.

Quem vai?

A WeWork convidou um time de influenciadores que trabalhará em cada uma das cinco unidades – e o público em geral poderá dividir esse espaço com eles, trocando ideias e experiências. Entre os nomes já confirmados estão: Coletivo Nosotros, Lolo Ascar, Rodrigo Marques e UpDate or Die. “Nossa ideia é levar a experiência WeWork para além dos nossos espaços. Vamos transformar lugares já conhecidos por grande parte dos paulistanos em ambientes muito similares aos que as mais de 7 mil pessoas que trabalham nos nossos prédios aqui no Brasil já conhecem: cheios de energia, conteúdo e oportunidades de conexões”, diz Iris Freund, Gerente de Marketing da WeWork no Brasil.

Atrações

Entre os destaques, painéis, palestras, workshops, sessão com fotógrafo profissional para foto de perfil do Linkedin, degustação de vinhos, aula de mixologia, show intimista com o selo Sofar Sounds e até batalhas de pintura ao vivo.

Com a cara da WeWork

Além de todo o código visual e serviços, como internet de alta velocidade, café, chopp, água e água saborizada à vontade, marcas registradas de qualquer espaço da WeWork no mundo, esses novos hubs recebem iniciativas como a TGIM e a Wellness Wednesday.

A primeira é uma brincadeira com a expressão “Thank God it’s Monday”, com ações que comemoram as segundas-feiras. Durante a WeWork Week, a diversão escolhida são os tradicionais torneios de tênis de mesa e pebolim. Já na quarta-feira é a vez de cuidar do corpo e da alma com uma área de quick massage em cada um dos espaços do evento.

Creator Awards

Além da WeWork Week, a startup também anuncia a chegada ao Brasil de sua maior iniciativa global: o Creator Awards. A premiação, criada em 2017, reconhece iniciativas de alto impacto lideradas por pessoas ou organizações de diferentes áreas e em diferentes estágios de crescimento. Por meio de aportes financeiros, o Creator Awards pretende incentivar que empreendedores, negócios de pequeno porte, empresas em desenvolvimento, ONGs e artistas possam levar adiante os seus projetos e sonhos e contribuir para fazer a diferença. Com inscrições abertas até 15 de junho, o prêmio distribui mais de R$ 2 milhões (https://creatorawards.wework.com/pt-BR/).

WeWork Week
Data: 4 a 8 de junho
Horário: 9h às 17h
Inscrições gratuitas no site: www.weworkweek.com.br
Observações: Vagas são limitadas. Cada pessoas pode se inscrever apenas para um dia em um dos locais.

Tags, , , , , ,

Inteligência artificial é a nova aposta de atendimento ao cliente da Linx

A Linx, líder brasileira no fornecimento de soluções em software de gestão para o varejo, apresenta a Laís, chatbot que chega para revolucionar a forma como a empresa presta suporte aos clientes. A ferramenta ficará disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana e poderá ser acessada no site da Linx por meio de computadores e dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

A sigla LAIS vem do nome Linx Artificial Intelligence Service, que significa Serviço de Inteligência Artificial da Linx. Sempre de prontidão e com fácil interação, o chatbot oferece autoatendimento aos clientes em diversos serviços, como por exemplo, segunda via de boleto ou solicitação de acesso. A Lais é capaz de diagnosticar a complexidade da solicitação e poderá acionar de maneira transparente e natural um “colega de trabalho”, parte do time do suporte, para apoia-la. Esse trabalho em conjunto garante mais agilidade e escalabilidade ao atendimento.

Somente no período em que ficou em testes, a LAIS ultrapassou a marca de 13 mil atendimentos efetuados, 76% destes foram classificados como eficaz e efetivo e menos de 21% dos atendimentos foram transferidos.

“A Linx está sempre em busca de novas tecnologias para seus clientes. Decidimos trazer este nosso conhecimento para a área de Suporte a fim de gerar mais conveniência e otimizar o serviço que prestamos diariamente”, explica Fábio Xavier, diretor de Suporte na Linx. “A LAIS é mais uma peça fundamental no nosso time”, adiciona.

Futuro

No momento, a LAIS está disponível exclusivamente para os clientes da Linx, com foco em questões administrativas e financeiras. De acordo com Xavier, “o próximo passo é que o chatbot sirva como ferramenta de primeiro contato com potenciais clientes e de suporte técnico de produtos que a empresa fornece para o mercado”

Tags, , , ,

Sistema Fiep lança MBA com diplomação internacional em Indústria 4.0

Aulas começam em junho e o curso terá um módulo na Alemanha

As inovações tecnológicas digitais implantadas nos processos industriais e nas linhas de produção deram origem ao termo Indústria 4.0, que faz alusão a uma quarta revolução industrial, momento em que os sistemas em nuvem, de inteligência artificial e outras plataformas virtuais, são utilizadas para tornar os processos mais eficientes, autônomos e conectados a toda a cadeia de valor. Entretanto, mesmo com o espaço produtivo sendo ocupado cada vez mais por inovações, é necessário um aperfeiçoamento também dos profissionais e das lideranças capazes de criar valor efetivo e sustentável, em meio a tantas alternativas digitais para melhorar a produtividade das empresas.

Por isso, o Sistema Fiep, por meio das Faculdades da Indústria, lança um MBA focado em indústria 4.0. Abrangendo tanto a parte da engenharia como a da gestão da indústria, o MBA em Liderança para Transformação Digital e Indústria 4.0 está com inscrições abertas e terá um módulo internacional em parceria com a SIBE (School of International Business and Entrepreneurship) da Stenbeis University Berlin, na Alemanha. O módulo garante a dupla diplomação e os custos com passagens, hospedagem, parte da alimentação e ainda tour por empresas referência em indústria 4.0 da região de Baden-Württemberg já estão inclusos no valor do MBA.

De acordo com o Gerente de Operações do Sistema Fiep, Fabricio Luz Lopes, por ter o foco principal na gestão da indústria 4.0, o MBA se diferencia por preparar lideranças industriais efetivas frente aos desafios da nova economia. “O movimento da indústria 4.0 não é algo que a indústria consegue fazer sozinha. É preciso conhecer as necessidades e estabelecer parcerias com startups, por exemplo. Por isso, o MBA vai preparar as pessoas para liderarem o movimento de transformação digital dentro de seus ambientes de trabalho, criando a capacidade de tomar decisões e até mesmo reconhecer quem são as pessoas que elas precisam contratar para sair do mundo offline e ir para o mundo digital”, detalha.

Segundo ele, os módulos do MBA foram planejados a partir de uma pesquisa e aproximação com as indústrias e com especialistas do tema para estabelecer os principais desafios e prioridades com relação às temáticas que envolvem a indústria 4.0.

As matrículas estão abertas e as inscrições podem ser realizadas pelo link http://www.faculdadesdaindustria.org.br/pos-graduacao/.

Tags, , , , , , , ,

Hotéis Hilton do Brasil participam de iniciativa global e promovem capacitação no ramo de hotelaria

Os hotéis Hilton Barra Rio de Janeiro, Hilton Rio de Janeiro Copacabana e Hilton São Paulo Morumbi participaram da Careers@Hilton Week, evento anual e global da rede, que aproxima jovens em busca de emprego no ramo de hotelaria. Entre os dias 14 e 20 de maio, os hotéis e escritórios Hilton em todo o mundo foram palco de centenas de eventos que informaram os jovens sobre as diversas carreiras e oportunidades no segmento.

Esta iniciativa é parte do compromisso Portas Abertas da Hilton, que busca conectar, preparar e empregar pelo menos um milhão de jovens até 2019 nos setores de turismo e hospitalidade. Até agora, em todo o mundo, a rede alcançou a marca de quase 800.000 participantes impactados por meio de parcerias globais, captação de talentos e ativações locais.

A equipe Hilton São Paulo Morumbi recebeu nos dias 10 e 17 de maio aprendizes do SENAC – Águas de São Pedro e da ONG Vida Jovem. Os mais de 40 visitantes assistiram a palestras e fizeram um tour por todos os departamentos do hotel. O objetivo de cada encontro era fazer com que os participantes conhecessem a cultura e filosofia Hilton. No final, os jovens foram incentivados a enviarem currículos para atuais e futuras vagas da rede.

No último dia 18, o Hilton Rio de Janeiro Copacabana recebeu 350 jovens para uma manhã de capacitação e curiosidades, na qual Flávio Silva e Lorena Lobo, gerentes de treinamento da rede, e Laura Castagnini e Klaus Ziller, gerentes gerais das unidades Copacabana e Barra da Tijuca, respectivamente, descreveram suas trajetórias e os princípios da hotelaria e hospitalidade Hilton.

“A Hilton tem como meta conectar, preparar e empregar um milhão de jovens até 2019. Sabemos que somos uma parte importante na formação desses jovens e com isso impactamos a qualidade do serviço hoteleiro no país. Por isso, o Grupo Hilton valoriza e motiva esse tipo de atividade para estudantes”, afirma David Ecija, gerente geral do hotel Hilton São Paulo Morumbi.

O Careers@Hilton Week é uma oportunidade ímpar para a Hilton inspirar jovens a ingressar no mercado de trabalho na indústria da hotelaria e auxiliá-los com direcionamentos vitais para que tenha sucesso na vida corporativa e além. As atividades desenvolvidas vão de oficinas de currículo à criação de network, assim como relatos de atuais membros da equipe sobre suas carreiras.

Para outras informações sobre o compromisso Hilton com a juventude, visite http://newsroom.hilton.com/index.cfm/misc/youth para informações sobre carreiras na rede, visite http://jobs.hiltonworldwide.com/.

Bcredi adota linguagem de programação referência no Vale do Silício

Sempre atualizada e investindo constantemente em tecnologia, a Bcredi, fintech que oferece crédito imobiliário de forma rápida e descomplicada em um processo 100% online, implementou em sua plataforma a linguagem de programação Elixir, baseada na tecnologia Erlang, popularizada entre diversas empresas do Vale do Silício, como Pinterest e WhatsApp.

Com a nova linguagem, a fintech conseguiu otimizar seu serviço e ainda diminuir cerca de 90% dos custos que tinha para manter sua antiga estrutura. Além da economia, Elixir também permitiu migrar toda a plataforma da Bcredi para a nuvem. Com isso, a empresa consegue ser muito mais eficiente utilizando menos recursos.

“Elixir tornou a nossa plataforma muito mais ágil e prática para o trabalho da equipe de desenvolvimento. Temos a tecnologia como nosso core business, por isso investimos fortemente na área sempre buscando as melhores opções disponíveis que possam acompanhar e se adaptar às transformações do mercado para aprimorar o nosso negócio”, diz Fredy Artur Schaible, CTO da Bcredi.

Para os clientes da fintech, a linguagem também oferece vantagens, como melhor usabilidade e maior velocidade. “Caso muitos usuários estejam acessando a plataforma ao mesmo tempo, Elixir também permite aumentar a disponibilidade de forma dinâmica sem afetar o cliente, e ainda pode ser integrada facilmente com novas inovações, o que é um ponto positivo para os projetos futuros da empresa”, explica Schaible.

Criada há seis anos pelo brasileiro José Valim, Elixir é uma linguagem de código aberto reconhecida por especialistas como uma revolução na tecnologia de computadores. O grande diferencial dessa inovação é que Valim tomou como base uma linguagem antiga, Erlang, utilizada desde a década de 70 por empresas do setor de telecomunicações, e simplificou o processo para desenvolvedores de software. Isso permitiu que a linguagem pudesse ser adotada por outras empresas de uma forma simples, com poucos códigos, garantindo a mesma estabilidade da área de telecom e aumentando a qualidade dos produtos digitais.

Estudo revela os trending topics do e-commerce brasileiro no primeiro trimestre de 2018

O mercado de e-commerce continua ganhando destaque na economia brasileira e deve crescer 12%, movimentando R$ 53,5 bilhões em 2018. As projeções são do relatório Webshoppers 37, divulgado pela Ebit. Mais de 60 milhões de consumidores farão compras online este ano, impulsionando o setor.

Para acompanhar as tendências desse segmento durante todo o ano, a Nuvem Shop, acaba de realizar um levantamento que destacou os números do comércio eletrônico referentes ao primeiro trimestre de 2018. Os dados levantados permitem avaliar os trending topics do setor entre janeiro e março de 2018 e analisar o desempenho cada nicho de mercado. Os resultados foram extraídos da base de lojistas que utilizam a plataforma de serviços de e-commerce da Nuvem Shop, que possui mais de 18 mil lojas movimentando o mercado online atualmente.

De acordo com José Abuchaem – Fundador e CMO da Nuvem Shop, o ano começa com o pé direito para o e-commerce no Brasil. “Observamos movimentos importantes com o aumento do número de empreendedores que comercializam seus produtos digitalmente e que aproveitam ao máximo a tecnologia para melhorar seus canais de vendas e a interação com seus clientes”, ressalta.

O levantamento da Nuvem Shop apontou um aumento de 107% no número de lojas virtuais criadas no primeiro trimestre de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017. O segmento de moda foi o que mais cresceu em número de lojas abertas (148%), seguido de saúde e beleza (117%), alimentos e bebidas (194%) e eletrônicos e tecnologia (44%).

O nicho de moda segue na liderança na categoria volume de transações (12%), representando 47% do total de transações realizadas na plataforma no primeiro trimestre, seguido de saúde e beleza (12%) e casa e jardim (6%).

Ticket médio tem aumento significativo

O recorte do primeiro trimestre revelou ainda que houve um aumento no ticket médio em relação ao mesmo período do ano anterior, tanto nas vendas de desktops quanto de dispositivos móveis, num total de 48%. Os tickets médios dos segmentos de esportes (R$ 887), máquinas e equipamentos (R$ 535), eletrônicos e tecnologia (R$ 494) e antiguidades (R$ 487) estão entre os maiores de 2018. Destaque para o segmento de viagem, com o ticket médio campeão de R$ 3.540.

Dispositivos móveis já são responsáveis por 50% das compras

As transações realizadas via dispositivos móveis continuam ganhando importância no comércio eletrônico. No primeiro trimestre de 2018, cresceu o número de transações mobile (39%), assim como o volume de compras (67%), comparado ao mesmo período do ano anterior, aumentando a participação na receita dos lojistas virtuais.

O volume das compras via mobile representou 50% do total de transações, contra 40% no mesmo período de 2017, um crescimento de 10%. O levantamento apontou ainda que o percentual de receita dos lojistas virtuais decorrente das transações mobile cresceu 13%, passando de 30% em 2017 para 43% em 2018. No primeiro trimestre de 2018, o ticket médio de vendas via mobile foi de R$ 377.

No primeiro trimestre de 2018, o segmento de moda realizou o maior volume de negócios virtuais via dispositivos móveis em relação ao total do ano, com 53% das transações, seguido de saúde e beleza, com 12% e casa e jardim, com 3%.