Page admin, Autor em Valor Agregado - Página 548 de 15483

Author admin

EUA é o destino mais procurado por brasileiros em busca por emprego no exterior, com vagas no setor de tecnologia liderando as buscas

De acordo com dados do Indeed, site número 1 de empregos no mundo, existe um movimento de busca por emprego em outros países acontecendo. Dados da plataforma mostram que em fevereiro de 2022, 2% das buscas feitas por candidatos no Brasil foram para empregos no exterior. 

A flexibilização de medidas restritivas em muitos países, com o avanço da vacinação, queda no número de casos graves e reabertura de fronteiras, pode ser um incentivo para que os profissionais que nutrem esse desejo estejam começando a arregaçar as mangas. 

As vagas nos EUA são as mais procuradas por brasileiros (35,9%), o Canadá aparece em segundo lugar na busca (21,3%), seguido de Portugal (16,9%) e Grã-Bretanha (5,9%). 

Dos 15 cargos internacionais mais clicados, dez são de tecnologia, incluindo front end developer, software engineer, data scientist e graphic designer. Felipe Calbucci explica que a busca por essas vagas específicas é reflexo do setor aquecido em todo o mundo. “Vários países estão implementando programas para atrair esses profissionais, inclusive facilitando o visto para profissionais de TI para estimular a permanência de pessoas qualificadas no mercado nacional”, diz ele.

Estrangeiros também querem um emprego no Brasil

O Brasil também vem despertando o interesse de profissionais estrangeiros. A busca internacional por vagas no país cresceu 3% entre outubro de 2021 e fevereiro de 2022, segundo dados do Indeed. 

A maioria das buscas vem de profissionais dos Estados Unidos (41,5%). Em segundo lugar aparece Portugal, mas com números bem mais modestos: 10,5%. O Canadá vem depois (4,5%), seguido por Grã-Bretanha (3,6%) e Chile (2,8%). 

Para Calbucci, muitos desses profissionais são motivados por transformações trazidas pela pandemia, como mudança de prioridades, o fato de buscarem mais qualidade de vida ou até mesmo a abertura de um novo negócio. “Trabalhar no exterior permite expandir habilidades e ganhar experiência em um ambiente cultural diferente, sendo uma chance para melhorar a vida profissional e pessoal no futuro. E muitas pessoas estão mais dispostas a arriscar agora”, conclui.