Page

Author admin

KLM passa a oferecer atendimento a passageiros via Twitter e WeChat

A KLM Royal Dutch Airlines passa a oferecer aos seus passageiros, via Twitter e WeChat, confirmação de reservas, notificações sobre check-in e embarque e atualizações sobre situação de voos. O serviço estará disponível a partir desta quinta-feira (8) em 10 idiomas, incluindo o Português. Além disso, também vai ser possível entrar em contato com atendentes da empresa 24 horas pela plataforma.

Para ter acesso ao serviço, o passageiro precisa optar por receber informações via Twitter e WeChat. A implantação do serviço começa agora e concluída nas próximas semanas. Em 2016, a KLM foi a primeira companhia aérea mundial a oferecer documentos e informações de voos através via Messenger.

“Depois do Messenger, oferecer informações de voo no Twitter e WeChat é um complemento perfeito para a estratégia de mídia social da KLM. Acreditamos que devemos estar onde os nossos clientes estão. A KLM agora leva seu serviço de mídia social ao próximo nível, oferecendo aos clientes a escolha de seu canal favorito”, afirma Pieter Elbers, CEO da KLM.

Tags, , , ,

Quais problemas sociais a tecnologia pode resolver?

É perceptível o quanto a tecnologia revolucionou e criou milhares de negócios em todo o mundo, linhas de produções inteiras foram automatizadas e novas soluções facilitaram muito o dia a dia da população mundial.

Mas a tecnologia pode ser parte da solução de problemas sociais? Pode interromper modelos de organizações onde o progresso em questões sociais ainda é baixo? Nas últimas três décadas, por exemplo, a taxa de pobreza em todo o mundo foi reduzida em 50%. Houve aumentos significativos na expectativa de vida e diminuições significativas na mortalidade infantil.

Mas, questões sociais urgentes permanecem. Recentemente, um grupo de estudo da Wharton School of Business, na Universidade da Pensilvânia divulgou um estudo sobre uma teoria de que as organizações dedicadas a causas sem fins lucrativos e mudanças sociais devem adotar a Mudança Social como uma Plataforma (SCaaP).

No nível mais óbvio, o SCaaP significa a utilização de tecnologia e plataformas digitais da mesma maneira que as empresas as usam, porém com fins sociais. O uso das mídias como ferramentas de comunicação e plataformas de tecnologia digital antecipam a capacidade de distribuição, escala, transparência e reduzem custos. Todas essas são coisas boas para organizações, agora dedicadas a resolver problemas sociais.

Mas isso também significa modificar ou até mesmo abandonar modelos a favor dos valores do mundo das plataformas digitais, que tipicamente colocam a organização no centro de suas metas e objetivos.

Aqui estão alguns exemplos de como SCaaP está sendo usado no mundo real.

– A BroadSoft, no início de 2017, fechou uma parceria com a Cruz Vermelha, agora, todos os contacts centers da instituição são em nuvem, facilitando o atendimento a vítimas de desastres naturais e a captação de novos voluntários em todo o mundo.

– Na DonorsChoose.org, os doadores individuais podem desenvolver projetos em sala de aula. Antes, isto era algo que apenas grandes filantropos podiam fazer; agora, qualquer pessoa que deseja se tornar um doador de conhecimento pode se conectar na plataforma.

– O Power of Us Hub, desenvolvido pela Salesforce.org é um fórum on-line que usa colaboração. Os autores estimaram que mais de 98% das questões postadas nos fóruns são respondidas pelas comunidades participantes. O Hub é usado por mais de 30 mil empresas dedicadas à mudança social.

– Historicamente, pessoas que não podiam estar fisicamente presentes em sala de aula tinham acesso limitado a educação. As plataformas on-line transformaram isso. A Southern New Hampshire University é uma faculdade com serviço estritamente online. O modelo de plataforma, semelhante aos varejistas online, faz cursos convenientes e acessíveis para um grupo maior de alunos, incluindo os mais velhos e desfavorecidos.

Alguns observadores implantaram a ideia de que estudantes desfavorecidos podem criar carteiras online que mostrem suas habilidades, em vez de confiar em currículos tradicionais. O modelo de currículo tradicional e linear tende a revelar sem querer as lacunas e muitas vezes são revisadas com um indicador de métricas, como educação completa ou histórica de trabalho constante, que os estudantes desfavorecidos podem não ter. Uma abordagem mais criativa e de portfólio pode demonstrar melhor as capacidades de um candidato.

As mesmas forças digitais que trouxeram avanços as empresas e as indústrias, também estão sendo usadas para transformar ativamente as organizações envolvidas no bem social. Plataformas e redes em serviço à humanidade.

Tags, , , , , ,

Tree Solution e Softpar fazem acordo para oferecer software como serviço para a área financeira

fe35d204-62eb-40f7-8eb3-284c4e2c2aa5

A Tree Solution (especializada em Soluções de Softwares, Serviços e Consultoria de Negócios para Instituições Financeiras do mercado nacional e internacional) acaba de anunciar uma parceria estratégica com a Softpar –empresa que atua no desenvolvimento de software para o mercado financeiro há quase 40 anos com soluções inovadoras em tecnologia.

“Nossa linha de soluções complementa o portfólio da Softpar e, agora, passamos a oferecer ao mercado soluções na nuvem na modalidade de serviços”, afirma Odilon Costa, CEO & Presidente da Tree Solution.

Entre os destaques da Softpar está o $Finance SaaS, uma suíte de aplicativos que possui pacotes de ferramentas com diversas funcionalidades para integrar o front, middle e back office de instituições financeiras.

A Softpar também conta com soluções especificas para todos os segmentos que atende: Bancos Comerciais e Múltiplos, Financeiras, Agências de Fomento, Cooperativas e Instituições de pagamento. Sempre pensando em todas as demandas operacionais de cada organização e desenvolvendo soluções inovadoras, como a COOP+DIGITAL para atender à alta demanda de Cooperativas por sistemas com excelente custo-benefício e recursos mobile.

Desenvolvido com tecnologia de alto padrão de programação, ao usar o $Finance SaaS o cliente paga somente o que utilizar, reduzindo custos com infraestrutura e mantendo a total segurança dos dados. Os módulos $Finance possibilitam interface com qualquer sistema, podendo ser utilizado em conjunto ou de forma independente, de acordo com a necessidade do cliente.

Todo o desenvolvimento dos sistemas da Softpar foi baseado em tecnologia Web, com módulos inovadores e flexíveis, voltados ao gerenciamento de serviços para a otimização dos negócios. A Softpar conta também com o Softpar Labs, uma área específica para pesquisa, desenvolvimento e aplicação de tecnologias próprias, para melhor atender seu público alvo.

“Buscamos excelência em nosso atendimento e desenvolvimento. Somos especialistas no ramo financeiro, buscando sempre estarmos atualizados com as necessidades do mercado e tecnologias de ponta”, explica Horácio Tucunduva, Diretor Comercial da Softpar.

A Tree Solution é uma empresa brasileira de tecnologia, especializada em Soluções de Softwares, Serviços e Consultoria de Negócios para Instituições Financeiras do mercado nacional e internacional. Com o compromisso de alinhar tecnologia às estratégias de negócios e tornar seus clientes mais competitivos. A Tree oferece soluções inteligentes, integradas e escaláveis que proporcionam maior eficiência operacional, flexibilidade e segurança da informação.

Tags, , ,

iCustomer é escolhida pela NIVEA para realizar atendimento ao cliente via SAC 3.0

A iCustomer, empresa do Grupo Plusoft especializada em estratégias digitais, anuncia a conquista do atendimento de SAC 3.0 da NIVEA, marca da Beiersdorf, companhia líder mundial em cuidados com a pele. O serviço de SAC 3.0 amplia a parceria existente entre as duas empresas desde 2013 e possibilita maior integração ao sistema atual de relacionamento da NIVEA com o consumidor, além de permitir mais agilidade, eficiência e a personalização na interação com os clientes.

O novo serviço implantado pela iCustomer oferece monitoramento, análise e atendimento em redes sociais por meio de busca em todos os canais de comunicação da marca, cruzando informações com o CRM da NIVEA e possibilitando ao consumidor um serviço extremamente personalizado. “Sempre procuramos novas formas de nos relacionar e estar próximos do nosso consumidor. Por isso, com a ferramenta da iCustomer, queremos gerar maior engajamento com o nosso público por meio das redes sociais, criando mais proximidade e personalizando nossos atendimentos”, afirma Ligia Annunziato, Gerente de Marketing da NIVEA.

Para a implementação do serviço, o time da iCustomer fez uma imersão na empresa para conhecer as diretrizes e objetivos da marca, com o intuito de aprimorar e personalizar ainda mais o processo de atendimento e relacionamento com os consumidores nas redes sociais, usando a tecnologia para entender melhor o comportamento das mais diversas gerações de consumidores da NIVEA. “É preciso capacitar e treinar toda a equipe, entender o briefing e as expectativas, e definir a estratégia correta e precisa”, ressalta Bruno Alves, Diretor da iCustomer.

Um dos grandes diferenciais do SAC 3.0 é a possibilidade da empresa atuar nas redes sociais com uma visão 360º do consumidor, podendo se relacionar com ele de forma personalizada, levando em consideração outras interações que aquele determinado cliente já teve com a empresa em outros canais, assim como dados gerais de sua presença nas mídias sociais. “Queríamos uma única voz em todas as formas e canais de contato com a NIVEA, assegurando uma só base de relacionamento. Como já trabalhamos com a Plusoft com a solução de CRM e para a criação de nosso aplicativo, ampliamos a parceria e unificamos todas as ferramentas”, diz Ligia.

Além de auxiliar no posicionamento da marca nas redes sociais, a solução da iCustomer permite a geração de informações e visões que ampliam a vantagem competitiva da empresa, identificando potenciais crises. “O serviço armazena todos os posts em um banco de dados e por meio da utilização de processos de inteligência artificial consegue antecipar possíveis crises e otimizar o atendimento através de um melhor entendimento do perfil que está falando com a marca”, explica Alves.

Tags, , , , , , ,

Desenvolvimento econômico sustentável é a base para o progresso de Smart Cities

O conceito de prosperidade se resume à condição de constante desenvolvimento e progresso de determinada situação. Para desenvolvermos cidades prósperas há diversos desafios para as prefeituras e, o maior deles, é o de angariar recursos para implementação de projetos fundamentais para o desenvolvimento da cidade.

O planejamento, a definição de políticas claras e um plano detalhado desenhado por uma equipe multidisciplinar, são partes fundamentais para o desenvolvimento de um projeto de captação de recursos para que as cidades se tornarem prósperas e inteligentes.

O Connected Smart Cities 2017, que acontece nos dias 21 e 22 de junho, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, trará diversos painéis irão refletir e debater sobre ferramentas, parcerias e modelos de negócios disponíveis para fazer com que as cidades prosperem economicamente e socialmente.

Franz Wagner Dal Belo, Diretor de inovação e tecnologia da Prefeitura de Maringá, juntamente com Paulo Alexandre Barbosa, Prefeito de Santos e Lucas Foster da ProjectHub, palestrará no painel Crescimento econômico: conceitos de inovação, economia do compartilhamento e co-criação. Eles compartilharão quais são os modelos de negócios de sucesso que transformaram as cidades através da inovação, como transformar cidades em cidades colaborativas para melhorar a qualidade de vida das pessoas e ajudar no desenvolvimento urbano, como um Cidadão Educado constrói Cidades Inteligentes e quais são as mudanças observadas nas cidades que estimularam a economia criativa.

Para Franz, da Prefeitura de Maringá, a ligação entre as cidades colaborativas e o desenvolvimento urbano se dá na forma que a sociedade tem se unido para transformar e desenvolver as cidades em que vivem. “Saímos de uma época de “caridade” e estamos entrando numa época de “solidariedade”. Numa primeira impressão pode até parecer a mesma coisa. Porém a solidariedade é mais horizontal, a sociedade está se unindo para transformar nossas cidades. A colaboração entra nesse contexto, historicamente sempre fomos colaborativos, mas ficamos “adormecidos” por muito tempo e agora estamos vendo cada vez mais os cidadãos se juntando para resolver problemas comuns. O desenvolvimento urbano moderno obrigatoriamente passará por uma sociedade civil cada vez mais organizada, onde todos poderão exercer “nossos” desejos de sermos produtivos para o mundo”, afirma.

A inovação tem um papel fundamental para contribuir no desenvolvimento de uma cidade inteligente e humana. Segundo Franz, não estamos preparando as cidades para enfrentar os problemas do futuro, mas sim, estamos apenas cuidando das informações para gerir problemas atuais. “A inovação vai permitir que trabalhemos de forma mais prática o desenvolvimento de novas técnicas para estarmos preparados para resolver os problemas do futuro”, destaca.

A importância de se discutir a relevância que o compartilhamento e a co-criação possuem, se baseia na rapidez que esses processos ocorrem sem nenhuma organização ou planejamento. De acordo com o diretor de inovação e tecnologia, precisamos entender como organizar todas as vontades e desejos que surgem em meio a esses processos. Quais os meios legais de compartilhamento, como gerir anseios e desejos diferentes, como regular uma sociedade a participar de problemas que até então, sempre foram transferidos para a esfera política, e agora a sociedade pode, quer e deve participar de suas soluções.

Tags,

VoxAge reuniu profissionais em São Paulo para discutir atendimento ao cliente na era dos robôs

unnamed (86)

Atenta aos temas relevantes e de interesse do mercado, a VoxAge, empresa nacional especializada em soluções omnichannel de relacionamento com cliente, promoveu mais uma edição do Fórum VoxAge de Relacionamento com o Cliente. O evento reuniu, no último dia 1 de junho, em São Paulo, profissionais de diversos segmentos de mercado, bem como executivos desse setor, para discutir o tema “Atendimento ao Cliente na Era dos Robôs”, abordando inteligência artificial, novas soluções e suas aplicações, além de casos de sucesso. O Fórum teve transmissão ao vivo e o conteúdo na íntegra pode ser acessado pelo link: goo.gl/gC4k3n

Durante o evento, a VoxAge demonstrou aos 60 convidados o seu ChatBot, que pode ser integrado com qualquer tecnologia de inteligência artificial disponível no mercado, além de apresentar seu projeto inovador de PA Digital Multicanal, com o uso de tecnologia de reconhecimento de voz.

O evento contou com a presença de Eduardo Godinho, Partner Business Evangelist da Microsoft, que palestrou sobre as tecnologias de inteligência artificial da empresa, mostrando aos convidados as novas oportunidades a partir dessas tecnologias, como a geração de novos serviços em diversas plataformas, com foco na melhor experiência do cliente. A programação do evento também contou com a participação de Priscilla Parodi, Cloud Developer Advocate da IBM, que ministrou sobre ChatBot, explicando a diferença entre o ChatBot comum e o ChatBot Cognitivo – robô capaz de entender e diferenciar numa frase, por exemplo, quem é o sujeito, o objeto, a intenção, qual é o sentimento, etc. Abordando o Watson – inteligência artificial da IBM, Priscilla demonstrou as diversas aplicações possíveis dessa plataforma.

O encontro ainda contou com a participação de Rômulo Barbosa, Head de Negócios e Parcerias (Microsoft e Facebook) da Superare Tecnologia, empresa desenvolvedora de campanhas de marketing a partir de ChatBot no Messenger do Facebook. Na oportunidade, Barbosa explicou como personalizar o diálogo com consumidores em larga escala com uso da plataforma de inteligência artificial da Microsoft. Ao final, o fórum promoveu um painel de debate com os palestrantes e também com a participação de Eduardo Carvalho, diretor de Operações da Full Time, empresa que já utiliza a solução de PA Digital Multicanal,sobre o tema “Bot de atendimento, a moda que veio para ficar”.

O Fórum VoxAge de Relacionamento com o Cliente nasceu a partir da demanda apontada pelos clientes da VoxAge e visa disseminar conhecimento e promover uma troca de experiências entre os convidados. “A VoxAge realiza com frequência pesquisas de satisfação para ouvir os clientes a fim de definir estratégias para melhorar cada vez mais os produtos, serviços e relações com os clientes. Uma das questões apontadas na pesquisa mostrou a necessidade de melhorar a comunicação da empresa com nossos clientes e, a partir disto, decidimos promover o evento, trazendo para o público assuntos relevantes e de interesse que são ministrados por consultores e profissionais do setor”, afirma Alberto Sampaio de Oliveira, diretor de Relacionamento com o Cliente da VoxAge.

Tags, , , , ,

Atento reforça seu posicionamento BPO durante o Ciab Febraban 2017

6936e199-4ffc-4956-90da-efb043d0ab11

A Atento (NYSE: ATTO), líder em serviços de gestão de clientes e terceirização de processos de negócios (CRM/BPO) na América Latina e um dos três maiores provedores mundiais, marca presença na 27ª edição do CIAB FEBRABAN, maior evento de tecnologia para o mercado financeiro latino-americano que acontece de 06 a 08 de junho, na capital paulista.

Na ocasião, a companhia apresenta ao público seu portfólio de soluções fim a fim prontas para o setor financeiro, abrangendo todo o ciclo de relacionamento, desde o atendimento, até mesmo a serviços de retaguarda, como Back Office e Cobrança.

A digitalização e automatização de processos, inclusive, será uma das tônicas da atuação da companhia no evento. A Atento, que é constantemente reconhecida no mercado brasileiro por ser uma empresa orientada à inovação, demonstrará em seu estande (Espaço A25 – 35m2 – Hall A) as plataformas de atendimento digital, bem como as de back office, que são utilizadas para captura digital de documentos, validação de formulários, suporte à tomada de decisões, geração e gestão de contratos, entre outras. “A Atento tem feito importantes investimentos no sentido de fortalecer suas ofertas locais, como aconteceu com o segmento de Back Office e Cobrança, com as aquisições da Interfile, companhia com ampla atuação nesta área, e da R Brasil, especializada em soluções de crédito e cobrança”, afirma Regis Noronha, Diretor-Executivo de Estratégia e Marketing da Atento.

Durante o evento, a Atento também destacará todo o seu potencial de automação, expondo experiências bem-sucedidas na utilização de bots para cobrança, recrutamento de pessoas e service desk, além dos portais de negociação de dívidas e vendas multiprodutos, como credito consignado, consórcios, cartões, entre outras. Por meio da ferramenta, a empresa é capaz de contribuir com seus clientes na definição de estratégias de vendas e de marketing digital, com a captura de leads e avaliação de comportamentos. “Além da nossa longa parceria com os principais bancos, instituições financeiras e seguradoras do País, atuando com bastante sucesso também com soluções omnichannel em Vendas, Trade Marketing, Atendimento ao Cliente, Gestão de Reclamações e Suporte Técnico, estamos propondo uma nova abordagem junto a esses clientes, lançando mão de todas as ferramentas digitais que podemos oferecer, além de uma robusta plataforma de Analytics”, sinaliza Noronha.

Tags, , ,

Fintech de câmbio lança chatbot de atendimento ao cliente

Os robôs conversacionais são tendência, já marcaram presença por diversas vezes no cinema, como nos clássicos 2001: Uma Odisséia no Espaço e, mais recentemente, no drama Her. Os bots do mundo real ainda não são tão sofisticados quanto os personagens de filme, porém vêm ganhando espaço em vários mercados e apresentando índices de crescimento bem impressionantes. Pensando nisso, a Beetech, fintech responsável pela BeeCâmbio, acaba de lançar chatbot de atendimento ao cliente.

Números encontrados em uma pesquisa da Mind Bowser mostram que 80% das empresas têm intenção de desenvolver um chatbot para seus sites, trazendo inovação e otimização do tempo de atendimento. Outros números indicam que a média de retenção de usuários após usarem o bot varia de 40 a 60%, número maior que a retenção registrada para aplicativos, que fica entre 20 e 40%.

Dados como esses levaram Fernando Pavani, CEO da BeeTech, a investir nos chatbots: “Decidimos dedicar o tempo de uma pequena equipe para o desenvolvimento de um chatbot que fizesse o primeiro atendimento ao cliente no nosso site. Agora, quando o cliente conversa com um operador, ele já foi atendido pelo bot e conseguimos saber que tipo de informação ele busca. Isso poupa tempo dos nossos clientes e otimiza o atendimento dos nossos especialistas de câmbio.”

Usando o Estag, o robô estagiário da BeeCâmbio, os clientes podem fazer uma cotação, verificar o status de uma operação e receber informações sobre o funcionamento do delivery ou retirada de moeda, além de conhecer passo a passo o processo de compra.

O Estag começa a trabalhar na quinta, 25 de maio, e, aos poucos, será liberado para atender a todos que acessam o site da BeeCâmbio e buscam pelo atendimento via chat.

Tags, , , ,

Indra aposta em Blockchain e soluções inovadoras para impulsionar a transformação do setor financeiro

A Indra, uma das principais empresas globais de consultoria e tecnologia, apresentará durante a 27ª edição do CIAB FEBRABAN, um dos principais eventos do mundo para o setor financeiro, suas soluções digitais e capacidades inovadoras para apoiar as instituições do setor no complexo desafio que supõe a transformação digital. Igualmente, mostrará tecnologias e serviços de última geração para toda a cadeia de valor das instituições bancárias e seguradoras. O evento acontecerá entre 6 e 8 de junho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo e sob o tema “Ser Digital”, debaterá as necessidades do novo perfil dos clientes.

No que tange a transformação digital, a Indra compreende a complexa problemática que vive o setor financeiro e tem atuado para dar uma resposta contundente às novas exigências do mercado. Neste escopo, apresentará no evento abordagens como blockchain, melhoria da experiência do cliente, atendimento inteligente em redes sociais, entre outras soluções.

Referência em discussões sobre blockchain, especialistas da Indra abordarão como esta tecnologia afetará o setor bancário, suas possíveis utilizações e impactos. Mário Robredo, responsável de Transformação Digital de Serviços Financeiros da Indra, participará do painel “Entendendo o blockchain e suas aplicações”, no dia 6 de junho, às 15h30, no auditório G4.

Para apoiar os bancos e seguradoras a atingirem o máximo nível no atendimento de seus clientes em mídias sociais, a Indra mostrará casos práticos da aplicação da ferramenta iGIA, que possibilita a gestão de interações com clientes, sejam elas relacionadas aos canais de atendimento tradicionais, os contact centers, como também através das redes sociais. Além das capacidades de Analytics e Big Data, o iGIA incorpora funcionalidades e conceitos para um sistema de atendimento ao cliente que tem como objetivo aumentar a assertividade nos atendimentos, principalmente via redes sociais.

Orientada ao mercado segurador, a companhia demonstrará sua solução de Vistoria Digital, concebida para ajudar as seguradoras na melhoria da experiência dos seus clientes, uma vez oferece a possibilidade de uma participação mais ativa dos mesmos. Trata-se de um aplicativo para dispositivos móveis (iOS ou Android) que entre outras características, faz uma chamada de vídeo entre o segurado e um Contact Center, que pode ser composto por peritos ou analistas de sinistros. Além disso, a gravação do vídeo em tempo real, com geolocalização, ajuda na prevenção a fraudes.

Outra abordagem que a Indra levará ao CIAB deste ano é a adoção de metodologias de testes ágeis e de DevOps para ajudar as empresas do setor financeiro a lançarem mais rapidamente novos produtos e serviços. A filosofia Indra DevOps Continuous Services acelera e sustenta a inovação, reunindo capacidades de provisão automática de infraestrutura tanto em IaaS (Infraestructure as a Service) públicas, em parceria com os principais players de Cloud globais, que permitem alcançar um novo nível de agilidade na execução do ciclo de vida completo dos produtos.

Soluções core banking e core de seguros

A Indra também apresentará em seu stand o ITECBAN Core Banking, uma plataforma que responde ao desafio de renovação do core bancário das instituições financeiras, oferecendo suporte tecnológico às funções chave do negócio. Contempla os aspectos da operação que permitem a globalização do sistema: multicanal, multientidade, multidioma, multidivisa, multipaís e multiuso. Além disso, apresenta-se como uma solução para apoiar a construção dos canais de Internet e Mobile Banking para numerosas entidades.

Para o setor de seguros a Indra mostrará sua plataforma iONE, desenvolvida como evolução da carteira de soluções da companhia para o setor, a qual se destaca por sua simplicidade na definição e lançamento de produtos, o que proporciona às seguradoras um time-to-market muito competitivo.

Serviços especializados para impulsionar a eficiência

A companhia levará ao CIAB 2017 sua visão e capacidades de BPO orientadas a projetos de transformação, melhora da eficiência e lançamento de novos produtos e serviços de seus clientes. Sua oferta de BPO para o setor financeiro contempla desde a gestão de solicitação de crédito, impressão e acabamento, gestão hipotecária, financiamento e serviços financeiros, clearing bancário, processos documentais, backoffice bancário e formas de pagamento, captação de clientes, entre outros.

Em outsourcing a Indra se posiciona como um aliado tecnológico com visão estratégica, assumindo as funções de TI dos processos de negócios dos clientes, onde a tecnologia e o valor agregado são elementos diferenciais. A oferta inclui serviços estratégicos (direção, consultoria técnica e reengenharia de processos); gestão de usuários, gestão tecnológica, gestão tecnológica/renovação (homologação, aquisição e manutenção de contratos); e gestão e manutenção de aplicações.

Finalmente, a Indra colocará a disposição de seus clientes sua expertise de consultoria em as áreas de marketing e vendas, organização, inovação, estratégia de clientes e post-merger integration. No que tange a consultoria de negócio, a atuação da companhia abarca a consultoria tecnológica e de governança TI, eficiência operacional, gestão de mudança, entre outras.

A Indra conta com mais de 20 anos de experiência no mercado de serviços financeiros. Atualmente, as 10 principais instituições espanholas e mais de 50 no âmbito mundial são clientes da companhia. A empresa é líder em BPO e é responsável pela gestão de mais de 21 milhões de cartões por ano. A Indra tem uma forte penetração no mercado latino-americano, cujos clientes representam mais de 40% do total de ativos bancários na região.

Tags,

Instituições financeiras: o que querem os clientes?

unnamed (84)

Fonte: Salesforce

Tags

Conquest One lança app que alavanca produtividade medindo satisfação do colaborador

unnamed (83)

A Conquest One, empresa brasileira especialista em Staffing de TI, na busca por garantir entregas de projetos de TI cada vez melhores, unindo a isso à satisfação do colaborador com a empresa e o trabalho, acaba de concluir o aplicativo SenseOne.

Desenvolvido pela empresa, o SenseOne busca reduzir a burocracia e encurtar a distância entre colaborador e gestão – que muitas vezes não está na mesma estrutura física -, uma vez que o app possibilita ao profissional apontar seu nível de satisfação com o seu projeto no dia a dia. E seguindo as evoluções do relacionamento humano com a tecnologia, já que vivemos em um ambiente de reações e respostas quase que instantâneas, assim que uma interação é feita, dentro de instantes, há um retorno, e o profissional não precisa mais esperar por dias ou horas a solução do seu problema ou solicitação. “Não há delay, as atividades do SenseOne estão acima dos conceitos das antigas avaliações de performance ou monitoramento do clima. Não é mais necessário esperar seis meses ou um ano para saber os resultados desses conhecidos levantamentos. A ferramenta torna a relação colaborador X empresa em algo mais transparente, contribuindo para maior satisfação profissional e melhor produtividade. E como saberemos disso? “O engajamento resultante do menor stress e maior compreensão do ecossistema profissional, só podem resultar em melhores entregas”, explica Antonio Loureiro, CEO e sócio fundador da Conquest One. O projeto piloto levou cerca de oito meses entre estudo e execução, tendo sido cuidadosamente implementado e avaliado em pequenos grupos, alcançando atualmente 85% da operação da Conquest One, “Nossos clientes percebem a diferença dos CQOne’s (colaboradores Conquest One) em seus projetos”.

A interface do SenseOne permite que o colaborador informe qual é o seu nível de satisfação (felicidade) para o desenvolvimento de suas atividades, e com essa informação, sua liderança pode tomar iniciativas para ajudá-lo com o que for preciso, e evitar que o profissional deixe de atuar como gostaria. “Eu preciso conhecer o profissional, a redução da distância, que acontece com quem fica em projetos em clientes, é um fator fundamental para garantir o bem-estar do colaborador, e uma entrega cada vez mais assertiva do projeto. Além disso, ainda temos profissionais que são mais tímidos e lidam melhor com a tela do smartphone do que com os questionamentos do seu líder, ou seja, além da gestão a distância, ainda ficamos perto de quem geralmente tem dificuldades para expressar suas necessidades”, afirma Marcelo Viana, CHRO e sócio fundador da Conquest.

Em tempos de portais com avaliações anônimas, como LoveMondays e GlassDoor, o SenseOne possibilita que assim que algum ponto negativo é indicado, a empresa seja ágil e tome alguma ação para evitar a desmotivação e a perda de talentos. Essas ações tornam o engajamento contínuo e qualificam o relacionamento da empresa com seu colaborador.

A era da avaliação de performance acabou

Portais como o The Wall Street Journal, HBR e o Quartz Media já mostraram que empresas como Deloitte, GE, Accenture e Adobe, têm modificado a maneira como avaliam seus profissionais. Em especial a GE, que há alguns anos possuía uma avaliação de performance anual e ranqueava seus funcionários conforme a pontuação alcançada. Desses, os com menor número poderiam ser desligados da companhia.

Acontece que a avaliação de performance ‘culpa’, quase que totalmente, o colaborador por sua talvez baixa produtividade, e não enfoca no lado humano. O que fez com que aquele profissional caísse em rendimento? Será que a empresa não pode realmente fazer nada? “Não é mais possível avaliar seus colaboradores uma vez ao ano, tudo hoje é instantâneo, e é de responsabilidade das companhias medir os pontos sensíveis do seu profissional e entender como melhorar a sua satisfação dentro da companhia. Isso só trará benefícios, melhores resultados, vantagem competitiva e produtividade com qualidade a mil”, reflete Loureiro.

Tags, , , ,

Congresso Afiliados Brasil premia melhor plataforma de afiliação para e-commerce

Na última sexta-feira (2), aconteceu a maior premiação do setor de marketing de afiliação do país. O prêmio Afiliados Brasil foi entregue durante o evento de mesmo nome, realizado em São Paulo. A rede de afiliação Awin foi premiada em três categorias: melhor plataforma de afiliação para e-commerce e CPA; melhor gerente de afiliados (Javier Gomez, Head of Publishers na Awin) e melhor suporte técnico para afiliados (Vinícius Fidelis, Key Account Manager Publishers na Awin). A votação foi aberta e realizada através do site do Afiliados Brasil.

É a terceira vez consecutiva que Javier Gomez, Head of Publishers na Awin, é escolhido o melhor gerente de afiliados para e-commerce e CPA. “Acho que a palavra que melhor resume meu sentimento é: gratidão. Por todos os que votaram e acreditaram em mim até hoje; e pela equipe Awin Brasil que fazem parte dessa premiação. Mesmo sendo nominal, sem eles, não seria possível”, falou.

Vinicius Fidelis, Key Account Manager Publishers na Awin, acredita que o diferencial que levou a empresa a sagrar-se a melhor plataforma de afiliação para e-commerce é a transparência e personalização dos processos. “Todos na empresa têm um mindset muito bem alinhado de que cada detalhe influencia no resultado final. Temos uma curadoria rígida para a escolha dos afiliados e, desse modo, conseguimos manter um padrão de qualidade para os anunciantes, selecionando o local mais pertinente para expor cada marca”, comenta.

Fidelis recebeu o prêmio de melhor suporte técnico para afiliados e atribui este reconhecimento ao seu comprometimento com as dificuldades enfrentadas pelos afiliados. “Seja por telefone, skype, whatsapp, eu estou à disposição o tempo todo para entregar o que eles precisam para crescer. Buscamos resolver os problemas técnicos com a maior agilidade possível, desde os mais simples até os mais complexos. Outro grande trunfo do nosso atendimento é entender e valorizar as particularidades de cada um de nossos afiliados. Dessa forma conseguimos realçar as potencialidades e mostrar sua relevância aos anunciantes”, conclui.

Tags, , , ,

Inteligência artificial aplicada ao diagnóstico e ao tratamento de doenças

A melhoria dos diagnósticos e a personalização dos tratamentos têm sido dois dos desafios mais importantes dos sistemas de saúde nos últimos anos. Graças à inovação e à pesquisa científica, às técnicas por imagem, aos sistemas de gestão da informação ou à conectividade entre pacientes e profissionais, a tecnologia da saúde alcançou um nível de desenvolvimento nunca antes visto, permitindo dessa forma, um grande avanço nas áreas de prevenção, detecção precoce de doenças e controle das mesmas.

No entanto, em uma sociedade em que a população envelhece cada vez mais e em que a prevalência de doenças crônicas cresce a um ritmo acelerado, um novo desafio está se tornando cada vez mais claro entre aqueles que fazem parte dos processos de saúde: a possibilidade de se prever as doenças.

Nesse campo, a inteligência artificial, por meio do Big Data ou do Machine Learning, está sendo convocada a se converter na grande aliada da prevenção primária e do cuidado da saúde nos próximos anos.

Machine Learning aplicado ao diagnóstico médico

O aprendizado automático ou Machine Learning identifica padrões entre milhões de dados de diferentes naturezas (Big Data) e prevê comportamentos por meio de algoritmos com capacidade de aprender e evoluir com base em sua própria experiência.

No âmbito da saúde, as análises preditivas geradas por essa disciplina poderiam nos colocar um passo à frente de determinadas doenças e significaria um avanço em termos de diagnóstico precoce, preciso e, sobretudo, decisivo no desenvolvimento de algumas patologias.

No caso das doenças neurológicas, como a doença de Alzheimer, em que os primeiros sintomas podem começar a ocorrer até mesmo dez anos antes que as primeiras alterações cognitivas sejam notadas, a possibilidade de se adiantar à manifestação visível da doença desempenha um papel fundamental em seu desenvolvimento.

Até o momento, um dos testes mais utilizados na detecção precoce do Alzheimer era o denominado “teste do relógio”, um teste em que o paciente desenha um relógio com uma determinada hora e deveria copia outro já desenhado. Esse exercício permitia aos profissionais observar e identificar sintomas de deterioração do cérebro que pudessem indicar a presença de alterações cognitivas.

Com o objetivo de antecipar a doença de Alzheimer e obter um diagnóstico mais preciso, um grupo de cientistas, liderado pelo Laboratório de Inteligência Artificial e Ciências da Computação do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), desenvolveu um programa de computador capaz de detectar essas alterações de maneira objetiva e rigorosa.

O sistema, baseado em informações coletadas em centenas de testes anteriores, interpreta os dados de novos testes por meio de uma caneta digital. Dessa forma, aumenta a precisão do diagnóstico, mas, sobretudo, ajuda e estimula a tomada de decisões médicas baseadas em dados objetivos e facilmente comparáveis.

No entanto, depois de diagnosticada a doença, os sistemas de saúde dão início a uma das fases mais importantes do Continuum da Saúde: o tratamento personalizado e a terapia adaptada às necessidades da pessoa.

Inteligência artificial para o cuidado e o tratamento das doenças

Doenças crônicas como diabetes, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), insuficiência cardíaca ou hipertensão arterial necessitam de um controle contínuo e de uma frequente tomada de decisões.

Os recentes sistemas de monitoramento permitem que o paciente melhore o controle de seu estado de saúde graças ao conhecimento constante dos indicadores mais relevantes. A frequência cardíaca, os padrões de sono e exercícios físicos são algumas das variáveis analisadas e, com base nas informações obtidas, essas ferramentas estabelecem padrões de comportamento em função da atividade das pessoas. Assim, os pacientes são capazes de definir seus próprios desafios baseados em suas características pessoais e começam a tomar decisões em que a tecnologia os ajuda a se motivar ao observar seu próprio progresso.

É o início do desenvolvimento de ferramentas aplicadas à saúde, o que permitirá gerar predições dos estados de saúde e antecipar possíveis recaídas da doença, com a consequente diminuição das readmissões hospitalares. O objetivo é manter a doença e os pacientes estáveis durante o maior tempo possível, com base em dados personalizados e em tempo real.

Converter os dados em conhecimento não apenas pode nos ajudar a melhorar a experiência do paciente como também nos ajuda a agir desde as primeiras fases do Continuum da Saúde. Nesse sentido, a inteligência artificial nos permite analisar, interpretar e prever cenários futuros que ajudam a prevenir e a reduzir a carga de doenças crônicas e seu impacto na sociedade, uma vez que melhoram a saúde geral da população.

Fonte: Philips do Brasil

Tags, , , ,

Banco Bradesco faz parceria com a Capco para lançar nova plataforma de Banco Digital

O Banco Bradesco anuncia uma parceria com a Capco, empresa de consultoria global especializada no setor financeiro, para lançar uma nova plataforma digital chamada Next. Uma das maiores empresas brasileiras em serviços bancários e financeiros, o Bradesco oferece uma experiência personalizada e produtos bancários diferenciados para clientes da Geração Millennial Digital. O aplicativo Next está disponível para dispositivos iOS e Android e pode ser baixado pelas respectivas lojas de aplicativos.

O Banco Bradesco escolheu a Capco como seu parceiro de tecnologia para a plataforma Next devido a sua experiência global em bancos digitais e desenvolvimento de plataformas; este foi um requisito fundamental para o projeto, ao mesmo tempo que o Bradesco trabalha para rapidamente melhorar a experiência de clientes e apoiar o crescimento financeiro das gerações futuras. “A Capco e o Bradesco têm uma visão compartilhada de rapidamente fornecer capacidades digitais e personalizadas para novos segmentos de clientes”, disse Ranjit Palkar, Sócio Global da Capco para Prestação de Serviços em Tecnologia e codiretor do projeto. Lynn Hughues, Sócio Global da Capco para Prestação de Serviços em Tecnologia e também codiretor do projeto, acrescenta: “Nossa colaboração é um marco importante pois garante a junção de nossa experiência global, com o compromisso do banco de inovar no universo digital, resultando em uma prática bancária diferenciada para a geração millennial.”

O aplicativo Next é um elemento-chave da estratégia digital do Bradesco, uma vez que o Banco introduz uma experiência mais transparente e intuitiva para os clientes mais jovens e hiperconectados. Ao usar o aplicativo Next, os clientes podem abrir uma conta diretamente de seus celulares sem a necessidade de visitar uma agência. Eles também podem enviar dinheiro e dividir pagamentos com amigos, acompanhar seus gastos e administrar seu dinheiro de maneira mais eficiente, e terão mais opções na hora de buscar informações e orientação. O Bradesco pretende continuar inovando com a introdução de recursos adicionais.

“É uma grande satisfação colaborar com o Branco Bradesco para construir o futuro do setor bancário no Brasil,” disse Guido Tamburini, sócio-gerente da Capco América do Norte. “O projeto Next é uma vitrine ideal no mercado brasileiro para demonstrar nossas capacidades no momento em que estamos abrindo nosso novo escritório em São Paulo.”

Tags, , , ,

Namirial no CIAB 2017 da FEBRABAN em São Paulo

Depois da aquisição da Xyzmo, a Namirial, empresa líder mundial no mercado das assinaturas eletrônicas (e-signature), a Namirial vai participar – pela primeira vez – do CIAB 2017, o mais importante evento do mercado latino-americano para tecnologia aplicada ao mercado bancário, organizado pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), que vai acontecer em São Paulo (Brasil), de 6 a 8 de junho de 2017.

A participação no CIAB, em paralelo com a abertura de sua própria subsidiária em São Paulo, confirma que o mercado latino-americano é estratégico para a Namirial.

“Junto com sua plataforma de ponta, de assinatura eletrônica com recursos biométricos”, diz Gianluca Donnini, gerente nacional América Latina, “nós vamos apresentar, pela primeira vez na América Latina, nossa nova plataforma LiveID & eSignAnyWhere, a primeira solução multicanal para customer onboarding 100% digital, criada especificamente para levar qualquer processo de venda ou CMR para os canais digitais e permitir a execução de contratos juridicamente vinculativos, por meio de um sistema de vídeo chamada e chat.

“Estamos acompanhando o mercado latino-americano desde algum tempo”, diz Luigi Enrico Tomasini, CEO do Namirial Group, “e achamos que LiveID & eSignAnyWhere pode ser uma resposta válida para as exigencias de identificação do cliente que os bancos enfrentam toda vez que estão tratando com um cliente ainda desconhecido, num canal totalmente digital”.

A Namirial estará no estande E/17, no Espaço Empreendedor, para encontrar seus clientes e parceiros, com o objetivo de abrir novos mercados ou verticais e aumentar sua presença em toda a América Latina.

Tags, , , , , , ,

Luft Logistics mantém ritmo intenso de validações de sistemas computadorizados

unnamed (31)

As validações de sistemas computadorizados são importantes não só por garantirem a qualidade, segurança e rastreabilidade dos serviços de uma empresa no âmbito das tecnologias da informação, mas também porque auxiliam na legitimação de todo o processo, resultando, assim, na fidelização de clientes, no surgimento de novas possibilidades de negócios e em um título de referência em seu nicho de atuação. Na Luft Logistics, uma das maiores operadoras logísticas no Brasil e América Latina, todos os sistemas que têm impacto em BPx (Boas Práticas) são validados de acordo com o Guia de Validação de Sistemas Computadorizados da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

“A Luft Logistics mantém equipes treinadas e responsáveis pela validação e manutenção do status de validação dos sistemas. Isso é muito importante, pois garante, perante nossos clientes e ANVISA, que atuamos de acordo com as melhores práticas”, afirma Renata Rocha, Gerente de Qualidade.

A empresa, que tem entre seus sócios-fundadores o empresário Fernando Luft, se diferencia por manter toda a cadeia integrada: armazenagem e transporte de produtos das empresas atuantes principalmente nos segmentos farmacêutico, hospitalar, agronegócio, varejo e e-commerce, a partir de centros de distribuição estrategicamente localizados pelo Brasil.

“Todos os nossos processos, fluxos e layouts são padronizados e passam por revisões constantes para que sejam aprimorados. É uma forma de nos orquestrarmos para oferecermos serviços completos e de referência. Com essa padronização, conseguimos crescer e ganhar a confiança dos nossos clientes”, avalia Renata Rocha.

Luft Healthcare – Na Luft Healthcare, existem cerca de 200.000 posições pallet e mais de 600 veículos próprios que operam em multitemperatura. Com mais de 31 mil m3 de área de armazenagem, as operações nos polos de Itapevi (SP), Itajaí (SC) e Rio de Janeiro (RJ) são focadas no mercado de saúde e compreendem desde expedições de pallet fechado até fracionamentos com alto número de SKUs, além de uma atividade intensa de separação e expedição, que somente um parceiro logístico com grande expertise no setor pode proporcionar.

Tags, , , , ,

Compliance fiscal: o que o Fisco nos ensinou?

por Denilson Ianaconi e Alex Marin Silva*

Hoje, a prioridade em termos de gestão tributária é o correto pagamento dos tributos e a entrega de suas obrigações, ou seja, o compliance! Essa relevância é maior, inclusive, do que a redução do ônus tributário, que está relacionado ao planejamento tributário.

Não há dúvida de que, do ponto de vista tributário e fiscal, manter uma empresa no Brasil é uma tarefa de alta complexidade. São aproximadaemnte 90 tributos e dezenas de obrigações acessórias. Além disso, estima-se que são publicados diariamente mais de 50 atos legais relativos à legislação tributária. Para além do próprio peso dos tributos, todo o processo relativo à apuração ao cálculo e ao pagamento de impostos e contribuições é, por si só, complexo, e exige o envolvimento de todo um conjunto de profissionais, implantação de sistemas e atualização constante dos departamentos responsáveis por estes processos

E não é para menos. Dados do estudo Doing Business**, elaborado pelo Banco Mundial, indicam que para darem conta de todo o processo de apuração e pagamento de impostos, as empresas brasileiras levam em média 2.038 horas por ano, o que representa mais de dez vezes a média mundial.

Um fator interessante de ser notado é no que diz respeito à sofisticação dos meios de fiscalização, sobretudo após o advento do SPED e da modernização dos processos fiscalizatórios. Entretanto, este aprimoramento não caminhou em conjunto com a desburocratização e simplificação do sistema tributário brasileiro.

A digitalização do Fisco através do projeto SPED permitiu um maior poder de fiscalização, que em tempos de dificuldades financeiras dos estados, torna ferramenta fundamental para aumento de arrecadação.

Por outro lado, a transformação digital nas empresas, além de outros aspectos, envolve a adoção de ferramentas analíticas capazes de analisar um volume variado de informações (ex. Big Data) de forma a transformá-los em conhecimento para os negócios, subsidiando a tomada de decisão. Além disto, serviços de computação em nuvem são as molas propulsoras para desbravarem a era digital de forma competitiva.

Diante deste cenário, os parceiros de tecnologia devem proporcionar benefícios que venham a otimizar os processos fiscais e um menor gasto de tempo no atendimento às apurações de impostos e obrigações acessórias, assim como minimizar os riscos, gerando de melhoria continua das entregas das empresas ao Fisco.

Não menos importante, a empatia é fundamental para o entendimento das necessidades reais da jornada do usuário, conectando-os de maneira harmônica a esta nova realidade, repleta de termos, aspectos e tecnologias que, certamente, trarão ganhos exponenciais de produtividade.

Pela atual conjuntura brasileira, as empresas, cada vez mais, buscam a otimização de seus processos para permitir transformar o Capex em Opex, reduzindo custos de infraestrutura e suporte interno aliados a serviços que promovam uma relação de empatia entre fornecedor, aplicação e usuário, ou seja, que forneçam todo o ferramental para que as empresas foquem em seus negócios.

A gestão e otimização das atividades e processos fiscais com validações prévias e cumprimento da entrega das obrigações fiscais no prazo evita o pagamento de multa e juros e, ou autuações fiscais, assim como possibilita um maior foco no negócio com apoio na análise das informações tributárias, que deve ser realizada em uma base única de Informações.

*Denilson Ianaconi e Alex Marin Silva são, respectivamente, diretor executivo especialista em vendas fiscais e gestor de Customer Experience da SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia.

** The World Bank, Doing Business: http://www.doingbusiness.org/data/exploreeconomies/brazil#paying-taxes

Tags, ,

Fintech iEmpréstimos adquire direitos de patrocínio para jogos do Brasil contra a Argentina e a Austrália

A fintech de crédito iEmpréstimos S/A (http://iemprestimos.com.br), empresa que pertence a Wecash Group, estará em campo entre os principais patrocinadores do maior clássico do futebol sul-americano: Brasil e Argentina, que acontecerá na Austrália na próxima sexta-feira, dia 9 de junho. Na terça-feira seguinte, dia 13, a marca voltará a ser exposta no jogo da Seleção Brasileira contra a Austrália. As duas partidas estão marcadas para às 7 horas, no horário de Brasília.

Pelo acordo assinado com a inglesa Sportseen, que gere os contratos publicitários das partidas, a iEmpréstimos irá expor sua marca em placas de publicidade localizadas na linha de fundo do estádio Melbourne Cricket Ground, durante o confronto contra os argentinos. No enfrentamento contra os australianos, a marca também estará estampada em campo.

Esta é a segunda vez que a iEmpréstimos investe em ações no marketing esportivo e novamente com a maior paixão nacional, o futebol. A primeira atividade da jovem fintech de créditos ocorreu com apoio ao Clube Atlético Linense, da cidade de Lins (SP), para exposição da marca nos uniformes da equipe, nos jogos contra o São Bernardo e Corinthians. Após a classificação da equipe para a fase semifinal do Campeonato Paulista 2017, o acordo foi renovado para dois confrontos contra o São Paulo.

O Superclássico será transmitido ao vivo pela TV Cultura, TV Brasil e Facebook, nas páginas do Itaú e Vivo. O jogo marcará o reencontro de Brasil e Argentina após a vitória da equipe do técnico Tite, pelo placar de 3 a 0, em Belo Horizonte, em jogo válido pelas Eliminatórias Sul-Americanas. O Brasil, além dos russos como país-sede, é a única equipe no momento classificada para o próximo Mundial.

A iEmpréstimos começou suas operações em janeiro deste ano. Para o CEO da fintech, Roger Madeira, patrocinar um evento de porte internacional revela o interesse da empresa em expandir sua marca, atraindo novamente grande visibilidade do público apaixonado pelo futebol. “Reforçamos mais uma vez nossa estratégia de apoiar o esporte por meio do marketing esportivo. Desta forma, conseguimos aproximar nossa marca e serviços de milhares de aficionados pelo futebol”, avalia.

Tags, , , , ,