Page admin, Autor em Valor Agregado - Notícias sobre o mundo corporativo - Página 495 de 15913

Author admin

Lançado em março, fundo RX Ventures, da Lojas Renner, faz primeiro investimento em startup

O RX Ventures, fundo de Corporate Venture Capital (CVC) lançado pela Lojas Renner em março, acaba de realizar o seu primeiro investimento, em uma startup dedicada ao desenvolvimento de soluções inovadoras de tecnologia para o varejo. O aporte minoritário foi feito na Logstore, com sede em São Paulo, em uma rodada liderada pela Domo Invest, uma das principais gestoras de VC no Brasil.

Fundada em 2017 por Helson Santos e Diego Dias, a Logstore amplia a integração entre o varejo físico e o digital por meio de softwares como serviço (Saas, na singla em inglês). A plataforma phygital da Logstore fornece recursos ponta-a-ponta para as empresas que buscam realizar vendas com entrega ou retirada a partir de suas lojas e para que possam gerenciar todo o ciclo de vida dos pedidos em uma única solução global. Com foco em entregar a melhor experiência aos consumidores após a compra, a plataforma já atende mais de 500 mil pedidos por mês em todo o Brasil e tem clientes como Vivara, Leroy Merlin, Grupo DPSP (Drogaria São Paulo e Drogarias Pacheco) e Grupo Mundial Mix.

As soluções da Logstore permitem que os atendentes das lojas recebam automaticamente, por meio de um aplicativo, os pedidos gerados pelo e-commerce e localizem os produtos no ponto de venda. Com o auxílio de um roteirizador, as soluções entregam agilidade ao processo de entrega de pedidos que não usam o estoque dos centros de distribuição. O tempo de separação e embalagem das mercadorias para envio ou retirada pelos clientes é 78% menor do que nos processos convencionais, nos quais os vendedores precisam acessar diferentes sistemas antes de preparar as encomendas.

“O potencial de transformação nas operações de varejo representado pela Logstore justifica o investimento, pois a estratégia do RX Ventures é estimular a inovação em todo o ecossistema de moda e lifestyle”, diz o diretor de Estratégia e Novos Negócios da Lojas Renner, Guilherme Reichmann. “Além disso, para nós é muito importante coinvestir e trocar conhecimento com as melhores gestoras de venture capital do mercado. Em pouco mais de quatro meses, já fizemos conexão com mais de 20 potenciais parceiros”, complementa o executivo.

A Logstore e a Domo, que já havia realizado um aporte inicial na startup, acreditam que a entrada estratégica da Lojas Renner nesta rodada, como líder do varejo de moda no país, pode contribuir com o crescimento e a capacidade de geração de valor da investida.

“Nós temos como propósito aumentar cada vez mais o engajamento entre marcas e consumidores. Acreditamos que a experiência qualificada e o alto nível de serviço de entrega fazem com que a jornada do consumidor seja eficiente e prazerosa. O investimento do RX Ventures nos aproxima de um dos principais varejistas da América Latina, além de abrir portas no mercado de moda, um dos maiores segmentos do e-commerce no mundo, e nos permitirá acelerar a estratégia de expandir a tecnologia da Logstore para o mercado Latam”, explica o CEO e cofundador da startup, Helson Santos.

A Domo foi fundada há cinco anos e seus sócios já acumulam participações em mais de 150 investimentos e fusões e aquisições (M&A) na última década. “Na DOMO, acreditamos profundamente no impacto que soluções, como a da Logstore, trazem para a eficiência e produtividade das empresas. Otimizar a distribuição e garantir que pedidos de qualquer canal de venda se transformem em entrega efetiva para o consumidor final, é chave para a indústria do varejo. Contar com o RX Ventures, e todo seu valor agregado e conhecimento no setor, é passo fundamental para o crescimento da Logstore”, afirma o sócio fundador e gestor na DOMO Invest, Marcello Gonçalves.

RX Ventures planeja investir em pelo menos 10 startups

Lançado com o compromisso de aportar R$ 155 milhões em participações minoritárias em ao menos 10 startups, o RX Ventures opera como Fundo de Investimentos em Participações (FIP) num modelo de gestão integrada com a gestora Ahead Ventures. Os segmentos priorizados são Fashion & Retail Tech (varejo de moda), MarTech (conteúdo, marketing e branding), E-commerce e Marketplace, FinTech (soluções financeiras) e LogTech (supply chain e logística), sempre levando em consideração o comprometimento das empresas com boas práticas ESG (ambientais, sociais e de governança), um dos pilares da estratégia da Lojas Renner.

O foco do RX Ventures é direcionado a startups no chamado early stage, tanto as seeds (sementes), com produtos em validação, quanto as “série A”, com níveis um pouco mais elevados de maturidade. O período previsto de permanência no negócio é quatro anos, com mais quatro para desinvestimento.

Tags