Page admin, Autor em Valor Agregado - Página 284 de 15505

Author admin

Startup brasileira ATS desembarca na Europa e planeja crescer até 10 vezes em três anos

Empresa, que já tem negócios nos EUA, receberá apoio do escritório da InvestSP em Munique

A Aerothermal Solutions and Software Distributor (ATS), empresa de alta tecnologia que fornece soluções completas de simulação em engenharia para setores como óleo e gás, aeroespacial e mineração, iniciou seu processo de internacionalização na Europa. Com apoio da InvestSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade) em áreas como oportunidades de negócios, inteligência de mercado e atração de investimentos, a startup planeja crescer até 10 vezes em três anos.

A ATS, que atende gigantes como Embraer, Akaer, Halliburton, Shell e Vale, será uma das patrocinadoras do escritório europeu da InvestSP, que fica em Munique, na Alemanha. Com isso, ela passa a receber boletins mensais sobre seu segmento de atuação, além de contar com consultoria especializada, apoio à propriedade intelectual e auxílio para acessar possíveis fornecedores, parceiros e clientes, entre outros benefícios.

“Nosso plano é ter um escritório na região, porém ainda não sabemos como são a burocracia e o custo para a criação de uma filial na Alemanha ou em outro país da Europa. Por isso, contamos com a ajuda da InvestSP. Além de ter uma boa reputação perante o C-level, o que por si só já abre portas para a ATS, a agência também nos dará mentoria para chegarmos mais preparados para conversar com os players locais”, diz Guilherme Araujo Lima da Silva, CEO da ATS.

Já Fernando Fritz, diretor do escritório da InvestSP na Europa, dá exemplos de como a Agência contribui para a internacionalização das empresas: “O escritório funciona como uma extensão de São Paulo na Europa. Além do trabalho de orientação, ele ajuda a eliminar barreiras, garante acesso a informações decisivas para a tomada de decisões e aproxima as empresas de possíveis investidores e clientes”. Fritz ainda avalia a ATS como uma startup com forte potencial para acessar o mercado europeu, por “empregar alta tecnologia e oferecer um serviço de alto valor agregado, além de ter um plano de negócios bem definido e baseado em inovação”.

A ideia de buscar o mercado europeu surgiu durante a participação da ATS no Exporta SP, programa de capacitação de startups e MPMEs do Governo de SP. Especificamente a Alemanha, a França e a Inglaterra são reconhecidas como os  motores do mercado europeu e também os países mais estáveis economicamente do continente, referências em tecnologia e com alto potencial de negócios.

“Queremos abrir o leque de clientes de aeronáutica e a Europa tem uma tradição no segmento. Ao entrar no continente, a ATS passará a ter acesso a um mercado mais amplo e sedento por serviços qualificados, pois o Brasil é um dos produtores aeronáuticos mais importantes do mundo e com preços competitivos. Por isso, quando nossa mentora no Exporta SP nos falou sobre essa oportunidade, fomos procurar a InvestSP”, observa da Silva.

Já José Renato Mannis, membro da Poli-Angels e FEA Angels, professor do INSPER, assessor para Estratégia Global da ATS e sócio da ATS, avalia que “a parceria com a InvestSP gera credibilidade e é vista com bons olhos pelos investidores. Além disso, reforçar as vendas no exterior, sobretudo em mercados consolidados, gera credibilidade para a empresa, uma vez que mostra que sua solução é extensível, pode atender diferentes territórios e sobreviver a oscilações econômicas, por exemplo”.

Tags