VR investe R$ 300 milhões em startups e tecnologia e lança marketplace

VR investe R$ 300 milhões em startups e tecnologia e lança marketplace

A VR acelera a estratégia de ir muito além de benefícios e investe em duas novas startups. O primeiro aporte é na Audaz Tecnologia , especialista em gestão de mobilidade corporativa que oferece soluções para empresas e trabalhadores baseadas em formas mais econômicas, inteligentes e com mais opções de deslocamento. Suas soluções trouxeram aos clientes mais de R﹩ 200 milhões em redução de custos nos últimos anos, como o programa de cashback que divide a economia de deslocamento entre a empresa e o trabalhador.

A empresa possui integração com mais de 1000 operadoras em todo o Brasil, o que significa uma cobertura nacional em vale-transporte. Mais de 400 mil vidas são processadas mensalmente na plataforma.

O segundo investimento é na startup Global Points , que atua no desenvolvimento de marketplaces e programas de fidelidade. Com o aporte, a VR e a Global Points vão investir ainda mais nos marketplaces para seus clientes: trabalhadores, donos de empresas e de comércios.

Recentemente, a VR fez um aporte de capital na Pontomais , maior empresa de ponto eletrônico digital do Brasil. A empresa dobrou de clientes em 2020 e deve dobrar novamente em 2021. Possui mais de 16 mil clientes e mais de 600 mil colaboradores ativos.

VR Marketplace

Os investimentos nestas startups e em tecnologia somam mais de R﹩ 300 milhões nos últimos três anos. Os aportes acontecem em um momento de mudança no segmento devido às alterações divulgadas recentemente em relação à lei do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador), pelo Decreto 10.854, e aceleram a estratégia da VR de ir muito além de benefícios.

Neste sentido, a companhia acaba de lançar o VR Marketplace, que pretende mudar a oferta de soluções para RHs e trabalhadores. Ao invés de oferecer isoladamente o vale-refeição, vale-alimentação ou o multibenefícios, a companhia criou uma plataforma que oferece acesso a diversos serviços de saúde e nutrição, com cashback em pontos para poder oferecer tais serviços aos trabalhadores das empresas.

Essa inovação já foi feita com a Global Points e lançada há menos de um mês após a publicação do decreto, que exige um programa de nutrição e saúde a todas as empresas participantes do PAT. Além disso, a lei proibiu o rebate, negociação de prazo ou qualquer vantagem que não seja exclusiva à saúde e nutrição dos trabalhadores.

O VR Marketplace resolve a dor das empresas para estarem aderentes ao novo PAT e abre um caminho amplo de novas ofertas de serviços aos RHs. A dona das marcas VA e VR não vai parar por aí e, em breve, deve anunciar novos investimentos para acelerar a estratégia da companhia de ir muito além de benefícios.

Hoje, a VR administra aproximadamente 4 milhões de contas, tem 60 mil empresas clientes, tanto públicas quanto privadas, e uma rede de aceitação e distribuição nacional.

Comments are closed